UMA NOVA
SOCIEDADE?
Ítalo Vieira, Yago Coutinho, Matheus Ramalho, Wellison
Dutra, Brisa Bispo e Heloísa Viana
O Evolucionismo Social
 O Evolucionismo social refere-se às teorias antropológicas de desenvolvimento
social segundo as q...
Como saber se uma sociedade é mais “evoluída” que a outra?
O problema é: minha ideia sobre quais fatores influenciáveis são avaliados para que vejamos
qual das sociedades é mais evo...
A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
A Era dos Sistemas de Informações
 Ao longo da história o homem tem criado os mais diversos meios e ferramentas
para se c...
A Era dos Sistemas de Informações
 Assim, assistimos a um desenvolvimento tecnológico, independente e autônomo,
sem neces...
Qual pode ser o impacto da tecnologia para a divisão da sociedade?
A Era dos Sistemas de Informações
 Esta sociedade poderá ser a culpada por grandes diferenças sociais, tendo em
conta o s...
Vocês preferem estudar por meio de livros ou com o auxilio da internet?
A Era dos Sistemas de Informações
 Os jovens adquirem vários conhecimentos fora da escola, pois eles estão auto
integrado...
INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO NA CULTURA
De que modo a informação pode influenciar uma
cultura?
“O avanço tecnológico nas aldeias possibilitou algumas mudanças de hábitos, segundo avaliação do
cacique Azarias Ioio Iapa...
Globalização Cultural
 As pessoas estão cada vez mais descobrindo na Internet uma maneira rápida e
eficiente de entrar em...
Globalização Cultural
 Entretanto acusa-se a globalização de proporcionar uma desigual forma de
comunicação entre os dife...
A SOCIEDADE EM REDE
"A Sociedade é uma complexa teia que se estabelecem
entre os seres humanos"
Explicação 1: As tomadas de decisões, ações e resultados são algo que é adquirido
coletivamente, ou seja, o que uma maiori...
Explicação 2: É uma analogia que compara toda sociedade com uma teia de aranha. Cada
pessoas seria um ponto onde forma a i...
A interferência de outros povos na cultura de uma sociedade
exercida através da tecnologia da informação é benéfica ou não...
É possível, nos dias atuais, ter uma cultura totalmente sem a
interferência das demais?
EXCESSO DE INFORMAÇÃO
Excesso de Informação
 O excesso de informação está provocando uma angústia típica dos tempos atuais e
levando à conclusã...
Excesso de Informação
 Note que hoje em dia o problema não é o acesso à informação, mas sua
sobrecarga. Como resultado, t...
OBRIGADO!
Filosofia
Filosofia
Filosofia
Filosofia
Filosofia
Filosofia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Filosofia

88 visualizações

Publicada em

Filosofia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
88
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • OBSERVAÇÃO: Deseja uma imagem diferente neste slide? Selecionea imagem e apague-a. Agora, clique no ícone Imagens no espaço reservado para inserir sua própria imagem.
  • Filosofia

