SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
IndicadoresFactores críticos de sucessoInstrumentos propostos pelo MAABE para cada IndicadorQuestões ou Itens dos Instrumentos propostos que ajudam a BE a obter evidências e  situar-se face aos factores críticosA.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores.O plano de trabalho da BE inclui actividades de formação de utilizadores com turmas/ grupos/ alunos e com docentes no sentido de promover o valor da BE, motivar para a sua utilização, esclarecer sobre as formas como está organizada e ensinar a utilizar os diferentes serviços.Questionário aos alunos (QA1).Questionário aos docentes (QD1).Observação de utilização da BE (O2).QA17- Já participaste em actividades para aprender a usar a BE: localização dos livros, fazer pesquisas, outros.8 -Sentes-te apoiado pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE quando a utilizas?QD13-Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?8- Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?9-  Já participou em actividades de formação de utilizadores para o uso da BE, promovidas pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE?16- Como avalia o contributo dado pela BE para o desenvolvimento nos alunos deste tipo de competências?Alunos e docentes desenvolvem competências para o uso da BE revelando um maior nível de autonomia na sua utilização após as sessões de formação de utilizadores.QA110- O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?11- Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas.QD14. Classifique o seu conhecimento sobre os recursos da BE14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?15. Como classifica, em geral, as competências para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, por parte dos seus alunos?A BE produz materiais informativos e/ ou lúdicos de apoio à formação dos utilizadores.QA15. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisasQD18. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação.A BE procede, em ligação com as estruturas de coordenação educativa e de supervisão pedagógica, ao levantamento nos currículos das competências de informação inerentes a cada área disciplinar/área de conteúdo com vista à definição de um currículo de competências transversais adequado a cada nível/ano de escolaridade.Questionário aos docentes (QD1)QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?6. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:A BE promove, com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes, a integração de um plano para a literacia da informação no projecto educativo e curricular e nos projectos curriculares dos grupos/turmas.A BE propõe um modelo de pesquisa de informação a ser usado por toda a escola.A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação (cont.)A BE estimula a inserção nas unidades curriculares, ACND e outras actividades, do ensino e treino contextualizado de competências de informação.Questionário aos docentes (QD1)QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?6. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?16. Como avalia o contributo dado pela BE para o desenvolvimento nos alunos deste tipo de competências?A BE produz e divulga, em colaboração com os docentes, guiões de pesquisa e outros materiais de apoio ao trabalho de exploração dos recursos de informação pelos alunos.QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BEA equipa da BE participa, em cooperação com os docentes, nas actividades de educação/ensino de competências de informação com turmas/ grupos/ alunos.QD110. Já colaborou com o professor-bibliotecário/ equipa na realização de actividades na BE ou em sala de aula com alguma turma/ grupo?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais.Os projectos escolares de iniciativa da BE, ou apoiados por ela, incluem actividades de consulta e produção de informação e de intercâmbio e comunicação através das TIC: actividades de pesquisa, utilização de serviços Web, recurso a utilitários, software educativo e outros objectos multimédia, manipulação de ferramentas de tratamento de dados e de imagem, de apresentação, outros.Questionário aos alunos (QA1).QA14. Em que situação mais utilizas a BE ou os seus recursos nas tuas actividades escolares?5. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?9. À medida que vais realizando mais trabalhos na BE ou utilizando os seus recursos, nas várias disciplinas/ áreas curriculares, achas que os teus trabalhos de pesquisa vão melhorando e fazes progressos?12. Gostavas de saber mais sobre…13. Como classificas as aprendizagens que realizaste através da BE?A BE organiza e participa em actividades de formação para docentes e alunos no domínio da literacia tecnológica e digital.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A equipa da BE apoia os utilizadores na selecção e utilização de recursos electrónicos e media, de acordo com as suas necessidades.QA15. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais (cont.).A BE colabora na concepção e dinamização de actividades de educação para e com os media.Questionário aos alunos (QA1).6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?12. Gostavas de saber mais sobre…A BE produz, em colaboração com os docentes, materiais informativos e de apoio à adequada utilização da Internet: guiões de pesquisa, grelhas de avaliação de sítios, listas de apontadores, guias de procedimentos, outros.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informação dos alunos.Os alunos utilizam, de acordo com o seu nível/ano de escolaridade, linguagens, suportes, modalidades de recepção e de produção de informação e formas de comunicação variados, entre os quais se destaca o uso de ferramentas e media digitais.Observação de utilização da BE (GO2).Trabalhos escolares dos alunos (T1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos da (QA1).GO23. Consulta o catálogo da BE ou de outras bibliotecas.5. Pesquisa informação na Internet e noutros suportes digitais (CD, DVD, CD-ROM, outros).9. Localiza e extrai informação de diferentes suportes e tipos de documentos, recorrendo à percepção global e à leitura rápida e em diagonal do seu conteúdo, seguindo ligações preferenciais, outros.11. Apresenta e comunica a outros, explorando diferentes ambientes e meios de comunicação, os resultados dos seus trabalhos.T11. Utiliza diferentes fontes de informação, impressas ou digitais.10. Recorre sempre que necessário à inclusão de notas, ligações para páginas Web ou anexos, devidamente sinalizados.13. Manifesta criatividade e proficiência técnica na exploração das ferramentas necessárias à produção multimédia.QD16. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?15. Como classifica, em geral, as competências para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, por parte dos seus alunos?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:QA112. Gostavas de saber mais sobre: 13. Como classificas as aprendizagens que realizaste através da BE?Os alunos incorporam no seu trabalho, de acordo com o nível/ano de escolaridade que frequentam, as diferentes fases do processo de pesquisa e tratamento de informação: identificam fontes de informação e seleccionam informação, recorrendo quer a obras de referência e materiais impressos, quer a motores de pesquisa, directórios, bibliotecas digitais ou outras fontes de informação electrónicas, organizam, sintetizam e comunicam a informação tratada e avaliam os resultados do trabalho realizado.GO22. Identifica fontes de informação potenciais e formas de lhes aceder.7. Utiliza os dados informativos de um texto ou obra para a escolher/  rejeitar de acordo com o seu conteúdo e utilidade, através da análise dos títulos e subtítulos, índices, resumos, outros.10. Utiliza estratégias adequadas para registo de informação (toma notas, faz resumos, selecciona excertos, identifica frases e palavras-chave, realiza esquemas, outros).T12. Selecciona informação relevante de acordo com a tarefa/ tema abordado.3. Combina de forma adequada informação recolhida em diferentes fontes.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?Os alunos demonstram, de acordo c/ o seu nível/ano de escolaridade, compreensão sobre os problemas éticos, legais e de responsabilidade social associados ao acesso, avaliação e uso da informação e das TIC.GO28. Avalia a relevância, fiabilidade e validade da informação nos diferentes recursos.QD118. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informação dos alunos (cont.)Os alunos revelam, em cada ano e ao longo de cada nível/ano de escolaridade, progressos no uso de competências tecnológicas, digitais e de informação nas diferentes disciplinas e áreas curriculares/áreas de conteúdo.Observação de utilização da BE (GO2).Trabalhos escolares dos alunos (T1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos da (QA1).QA19. À medida que vais realizando mais trabalhos na BE ou utilizando os seus recursos, nas várias disciplinas/ áreas curriculares, achas que os teus trabalhos de pesquisa vão melhorando e fazes progressos?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida.Os alunos aplicam modalidades de trabalho diversificadas – individual, a pares ou em grupo – e realizam tarefas diferenciadas, de acordo com a estruturação espacial e funcional da BE.Observação de utilização da BE (GO1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos (QA1).GO15. Trabalha de forma adequada em grupo, ajuda os colegas7. Assume um comportamento adequado na biblioteca (p. ex., revela cortesia no tratamento, segue as regras de utilização da BE).QD18.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:18. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?QA14. Em que situação mais utilizas a BE ou os seus recursos nas tuas actividades escolares?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?Os alunos estabelecem entre si um ambiente de confiança e de respeito mútuo, cumprindo normas de actuação, de convivência e de trabalho, inerentes ao sistema de organização e funcionamento da BE.Os alunos revelam valores de cooperação, autonomia e responsabilidade, conformes a uma aprendizagem autónoma, activa e colaborativa.Os alunos demonstram atitudes de curiosidade, iniciativa, criatividade e reflexão crítica, necessárias a uma aprendizagem baseada em recursos.GO16. Partilha ideias e conhecimentos com os outros colegas.QD118. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?QA111. Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas<br />Actividade 2<br />Sendo a formação de utilizadores essencial para o correcto uso da BE e conhecimento da organização e recursos desta, escolhi o subdomínio “A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores” para escrever os enunciados avaliativos.<br />1) A participação em formações promovidas pela BE, contribuiu positivamente para o entusiasmo em utilizar a BE e os seus recursos, bem como desenvolver a curiosidade na ocupação deste espaço e da sua da organização. Esta situação pode ser afirmada, tendo em conta os dados recolhidos nas evidências (por exemplo, a elevada percentagem obtida -x%-  na análise dos dados da questão ” 7- Já participaste em actividades para aprender a usar a BE: localização dos livros, fazer pesquisas, outros.”, para o caso dos alunos e, “9-  Já participou em actividades de formação de utilizadores para o uso da BE, promovidas pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE?”, no caso dos professores.<br />2) Outro aspecto analisado prende-se com o desenvolvimento em alunos e professores, de competências necessárias ao uso autónomo da BE. Para tal foram analisados conta os dados obtidos a partir das questões  “11- Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas.”, para os alunos e, “14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?”, no caso da avaliação feita aos alunos, por parte dos professores. Assim, e tendo em conta a análise realizada, Conclui-se que os alunos, na sua maioria (y%) sentem-se mais independentes e livres na escolha dos recursos e na sua utilização, dependendo cada vez menos da ajuda do PB.<br />3) Analisou-se ainda, a existência de materiais informativos e/ ou lúdicos de apoio à formação dos utilizadores, sendo estes produzidos pela BE. Aferiram-se os dados de modo a que pode constatar que a produção de materiais, tem vindo a facilitar o desempenho dos alunos na utilização da BE. Não só por se sentirem mais autónomos na utilização e gestão da informação, mas também na forma como realizam os seus trabalhos. Este facto, pode ser comprovado com a opinião dos docentes, a partir dos dados da pergunta “8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?”. Em alguns casos, os próprios professores, em conjunto com o PB, realizam alguns instrumentos de trabalho, de acordo com as suas necessidades de trabalho.<br />NOTA: Estes são algumas das evidências, poderiam ter sido consideradas outras para realizar a avaliação. São meramente exemplificativas!<br />Actividade 3<br />A recolha de evidências do subdomínio A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores permitiu chegar a uma análise de dados, onde foram diagnosticados alguns pontos fracos e pontos fortes.<br />Pontos fracos:<br />Alunos com baixas expectativas face à novas tecnologias, uma vez que não possuem computador;<br />A BE tem uma área pequena, dificultando trabalho (de pesquisa, por exemplo) quando envolve mais de 16 alunos;<br />Número de computadores muito reduzido;<br />Orçamento reduzido;<br />A escola ainda não tem um perfil de competências de informação, definidas por ano de escolaridade;<br />Inexistência do catálogo online;<br />Pontos fortes:<br />Plano Anual de Actividades rico e diversificado;<br />Escola com poucas turmas, o que facilita a transmissão de informação com e entre professores. Tem também criado condições especiais de convivência e cooperação;<br />Todos os alunos tiveram formação de utilizadores, no início do ano lectivo;<br />O órgão de gestão tem seguido linhas de acção bem definidas, permitindo a escola e a BE concretizarem muitas das actividades propostas;<br />As instalações da BE são cuidadas e apelativas;<br />A PB presta apoio presencial nas pesquisas e realização de trabalhos aos alunos;<br />Após apresentação e análise do relatório, em Conselho Pedagógico, são elaboradas recomendações num plano de melhoria a desenvolver, no âmbito do subdomínio apresentado.<br />Acções de melhoria:<br />Elaboração de um guia de utilizadores, tendo em conta os alunos que não sabem ler (jardim de infância e 1º ano de escolaridade);<br />Realizar formação aos utilizadores, mais do que uma vez no ano (periodicamente);<br />Uniformização do grafismo e revisão das informações colocadas nas estantes e nas prateleiras;<br />Produção de guiões aos alunos na área da literacia de informação;<br />Atendimento e apoio à utilização dos suportes multimédia e de processamento de texto;<br />Cooperar com a gestão da escola, no sentido de encontrar soluções para adquirir mais computadores;<br />
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa
Tarefa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av AsPossibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
Levenhagen
 
