SlideShare uma empresa Scribd logo
AS DROGAS
Prof. Tamires
Droga
 É toda e qualquer substância, natural
 ou sintética que, introduzida no
 organismo modifica suas funções.

São classificadas em:
• Depressoras
• Estimulantes
• Perturbadoras/ Alucinógenos
Depressoras
No conjunto das drogas depressoras, as
mais conhecidas são o álcool, os soníferos,
a heroína, a morfina, a cola de sapateiro,
os remédios ansiolíticos e antidepressivos
(barbitúricos) e seus derivados. Seu
principal efeito é retardar o funcionamento
do organismo, tornando todas as funções
metabólicas mais lentas.
Estimulantes
• As drogas estimulantes mais conhecidas
  são as anfetaminas, a cocaína e seus
  derivados. Elas podem causar náuseas e
  insônia. Fisicamente, a inalação deixa
  lesões graves no nariz e a injeção deixa
  marcas de picada e o risco de
  contaminação por outras doenças
  (DST/aids). Em todas as suas formas,
  causa séria dependência, sendo o crack o
  principal vilão.
Alucinógenos
• As drogas alucinógenas mais comuns são
  a maconha, o haxixe, o LSD, os
  cogumelos e o ecstasy. Ele começa a
  falar demais, rir sem motivo e ter
  acessos de euforia. Porém, ele pode
  perder a noção de espaço perda de
  memória recente, além de apresentar
  um aumento considerável do apetite
  (“larica”).  Pode    produzir     efeitos
  paranóicos e pode ativar episódios
  esquizofrênicos em pacientes psicóticos.
Álcool
• Apesar de ser uma droga
  altamente      aceita    pela
  sociedade atual, é uma droga
  psicotrópica    que    causa
  dependência e mudança de
  comportamento.
• Quando      consumido     em
  excesso, é visto como
  problema de saúde.
• São dois efeitos: o que
  estimula e o que deprime.
Tabagismo
•   Acetaldeído (responsável pela ressaca)
•   Acetona (solvente inflamável, remove esmalte)
•   Acroleína (causa mau hálito)
•   Alcatrão (cancerígeno, obstrui vias respiratórias)
•   Amoníaco (usado em produtos de limpeza)
•   Arsénico (veneno puro – nocivo)
•   Benzopireno( não deixa cigarro apagar –
    cancerígeno)
• Metanol (combustível de foguetes e
  automóveis)
• Monóxido de carbono (gás inflamável e
  radioativo)
• Naftalina ( químico com odor anti-traças)
• Nicotina (também usado como iseticida)
• Níquel (se acumula em diversos locais do
  corpo, causa gangrena e danos no coração).
•Anualmente 200 mil brasileiros morrem em decorrência de doenças
relacionadas ao tabaco. A previsão do custo é de R$ 8 milhões.

•A nicotina dura em média 2horas no sangue.
Maconha
São as flores e folhas secas da planta Cannabis sativa.

                                       • A memória fica prejudicada e a
                                         pessoa não consegue executar
                                         tarefas múltiplas. Há aceleração do
                                         tempo subjetivo, fazendo minutos
                                         parecerem horas, e confusão entre
                                         passado, presente e futuro.
                                       • Os sentidos ficam aguçados, mas o
                                         indivíduo tem menor equilíbrio e
                                         força muscular.
                                       • Os     olhos    ficam    vermelhos
                                         (congestão da conjuntiva), a boca
                                         seca, e aumenta a vontade de
                                         comer doces.
                                       • O pulso fica acelerado, e a pressão
                                         pode diminuir quando a pessoa
                                         fica em pé, causando tontura.
Haxixe
• É a resina retirada das flores da
  planta Cannabis, utilizado como
  entorpecente, que pode ser
  fumado ou ingerido.
Sintomas físicos
• Vermelhidão nos olhos
• Aumento da pressão arterial sistólica na
    posição deitado e redução na posição
    em pé e frequencia dos batimentos
    cardíacos elevada                        No longo prazo pode provocar:
• Fotofobia
• Dilatação dos brônquios                           1) Sintomas físicos
• Tosse
                                                  • Asma e bronquite
• Boca seca
                                             •   Alteração na resposta imune
                                                  • Câncer de pulmão
 Sintomas psíquicos
• Diminuição de reflexos e capacidade de
    guiar máquinas                                2) Sintomas psíquicos
• Sonolência                                          • Isolamento
• Euforia                                              • Distração
• Alteração da memória imediata
• Ação antiemética
• Sensibilidade aumentada para estímulos
    externos
• Ideias paranoides e pensamentos
    fragmentados
Cocaína
• Um estimulante do Sistema
  Nervoso Central. Ela atinge
  rapidamente o cérebro, produz
  resposta intensa.
• No início a pessoa pode sentir
  necessidade do aumento da
  dose para produção do mesmo
  efeito (tolerância).
• Além disto, afasta-se da
  família, amigos e trabalho e
  pode passar a vender os seus
  objetos ou a roubar para
  manter o consumo da droga
Crack

