Nomes e atributos de Deus

13.962 visualizações

Publicada em

Espero que aproveitem e gostem desse aqui! Deu um certo trabalho mas gostei do resultado final. :)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.962
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
451
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nomes e atributos de Deus

  1. 1. OS NOMES DE DEUS SEUS ATRIBUTOS Atributo significa: 1- Aquilo que é próprio de alguém ou de algo. Característica 2- Sinal distintivo . Emblema. Símbolo. 3- Termo que acrescenta um sentido de qualidade à outra palavra.
  2. 2. ABBA ou ABWOON (hebraico-aramaico): "Pai" O Nome íntimo que os estudiosos e sábios que escreviam originalmente em aramaico (a língua franca do ramo linguístico semítico do Egito à Bacia Indiana e à região da Terra Santa no Oriente Próximo de 1200 a.C. até 600 d.C.) davam ao Divino.
  3. 3. ADON OLAM (hebraico): "Senhor de Eternidade (ou do Universo)" A expressão de Deus encontrada nos hinos antigos – como nos Salmos.
  4. 4. ADONAI (hebraico): "Senhor" O título utilizado pelos eruditos, desde os Tanaim (antigos instrutores da Torah) e os Geonim (sábios acadêmicos) até os atuais estudiosos ortodoxos que invocam o Senhor dos profetas. Esta expressão ocorre 432 vezes no texto bíblico dos massoretas.
  5. 5. ADONAI ECHAD (hebraico): "O Senhor é Um" A afirmação básica da segunda parte do primeiro mandamento dado por Moisés a Israel. "O Senhor (D'us) é Um". Dt. 6.4
  6. 6. ADONAI, MELEK (hebraico): "Senhor, Rei" A saudação que Davi usava nos Salmos para invocar o Divino como o Senhor e Rei Soberano da Criação.
  7. 7. ADONAI ‘TSEBAYOTH (hebraico): "Senhor das Legiões ou Senhor dos Exércitos" O verdadeiro Senhor das verdadeiras Legiões dos Céus. A grafia ‘Tsebayoth ou Sabaoth é encontrada mais de 200 vezes na Bíblia, nos escritos dos muitos profetas, e no Novo Testamento
  8. 8. AIN SOPH (hebraico): "O ilimitado" O título supremo para o Deus Infinito de onde procede toda a criação.
  9. 9. AL-ILAH (aramaico): O título para "Deus" usado pelos fiéis que falavam aramaico na época de Jesus. Um dos títulos mais adequados para Deus usado no Oriente Próximo quando o aramaico era a língua franca do ramo linguístico semítico de 1200 a.C. a 600 d.C.
  10. 10. AL-ILAH RAPHA (aramaico): "Deus de Cura" Antiga expressão para invocação a Deus e Seus Poderes Divinos dos quais toda a humanidade necessita para respirar e viver.
  11. 11. AL-ILAH SABTAI (aramaico): "Deus de Descanso" Antiga expressão para Descanso ou Sabbath, onde encontramos Paz e Contentamento junto a Deus.
  12. 12. AL-ILAH SHEMAYA (aramaico): "Deus Ouve" Antiga expressão que reconhece a Presença de Deus nas nossas vidas. O Deus que nos ouve.
  13. 13. AMUD HA-ESH (hebraico): "Pilar de Fogo" Um aspecto do Deus Santo através da Luz que conduz o povo pelo deserto, conforme observado em Êxodo 13.21.
  14. 14. ARIK ANPIN (hebraico): "O da Grande Face” Título utilizado para representar a Face de Deus, que se aproxima para comtemplar de perto a Sua criação.
  15. 15. 'ATTIQ YOMIN (aramaico): "Antigo de Dias" A expressão encontrada em Dn. 7.9,13,22, em que o aramaico original é preservado para explicar Aquele que se assenta no Trono do Divino. O Ancião de Dias.
  16. 16. AVINU MALKEINU (hebraico): Louvor Pessoal expresso como "Ó Pai, Nosso Rei" Aqui pedimos ao Divino que permita a vinda das bênçãos às nossas vidas e permita o ressoar destas bênçãos nos nossos corações enquanto declaramos Sua soberania sobre nós.