Webrádio - Apresentacao dissertacao
Webrádio - Apresentacao dissertacaoWebrádio - Apresentacao dissertacao
Webrádio - Apresentacao dissertacao
Jorge Teixeira
 
Gioseli zorzan
Gioseli zorzanGioseli zorzan
Gioseli zorzan
equipetics
 
Formacao projeto uca modulo 3 puc sp
Formacao projeto uca modulo 3 puc spFormacao projeto uca modulo 3 puc sp
Formacao projeto uca modulo 3 puc sp
Renata Aquino
 
Plano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magdaPlano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magda
Diana Rocha
 

Mais procurados (18)

Programa Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba maisPrograma Aprender em Parceria - saiba mais
Programa Aprender em Parceria - saiba mais
 
Plano avaliação
Plano avaliaçãoPlano avaliação
Plano avaliação
 
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-lineE-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
E-Portefólios - Uma ferramenta de Avaliação de Cursos On-line
 
Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av AsPossibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
Possibilidades DidáTico PedagóGicas De UtilizaçãO De Av As
 
Webrádio - Apresentacao dissertacao
Webrádio - Apresentacao dissertacaoWebrádio - Apresentacao dissertacao
Webrádio - Apresentacao dissertacao
 
Gioseli zorzan
Gioseli zorzanGioseli zorzan
Gioseli zorzan
 
Wie2010 Formacao UCA Beth Almeida
Wie2010 Formacao UCA Beth AlmeidaWie2010 Formacao UCA Beth Almeida
Wie2010 Formacao UCA Beth Almeida
 
E PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios VersaofinalE PortefóLios Versaofinal
E PortefóLios Versaofinal
 
Formacao projeto uca modulo 3 puc sp
Formacao projeto uca modulo 3 puc spFormacao projeto uca modulo 3 puc sp
Formacao projeto uca modulo 3 puc sp
 
Sessão 3 pp 1º dia
Sessão 3   pp 1º diaSessão 3   pp 1º dia
Sessão 3 pp 1º dia
 
Plano melhoria be da ESAS- 2013
Plano melhoria be da ESAS- 2013Plano melhoria be da ESAS- 2013
Plano melhoria be da ESAS- 2013
 
MABE - relatório 2010
MABE - relatório 2010MABE - relatório 2010
MABE - relatório 2010
 
Planejamento, gestão e implementação do EaD
Planejamento, gestão e implementação do EaDPlanejamento, gestão e implementação do EaD
Planejamento, gestão e implementação do EaD
 
Wie2010formacaoucabethalmeida 100724142933-phpapp01 cópia
Wie2010formacaoucabethalmeida 100724142933-phpapp01 cópiaWie2010formacaoucabethalmeida 100724142933-phpapp01 cópia
Wie2010formacaoucabethalmeida 100724142933-phpapp01 cópia
 
Oficina de ambientação de tutores no Moodle
Oficina de ambientação de tutores no MoodleOficina de ambientação de tutores no Moodle
Oficina de ambientação de tutores no Moodle
 
Modelo de AABE
Modelo de AABEModelo de AABE
Modelo de AABE
 
Sessao 4 Tarefa 1
Sessao 4   Tarefa 1Sessao 4   Tarefa 1
Sessao 4 Tarefa 1
 
Plano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magdaPlano de aula informática avançada marta magda
Plano de aula informática avançada marta magda
 

Destaque (9)

Módulo 3 - Variáveis e Constantes
Módulo 3 - Variáveis e ConstantesMódulo 3 - Variáveis e Constantes
Módulo 3 - Variáveis e Constantes
 
O valor que...Fábio,6ºE
O valor que...Fábio,6ºEO valor que...Fábio,6ºE
O valor que...Fábio,6ºE
 
La tv1
La tv1La tv1
La tv1
 
Ute proceso de construcción del plan nacional del buen vivir
Ute proceso de construcción del plan nacional del buen vivirUte proceso de construcción del plan nacional del buen vivir
Ute proceso de construcción del plan nacional del buen vivir
 
Diccionario
DiccionarioDiccionario
Diccionario
 
China Inconmensurable (Mmb
China Inconmensurable (MmbChina Inconmensurable (Mmb
China Inconmensurable (Mmb
 
Csr Dns Presentation
Csr Dns PresentationCsr Dns Presentation
Csr Dns Presentation
 
Apresentação - Publicação Multiplataforma
Apresentação - Publicação MultiplataformaApresentação - Publicação Multiplataforma
Apresentação - Publicação Multiplataforma
 
Aprendizajes de contenidos y adquisicion de competencias.
Aprendizajes de contenidos y adquisicion de competencias.Aprendizajes de contenidos y adquisicion de competencias.
Aprendizajes de contenidos y adquisicion de competencias.
 

Semelhante a Tarefa

ApresentaçãO Cp E Projectos
ApresentaçãO Cp E ProjectosApresentaçãO Cp E Projectos
ApresentaçãO Cp E Projectos
eva.fabia
 
Tabela sessao mod._escola-_trab_1
Tabela sessao mod._escola-_trab_1Tabela sessao mod._escola-_trab_1
Tabela sessao mod._escola-_trab_1
mariasalgueiro
 
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO ExternaA Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
anamariabpalma
 
MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1 MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1
ameliafig
 
Tarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA ParteTarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA Parte
becrepombais
 
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
Teresa Gonçalves
 
Instrumentos
InstrumentosInstrumentos
Instrumentos
aegm2013
 

Semelhante a Tarefa (20)

Tarefa6
Tarefa6Tarefa6
Tarefa6
 
ApresentaçãO Cp E Projectos
ApresentaçãO Cp E ProjectosApresentaçãO Cp E Projectos
ApresentaçãO Cp E Projectos
 
