SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Baixar para ler offline
Prof. Suzana Mota
Gerência de Projetos
de Software
Aula 08 - Gerenciamento da
Qualidade
Qualidade
Qual o projeto atende o requisito de qualidade?
Qualidade
Qualidade é a
conformidade com a
especificação e
requisitos do
projeto.
Relação entre expectativa e realidade
Projeto Big Mac
Projeto Big Mac
Projeto
Objetivo: Montagem de sanduíche
com sabor e texturas padronizada
contendo: pão, hambúrguer, queijo,
cebola, alface e pepino.
Recursos Humanos: 3 funcionários.
Tempo: 30 segundos.
Orçamento: R$ 5 reais.
Produto
Sanduíche com sabor e texturas
padronizada contendo: pão,
hambúrguer, queijo, cebola, alface e
pepino.
- Ponto da carne
- Textura do pão
- Frescor dos legumes
Qualidade do Projeto?
Qualidade do Produto?
Qualidade
PROJETO PRODUTO
Garante a Qualidade:
- Padronizando Processos
Testa a Qualidade:
- Testando cada iteração.
GARANTIA DA
QUALIDADE
CONTROLE DA
QUALIDADE
PROCESSOS
PRODUTO/SERVIÇO
Qualidade para quê?
Atrair novos clientes.
Aumento da lucratividade.
Conquistar bons projetos.
Reter bons talentos.
Motivar colaboradores.
Princípios da Qualidade Total
Total satisfação do cliente;
Gerência participativa;
Desenvolvimento contínuo do sistema;
Gestão de controle e processos;
Disseminação das informações
Qualidade em Software
Qualidade em Software
Ferramentas estratégicas
Ciclo PDCA - Ciclo Melhoria Contínua
Planejar (P)
Definir metas;
Levantamento de fatos e dados;
Elaboração do fluxo do processo;
Identificação dos itens de controle;
Estabelecer objetivos
Fazer (Do)
Fazer, executar – implementar as ações necessárias;
Coloca-se em prática o que os procedimentos
determinam para atingir sucesso;
É preciso que as pessoas estejam comprometidas;
O treinamento pode habilitá-las a executar as
atividades com eficácia.
Checar (C)
Checar, verificar, monitorar e medir os processos e produtos;
É nesta fase que se verifica se os procedimentos foram
entendidos, se estão sendo corretamente executados;
Deve ser contínua e pode ser efetuada tanto através de sua
observação, quanto através do monitoramento dos índices de
qualidade e produtividade.
Agir (A)
Executar ações para promover continuamente a melhoria dos
processos;
Se for encontrada alguma anormalidade, este será o momento de agir,
atacando as causas que impediram que o procedimento fosse
executado conforme planejado;
Em alguns casos, essas medidas podem virar normas, novos
procedimentos, padrões
Brainstorming
Conhecido como tempestade de ideias, sugestões
criativas para os problemas; É um processo de grupo
em que os indivíduos emitem ideias de forma livre e
em grande quantidade
Benchmarking
É um processo contínuo para avaliar produtos,
serviços e processos de trabalho de organizações
que são reconhecidas como representantes das
melhores práticas, com a finalidade de servir de
referência para organizações menos avançadas.
5W1H (what, who, when, where, why e how)
Ferramenta que auxilia na estruturação de planos de ação.
A partir de questões-chave:
(O que? Quem? Quando? Onde? Por que? e Como?)
Procura-se fornecer as informações principais para que uma
atividade seja executada
5W1H (what, who, when, where, why e how)
Ferramentas Operacionais
Kanban
Kanban
Testes
Teste Unitário
Teste Funcional
Teste de Integração
Teste de Stress
Teste de Penetração
Controle de Indicadores
- Retrabalho
- Versões liberadas no prazo
esperado.
- Estimativa de horas corretas
x estimativas incorretas
- Bugs identificados por
release
- Quantidade de horas para
correção de bugs.
Diagrama Espinha de Peixe
Atividade:
- Defina pelo menos 3 indicadores no projeto que está sendo
desenvolvido.
- Compare os indicadores no mês 1 do projeto e no mês atual.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Agilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
Agilidade organizacional: pense grande, comece pequenoAgilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
Agilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
Natalia Manha
 