  17. 17. CHOKMAH (hebraico): "Sabedoria" O Divino na formação do mundo, a demonstração irrefutável da Sua sabedoria - os cristãos cópticos usam essa expressão no gênero feminino.
  18. 18. EHYEH ASHER EHYEH (hebraico): "EU SOU O EU SOU" A profunda revelação de um dos Nomes de D'us no Êxodo (3.14).
  19. 19. EL (hebraico): Deus Um dos mais antigos nomes tribais (as 12 tribos de Israel) de Deus no Oriente Próximo, expresso na convergência das alianças tribais. Pode ser encontrado mais de 250 vezes no Antigo Testamento.
  20. 20. EL BRIT (hebraico): "A Aliança" O acordo vivente entre o Divino e o humano – o Deus que faz alianças.
  21. 21. EL CHAI (hebraico): "Deus Vivente" O Deus da Criação Vivente – o Deus Vivo.
  22. 22. EL ELOHE ISRAEL (hebraico): "Deus, O Deus de Israel" Uma afirmação do povo de Deus em relação ao local do altar de Jacó em Shecham (Canaã), sendo que Israel significa aquele que luta junto com Deus até a Vitória. Gn. 33.20
  23. 23. EL ELYON (hebraico): "O Deus Altíssimo" De acordo com alguns estudiosos, esse nome/natureza de El Elyon começou a ser usado quando Israel foi levado em cativeiro de Jerusalém à Babilônia.
  24. 24. EL GIBBOR (hebraico): "Deus de Força" ou "Deus Poderoso" A afirmação de Deus na aliança tribal (as 12 tribos de Israel) ou a Sua manifestação para o povo de fronteira nos desertos, montanhas e selvas.
  25. 25. EL RACHMAN (árabe), "Deus Misericordioso" ou "Deus de Compaixão" O Deus que ama e perdoa o seu povo.
  26. 26. EL ROI (hebraico): "Deus de Visão" O Deus que tudo vê.
  27. 27. EL SALI (hebraico): "Deus da Minha Rocha" A Força do Divino que nos mantém ao longo de todos os testes e tribulações.
  28. 28. EL SHADDAI (hebraico): "O Senhor Deus Todo Poderoso" O título usado pelo Senhor quando apareceu para Abraão, demonstrando a Natureza manifestada de Deus à medida que Ele se evidenciava para Abraão. Gn 17.1
  29. 29. ELOHA SHAMAYYIM (hebraico): "O Deus dos Céus" Um título próprio para a Liderança gloriosa sobre os céus e os céus dos céus, e para Aquele que é o Organizador e Sustentador da Criação. Ed. 5:11
  30. 30. ELOHIM (hebraico): "Os Deuses" ou "Divindade" O primeiro título para Deus nos textos da Torah, no Livro de Gênesis. Aparece antes da expressão Yahweh ser usada. Gn. 1.1
  31. 31. ELOHIM TSEBAYOTH (hebraico): "Deus como as Legiões ou os Exércitos" Um título de excelência usado para a exteriorização da hierarquia que mostra que Deus é o Senhor dos exércitos.
  32. 32. ESH OLAM (hebraico): "O Fogo Eterno" O Fogo que queima no Templo como sinal da Presença e Luz eternas de Deus.
  33. 33. GEDULAH (hebraico): "Grandiosidade" ou "Magnitude" Uma expressão do enorme Poder de Deus. 1Cro. 29. 11
  34. 34. HA-EL HA GADOL (hebraico): "O Grande Deus" O atributo do Eterno Poder Soberano de Deus que pode ser observado em todo o Universo.
  35. 35. HA-EL HA'KADOSH (hebraico): "O Santo Deus" Uma expressão usada em orações ao Divino, conforme os profetas do Antigo e Novo Testamento O exaltavam. Is. 5.16
  36. 36. HA EMET (hebraico): "A Verdade" Um atributo do Divino como qualificador da Realidade da Vida - da que é real tanto aqui quanto nos céus, e que é boa e perdura por toda a eternidade.
  37. 37. HA GO'EL (hebraico): "O Redentor" Deus Libertador da Criação.
  38. 38. HA SHEM (hebraico): "O [Grande] Nome" O Nome Divino usado pelos fiéis ortodoxos para cumprir as palavras de Êxodo 20.7.
  39. 39. HA TIKVA (hebraico): "A Esperança". Afirmação do Divino que demonstra o propósito e comprometimento de Deus com a vida por Ele criada.
