SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
PAUTA – 7º ENCONTRO DE FORMAÇÃO – PNAIC
PROFESSORES ALFABETIZADORES
Objetivos:
 Analisar e planejar projetos didáticos e seqüências didáticas para turmas de alfabetização, assim
como prever atividades permanentes integrando diferentes componentes curriculares e
atividades voltadas para o desenvolvimento da oralidade, leitura e escrita;
 Analisar e planejar projetos didáticos e seqüências didáticas para turmas de alfabetização,
contemplando crianças que tenham diferentes conhecimentos sobre a escrita;
 Compreender a importância de organizar diferentes agrupamentos em sala de aula,
considerando a heterogeneidade de aprendizagens, e adequando os modos de organização da
turma aos objetivos pretendidos;
 Compreender a importância do portfólio como um instrumento que registre o processo de
aprendizagem de um grupo e como espaço de reflexão sobre a prática pedagógica;
Conteúdos:
 Projetos didáticos
 Seqüências didáticas
 Heterogeneidade
 Portfólio
1ª Atividade: Leitura pelo formador: O doce de Tereza - de Flávia Savary
2ª Atividade: O uso do Portfólio na formação de alfabetizadores
a) O que é um portfólio?
b) Registro de atividades dos alunos para analisar o desenvolvimento. O registro é importante para
o professor refletir sobre as ações para atender todos os alunos. Serve também como
instrumento de avaliação diagnóstica e formativa.
c) O prtfólio não pode apenas ser uma pasta para anexar atividades, nele também podemos
colocar registros reflexivos de quem o faz.
d) Para que trabalhar com a construção de portfólio na sala de aula?
e) De que maneira podemos organizar nosso portfólio?
f) Socialização
3ª Atividade: As Modalidades Organizativas, o Tempo e o Espaço na sala de aula
a) Refletir:
•

O que é o tempo? O que o define?

•

O tempo é rápido ou demorado?

b) Assistir ao vídeo “A Vida em ritmo acelerado”

“Deve ser uma coisa muito importante, como um baile”- diz Alice no País das Maravilhas
“Vive-se uma vida num instante” “ O tempo voou” – Perfume de Mulher
c) Retomar conceitos:
•

O que são as modalidades organizativas?
São projetos didáticos, sequências didáticas e atividades permanentes/ocasionais que
ajudam organizar o tempo do professor e a rotina.

•

Por que trabalhar com projetos na sala de aula?
Para atender as necessidades da sala (ler e escrever). O projeto deve ser combinado,
pode ser proposto e surgir da necessidade do grupo.

•

Os projetos garantem atender às diferentes necessidades dos alunos em sala de aula?
Sim, pois nos ajuda a não fugir do objetivo inicial (todos os alunos lendo e escrevendo). É
necessário diversificar as propostas de atividades e intervenções sem sair do contexto.

•

De que maneira trabalhar com a heterogeneidade na realização dos projetos?
Agrupamentos produtivos e atividades diversificadas e intervenções do professor.

•

Qual a diferença entre projetos e sequências didáticas?

4ª Atividade: Análise do Projeto do Pacto – PPT – Planejando a alfabetização, integrando as diferentes
áreas do conhecimento – Projetos Didáticos e Seqüências Didáticas
a) Em que este projeto se assemelha com aqueles que trabalhamos no “Ler e Escrever”?
b) Em que estes se diferenciam?
c) Qual a relação que há entre projetos e sequências didáticas?
5ª Atividade: Produzindo um Projeto Didático
a) O que considerar ao se pensar num Projeto Didático?
6ª Atividade: Análise do Projeto “Cobras” – Letra e Vida ou analisar um projeto Ler e Escrever.
a) Relacionar este Projeto com o projeto proposto no material do Pacto e com aquele que o
grupo construiu.
•

O que vocês mudariam no projeto que construíram?

b) Socialização dos trabalhos produzidos.
Bom trabalho!
Equipe de Orientadores de Estudo
DE Taboão da Serra

1 – Socialização do trabalho realizado nas salas de aula.
•

Plano de aula sobre o livro “A árvore generosa”;