• Droga cinco vezes mais potente que a
  cocaína.
• O usuário tem comportamento violento.
• Os neurônios vão sendo destruídos, a
  memória, concentração, autocontrole.
• 30% perdem a vida em prazo de 5 anos.
• Muitos que querem, conseguem sem livrar do
  vício em casas de tratamento.
Adição de :
•Gasolina, amônia,
cimento, ácido
sulfúrico , talco
etc...
Calmantes
• São drogas ou medicamentos
  que deprimem o sistema
  nervoso central, causando desde
  sonolência até inconsciência.
• Provocam        sonolência     e
  diminuem a coordenação motora
  e dificultam movimentos finos.
• Também diminuem a memória e
  aumentam o apetite.
Anfetamina
• O batimento cardíaco é acelerado e a pressão
  sanguínea sobe bastante. Ao agir sobre os
  centros de controle do hipotálamo, ao mesmo
  tempo em que reduz a atividade
  gastrintestinal, a droga inibe o apetite e seu
  efeito pode durar de quatro a 14 horas,
  dependendo da dosagem.
L.S.D

• LSD é o acrônimo de Lysergsäurediethylamid,
  palavra alemã para a dietilamida do ácido
  lisérgico, que é uma das mais potentes
  substâncias alucinógenas conhecidas.
• Efeitos: dilatação das pupilas, náuseas,
  vômitos, sudorese, aumento da frequência
  cardíaca e da pressaõ, aumento da
  temperatura, confusão mental e outras.
Ecstasy
• Após o uso da droga, surgem alguns efeitos
  indesejados: aumento da tensão muscular, e
  da atividade motora, aumento da temperatura
  corporal, dores na musculatura, na coluna e
  nos membros inferiores, dor de cabeça,
  náusea, perda de apetite, visão borrada, boca
  seca, insônia, alucinação, crise de pânico,
  psicose e outros.
Overdose
• Exposição a doses excessivas de uma droga,
  ocorrendo ou não a intoxicação, isto é,
  havendo ou não sinais e sintomas clínicos que
  debilitam o organismo, provocando a falência
  de órgãos vitais como coração e pulmões,
  podendo levar à morte, sendo uma das suas
  principais causas entre dependentes químicos.
DROGAS ILÍCITAS: grupo de substâncias relacionadas
  pela Lei Federal nº 6.368, 21 OUT 76.

   Art 1º: não se pode plantar culturas das quais se extraiam
            substâncias entorpecentes ou psicotrópicas.
Art 4º: transportar, guardar, entregar substâncias entorpecentes
                              é crime.
Art 12: instigar, induzir ou auxiliar alguém ao uso de substâncias
                      entorpecentes é crime.
Ex: Cocaína, heroína, maconha, LSD, crack, anfetaminas, etc.
Amy Winehouse (27 anos)                  Cazuza (32 anos)           Cassia Eller (39 anos)




 Whitney Houston (48 anos)              Michael Jackson (50 anos)   Bob Marley (36 anos)


 Elvis Presley, Renato Russo e outros
Fábio Assunção
 Vera Ficher          Felipe Camargo
                                        Ainda sofre...




                 Maurício Mattar       Britney Spears
Marcelo Antony
E muitas pessoas não
sabem que é possível
 se livrar desse mal!!!
       Ajude-os...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides drogas-2
Slides   drogas-2Slides   drogas-2
Slides drogas-2
Dallyla Sohara
 
Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.
Jocilaine Moreira
 
Drogas e Consequências
Drogas e Consequências Drogas e Consequências
Drogas e Consequências
Walquiria Dutra
 
Adolescentes e drogas
Adolescentes e drogasAdolescentes e drogas
Adolescentes e drogas
ariadnemonitoria
 
Palestra Eldorado
Palestra EldoradoPalestra Eldorado
Palestra Eldorado
Cristina Riqueti
 