  40. 40. HAYMANOOTHA (aramaico): "Fidelidade" O Nome do Deus Vivente que é fiel ao Seu Povo. Na Escritura hebraica, a palavra significa firmeza ou fidelidade. Usada no Novo Testamento, a palavra assume o significado de fé, crença. Ela vem do radical aramaico “Amen”, que significa firmar.
  41. 41. KETHER KADMON (hebraico): "A Coroa Primordial" O atributo da Mente Divina de Deus. A saudação usada pelo povo de Deus para a Fonte de toda a Sabedoria no experimento da humanidade.
  42. 42. MARIAH (aramaico): "Senhor Deus" Na Peshitta aramaica, esta era a expressão usada para Deus. O termo aramaico para Senhor vem de Mara, que significa Senhor ou Mestre. Quando Jesus foi chamado pelo povo de "meu Senhor", a palavra aramaica era Mar. (Mt 8.2). O termo Mariah-Senhor substituía a palavra hebraica YHWH (Yahweh).
  43. 43. MAYIM HAYIM (hebraico): "As Águas Vivas" Um atributo da Divindade e uma metáfora para a Fonte de toda energia e glória criadoras. Cant. 4.15
  44. 44. ‘OSE SHALOM (hebraico): "Criador da Paz" ou "O Pacificador" Aquele que consegue verdadeiramente transformar a agressão da humanidade em Amor Divino transformando o ser humano.
  45. 45. ROKEB BA-ARABOT (hebraico): "O Viajante sobre as esferas ou passagens superiores". O Divino que se move sobre os reinos da criação e pelas dimensões da eternidade. Sl. 68.4
  46. 46. RUACH HA KODESH (hebraico): "O Espírito Santo" O Espírito Infinito de Deus que é Santo. Esta expressão também está associada a Hagios Pneuma em grego no Novo testamento.
  47. 47. MESHIAH (MASHIACH) ou MSHECHA (hebraico-aramaico): "Messias", "o Ungido" ou "o Consagrado" O termo "Messias" é um título e não um nome próprio. O Libertador do povo de Deus.
  48. 48. SHEKINAH (hebraico): "A Presença Divina" A Glória Divina manifestada ao povo santo de YHWH onde quer que A Presença seja sentida.
  49. 49. SHEM HAMEFORASH (hebraico): "O Nome Divino Inefável” O Tetragrama que não é pronunciado, mas mantido Sagrado. Refere se ao Nome que não pode ser pronunciado.
  50. 50. YAHWEH (hebraico): "O Nome Revelado do Divino" O Nome do Divino é encontrado mais de 6.800 vezes no Antigo Testamento e é usado pela primeira vez em Gn. 2.4.
  51. 51. YAHWEH ELOHIM (hebraico): "Deus Criador" ou "Senhor Deus" Em Gênesis 2.4 esta expressão é dada para juntar a natureza do Divino revelada em Gênesis 1 com a do Deus Pessoal revelado em Gênesis 2.
  52. 52. YAHWEH ROI (hebraico): "O Senhor é o meu Pastor" Esta expressão revela o Divino como o Senhor que cuida de nós por toda a eternidade. Sl. 23.1
  53. 53. YAHWEH SHALOM (hebraico): "A Paz de Yahweh” Esta expressão reconhece que o Divino é Paz.
  54. 54. YUD HÊI VAV HÊI (hebraico): "O Tetragrama" As Letras Sagradas do Nome Divino YHVH ou YHWH - ‫יהוה‬, na grafia original, o hebraico. Yud ‫י‬ Hêi ‫ה‬ Vav ‫ו‬ Hêi ‫ה‬ ou ‫יהוה‬ era escrito e lido horizontalmente, da direita para esquerda. ‫י‬ Yodh ou Yud “Y” ‫ה‬ He ou Hêi “H” ‫ו‬ Waw ou Vav "V” ou “W” ‫ה‬ He ou Hêi “H”
  55. 55. YOTZER (hebraico): "O Criador” O Deus Criador de tudo.
  56. 56. YOTZER MEOROT (hebraico): "O Criador dos Luminares” O Divino Criador dos céus e tudo quanto neles há.