    1. 1. UMA NOVA SOCIEDADE? Ítalo Vieira, Yago Coutinho, Matheus Ramalho, Wellison Dutra, Brisa Bispo e Heloísa Viana
    2. 2. O Evolucionismo Social  O Evolucionismo social refere-se às teorias antropológicas de desenvolvimento social segundo as quais acredita-se que as sociedades têm início num estado primitivo e gradualmente tornam-se mais civilizadas com o passar do tempo.  É uma teoria onde as sociedades são julgadas pelo seu nível de progresso, de desenvolvimento. Fazendo assim com que a sociedade mais “evoluída” se torne a sociedade do “eu” e a outra, exatamente assim, a do “outro”. E, portanto, a mais importante, a de mais valor para ser estudada é a mais avançada
    3. 3. Como saber se uma sociedade é mais “evoluída” que a outra?
    4. 4. O problema é: minha ideia sobre quais fatores influenciáveis são avaliados para que vejamos qual das sociedades é mais evoluída? Por exemplo: se o mediador fosse o futebol, os brasileiros seriam a sociedade do “eu”. E, ao analisarmos os fatores que “definiam a cultura” como mediadores, vemos que teríamos que levarmos em consideração coisas como a arte, as leis e a moral. A dificuldade nisso é que nem todas as culturas precisam ter uma lei definida, uma arte definida ou ainda uma moral para que existam. Esses conceitos são muito relativos. Ou seja, só em partir desse ponto para a análise comparativa das sociedades, já é visível o etnocentrismo. A tomada dos nossos valores culturais como os melhores. E, segundo o evolucionismo, todas as culturas dos “outros” necessitavam nada mais do que aquilo que era importante para a sociedade do “eu” e por isso a investigação ou conhecimento maior dessas outras culturas não levava a nada, tal que elas que deveriam se encaixar ao modo em que as coisas eram na sociedade do “eu”.
    5. 5. A SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO
    6. 6. A Era dos Sistemas de Informações  Ao longo da história o homem tem criado os mais diversos meios e ferramentas para se comunicar, e deste modo melhorar os seus padrões atuais de vida. Diante das suas criações, hoje as conclusões a tirar são complexas e pouco exatas. Se por um lado as suas criações lhe conferem um melhor modo de vida (como a criação de transportes, comunicações, etc.), são precisamente estas criações que o destroem (a poluição, desemprego, etc.).  A informação tem se tornado, nos dias atuais, um dos mais importantes recursos das organizações. Autores de diversas áreas tem se referido a este momento como "A era da informação", ressaltando os impactos sociais, econômicos, políticos e psicológicos deste período.  Era da Informação nada mais é que o atestado de óbito da cultura de massa — um estilo de vida que surgiu com Gutenberg, no século XV, e foi a tônica da Revolução Industrial.  No lugar da massificação em que uma matriz serve igualmente a todo mundo, surge agora a personalização.
    7. 7. A Era dos Sistemas de Informações  Assim, assistimos a um desenvolvimento tecnológico, independente e autônomo, sem necessitar de ser controlado pelo homem (o seu criador). Ou como mais recentemente a ciência nos afirma: “o desenvolvimento tecnológico avança tão rápido que o homem não o consegue alcançar”.  A sociedade não é um elemento estático, muito pelo contrário, está em constante mutação e como tal, a sociedade contemporânea está inserida num processo de mudança em que as novas tecnologias são as principais responsáveis.  Este novo modelo de organização das sociedades assenta num modo de desenvolvimento social e econômico onde a informação, como meio de criação de conhecimento, desempenha um papel fundamental na produção de riqueza e na contribuição para o bem-estar e qualidade de vida dos cidadãos. Condição para a Sociedade da Informação avançar é a possibilidade de todos poderem aceder às Tecnologias de Informação e Comunicação, presentes no nosso cotidiano que constituem instrumentos indispensáveis às comunicações pessoais, de trabalho e de lazer.
    8. 8. Qual pode ser o impacto da tecnologia para a divisão da sociedade?
    9. 9. A Era dos Sistemas de Informações  Esta sociedade poderá ser a culpada por grandes diferenças sociais, tendo em conta o seu grau de exigência. Visto que é uma sociedade que vive do poder da informação, tendo como base as novas tecnologias ela poderá ser muito discriminatória, quer entre países, quer internamente, entre empresas, entre pessoas. Até algum tempo atrás, o saber ler e interpretar textos, bem como efetuar cálculos matemáticos simples, era obrigatório para se viver em harmonia e bem- estar na sociedade, este novo cenário mudou e as necessidades de qualificações profissionais e acadêmicas aumentaram consideravelmente.  A sociedade exige da escola pessoas com uma formação ampla, especializada, com um espírito empreendedor e criativo, com o domínio de uma ou várias línguas estrangeiras, com grandes capacidades para resolução de problemas.
    10. 10. Vocês preferem estudar por meio de livros ou com o auxilio da internet?
    11. 11. A Era dos Sistemas de Informações  Os jovens adquirem vários conhecimentos fora da escola, pois eles estão auto integrados neste novo paradigma de sociedade, preferindo por vezes o aconchegante lar, com todas as tecnologias à disposição, à escola enfadonha e obsoleta. É importante a escola tornar-se mais atrativa e em sintonia com as novidades tecnológicas.  Os aspectos positivos são visíveis, tal como a melhoria da nossa qualidade de vida. Por outro lado, a tecnologia pode ser muito destrutiva quando falamos em questão de guerras e conflitos.  A cultura também se adequa às novas tecnologia e o acesso irrestrito à informação.