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
Paulo Firmino
 
Cartilha principais drogas e seus efeitos
Cartilha principais drogas e seus efeitosCartilha principais drogas e seus efeitos
Cartilha principais drogas e seus efeitos
Ana Filadelfi
 
Trabalho drogas
Trabalho drogasTrabalho drogas
Trabalho drogas
5feugeniocastro
 
Drogas - Liberte-se delas !
Drogas - Liberte-se delas !Drogas - Liberte-se delas !
Drogas - Liberte-se delas !
luizaoandrade2010
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
raquelpiress
 
trabalho sobre drogas
trabalho sobre drogastrabalho sobre drogas
trabalho sobre drogas
fabio silva
 
Palestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogasPalestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogas
Prefeitura Municipal de Bandeirantes,PR
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
dulcemarr
 
Crack
CrackCrack
Drogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitasDrogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitas
duartefran
 
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentesDrogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
Clécio Bubela
 
Drogas
DrogasDrogas
Contra as drogas
Contra as drogas Contra as drogas
Contra as drogas
JOSEMAR LIMA
 
Tipos de Drogas
Tipos de DrogasTipos de Drogas
Tipos de Drogas
maria.j.fontes
 
ApresentaçãO Contra As Drogas
ApresentaçãO Contra As DrogasApresentaçãO Contra As Drogas
ApresentaçãO Contra As Drogas
Jonathan Roberto Oliveira
 

Mais procurados (20)

Slides drogas-2
Slides   drogas-2Slides   drogas-2
Slides drogas-2
 
Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.Liberdade é viver sem drogas.
Liberdade é viver sem drogas.
 
Drogas e Consequências
Drogas e Consequências Drogas e Consequências
Drogas e Consequências
 
Adolescentes e drogas
Adolescentes e drogasAdolescentes e drogas
Adolescentes e drogas
 
Palestra Eldorado
Palestra EldoradoPalestra Eldorado
Palestra Eldorado
 
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
Drogas: tipos, efeitos e prevenção.
 
Cartilha principais drogas e seus efeitos
Cartilha principais drogas e seus efeitosCartilha principais drogas e seus efeitos
Cartilha principais drogas e seus efeitos
 
Trabalho drogas
Trabalho drogasTrabalho drogas
Trabalho drogas
 
Drogas - Liberte-se delas !
Drogas - Liberte-se delas !Drogas - Liberte-se delas !
Drogas - Liberte-se delas !
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
trabalho sobre drogas
trabalho sobre drogastrabalho sobre drogas
trabalho sobre drogas
 
Palestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogasPalestra prevencao drogas
Palestra prevencao drogas
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Crack
CrackCrack
Crack
 
Drogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitasDrogas licitas e ilicitas
Drogas licitas e ilicitas
 
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentesDrogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
Drogas - categorias, efeitos, problemas sociais e de saúde decorrentes
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Contra as drogas
Contra as drogas Contra as drogas
Contra as drogas
 
Tipos de Drogas
Tipos de DrogasTipos de Drogas
Tipos de Drogas
 
ApresentaçãO Contra As Drogas
ApresentaçãO Contra As DrogasApresentaçãO Contra As Drogas
ApresentaçãO Contra As Drogas
 

Destaque

Trabalho Das Drogas F.CíVica
Trabalho Das Drogas F.CíVicaTrabalho Das Drogas F.CíVica
Trabalho Das Drogas F.CíVica
7iesdr
 
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Wallace Oliveira Cruz
 
Trabalho de ciências 6º ano - drogas
Trabalho de ciências 6º ano - drogasTrabalho de ciências 6º ano - drogas
Trabalho de ciências 6º ano - drogas
Joana Sousa
 
Daniely,karolina,kauana
Daniely,karolina,kauanaDaniely,karolina,kauana
Daniely,karolina,kauana
inclusaodigital2011
 
Alcoolismo
Alcoolismo Alcoolismo
Alcoolismo
vitorcouto76
 
Cálculos trabalhistas passo a passo
Cálculos trabalhistas passo a passoCálculos trabalhistas passo a passo
Cálculos trabalhistas passo a passo
Iara Triers
 
Álcool
ÁlcoolÁlcool
Álcool
silvagt
 
Drogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitosDrogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitos
Aline Costa
 

Destaque (8)

Trabalho Das Drogas F.CíVica
Trabalho Das Drogas F.CíVicaTrabalho Das Drogas F.CíVica
Trabalho Das Drogas F.CíVica
 