Montagem de equipes de software
Montagem de equipes de softwareMontagem de equipes de software
Montagem de equipes de software
Evaldo Barbosa
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
blogcorreafabio
 

Mais procurados (20)

Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
 Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
 
Gestão do Projeto de Design de Interação - Aula 4
Gestão do Projeto de Design de Interação - Aula 4Gestão do Projeto de Design de Interação - Aula 4
Gestão do Projeto de Design de Interação - Aula 4
 
Apresentação 1 205 leandro stok
Apresentação 1   205  leandro stokApresentação 1   205  leandro stok
Apresentação 1 205 leandro stok
 
Agilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
Agilidade organizacional: pense grande, comece pequenoAgilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
Agilidade organizacional: pense grande, comece pequeno
 
Estimulando a experimentação e o design colaborativo do Product Owner
Estimulando a experimentação e o design colaborativo do Product OwnerEstimulando a experimentação e o design colaborativo do Product Owner
Estimulando a experimentação e o design colaborativo do Product Owner
 
ALM Practices - Cultura da entrega diária com EVDnC
ALM Practices - Cultura da entrega diária com EVDnCALM Practices - Cultura da entrega diária com EVDnC
ALM Practices - Cultura da entrega diária com EVDnC
 
Metodologias Ágeis + PMBok
Metodologias Ágeis + PMBokMetodologias Ágeis + PMBok
Metodologias Ágeis + PMBok
 
Gerenciamento de Projetos & Startups
Gerenciamento de Projetos & StartupsGerenciamento de Projetos & Startups
Gerenciamento de Projetos & Startups
 
Scrum Class
Scrum ClassScrum Class
Scrum Class
 
slides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetosslides Gerencia de projetos
slides Gerencia de projetos
 
Geinfo10 gerenciamento ágil de projetos com scrum
Geinfo10   gerenciamento ágil de projetos com scrumGeinfo10   gerenciamento ágil de projetos com scrum
Geinfo10 gerenciamento ágil de projetos com scrum
 
TDC 2015 Porto Alegre - Preciso estimar mesmo?
TDC 2015 Porto Alegre - Preciso estimar mesmo?TDC 2015 Porto Alegre - Preciso estimar mesmo?
TDC 2015 Porto Alegre - Preciso estimar mesmo?
 
Como gerar engajamento em equipes de projeto PMI 2014
Como gerar engajamento em equipes de projeto PMI 2014Como gerar engajamento em equipes de projeto PMI 2014
Como gerar engajamento em equipes de projeto PMI 2014
 
Montagem de equipes de software
Montagem de equipes de softwareMontagem de equipes de software
Montagem de equipes de software
 
[MTC 2021] QAs que não codificam e seus 12% de vagas - Paulo César de Oliveira
[MTC 2021] QAs que não codificam e seus 12% de vagas - Paulo César de Oliveira[MTC 2021] QAs que não codificam e seus 12% de vagas - Paulo César de Oliveira
[MTC 2021] QAs que não codificam e seus 12% de vagas - Paulo César de Oliveira
 
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no SerproDesafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
 
Gestão do conhecimento aplicada na Gestão de Projetos
Gestão do conhecimento aplicada na Gestão de ProjetosGestão do conhecimento aplicada na Gestão de Projetos
Gestão do conhecimento aplicada na Gestão de Projetos
 
Ferramentas da Qualidade
Ferramentas da QualidadeFerramentas da Qualidade
Ferramentas da Qualidade
 
Como o desenvolvimento ágil pode ajudar a criar soluções eficientes para o go...
Como o desenvolvimento ágil pode ajudar a criar soluções eficientes para o go...Como o desenvolvimento ágil pode ajudar a criar soluções eficientes para o go...
Como o desenvolvimento ágil pode ajudar a criar soluções eficientes para o go...
 
