SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Crosta Crosta Manto superior Litosfera Astenosfera Manto  inferior Manto inferior Mesosfera Núcleo externo Núcleo Endosfera Núcleo interno LITOSFERA – Crosta + parte superficial do manto superior. ASTENOSFERA – parte restante do manto superior.
Perfil do fundo do oceano Atlântico PLATAFORMA CONTINENTAL – limite de cada país. Tem declive pouco acentuado (200m), com extensões que atingem os 300Km.  TALUDE CONTINENTAL – declive acentuado com uma profundidade de cerca de 4 000m. PLANÍCIE ABISSAL – região mais ou menos plana com uma profundidade média de 4 000m a 5 000m. É o fundo do oceano propriamente dito. FOSSA ABISSAL – depressões com cerca de 10 000m. DORSAL MÉDIA OCEÂNICA-  Cordilheira montanhosa constituída por cristas aguçadas que chegam a atingir os 3 000m, alinhadas de um e de outro lado de uma região central – o RIFTE – interrompidas por falhas transformantes. RIFTE – Depressão central da Dorsal Média Oceânica.
FORMAÇÃO DOS OCEANOS, EXPANSÃO E DESTRUIÇÃO DA CROSTA OCEÂNICA ZONA DE ACREÇÃO -  Região do fundo do oceano ao nível do qual se dá a expansão do oceano (coincide com o rifte). ZONA DE SUBDUCÇÃO – região do fundo do oceano onde a crosta oceânica sofre destruição (coincide com a fossa abissal).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Formas do relevo brasileiro.
Formas do relevo brasileiro.Formas do relevo brasileiro.
Formas do relevo brasileiro.
 
RELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICORELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICO
 
Morfologia Dos Continentese Fundos Oceanicos
Morfologia Dos Continentese Fundos OceanicosMorfologia Dos Continentese Fundos Oceanicos
Morfologia Dos Continentese Fundos Oceanicos
 
FORMAS DE RELEVO
FORMAS DE RELEVOFORMAS DE RELEVO
FORMAS DE RELEVO
 
RELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICORELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICO
 
As formas do relevo
As formas do relevoAs formas do relevo
As formas do relevo
 
Relevo Submarino e Eras Geológicas
Relevo Submarino e Eras GeológicasRelevo Submarino e Eras Geológicas
Relevo Submarino e Eras Geológicas
 
RELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICORELEVO OCEÂNICO
RELEVO OCEÂNICO
 
Fisiologia do fundo Marinho
Fisiologia do fundo MarinhoFisiologia do fundo Marinho
Fisiologia do fundo Marinho
 
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
A Terra Sobre Oceanos - Capítulo 17
 
Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
RELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTALRELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTAL
 
Geologia 10 face da terra
Geologia 10   face da terraGeologia 10   face da terra
Geologia 10 face da terra
 
RELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTALRELEVO CONTINENTAL
RELEVO CONTINENTAL
 
O relevo e as suas formas
O relevo e as suas formasO relevo e as suas formas
O relevo e as suas formas
 
ESTRUTURA INTERNA DA TERRA
ESTRUTURA INTERNA DA TERRAESTRUTURA INTERNA DA TERRA
ESTRUTURA INTERNA DA TERRA
 
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
Slide: Relevo brasileiro, Geografia.
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Formas do relevo
Formas do relevoFormas do relevo
Formas do relevo
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Geografia - Bases Físicas do Brasil
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Geografia -  Bases Físicas do Brasilwww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Geografia -  Bases Físicas do Brasil
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Geografia - Bases Físicas do Brasil
 

Destaque

Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentestalexandra
 
Oceanos
OceanosOceanos
Oceanoslimpar
 
11.1 FormaçãO Do Sistema Solar
11.1 FormaçãO Do Sistema Solar11.1 FormaçãO Do Sistema Solar
11.1 FormaçãO Do Sistema Solarguestf7e853
 
Geologia 10 planetas, asteróides e cometas
Geologia 10   planetas, asteróides e cometasGeologia 10   planetas, asteróides e cometas
Geologia 10 planetas, asteróides e cometasNuno Correia
 
13. Sistema Terra Lua
13. Sistema Terra Lua13. Sistema Terra Lua
13. Sistema Terra Luaguest15d2569
 
Formação do Sistema Solar
Formação do Sistema SolarFormação do Sistema Solar
Formação do Sistema SolarTânia Reis
 
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos OceânicosFT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos OceânicosGabriela Bruno
 
Geologia 10 formação do sistema solar
Geologia 10   formação do sistema solarGeologia 10   formação do sistema solar
Geologia 10 formação do sistema solarNuno Correia
 

Destaque (11)

Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
 
Oceanos
OceanosOceanos
Oceanos
 
11.1 FormaçãO Do Sistema Solar
11.1 FormaçãO Do Sistema Solar11.1 FormaçãO Do Sistema Solar
11.1 FormaçãO Do Sistema Solar
 
Geologia 10 planetas, asteróides e cometas
Geologia 10   planetas, asteróides e cometasGeologia 10   planetas, asteróides e cometas
Geologia 10 planetas, asteróides e cometas
 