•

Leitura do livro ”A árvore generosa” – roda de conversa sobre a biodiversidade;

•

Leitura e reescrita “A árvore generosa” – visita ao redor da escola e roda de conversa;

•

“A árvore generosa” – atividade diversificada em dupla com letras móveis e escrita de um trecho
da história;

•

Roda de leitura com livros diferenciados;

•

Livros novos do PNAIC com linguagem não verbal - escrita coletiva;

•

Leitura da fábula “O leão e o ratinho” – reescrita;
•

Leitura “Era uma vez um menino travesso” – seguiu a sugestão do PNAIC com tirinhas;

•

Leitura da fábula “A tartaruga e a lebre” – reescrita coletiva (palavras que deixam o texto mais
bonito e revisão textual);

•

“A joaninha que perdeu as pintinhas” – reconto da história pelos alunos com ênfase nos alunos
com dificuldades na escrita (A melhor forma de começar a história de acordo com a
característica do gênero) e reescrita individual;

•

“Rapunzel” – reescrita coletiva em três dias;

•

“Chapeuzinho vermelho” versão diferente -

•

“Príncipe sapo” – reescrita do final da história (revisão coletiva com ênfase na pontuação);

•

Roda de conversa sobre as dificuldades do bairro – pesquisa com os pais sobre mobilidade
urbana e escrita de carta coletiva;

•

“Tanto tanto” – reescrita individual;

•

Canto de leitura – roda de conversa;

•

“Chapeuzinho vermelho” – escrita do primeiro parágrafo com foco em quando utilizar a vírgula

3ª Atividade: Retomar o trabalho desenvolvido com escrita coletiva
1 – Socialização do trabalho de escrita coletiva desenvolvida com os alunos
Foi socializada com a atividade 2.
4ª Atividade: Vivenciar uma atividade de reescrita de um conto.
Aspectos observados pelos professores no momento da produção:
•

Texto não é do cotidiano;

•

É preciso prestar atenção no ponto em que parou;

•

O planejamento é importante para lembrar a sequencia de fatos;

•

Conflito entre as versões Andersen e Ler e Escrever;

•

O trabalho em dupla contribuiu para lembrar os fatos;

•

É difícil conectar as partes do texto;

•

Leitura com os alunos focando os articuladores textuais (coesivos);

•

Elaborar cartaz com os articuladores e expor na sala.
1 – Em duplas, reescrever o final do conto apresentado, procurando desenvolver os procedimentos de
planificação da produção textual.
2 – Trocar os textos com os colegas para que estes os analisem sob o ponto de vista da coesão e
coerência.
5ª Atividade: Análise de produção dos alunos
1 – Analisar as escritas dos alunos procurando observar aspectos de coesão e coerência presentes nos
textos;
Nesta análise procuramos observar os seguintes aspectos:
1 – Se o aluno conseguiu articular os trechos do texto com coerência, sem provocar problemas de
compreensão.
2 – Se utilizou adequadamente elementos característicos da narrativa utilizando os organizadores
textuais para articular os enunciados sem fazer uso de recursos típicos da linguagem oral.
3 – Se empregou pontuação interna ao texto, pontuação de discurso direto qualquer que tenha sido a
escolha feita: parágrafo e travessão ou aspas sem parágrafo etc.
4 – Se escreveu com ortografia regular.
2 – Analisar escritas dos alunos que não alcançaram a base alfabética.
Aos alunos que ainda não alcançaram a base alfabética, foi proposto o desenvolvimento de um projeto
pontual que dê aos alunos a oportunidade de refletirem sobre o sistema de escrita utilizando-se de
situações de escrita com letras móveis ou escrita coletiva de listas na lousa com a possibilidade de
intervenção do professor e dos colegas.
1 – Em duplas, reescrever o final do conto apresentado, procurando desenvolver os procedimentos de
planificação da produção textual.
2 – Trocar os textos com os colegas para que estes os analisem sob o ponto de vista da coesão e
coerência.
5ª Atividade: Análise de produção dos alunos
1 – Analisar as escritas dos alunos procurando observar aspectos de coesão e coerência presentes nos
textos;
Nesta análise procuramos observar os seguintes aspectos:
1 – Se o aluno conseguiu articular os trechos do texto com coerência, sem provocar problemas de
compreensão.
2 – Se utilizou adequadamente elementos característicos da narrativa utilizando os organizadores
textuais para articular os enunciados sem fazer uso de recursos típicos da linguagem oral.
3 – Se empregou pontuação interna ao texto, pontuação de discurso direto qualquer que tenha sido a
escolha feita: parágrafo e travessão ou aspas sem parágrafo etc.
4 – Se escreveu com ortografia regular.
2 – Analisar escritas dos alunos que não alcançaram a base alfabética.
Aos alunos que ainda não alcançaram a base alfabética, foi proposto o desenvolvimento de um projeto
pontual que dê aos alunos a oportunidade de refletirem sobre o sistema de escrita utilizando-se de
situações de escrita com letras móveis ou escrita coletiva de listas na lousa com a possibilidade de
intervenção do professor e dos colegas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógicoMagda Marques
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreheliane
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadoresRosemary Batista
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarMaryanne Monteiro
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012Pauta htpc 08 de fevereiro 2012
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012Nethy Marques
 
