INFLUÊNCIA DOS FACTORES DO MEIO
A variação de factores do meio, como a luz, a humidade e a
temperatura, pode determinar no...
ALTERAÇÕES DO COMPORTAMENTO
Migração
- A migração é uma deslocação de animais de uma zona para outra, na
procura de melhor...
EXEMPLOS
INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA
HIBERNAÇÃO
O ouriço-cacheiro apenas respira uma
vez de seis em seis minutos.
ESTIVAÇÃO
...
EXEMPLOS
INFLUÊNCIA DA HUMIDADE
MIGRAÇÃO
A zebra necessita de beber água com
regularidade. Na estação seca, em
grupos, mig...
EXEMPLOS
INFLUÊNCIA DA LUZ
MUDANÇA DA COR DO PÊLO
A lebre-americana muda a cor do seu pêlo com a alteração do número de
ho...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

01 infl fact_meio_ani=cm

205 visualizações

Publicada em

aaa

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
205
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01 infl fact_meio_ani=cm

  1. 1. INFLUÊNCIA DOS FACTORES DO MEIO A variação de factores do meio, como a luz, a humidade e a temperatura, pode determinar nos animais:  - adaptações morfológicas ou  - alterações no comportamento nos animais cuja temperatura do corpo varia com a temperatura ambiente, tais como: - a migração, - a hibernação ou - a estivação. ADAPTAÇÕES MORFOLÓGICAS As adaptações morfológicas nos animais são provocadas quer por temperaturas muito frias quer e traduzem-se pelo revestimento de pêlos ou penas, pela construção de abrigos adequados, pela acumulação de grandes quantidades de gordura, pois quanto maior for o tamanho do animal mais calor conserva e melhor resiste ao frio, ou mesmo pela mudança da cor do pêlo. Características Exemplo - A raposa-do-ártico possui extremidades mais reduzidas, o que reduz as perdas de calor Raposa-do-ártico Raposa-comum A sobrevivência a temperaturas muito elevadas depende da construção de tocas e galerias e do arrefecimento do corpo, por exemplo, através de orelhas de grandes dimensões, como é o caso do elefante e das raposas, ou da mudança da cor do pêlo. Características Exemplo - A raposa-africana ou feneço tem umas orelhas grandes, um focinho comprido e um pêlo curto que lhe permite livrar-se do excesso de calor. Raposa-africana Raposa-comum
  2. 2. ALTERAÇÕES DO COMPORTAMENTO Migração - A migração é uma deslocação de animais de uma zona para outra, na procura de melhores condições ambientais. - Muitas aves e peixes deslocam-se periodicamente para locais mais ou menos longínquos, onde se reproduzem. - Certos mamíferos deslocam-se a grandes distâncias para procurar alimentos e obter melhores condições de sobrevivência. - Ex.: Andorinha, cegonha, pinguim, foca, alce, salmão, baleia, atum, enguia, … Hibernação - Muitos animais, como répteis, batráquios e alguns mamíferos, entram num estado de dormência profundo e prolongado, para resistirem às baixas temperaturas do Inverno. Mantêm-se imóveis, alimentando-se das reservas de gordura acumuladas durante o Verão. - Normalmente abrigam-se em tocas ou galerias onde a temperatura é mais estável. - Quando chega a Primavera, voltam à vida activa. - Ex.: Ursos, lagartos, esquilos, ouriços-cacheiros, tartarugas, caracóis. Estivação - Alguns animais, quando a temperatura é muito alta, entram em período de inactividade – estivam. - Ex.: algumas espécies de rãs, crocodilos e caracóis.
  3. 3. EXEMPLOS INFLUÊNCIA DA TEMPERATURA HIBERNAÇÃO O ouriço-cacheiro apenas respira uma vez de seis em seis minutos. ESTIVAÇÃO Quando o ambiente fica demasiado quente e seco o crocodilo estiva. HIBERNAÇÃO A rã hiberna no lodo para suportar o frio. ESTIVAÇÃO Quando está muito frio ou muito calor, o caracol fecha-se na sua concha e fica imóvel. ESTIVAÇÃO A cegonha desloca-se para regiões onde as condições são mais favoráveis.
  4. 4. EXEMPLOS INFLUÊNCIA DA HUMIDADE MIGRAÇÃO A zebra necessita de beber água com regularidade. Na estação seca, em grupos, migram para zonas com maior abundância de água. ARMAZENAMENTO DE GORDURA Os dromedários obtêm água a partir das reservas de gordura que armazenam nas bossas (0,5 kg de gordura fornece 0,5 L de água). INFLUÊNCIA A REPRODUÇÃO O rato-canguru vive em regiões desérticas. Nunca bebe água e obtém- na dos alimentos. Apenas as fêmeas precisam de beber quando amamentam as crias e, por isso, reproduzem-se durante a curta estação das chuvas. REVESTIMENTO IMPERMEÁVEL O escorpião-do-deserto tem um revestimento externo impermeável que reduz a perda de água.
  5. 5. EXEMPLOS INFLUÊNCIA DA LUZ MUDANÇA DA COR DO PÊLO A lebre-americana muda a cor do seu pêlo com a alteração do número de horas de luz. No verão é castanha e no inverno torna-se branca. MIMETISMO A luz tem grande importância para o camaleão na mudança de cor designadamente no controlo a distribuição dos pigmentos de cor da pele. DETERMINA O COMPORTAMENTO O mocho é uma ave noturna. Caça de noite, com visão adaptada à escuridão, que lhe permite localizar as suas presas. EMISSÃO DE LUMINESCÊNCIA Muitos peixes dos fundos oceânicos têm olhos enormes e emitem luminescência.

×