    12. 12. INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA CULTURA
    13. 13. De que modo a informação pode influenciar uma cultura?
    14. 14. “O avanço tecnológico nas aldeias possibilitou algumas mudanças de hábitos, segundo avaliação do cacique Azarias Ioio Iaparrá. Eletrônicos antes considerados novidades para os índios, atualmente são itens comuns no dia a dia da tribo. Andando pelas pequenas vias da aldeia Kumenê é possível perceber índios que trocaram as redes de dormir pelas redes virtuais, e o arco e flecha pelos mouses e computadores.” SANTIAGO Abinoan, G1; Disponível em: <http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2014/05/avanco-da-tecnologia-em-aldeia-muda- cotidiano-de-indios-no-amapa.html> Acesso: 30/10/2015
    15. 15. Globalização Cultural  As pessoas estão cada vez mais descobrindo na Internet uma maneira rápida e eficiente de entrar em contato com pessoas de outros países ou, até mesmo, de conhecer aspectos culturais e sociais de várias partes do planeta. Junto com a televisão, a rede mundial de computadores quebra barreiras e vai, cada vez mais, ligando as pessoas e espalhando as ideias, formando assim uma grande Aldeia Global.  O impacto cultural da globalização foi alvo de muita atenção. Imagens, ideias, produtos e estilos disseminam-se hoje em dia pelo mundo inteiro de uma forma muito mais rápida. O comércio, as novas tecnologias de informação, os meios de comunicação internacionais e a migração global fomentaram um fluxo, sem restrições, de cultura que transpõe as fronteiras das diversas nações. Muitas pessoas defendem que vivemos hoje numa única ordem de informação – uma gigantesca rede mundial, onde a informação é partilhada rapidamente, em grande quantidade e por muitas pessoas..
    16. 16. Globalização Cultural  Entretanto acusa-se a globalização de proporcionar uma desigual forma de comunicação entre os diferentes territórios, em que culturas, valores morais, princípios educacionais e outros são reproduzidos obedecendo a uma ideologia dominante. Nesse sentido, forma-se, segundo essas opiniões, uma hegemonia em que os principais centros de poder exercem um controle ou uma maior influência sobre as regiões economicamente menos favorecidas, obliterando, assim, suas matrizes tradicionais  Por outro lado, quando uma prática cultural chinesa é vivenciada nos Estados Unidos ou quando uma manifestação tradicional africana é revivida no Brasil, temos a evidência de como as sociedades integram suas culturas, influenciando-se mutuamente.  Existem vários elementos que podem ser considerados como consequências da globalização no mundo. Uma das evidências mais emblemáticas é a configuração da sociedade em redes
    17. 17. A SOCIEDADE EM REDE
    18. 18. "A Sociedade é uma complexa teia que se estabelecem entre os seres humanos"
    19. 19. Explicação 1: As tomadas de decisões, ações e resultados são algo que é adquirido coletivamente, ou seja, o que uma maioria das pessoas que buscam um determinado resultado moral são os quais veem que este é benéfico, constituem uma sociedade. Podemos dizer que a sociedade é feita que buscam um rumo gratificante de maneira integral ou universal.
    20. 20. Explicação 2: É uma analogia que compara toda sociedade com uma teia de aranha. Cada pessoas seria um ponto onde forma a intersecção entre as linhas. Então todos nós temos uma relação sistêmica. Se um ponto se romper toda a teia terá alguma consequência.
    21. 21. A interferência de outros povos na cultura de uma sociedade exercida através da tecnologia da informação é benéfica ou não para esta sociedade?
    22. 22. É possível, nos dias atuais, ter uma cultura totalmente sem a interferência das demais?
    23. 23. EXCESSO DE INFORMAÇÃO
    24. 24. Excesso de Informação  O excesso de informação está provocando uma angústia típica dos tempos atuais e levando à conclusão de que, às vezes, saber demais é um problema. Nas sociedades ocidentais, as pessoas se sentem pisando em um chão não muito firme, por não conseguirem deglutir a carga de informações disponível em livros, na imprensa, na televisão e na Internet. "Quanto mais sabemos, menos seguros nos sentimos. É a sensação de que o mundo está girando a muitas rotações a mais do que nós mesmos“  Por ex: uma edição de um jornal como o New York Times contém mais informação do que uma pessoa comum poderia receber durante toda a vida na Inglaterra do século XVII.
    25. 25. Excesso de Informação  Note que hoje em dia o problema não é o acesso à informação, mas sua sobrecarga. Como resultado, tem-se a necessidade de filtrar e discernir. Neste contexto, o discernimento é um fator chave, pois implica que o indivíduo deve possuir a capacidade de julgar as coisas, clara e sensatamente. A Internet tem beneficiado as pessoas oferecendo-lhes um forma ágil e de baixo custo para comunicação profissional e/ou pessoal bem como de pesquisa. Por outro lado, tem exigido maior atenção e discernimento no seu uso sob o prejuízo de termos o tempo precioso sendo consumido de forma avassaladora.  Ao contrário dos animais, que utilizam fontes de informações intrínsecas para modelar suas ações, o ser humano depende das fontes extrínsecas, compostas por símbolos sociais que, como os genes, fornecem um diagrama ou gabarito para sua ação no mundo (Geertz,1989).
    26. 26. OBRIGADO!

    ×