Janete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorJanete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorNethy Marques
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaClaudia Elisabete Silva
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem carmensilva723002
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...Mary Alvarenga
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiRosemary Batista
 
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Fundação Victor Civita
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar LOCIMAR MASSALAI
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borgespdescola
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...SandraRombi
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamentofamiliaestagio
 

Mais procurados (20)

Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógico
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012Pauta htpc 08 de fevereiro 2012
Pauta htpc 08 de fevereiro 2012
 
Pauta 23 de maio
Pauta 23 de maioPauta 23 de maio
Pauta 23 de maio
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Janete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenadorJanete projeto do coordenador
Janete projeto do coordenador
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
 
Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem Formação recomposição da Aprendizagem
Formação recomposição da Aprendizagem
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
 
Reunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emeiReunião com equipe_gestora_emei
Reunião com equipe_gestora_emei
 
Planejamento educacional
Planejamento educacionalPlanejamento educacional
Planejamento educacional
 
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
Formação do Coordenador Pedagógico - Edição Especial (Estudos e Pesquisas Edu...
 
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
Plano Anual de Ação da Orientação Escolar
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
 
Slides sobre planejamento
Slides sobre planejamentoSlides sobre planejamento
Slides sobre planejamento
 

Destaque

Pauta formativa pnaic 4º encontro
Pauta formativa pnaic   4º encontroPauta formativa pnaic   4º encontro
Pauta formativa pnaic 4º encontropnaicdertsis
 
2 portfólio
2 portfólio2 portfólio
2 portfóliotaboao
 
1 doce de tereza
1 doce de tereza1 doce de tereza
1 doce de terezataboao
 
2 reflexões sobre projetos didáticos
2 reflexões sobre projetos didáticos2 reflexões sobre projetos didáticos
2 reflexões sobre projetos didáticostaboao
 
Pauta formativa pnaic 6º encontro
Pauta formativa pnaic   6º encontroPauta formativa pnaic   6º encontro
Pauta formativa pnaic 6º encontrotaboao
 
4 apresentação planejando a alfabetização unidade 6
4 apresentação planejando  a alfabetização   unidade 64 apresentação planejando  a alfabetização   unidade 6
4 apresentação planejando a alfabetização unidade 6taboao
 
1 pêssego, pera, ameixa no pomar
1 pêssego, pera, ameixa no pomar1 pêssego, pera, ameixa no pomar
1 pêssego, pera, ameixa no pomartaboao
 
Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º anotaboao
 
Rotina 2º ano
Rotina 2º anoRotina 2º ano
Rotina 2º anotaboao
 
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básico
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básicoAvaliacao nacional alfabetizacao documento básico
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básicotaboao
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidadestaboao
 
Avaliacao nacional da_alfabetizacao
Avaliacao nacional da_alfabetizacaoAvaliacao nacional da_alfabetizacao
Avaliacao nacional da_alfabetizacaotaboao
 
Rotina 3º ano
Rotina 3º anoRotina 3º ano
Rotina 3º anotaboao
 
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto pptGêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto pptpnaicdertsis
 