  57. 57. ZEIR ANPIN (hebraico): "O da Face Pequena” A Face mais próxima de Deus no universo físico, o Deus que está perto da Sua criação.
  58. 58. Agora vejamos alguns dos Nomes mais conhecidos de Deus, que também apresentam Seus atributos
  59. 59. Jeová Rapha - O Senhor que sara - Êxodo 15:26. Ha El – O Deus que planeja - Salmos 139:16 Yeshua - Salvação - de “Yesha'Yah” “Salvação do Eterno” Yeshua HaMashiach – A Salvação Enviada por - Deus João 3:16 Jeová Eloai - O Senhor Deus - Josué 7: 7-8 El Eloe Israel - O Deus Pessoal de Israel Gênesis - 33: 20 El Eliom - Deus Altíssimo Elohim - Deus vivo, Deus Criador Gênesis - 2:4
  60. 60. Jeová Elohenu - O Senhor Nosso Deus - Deuteronômio - 2 .33,36 Jeová Rohi - Senhor meu Pastor - Salmos 23:1 Emanuel - Deus conosco - Isaias 7.14, Mateus 1.23 Jeová Shammah - Deus presente Ez. 45.8 Jeová Kaimna - O Senhor Zeloso Êx. 34.14 Jeová Shalom - O Senhor é Paz - Juízes 6.24 Jeová Nissi – O Senhor é Minha Bandeira - Êxodo 17.15 Jeová Jiré - O Senhor que Provê - Gênesis 22.8 El Olam - Deus Eterno Gênesis 21.33
  61. 61. Jeová Elohim Sabaoth - Senhor dos Exércitos. - Jeremias11.20 Jeová Tsidkenu – Senhor Nossa Justiça - Jeremias 23.6 Tsaddia – Justo - Salmos 7.9 El Roi - Deus que vê - Genesis 16.13 El Shaddai - Deus Todo Poderoso - Genesis 17.1 Eyaluth - Força - Salmos 22.19 Gaal - Redentor – Jó 19.25 Aba – Pai. Salmos – 89.26 Maor - Doador da Luz - Genesis 1.16
  62. 62. Adonai - Senhor - Salmo 97. 5 HaShem - O Nome - HASHEM KODESH (O Nome Sagrado) ou HaKadosh BarukHu - O Santo Bendito Seja Ribono Shel Olam - Senhor do Universo Kadosh Yisrael- O Santo de Israel – Isa. 43. 3 Kadosh Kadosh Kadosh- Santíssimo – Apocalipse 4. 8
  63. 63. Uma explicação extra O que é a escrita massorética?
  64. 64. A escrita hebraica antiga não possuía vogais. A vocalização das palavras era transmitida pela tradição, de pai para filho. Quando um judeu se deparava com a palavra hebraica ‫דוד‬ - dálet (d), vav (v), dálet (d) - por exemplo, sabia que era uma referência a Davi, o grande rei israelita. Com o tempo surgiu o receio de que a pronúncia correta das palavras fosse perdida, já que o hebraico era falado apenas por uma pequena parte da população, com uso estritamente litúrgico.
  65. 65. As primeiras experiências com sinais que pudessem ajudar na vocalização dos textos foram feitas com o Talmude, coleção de escritos sagrados do judaísmo. Comunidades judaicas que viviam na Palestina e na Babilônia, no século V, desenvolveram uma série de pontos vocálicos que ficavam acima das consoantes. Por volta de 900 d.C o sistema tiberiense suplantou os métodos palestinense e babilônico colocando os pontos abaixo das consoantes. Esses pontos vocálicos foram acompanhados de acentos que serviam para dar ritmo ao texto que era lido nas sinagogas.
  66. 66. Além dos sinais vocálicos e acentos também foram feitos comentários críticos em notas marginais do texto que tinham a função de identificar grafias fora do comum, palavras e formas gramaticais e até mesmo o número de letras contidas no texto. Essas notas eram chamadas de Massora (tradição) e os responsáveis pelas notas de Massoretas. Os sinais e acentos ficaram conhecidos como “sinais massoréticos”. A padronização dos sinais e pontuação criados pelos massoretas se deu por volta do século X com o trabalho das famílias ben Asher e ben Naphtali.
  67. 67. Esse é o texto de Gênesis 1.1, acima com os sinais massoréticos, abaixo sem eles.

×