13. Sistema Terra Lua
13. Sistema Terra Lua13. Sistema Terra Lua
13. Sistema Terra Lua
 
Lua
LuaLua
Lua
 
Oceanos
OceanosOceanos
Oceanos
 
Formação do Sistema Solar
Formação do Sistema SolarFormação do Sistema Solar
Formação do Sistema Solar
 
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos OceânicosFT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
FT4 - Morfologia dos Fundos Oceânicos
 
Geologia 10º ano
Geologia 10º anoGeologia 10º ano
Geologia 10º ano
 
Geologia 10 formação do sistema solar
Geologia 10   formação do sistema solarGeologia 10   formação do sistema solar
Geologia 10 formação do sistema solar
 

Semelhante a Perfil do fundo do oceano

Semelhante a Perfil do fundo do oceano (20)

Teoria da expansão Oceânica
Teoria da expansão Oceânica Teoria da expansão Oceânica
Teoria da expansão Oceânica
 
Morfologia dos continentes e dos fundos oceânicos
Morfologia dos continentes e dos fundos oceânicosMorfologia dos continentes e dos fundos oceânicos
Morfologia dos continentes e dos fundos oceânicos
 
Relevo submarino
Relevo submarinoRelevo submarino
Relevo submarino
 
Meio natural relevo
Meio natural   relevoMeio natural   relevo
Meio natural relevo
 
Trabalho de ap
Trabalho de apTrabalho de ap
Trabalho de ap
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
 
Geografia continente europeu
Geografia   continente europeuGeografia   continente europeu
Geografia continente europeu
 
Europa física estudo voltado para educação basica
Europa física estudo voltado para educação basicaEuropa física estudo voltado para educação basica
Europa física estudo voltado para educação basica
 
Teroria da deriva continental
Teroria da deriva continentalTeroria da deriva continental
Teroria da deriva continental
 
Teroria da deriva continental
Teroria da deriva continentalTeroria da deriva continental
Teroria da deriva continental
 
Oceanos2010 11
Oceanos2010 11Oceanos2010 11
Oceanos2010 11
 
Oceanos2010 11
Oceanos2010 11Oceanos2010 11
Oceanos2010 11
 
Morfologia Submarina
Morfologia SubmarinaMorfologia Submarina
Morfologia Submarina
 
RELEVO - Aula de geografia do 2 ano remoto
RELEVO - Aula de geografia do 2 ano  remotoRELEVO - Aula de geografia do 2 ano  remoto
RELEVO - Aula de geografia do 2 ano remoto
 
Projeto formas de relevo
Projeto formas de relevoProjeto formas de relevo
Projeto formas de relevo
 
Cap6 1 atmosfera e sua dinâmica_parte1
Cap6 1 atmosfera e sua dinâmica_parte1Cap6 1 atmosfera e sua dinâmica_parte1
Cap6 1 atmosfera e sua dinâmica_parte1
 
ESTRUTURAS DA TERRA
ESTRUTURAS DA TERRA ESTRUTURAS DA TERRA
ESTRUTURAS DA TERRA
 
Estrutura física da terra
Estrutura física da terraEstrutura física da terra
Estrutura física da terra
 
Formas de relevo e solos.pptx
Formas de relevo e solos.pptxFormas de relevo e solos.pptx
Formas de relevo e solos.pptx
 
9 º ano asia
9 º ano asia9 º ano asia
9 º ano asia
 

Último

análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 

Último (20)

análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 

Perfil do fundo do oceano

  • 1. Crosta Crosta Manto superior Litosfera Astenosfera Manto inferior Manto inferior Mesosfera Núcleo externo Núcleo Endosfera Núcleo interno LITOSFERA – Crosta + parte superficial do manto superior. ASTENOSFERA – parte restante do manto superior.
  • 2. Perfil do fundo do oceano Atlântico PLATAFORMA CONTINENTAL – limite de cada país. Tem declive pouco acentuado (200m), com extensões que atingem os 300Km. TALUDE CONTINENTAL – declive acentuado com uma profundidade de cerca de 4 000m. PLANÍCIE ABISSAL – região mais ou menos plana com uma profundidade média de 4 000m a 5 000m. É o fundo do oceano propriamente dito. FOSSA ABISSAL – depressões com cerca de 10 000m. DORSAL MÉDIA OCEÂNICA- Cordilheira montanhosa constituída por cristas aguçadas que chegam a atingir os 3 000m, alinhadas de um e de outro lado de uma região central – o RIFTE – interrompidas por falhas transformantes. RIFTE – Depressão central da Dorsal Média Oceânica.
  • 3. FORMAÇÃO DOS OCEANOS, EXPANSÃO E DESTRUIÇÃO DA CROSTA OCEÂNICA ZONA DE ACREÇÃO - Região do fundo do oceano ao nível do qual se dá a expansão do oceano (coincide com o rifte). ZONA DE SUBDUCÇÃO – região do fundo do oceano onde a crosta oceânica sofre destruição (coincide com a fossa abissal).