Foram muitos os professores
Foram muitos os professoresForam muitos os professores
Foram muitos os professorespnaicdertsis
 
3ª pauta 17 de agosto
3ª pauta 17 de agosto3ª pauta 17 de agosto
3ª pauta 17 de agostopnaicdertsis
 
Análise de atividade
Análise de atividadeAnálise de atividade
Análise de atividadepnaicdertsis
 
Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhopnaicdertsis
 

Destaque (20)

Pauta formativa pnaic 4º encontro
Pauta formativa pnaic   4º encontroPauta formativa pnaic   4º encontro
Pauta formativa pnaic 4º encontro
 
2 portfólio
2 portfólio2 portfólio
2 portfólio
 
1 doce de tereza
1 doce de tereza1 doce de tereza
1 doce de tereza
 
2 reflexões sobre projetos didáticos
2 reflexões sobre projetos didáticos2 reflexões sobre projetos didáticos
2 reflexões sobre projetos didáticos
 
Pauta formativa pnaic 6º encontro
Pauta formativa pnaic   6º encontroPauta formativa pnaic   6º encontro
Pauta formativa pnaic 6º encontro
 
4 apresentação planejando a alfabetização unidade 6
4 apresentação planejando  a alfabetização   unidade 64 apresentação planejando  a alfabetização   unidade 6
4 apresentação planejando a alfabetização unidade 6
 
1 pêssego, pera, ameixa no pomar
1 pêssego, pera, ameixa no pomar1 pêssego, pera, ameixa no pomar
1 pêssego, pera, ameixa no pomar
 
Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º ano
 
Rotina 2º ano
Rotina 2º anoRotina 2º ano
Rotina 2º ano
 
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básico
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básicoAvaliacao nacional alfabetizacao documento básico
Avaliacao nacional alfabetizacao documento básico
 
Pauta formativa.doc pnaic 22 06 13
Pauta formativa.doc pnaic 22 06 13Pauta formativa.doc pnaic 22 06 13
Pauta formativa.doc pnaic 22 06 13
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidades
 
Avaliacao nacional da_alfabetizacao
Avaliacao nacional da_alfabetizacaoAvaliacao nacional da_alfabetizacao
Avaliacao nacional da_alfabetizacao
 
Rotina 3º ano
Rotina 3º anoRotina 3º ano
Rotina 3º ano
 
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto pptGêneros de discurso e gêneros de texto ppt
Gêneros de discurso e gêneros de texto ppt
 
Foram muitos os professores
Foram muitos os professoresForam muitos os professores
Foram muitos os professores
 
3ª pauta 17 de agosto
3ª pauta 17 de agosto3ª pauta 17 de agosto
3ª pauta 17 de agosto
 
Apresentação pacto brasil
Apresentação pacto brasilApresentação pacto brasil
Apresentação pacto brasil
 
Análise de atividade
Análise de atividadeAnálise de atividade
Análise de atividade
 
Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junho
 

Semelhante a Pauta formativa pnaic 7º encontro

Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)franiris
 
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptxDANIELADEOLIVEIRA34
 
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...Kelly Arduino
 
Plano de trabalho proeti
Plano de trabalho proetiPlano de trabalho proeti
Plano de trabalho proetiDag Soares
 
Anexo 1 sequência didática pipoqueiro santa marta
Anexo 1  sequência didática pipoqueiro santa martaAnexo 1  sequência didática pipoqueiro santa marta
Anexo 1 sequência didática pipoqueiro santa martaMariana Correia
 
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptx
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptxpraticasessenciaisnaalfabetizacao.pptx
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptxTailsonSantos1
 
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaRelatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaGivanildo Sousa oliveira
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2ElieneDias
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textosmariaelidias
 
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptx
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptxSituações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptx
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptxAcssiaSampaioFahning
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaCida Nenê Leite
 
Sugestão de atividades língua portuguesa
Sugestão de atividades   língua portuguesaSugestão de atividades   língua portuguesa
Sugestão de atividades língua portuguesajosivaldopassos
 
6 lerner, delia. ler e escrever na escola
6 lerner, delia. ler e escrever na escola6 lerner, delia. ler e escrever na escola
6 lerner, delia. ler e escrever na escolaProfRubens1
 
Animação da leitura planificação
Animação da leitura planificaçãoAnimação da leitura planificação
Animação da leitura planificaçãoLucília Lopes
 

Semelhante a Pauta formativa pnaic 7º encontro (20)

Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)
 
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx
27 03 23 PRODUÇÃO DE TEXTO-1.pptx
 
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...
Situaesquearotinanecessitacontemplar 120628125647-phpapp01-120716213148-phpap...
 