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
 
Trabalho de ciências 6º ano - drogas
Trabalho de ciências 6º ano - drogasTrabalho de ciências 6º ano - drogas
Trabalho de ciências 6º ano - drogas
 
Daniely,karolina,kauana
Daniely,karolina,kauanaDaniely,karolina,kauana
Daniely,karolina,kauana
 
Alcoolismo
Alcoolismo Alcoolismo
Alcoolismo
 
Cálculos trabalhistas passo a passo
Cálculos trabalhistas passo a passoCálculos trabalhistas passo a passo
Cálculos trabalhistas passo a passo
 
Álcool
ÁlcoolÁlcool
Álcool
 
Drogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitosDrogas e seus efeitos
Drogas e seus efeitos
 

Semelhante a As drogas

Drogas matam aceite a jesus
Drogas matam aceite a jesusDrogas matam aceite a jesus
Drogas matam aceite a jesus
Marcos de Paula Marcos
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
URCA
 
Drogas 2
Drogas 2Drogas 2
Drogas 2
Ivaneth Almeida
 
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticasAs drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
Francisca Santos
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Ricardo Silva
 
Trabalho Gabriela 23/09/2009
Trabalho Gabriela 23/09/2009Trabalho Gabriela 23/09/2009
Trabalho Gabriela 23/09/2009
Ricardo
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
nanci
 
Drogas de abuso
Drogas de abusoDrogas de abuso
Drogas de abuso
Amanda da Costa Gomes
 
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPATDrogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Claudio Cesar Pontes ن
 
Toxicodependencia
ToxicodependenciaToxicodependencia
Toxicodependencia
TAS2012
 
drogas
drogasdrogas
drogas
deni93
 
Redução de danos
Redução de danosRedução de danos
Redução de danos
Diego Rodrigues
 
As drogas e seus efeitos
As drogas e seus efeitosAs drogas e seus efeitos
As drogas e seus efeitos
Alinebrauna Brauna
 
Alcool e outras drogas
Alcool e outras drogasAlcool e outras drogas
Alcool e outras drogas
blogspott
 
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando AbreuDROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Drogas
DrogasDrogas
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Kamilla Morganna
 
Drogas 150714000358-lva1-app6891
Drogas 150714000358-lva1-app6891Drogas 150714000358-lva1-app6891
Drogas 150714000358-lva1-app6891
PqpStones
 
Dorgs (*~*)
Dorgs (*~*)Dorgs (*~*)
Dorgs (*~*)
PqpBiersack
 
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
PqpBiersack
 

Semelhante a As drogas (20)

Drogas matam aceite a jesus
Drogas matam aceite a jesusDrogas matam aceite a jesus
Drogas matam aceite a jesus
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Drogas 2
Drogas 2Drogas 2
Drogas 2
 
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticasAs drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
As drogas podem ser tanto naturais quanto sintéticas
 
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptxOs Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
Os Males para o individuo ALCOOL_DROGAS_.pptx
 
Trabalho Gabriela 23/09/2009
Trabalho Gabriela 23/09/2009Trabalho Gabriela 23/09/2009
Trabalho Gabriela 23/09/2009
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Drogas de abuso
Drogas de abusoDrogas de abuso
Drogas de abuso
 
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPATDrogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
Drogas licitas e ilicitas - Tema para SIPAT
 
Toxicodependencia
ToxicodependenciaToxicodependencia
Toxicodependencia
 
drogas
drogasdrogas
drogas
 
Redução de danos
Redução de danosRedução de danos
Redução de danos
 
As drogas e seus efeitos
As drogas e seus efeitosAs drogas e seus efeitos
As drogas e seus efeitos
 
Alcool e outras drogas
Alcool e outras drogasAlcool e outras drogas
Alcool e outras drogas
 
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando AbreuDROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
DROGAS - CONCEITOS E LEIS - Prof. Fernando Abreu
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
Slides drogas-2-130319152857-phpapp01
 
Drogas 150714000358-lva1-app6891
Drogas 150714000358-lva1-app6891Drogas 150714000358-lva1-app6891
Drogas 150714000358-lva1-app6891
 
Dorgs (*~*)
Dorgs (*~*)Dorgs (*~*)
Dorgs (*~*)
 
Drogas
Drogas Drogas
Drogas
 

Mais de Tamires Lima

Apresentação ger.res.
Apresentação ger.res.Apresentação ger.res.
Apresentação ger.res.
Tamires Lima
 