Tabela sessao mod._escola-_trab_1
Tabela sessao mod._escola-_trab_1Tabela sessao mod._escola-_trab_1
Tabela sessao mod._escola-_trab_1
 
Plano Avaliacao A22 A25
Plano Avaliacao A22 A25Plano Avaliacao A22 A25
Plano Avaliacao A22 A25
 
Workshop parte III
Workshop parte IIIWorkshop parte III
Workshop parte III
 
Ppt Mav SessãO3
Ppt Mav SessãO3Ppt Mav SessãO3
Ppt Mav SessãO3
 
Workshop parte IV
Workshop parte IVWorkshop parte IV
Workshop parte IV
 
Workshop parte IV
Workshop parte IVWorkshop parte IV
Workshop parte IV
 
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO ExternaA Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
A Auto AvaliaçãO Da Be E A AvaliaçãO Externa
 
MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1 MAFSessao6 Tabela D.1
MAFSessao6 Tabela D.1
 
Tarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA ParteTarefa 1 1ªA Parte
Tarefa 1 1ªA Parte
 
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolaresPaa 2014 2015-bibliotecas_escolares
Paa 2014 2015-bibliotecas_escolares
 
Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1Pb trabalhosunid1
Pb trabalhosunid1
 
Tabela D.1
Tabela D.1Tabela D.1
Tabela D.1
 
avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010avaliacao_esffl_BE_2009-2010
avaliacao_esffl_BE_2009-2010
 
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
 
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA BE: METODOLOGIAS DE OPERACIONALIZAÇÃO (CONCLUSÃO)
 
Instrumentos
InstrumentosInstrumentos
Instrumentos
 
Maabe (Ana Paula Couto)
Maabe (Ana Paula Couto)Maabe (Ana Paula Couto)
Maabe (Ana Paula Couto)
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 

Mais de Sílvia Bastos (20)

Pinta os teus direitos
Pinta os teus direitosPinta os teus direitos
Pinta os teus direitos
 
BE AAL
BE AALBE AAL
BE AAL
 
Cartaz feira do livro 2014
Cartaz feira do livro 2014Cartaz feira do livro 2014
Cartaz feira do livro 2014
 
D. inês e d. pedro
D. inês e d. pedroD. inês e d. pedro
D. inês e d. pedro
 
D. inês e d. pedro
D. inês e d. pedroD. inês e d. pedro
D. inês e d. pedro
 
Camões
CamõesCamões
Camões
 
Camões
CamõesCamões
Camões
 
História de Portugal
História de PortugalHistória de Portugal
História de Portugal
 
História de Portugal
História de PortugalHistória de Portugal
História de Portugal
 
Bolo rei Antonio Torrado
Bolo rei Antonio TorradoBolo rei Antonio Torrado
Bolo rei Antonio Torrado
 
Livros do outono
Livros do outonoLivros do outono
Livros do outono
 
A mosca fosca compor
A mosca fosca comporA mosca fosca compor
A mosca fosca compor
 
12.24 oficina dos brinquedos
12.24   oficina dos brinquedos12.24   oficina dos brinquedos
12.24 oficina dos brinquedos
 
12.23 entrevista com o pai natal
12.23   entrevista com o pai natal12.23   entrevista com o pai natal
12.23 entrevista com o pai natal
 
Segredo do rio
Segredo do rioSegredo do rio
Segredo do rio
 
Ppt
PptPpt
Ppt
 
O velho, o rapaz e o burro expresso
O velho, o rapaz e o burro expressoO velho, o rapaz e o burro expresso
O velho, o rapaz e o burro expresso
 
Lagartinha comilona.pps
Lagartinha comilona.ppsLagartinha comilona.pps
Lagartinha comilona.pps
 