Produção de Texto
Produção de Texto Produção de Texto
Produção de Texto
 
Plano de trabalho proeti
Plano de trabalho proetiPlano de trabalho proeti
Plano de trabalho proeti
 
Anexo 1 sequência didática pipoqueiro santa marta
Anexo 1  sequência didática pipoqueiro santa martaAnexo 1  sequência didática pipoqueiro santa marta
Anexo 1 sequência didática pipoqueiro santa marta
 
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptx
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptxpraticasessenciaisnaalfabetizacao.pptx
praticasessenciaisnaalfabetizacao.pptx
 
Replanejamento 2016
Replanejamento 2016Replanejamento 2016
Replanejamento 2016
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaRelatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textos
 
2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica
 
1363970315927(1)
1363970315927(1)1363970315927(1)
1363970315927(1)
 
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptx
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptxSituações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptx
Situações didáticas de escrita, leitura e comunicação.pptx
 
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certaPacto nacional pela alfabetização na idade certa
Pacto nacional pela alfabetização na idade certa
 
Situções que a rotina deve contemplar
Situções que a rotina deve contemplarSituções que a rotina deve contemplar
Situções que a rotina deve contemplar
 
Sugestão de atividades língua portuguesa
Sugestão de atividades   língua portuguesaSugestão de atividades   língua portuguesa
Sugestão de atividades língua portuguesa
 
6 lerner, delia. ler e escrever na escola
6 lerner, delia. ler e escrever na escola6 lerner, delia. ler e escrever na escola
6 lerner, delia. ler e escrever na escola
 
Animação da leitura planificação
Animação da leitura planificaçãoAnimação da leitura planificação
Animação da leitura planificação
 

Mais de taboao

Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º anotaboao
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidadestaboao
 
Rotina 3º ano
Rotina 3º anoRotina 3º ano
Rotina 3º anotaboao
 
Rotina 2º ano
Rotina 2º anoRotina 2º ano
Rotina 2º anotaboao
 
Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º anotaboao
 
Pauta formativa pnaic 6º encontro
Pauta formativa pnaic   6º encontroPauta formativa pnaic   6º encontro
Pauta formativa pnaic 6º encontrotaboao
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidadestaboao
 

Mais de taboao (7)

Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º ano
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidades
 
Rotina 3º ano
Rotina 3º anoRotina 3º ano
Rotina 3º ano
 
Rotina 2º ano
Rotina 2º anoRotina 2º ano
Rotina 2º ano
 
Rotina 1º ano
Rotina 1º anoRotina 1º ano
Rotina 1º ano
 
Pauta formativa pnaic 6º encontro
Pauta formativa pnaic   6º encontroPauta formativa pnaic   6º encontro
Pauta formativa pnaic 6º encontro
 
Ppt modalidades
Ppt modalidadesPpt modalidades
Ppt modalidades
 

Último

Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 

Último (20)

Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 

Pauta formativa pnaic 7º encontro

  • 1. PAUTA – 7º ENCONTRO DE FORMAÇÃO – PNAIC PROFESSORES ALFABETIZADORES Objetivos:  Analisar e planejar projetos didáticos e seqüências didáticas para turmas de alfabetização, assim como prever atividades permanentes integrando diferentes componentes curriculares e atividades voltadas para o desenvolvimento da oralidade, leitura e escrita;  Analisar e planejar projetos didáticos e seqüências didáticas para turmas de alfabetização, contemplando crianças que tenham diferentes conhecimentos sobre a escrita;  Compreender a importância de organizar diferentes agrupamentos em sala de aula, considerando a heterogeneidade de aprendizagens, e adequando os modos de organização da turma aos objetivos pretendidos;  Compreender a importância do portfólio como um instrumento que registre o processo de aprendizagem de um grupo e como espaço de reflexão sobre a prática pedagógica; Conteúdos:  Projetos didáticos  Seqüências didáticas  Heterogeneidade  Portfólio 1ª Atividade: Leitura pelo formador: O doce de Tereza - de Flávia Savary 2ª Atividade: O uso do Portfólio na formação de alfabetizadores a) O que é um portfólio? b) Registro de atividades dos alunos para analisar o desenvolvimento. O registro é importante para o professor refletir sobre as ações para atender todos os alunos. Serve também como instrumento de avaliação diagnóstica e formativa. c) O prtfólio não pode apenas ser uma pasta para anexar atividades, nele também podemos colocar registros reflexivos de quem o faz. d) Para que trabalhar com a construção de portfólio na sala de aula? e) De que maneira podemos organizar nosso portfólio? f) Socialização 3ª Atividade: As Modalidades Organizativas, o Tempo e o Espaço na sala de aula
  • 2. a) Refletir: • O que é o tempo? O que o define? • O tempo é rápido ou demorado? b) Assistir ao vídeo “A Vida em ritmo acelerado” “Deve ser uma coisa muito importante, como um baile”- diz Alice no País das Maravilhas “Vive-se uma vida num instante” “ O tempo voou” – Perfume de Mulher c) Retomar conceitos: • O que são as modalidades organizativas? São projetos didáticos, sequências didáticas e atividades permanentes/ocasionais que ajudam organizar o tempo do professor e a rotina. • Por que trabalhar com projetos na sala de aula? Para atender as necessidades da sala (ler e escrever). O projeto deve ser combinado, pode ser proposto e surgir da necessidade do grupo. • Os projetos garantem atender às diferentes necessidades dos alunos em sala de aula? Sim, pois nos ajuda a não fugir do objetivo inicial (todos os alunos lendo e escrevendo). É necessário diversificar as propostas de atividades e intervenções sem sair do contexto. • De que maneira trabalhar com a heterogeneidade na realização dos projetos? Agrupamentos produtivos e atividades diversificadas e intervenções do professor. • Qual a diferença entre projetos e sequências didáticas? 4ª Atividade: Análise do Projeto do Pacto – PPT – Planejando a alfabetização, integrando as diferentes áreas do conhecimento – Projetos Didáticos e Seqüências Didáticas a) Em que este projeto se assemelha com aqueles que trabalhamos no “Ler e Escrever”? b) Em que estes se diferenciam? c) Qual a relação que há entre projetos e sequências didáticas? 5ª Atividade: Produzindo um Projeto Didático a) O que considerar ao se pensar num Projeto Didático? 6ª Atividade: Análise do Projeto “Cobras” – Letra e Vida ou analisar um projeto Ler e Escrever. a) Relacionar este Projeto com o projeto proposto no material do Pacto e com aquele que o grupo construiu.
  • 3. • O que vocês mudariam no projeto que construíram? b) Socialização dos trabalhos produzidos. Bom trabalho! Equipe de Orientadores de Estudo DE Taboão da Serra 1 – Socialização do trabalho realizado nas salas de aula. • Plano de aula sobre o livro “A árvore generosa”; • Leitura do livro ”A árvore generosa” – roda de conversa sobre a biodiversidade; • Leitura e reescrita “A árvore generosa” – visita ao redor da escola e roda de conversa; • “A árvore generosa” – atividade diversificada em dupla com letras móveis e escrita de um trecho da história; • Roda de leitura com livros diferenciados; • Livros novos do PNAIC com linguagem não verbal - escrita coletiva; • Leitura da fábula “O leão e o ratinho” – reescrita;