Hipertens..
Hipertens..Hipertens..
Hipertens..
Tamires Lima
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Tamires Lima
 
Poliniza o por insetos
Poliniza  o por insetosPoliniza  o por insetos
Poliniza o por insetos
Tamires Lima
 
Cartilha 1 (lixo e cidadania)
Cartilha 1 (lixo e cidadania)Cartilha 1 (lixo e cidadania)
Cartilha 1 (lixo e cidadania)Tamires Lima
 
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)Cartilha 1 (Lixo e cidadania)
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)Tamires Lima
 

Mais de Tamires Lima (6)

Apresentação ger.res.
Apresentação ger.res.Apresentação ger.res.
Apresentação ger.res.
 
Hipertens..
Hipertens..Hipertens..
Hipertens..
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Poliniza o por insetos
Poliniza  o por insetosPoliniza  o por insetos
Poliniza o por insetos
 
Cartilha 1 (lixo e cidadania)
Cartilha 1 (lixo e cidadania)Cartilha 1 (lixo e cidadania)
Cartilha 1 (lixo e cidadania)
 
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)Cartilha 1 (Lixo e cidadania)
Cartilha 1 (Lixo e cidadania)
 

Último

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 

Último (20)

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 

As drogas

  • 2. Droga É toda e qualquer substância, natural ou sintética que, introduzida no organismo modifica suas funções. São classificadas em: • Depressoras • Estimulantes • Perturbadoras/ Alucinógenos
  • 3. Depressoras No conjunto das drogas depressoras, as mais conhecidas são o álcool, os soníferos, a heroína, a morfina, a cola de sapateiro, os remédios ansiolíticos e antidepressivos (barbitúricos) e seus derivados. Seu principal efeito é retardar o funcionamento do organismo, tornando todas as funções metabólicas mais lentas.
  • 4. Estimulantes • As drogas estimulantes mais conhecidas são as anfetaminas, a cocaína e seus derivados. Elas podem causar náuseas e insônia. Fisicamente, a inalação deixa lesões graves no nariz e a injeção deixa marcas de picada e o risco de contaminação por outras doenças (DST/aids). Em todas as suas formas, causa séria dependência, sendo o crack o principal vilão.
  • 5. Alucinógenos • As drogas alucinógenas mais comuns são a maconha, o haxixe, o LSD, os cogumelos e o ecstasy. Ele começa a falar demais, rir sem motivo e ter acessos de euforia. Porém, ele pode perder a noção de espaço perda de memória recente, além de apresentar um aumento considerável do apetite (“larica”). Pode produzir efeitos paranóicos e pode ativar episódios esquizofrênicos em pacientes psicóticos.
  • 6. Álcool • Apesar de ser uma droga altamente aceita pela sociedade atual, é uma droga psicotrópica que causa dependência e mudança de comportamento. • Quando consumido em excesso, é visto como problema de saúde. • São dois efeitos: o que estimula e o que deprime.
  • 7. Tabagismo • Acetaldeído (responsável pela ressaca) • Acetona (solvente inflamável, remove esmalte) • Acroleína (causa mau hálito) • Alcatrão (cancerígeno, obstrui vias respiratórias) • Amoníaco (usado em produtos de limpeza) • Arsénico (veneno puro – nocivo) • Benzopireno( não deixa cigarro apagar – cancerígeno)
  • 8. • Metanol (combustível de foguetes e automóveis) • Monóxido de carbono (gás inflamável e radioativo) • Naftalina ( químico com odor anti-traças) • Nicotina (também usado como iseticida) • Níquel (se acumula em diversos locais do corpo, causa gangrena e danos no coração).
  • 9.
  • 10.
  • 11. •Anualmente 200 mil brasileiros morrem em decorrência de doenças relacionadas ao tabaco. A previsão do custo é de R$ 8 milhões. •A nicotina dura em média 2horas no sangue.
  • 12. Maconha São as flores e folhas secas da planta Cannabis sativa. • A memória fica prejudicada e a pessoa não consegue executar tarefas múltiplas. Há aceleração do tempo subjetivo, fazendo minutos parecerem horas, e confusão entre passado, presente e futuro. • Os sentidos ficam aguçados, mas o indivíduo tem menor equilíbrio e força muscular. • Os olhos ficam vermelhos (congestão da conjuntiva), a boca seca, e aumenta a vontade de comer doces. • O pulso fica acelerado, e a pressão pode diminuir quando a pessoa fica em pé, causando tontura.