10 numa cama
10 numa cama10 numa cama
10 numa cama
 
Saturno
SaturnoSaturno
Saturno
 

Tarefa

  • 1. IndicadoresFactores críticos de sucessoInstrumentos propostos pelo MAABE para cada IndicadorQuestões ou Itens dos Instrumentos propostos que ajudam a BE a obter evidências e situar-se face aos factores críticosA.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores.O plano de trabalho da BE inclui actividades de formação de utilizadores com turmas/ grupos/ alunos e com docentes no sentido de promover o valor da BE, motivar para a sua utilização, esclarecer sobre as formas como está organizada e ensinar a utilizar os diferentes serviços.Questionário aos alunos (QA1).Questionário aos docentes (QD1).Observação de utilização da BE (O2).QA17- Já participaste em actividades para aprender a usar a BE: localização dos livros, fazer pesquisas, outros.8 -Sentes-te apoiado pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE quando a utilizas?QD13-Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?8- Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?9- Já participou em actividades de formação de utilizadores para o uso da BE, promovidas pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE?16- Como avalia o contributo dado pela BE para o desenvolvimento nos alunos deste tipo de competências?Alunos e docentes desenvolvem competências para o uso da BE revelando um maior nível de autonomia na sua utilização após as sessões de formação de utilizadores.QA110- O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?11- Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas.QD14. Classifique o seu conhecimento sobre os recursos da BE14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?15. Como classifica, em geral, as competências para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, por parte dos seus alunos?A BE produz materiais informativos e/ ou lúdicos de apoio à formação dos utilizadores.QA15. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisasQD18. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação.A BE procede, em ligação com as estruturas de coordenação educativa e de supervisão pedagógica, ao levantamento nos currículos das competências de informação inerentes a cada área disciplinar/área de conteúdo com vista à definição de um currículo de competências transversais adequado a cada nível/ano de escolaridade.Questionário aos docentes (QD1)QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?6. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:A BE promove, com as estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica e os docentes, a integração de um plano para a literacia da informação no projecto educativo e curricular e nos projectos curriculares dos grupos/turmas.A BE propõe um modelo de pesquisa de informação a ser usado por toda a escola.A.2.2 Promoção do ensino em contexto de competências de informação (cont.)A BE estimula a inserção nas unidades curriculares, ACND e outras actividades, do ensino e treino contextualizado de competências de informação.Questionário aos docentes (QD1)QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?6. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?16. Como avalia o contributo dado pela BE para o desenvolvimento nos alunos deste tipo de competências?A BE produz e divulga, em colaboração com os docentes, guiões de pesquisa e outros materiais de apoio ao trabalho de exploração dos recursos de informação pelos alunos.QD13. Nas suas funções docentes, costuma articular e/ ou planear actividades com o professor bibliotecário ou com a equipa da BE?3.1 Em caso afirmativo, em que contexto mais acontece essa articulação?8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?8.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:11. Já colaborou com a BE na selecção ou produção de materiais de apoio necessários à condução de actividades na BE ou em sala de aula?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BEA equipa da BE participa, em cooperação com os docentes, nas actividades de educação/ensino de competências de informação com turmas/ grupos/ alunos.QD110. Já colaborou com o professor-bibliotecário/ equipa na realização de actividades na BE ou em sala de aula com alguma turma/ grupo?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais.Os projectos escolares de iniciativa da BE, ou apoiados por ela, incluem actividades de consulta e produção de informação e de intercâmbio e comunicação através das TIC: actividades de pesquisa, utilização de serviços Web, recurso a utilitários, software educativo e outros objectos multimédia, manipulação de ferramentas de tratamento de dados e de imagem, de apresentação, outros.Questionário aos alunos (QA1).QA14. Em que situação mais utilizas a BE ou os seus recursos nas tuas actividades escolares?5. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?9. À medida que vais realizando mais trabalhos na BE ou utilizando os seus recursos, nas várias disciplinas/ áreas curriculares, achas que os teus trabalhos de pesquisa vão melhorando e fazes progressos?12. Gostavas de saber mais sobre…13. Como classificas as aprendizagens que realizaste através da BE?A BE organiza e participa em actividades de formação para docentes e alunos no domínio da literacia tecnológica e digital.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A equipa da BE apoia os utilizadores na selecção e utilização de recursos electrónicos e media, de acordo com as suas necessidades.QA15. Quando vais à BE para realizar trabalhos para as disciplinas, tens as indicações necessárias sobre a tarefa que vais fazer e as sugestões dos documentos que deves utilizar?