  • 4. • Leitura “Era uma vez um menino travesso” – seguiu a sugestão do PNAIC com tirinhas; • Leitura da fábula “A tartaruga e a lebre” – reescrita coletiva (palavras que deixam o texto mais bonito e revisão textual); • “A joaninha que perdeu as pintinhas” – reconto da história pelos alunos com ênfase nos alunos com dificuldades na escrita (A melhor forma de começar a história de acordo com a característica do gênero) e reescrita individual; • “Rapunzel” – reescrita coletiva em três dias; • “Chapeuzinho vermelho” versão diferente - • “Príncipe sapo” – reescrita do final da história (revisão coletiva com ênfase na pontuação); • Roda de conversa sobre as dificuldades do bairro – pesquisa com os pais sobre mobilidade urbana e escrita de carta coletiva; • “Tanto tanto” – reescrita individual; • Canto de leitura – roda de conversa; • “Chapeuzinho vermelho” – escrita do primeiro parágrafo com foco em quando utilizar a vírgula 3ª Atividade: Retomar o trabalho desenvolvido com escrita coletiva 1 – Socialização do trabalho de escrita coletiva desenvolvida com os alunos Foi socializada com a atividade 2. 4ª Atividade: Vivenciar uma atividade de reescrita de um conto. Aspectos observados pelos professores no momento da produção: • Texto não é do cotidiano; • É preciso prestar atenção no ponto em que parou; • O planejamento é importante para lembrar a sequencia de fatos; • Conflito entre as versões Andersen e Ler e Escrever; • O trabalho em dupla contribuiu para lembrar os fatos; • É difícil conectar as partes do texto; • Leitura com os alunos focando os articuladores textuais (coesivos); • Elaborar cartaz com os articuladores e expor na sala.
  • 5. 1 – Em duplas, reescrever o final do conto apresentado, procurando desenvolver os procedimentos de planificação da produção textual. 2 – Trocar os textos com os colegas para que estes os analisem sob o ponto de vista da coesão e coerência. 5ª Atividade: Análise de produção dos alunos 1 – Analisar as escritas dos alunos procurando observar aspectos de coesão e coerência presentes nos textos; Nesta análise procuramos observar os seguintes aspectos: 1 – Se o aluno conseguiu articular os trechos do texto com coerência, sem provocar problemas de compreensão. 2 – Se utilizou adequadamente elementos característicos da narrativa utilizando os organizadores textuais para articular os enunciados sem fazer uso de recursos típicos da linguagem oral. 3 – Se empregou pontuação interna ao texto, pontuação de discurso direto qualquer que tenha sido a escolha feita: parágrafo e travessão ou aspas sem parágrafo etc. 4 – Se escreveu com ortografia regular. 2 – Analisar escritas dos alunos que não alcançaram a base alfabética. Aos alunos que ainda não alcançaram a base alfabética, foi proposto o desenvolvimento de um projeto pontual que dê aos alunos a oportunidade de refletirem sobre o sistema de escrita utilizando-se de situações de escrita com letras móveis ou escrita coletiva de listas na lousa com a possibilidade de intervenção do professor e dos colegas.
  • 6. 1 – Em duplas, reescrever o final do conto apresentado, procurando desenvolver os procedimentos de planificação da produção textual. 2 – Trocar os textos com os colegas para que estes os analisem sob o ponto de vista da coesão e coerência. 5ª Atividade: Análise de produção dos alunos 1 – Analisar as escritas dos alunos procurando observar aspectos de coesão e coerência presentes nos textos; Nesta análise procuramos observar os seguintes aspectos: 1 – Se o aluno conseguiu articular os trechos do texto com coerência, sem provocar problemas de compreensão. 2 – Se utilizou adequadamente elementos característicos da narrativa utilizando os organizadores textuais para articular os enunciados sem fazer uso de recursos típicos da linguagem oral. 3 – Se empregou pontuação interna ao texto, pontuação de discurso direto qualquer que tenha sido a escolha feita: parágrafo e travessão ou aspas sem parágrafo etc. 4 – Se escreveu com ortografia regular. 2 – Analisar escritas dos alunos que não alcançaram a base alfabética. Aos alunos que ainda não alcançaram a base alfabética, foi proposto o desenvolvimento de um projeto pontual que dê aos alunos a oportunidade de refletirem sobre o sistema de escrita utilizando-se de situações de escrita com letras móveis ou escrita coletiva de listas na lousa com a possibilidade de intervenção do professor e dos colegas.