  • 13.
  • 14. Haxixe • É a resina retirada das flores da planta Cannabis, utilizado como entorpecente, que pode ser fumado ou ingerido.
  • 15. Sintomas físicos • Vermelhidão nos olhos • Aumento da pressão arterial sistólica na posição deitado e redução na posição em pé e frequencia dos batimentos cardíacos elevada No longo prazo pode provocar: • Fotofobia • Dilatação dos brônquios 1) Sintomas físicos • Tosse • Asma e bronquite • Boca seca • Alteração na resposta imune • Câncer de pulmão Sintomas psíquicos • Diminuição de reflexos e capacidade de guiar máquinas 2) Sintomas psíquicos • Sonolência • Isolamento • Euforia • Distração • Alteração da memória imediata • Ação antiemética • Sensibilidade aumentada para estímulos externos • Ideias paranoides e pensamentos fragmentados
  • 16. Cocaína • Um estimulante do Sistema Nervoso Central. Ela atinge rapidamente o cérebro, produz resposta intensa. • No início a pessoa pode sentir necessidade do aumento da dose para produção do mesmo efeito (tolerância). • Além disto, afasta-se da família, amigos e trabalho e pode passar a vender os seus objetos ou a roubar para manter o consumo da droga
  • 17. Crack • Droga cinco vezes mais potente que a cocaína. • O usuário tem comportamento violento. • Os neurônios vão sendo destruídos, a memória, concentração, autocontrole. • 30% perdem a vida em prazo de 5 anos. • Muitos que querem, conseguem sem livrar do vício em casas de tratamento.
  • 18. Adição de : •Gasolina, amônia, cimento, ácido sulfúrico , talco etc...
  • 19.
  • 20. Calmantes • São drogas ou medicamentos que deprimem o sistema nervoso central, causando desde sonolência até inconsciência. • Provocam sonolência e diminuem a coordenação motora e dificultam movimentos finos. • Também diminuem a memória e aumentam o apetite.
  • 21. Anfetamina • O batimento cardíaco é acelerado e a pressão sanguínea sobe bastante. Ao agir sobre os centros de controle do hipotálamo, ao mesmo tempo em que reduz a atividade gastrintestinal, a droga inibe o apetite e seu efeito pode durar de quatro a 14 horas, dependendo da dosagem.
  • 22.
  • 23. L.S.D • LSD é o acrônimo de Lysergsäurediethylamid, palavra alemã para a dietilamida do ácido lisérgico, que é uma das mais potentes substâncias alucinógenas conhecidas. • Efeitos: dilatação das pupilas, náuseas, vômitos, sudorese, aumento da frequência cardíaca e da pressaõ, aumento da temperatura, confusão mental e outras.
  • 24. Ecstasy • Após o uso da droga, surgem alguns efeitos indesejados: aumento da tensão muscular, e da atividade motora, aumento da temperatura corporal, dores na musculatura, na coluna e nos membros inferiores, dor de cabeça, náusea, perda de apetite, visão borrada, boca seca, insônia, alucinação, crise de pânico, psicose e outros.
  • 25. Overdose • Exposição a doses excessivas de uma droga, ocorrendo ou não a intoxicação, isto é, havendo ou não sinais e sintomas clínicos que debilitam o organismo, provocando a falência de órgãos vitais como coração e pulmões, podendo levar à morte, sendo uma das suas principais causas entre dependentes químicos.
  • 26. DROGAS ILÍCITAS: grupo de substâncias relacionadas pela Lei Federal nº 6.368, 21 OUT 76. Art 1º: não se pode plantar culturas das quais se extraiam substâncias entorpecentes ou psicotrópicas. Art 4º: transportar, guardar, entregar substâncias entorpecentes é crime. Art 12: instigar, induzir ou auxiliar alguém ao uso de substâncias entorpecentes é crime. Ex: Cocaína, heroína, maconha, LSD, crack, anfetaminas, etc.
  • 27. Amy Winehouse (27 anos) Cazuza (32 anos) Cassia Eller (39 anos) Whitney Houston (48 anos) Michael Jackson (50 anos) Bob Marley (36 anos) Elvis Presley, Renato Russo e outros
  • 28. Fábio Assunção Vera Ficher Felipe Camargo Ainda sofre... Maurício Mattar Britney Spears Marcelo Antony
  • 29. E muitas pessoas não sabem que é possível se livrar desse mal!!! Ajude-os...