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?A.2.3 Promoção do ensino em contexto de competências tecnológicas e digitais (cont.).A BE colabora na concepção e dinamização de actividades de educação para e com os media.Questionário aos alunos (QA1).6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?12. Gostavas de saber mais sobre…A BE produz, em colaboração com os docentes, materiais informativos e de apoio à adequada utilização da Internet: guiões de pesquisa, grelhas de avaliação de sítios, listas de apontadores, guias de procedimentos, outros.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informação dos alunos.Os alunos utilizam, de acordo com o seu nível/ano de escolaridade, linguagens, suportes, modalidades de recepção e de produção de informação e formas de comunicação variados, entre os quais se destaca o uso de ferramentas e media digitais.Observação de utilização da BE (GO2).Trabalhos escolares dos alunos (T1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos da (QA1).GO23. Consulta o catálogo da BE ou de outras bibliotecas.5. Pesquisa informação na Internet e noutros suportes digitais (CD, DVD, CD-ROM, outros).9. Localiza e extrai informação de diferentes suportes e tipos de documentos, recorrendo à percepção global e à leitura rápida e em diagonal do seu conteúdo, seguindo ligações preferenciais, outros.11. Apresenta e comunica a outros, explorando diferentes ambientes e meios de comunicação, os resultados dos seus trabalhos.T11. Utiliza diferentes fontes de informação, impressas ou digitais.10. Recorre sempre que necessário à inclusão de notas, ligações para páginas Web ou anexos, devidamente sinalizados.13. Manifesta criatividade e proficiência técnica na exploração das ferramentas necessárias à produção multimédia.QD16. Costuma proceder à integração de competências de informação na planificação e tratamento das diferentes áreas de conteúdo/ unidades de ensino?14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?15. Como classifica, em geral, as competências para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, por parte dos seus alunos?17. Assinale entre os seguintes tipos de materiais/ ferramentas, aquele(s) que já alguma vez utilizou por sua iniciativa ou sugestão da BE:QA112. Gostavas de saber mais sobre: 13. Como classificas as aprendizagens que realizaste através da BE?Os alunos incorporam no seu trabalho, de acordo com o nível/ano de escolaridade que frequentam, as diferentes fases do processo de pesquisa e tratamento de informação: identificam fontes de informação e seleccionam informação, recorrendo quer a obras de referência e materiais impressos, quer a motores de pesquisa, directórios, bibliotecas digitais ou outras fontes de informação electrónicas, organizam, sintetizam e comunicam a informação tratada e avaliam os resultados do trabalho realizado.GO22. Identifica fontes de informação potenciais e formas de lhes aceder.7. Utiliza os dados informativos de um texto ou obra para a escolher/ rejeitar de acordo com o seu conteúdo e utilidade, através da análise dos títulos e subtítulos, índices, resumos, outros.10. Utiliza estratégias adequadas para registo de informação (toma notas, faz resumos, selecciona excertos, identifica frases e palavras-chave, realiza esquemas, outros).T12. Selecciona informação relevante de acordo com a tarefa/ tema abordado.3. Combina de forma adequada informação recolhida em diferentes fontes.QA16. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?Os alunos demonstram, de acordo c/ o seu nível/ano de escolaridade, compreensão sobre os problemas éticos, legais e de responsabilidade social associados ao acesso, avaliação e uso da informação e das TIC.GO28. Avalia a relevância, fiabilidade e validade da informação nos diferentes recursos.QD118. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?A.2.4 Impacto da BE nas competências tecnológicas, digitais e de informação dos alunos (cont.)Os alunos revelam, em cada ano e ao longo de cada nível/ano de escolaridade, progressos no uso de competências tecnológicas, digitais e de informação nas diferentes disciplinas e áreas curriculares/áreas de conteúdo.Observação de utilização da BE (GO2).Trabalhos escolares dos alunos (T1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos da (QA1).QA19. À medida que vais realizando mais trabalhos na BE ou utilizando os seus recursos, nas várias disciplinas/ áreas curriculares, achas que os teus trabalhos de pesquisa vão melhorando e fazes progressos?10. O trabalho na BE ou tendo por base os seus recursos, contribui para que te vás sentindo mais seguro e confiante nas tarefas da pesquisa, consulta e produção de informação que tens de realizar?A.2.5 Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida.Os alunos aplicam modalidades de trabalho diversificadas – individual, a pares ou em grupo – e realizam tarefas diferenciadas, de acordo com a estruturação espacial e funcional da BE.Observação de utilização da BE (GO1).Questionário aos docentes (QD1).Questionário aos alunos (QA1).GO15. Trabalha de forma adequada em grupo, ajuda os colegas7. Assume um comportamento adequado na biblioteca (p. ex., revela cortesia no tratamento, segue as regras de utilização da BE).QD18.1 Como apoio para os trabalhos de pesquisa dos alunos costuma utilizar:18. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?QA14. Em que situação mais utilizas a BE ou os seus recursos nas tuas actividades escolares?6. Quando tens um trabalho de pesquisa para fazer, como costumas procurar a informação de que precisas?Os alunos estabelecem entre si um ambiente de confiança e de respeito mútuo, cumprindo normas de actuação, de convivência e de trabalho, inerentes ao sistema de organização e funcionamento da BE.Os alunos revelam valores de cooperação, autonomia e responsabilidade, conformes a uma aprendizagem autónoma, activa e colaborativa.Os alunos demonstram atitudes de curiosidade, iniciativa, criatividade e reflexão crítica, necessárias a uma aprendizagem baseada em recursos.GO16. Partilha ideias e conhecimentos com os outros colegas.QD118. Em que medida considera que a BE influencia, nos seus alunos, o desenvolvimento de valores e atitudes de convivência, iniciativa, cooperação e autonomia?QA111. Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas<br />Actividade 2<br />Sendo a formação de utilizadores essencial para o correcto uso da BE e conhecimento da organização e recursos desta, escolhi o subdomínio “A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores” para escrever os enunciados avaliativos.<br />1) A participação em formações promovidas pela BE, contribuiu positivamente para o entusiasmo em utilizar a BE e os seus recursos, bem como desenvolver a curiosidade na ocupação deste espaço e da sua da organização. Esta situação pode ser afirmada, tendo em conta os dados recolhidos nas evidências (por exemplo, a elevada percentagem obtida -x%- na análise dos dados da questão ” 7- Já participaste em actividades para aprender a usar a BE: localização dos livros, fazer pesquisas, outros.”, para o caso dos alunos e, “9- Já participou em actividades de formação de utilizadores para o uso da BE, promovidas pelo professor-bibliotecário/ equipa da BE?”, no caso dos professores.<br />2) Outro aspecto analisado prende-se com o desenvolvimento em alunos e professores, de competências necessárias ao uso autónomo da BE. Para tal foram analisados conta os dados obtidos a partir das questões “11- Consideras que os trabalhos de pesquisa realizados na BE ou utilizando os seus recursos exigem de ti capacidade de iniciativa, autonomia e cooperação com os teus colegas.”, para os alunos e, “14. Como classifica as suas competências pessoais para o uso autónomo da BE ou dos seus recursos, com os seus alunos?”, no caso da avaliação feita aos alunos, por parte dos professores. Assim, e tendo em conta a análise realizada, Conclui-se que os alunos, na sua maioria (y%) sentem-se mais independentes e livres na escolha dos recursos e na sua utilização, dependendo cada vez menos da ajuda do PB.<br />3) Analisou-se ainda, a existência de materiais informativos e/ ou lúdicos de apoio à formação dos utilizadores, sendo estes produzidos pela BE. Aferiram-se os dados de modo a que pode constatar que a produção de materiais, tem vindo a facilitar o desempenho dos alunos na utilização da BE. Não só por se sentirem mais autónomos na utilização e gestão da informação, mas também na forma como realizam os seus trabalhos. Este facto, pode ser comprovado com a opinião dos docentes, a partir dos dados da pergunta “8. Quando utilizam a BE ou os seus recursos, os seus alunos estão munidos das indicações sobre a tarefa a executar e de sugestões de bibliografia a consultar?”. Em alguns casos, os próprios professores, em conjunto com o PB, realizam alguns instrumentos de trabalho, de acordo com as suas necessidades de trabalho.<br />NOTA: Estes são algumas das evidências, poderiam ter sido consideradas outras para realizar a avaliação. São meramente exemplificativas!<br />Actividade 3<br />A recolha de evidências do subdomínio A.2.1 Organização de actividades de formação de utilizadores permitiu chegar a uma análise de dados, onde foram diagnosticados alguns pontos fracos e pontos fortes.<br />Pontos fracos:<br />Alunos com baixas expectativas face à novas tecnologias, uma vez que não possuem computador;<br />A BE tem uma área pequena, dificultando trabalho (de pesquisa, por exemplo) quando envolve mais de 16 alunos;<br />Número de computadores muito reduzido;<br />Orçamento reduzido;<br />A escola ainda não tem um perfil de competências de informação, definidas por ano de escolaridade;<br />Inexistência do catálogo online;<br />Pontos fortes:<br />Plano Anual de Actividades rico e diversificado;<br />Escola com poucas turmas, o que facilita a transmissão de informação com e entre professores. Tem também criado condições especiais de convivência e cooperação;<br />Todos os alunos tiveram formação de utilizadores, no início do ano lectivo;<br />O órgão de gestão tem seguido linhas de acção bem definidas, permitindo a escola e a BE concretizarem muitas das actividades propostas;<br />As instalações da BE são cuidadas e apelativas;<br />A PB presta apoio presencial nas pesquisas e realização de trabalhos aos alunos;<br />Após apresentação e análise do relatório, em Conselho Pedagógico, são elaboradas recomendações num plano de melhoria a desenvolver, no âmbito do subdomínio apresentado.<br />Acções de melhoria:<br />Elaboração de um guia de utilizadores, tendo em conta os alunos que não sabem ler (jardim de infância e 1º ano de escolaridade);<br />Realizar formação aos utilizadores, mais do que uma vez no ano (periodicamente);<br />Uniformização do grafismo e revisão das informações colocadas nas estantes e nas prateleiras;<br />Produção de guiões aos alunos na área da literacia de informação;<br />Atendimento e apoio à utilização dos suportes multimédia e de processamento de texto;<br />Cooperar com a gestão da escola, no sentido de encontrar soluções para adquirir mais computadores;<br />