Apresentação - Prospecta
Apresentação - ProspectaApresentação - Prospecta
Apresentação - Prospecta
 

Semelhante a Aula 08 - Gerenciamento da Qualidade

Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Juan Bernabó
 
Gurus-da-qualidade pptm
Gurus-da-qualidade  pptmGurus-da-qualidade  pptm
Gurus-da-qualidade pptm
Edvaldo Viana
 

Semelhante a Aula 08 - Gerenciamento da Qualidade (20)

Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com ScrumIntrodução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
Introdução A Gestão Ágil De Projetos Com Scrum
 
Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Gurus da Gestão da Qualidade
Gurus da Gestão da QualidadeGurus da Gestão da Qualidade
Gurus da Gestão da Qualidade
 
Cap_6Qualidade_total.ppt
Cap_6Qualidade_total.pptCap_6Qualidade_total.ppt
Cap_6Qualidade_total.ppt
 
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
 
Controle da Qualidade Total
Controle da Qualidade TotalControle da Qualidade Total
Controle da Qualidade Total
 
GUTS Talks Março 2018
GUTS Talks Março 2018GUTS Talks Março 2018
GUTS Talks Março 2018
 
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócioPalestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
 
Slides controle de qualidade
Slides controle de qualidadeSlides controle de qualidade
Slides controle de qualidade
 
Qualidade Total
Qualidade TotalQualidade Total
Qualidade Total
 
Aula 4 - Orçamento Público como é realizado.pdf
Aula 4 - Orçamento Público como é realizado.pdfAula 4 - Orçamento Público como é realizado.pdf
Aula 4 - Orçamento Público como é realizado.pdf
 
Apostila 3
Apostila 3Apostila 3
Apostila 3
 
1206131644_slides_qualidade[1].pptx
1206131644_slides_qualidade[1].pptx1206131644_slides_qualidade[1].pptx
1206131644_slides_qualidade[1].pptx
 
126131644_slides_qualidade.ppt
126131644_slides_qualidade.ppt126131644_slides_qualidade.ppt
126131644_slides_qualidade.ppt
 
Apresentaçao lean thinking para empresas do segmento alimenticio
Apresentaçao lean thinking para empresas do segmento alimenticioApresentaçao lean thinking para empresas do segmento alimenticio
Apresentaçao lean thinking para empresas do segmento alimenticio
 
Product Inception - Thiago Serrano - 99 - Product Camp 2017
Product Inception - Thiago Serrano - 99 - Product Camp 2017Product Inception - Thiago Serrano - 99 - Product Camp 2017
Product Inception - Thiago Serrano - 99 - Product Camp 2017
 
INTEGRAÇÃO JANEIRO 2019 ATUALIZADO.pptx
INTEGRAÇÃO JANEIRO  2019 ATUALIZADO.pptxINTEGRAÇÃO JANEIRO  2019 ATUALIZADO.pptx
INTEGRAÇÃO JANEIRO 2019 ATUALIZADO.pptx
 
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdfAula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
Aula 01 - GESTÃO DA QUALIDADE.pdf
 
Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
Gurus-da-qualidade pptm
Gurus-da-qualidade  pptmGurus-da-qualidade  pptm
Gurus-da-qualidade pptm
 

Mais de Suzana Viana Mota

Mais de Suzana Viana Mota (20)

Exercicios - Redes Móveis
Exercicios - Redes MóveisExercicios - Redes Móveis
Exercicios - Redes Móveis
 
exercicio-Organização e estrutura de Computadores
exercicio-Organização e estrutura de Computadoresexercicio-Organização e estrutura de Computadores
exercicio-Organização e estrutura de Computadores
 
Organizacao e estrutura de Computadores
Organizacao e estrutura de ComputadoresOrganizacao e estrutura de Computadores
Organizacao e estrutura de Computadores
 
Visão Computacional - Meetup AIGirls
Visão Computacional - Meetup AIGirlsVisão Computacional - Meetup AIGirls
Visão Computacional - Meetup AIGirls
 
Atividades de Sistemas Binários
Atividades de Sistemas BináriosAtividades de Sistemas Binários
Atividades de Sistemas Binários
 
Lista de Exerícios - Manutenção e Redes de Computadores IFNMG - Campus Januária
Lista de Exerícios - Manutenção e Redes de Computadores IFNMG - Campus JanuáriaLista de Exerícios - Manutenção e Redes de Computadores IFNMG - Campus Januária
Lista de Exerícios - Manutenção e Redes de Computadores IFNMG - Campus Januária
 
Interface humano-computador baseada em Visão Computacional: uma solução para ...
Interface humano-computador baseada em Visão Computacional: uma solução para ...Interface humano-computador baseada em Visão Computacional: uma solução para ...
Interface humano-computador baseada em Visão Computacional: uma solução para ...
 
Mundo 4.0 - O que esperar do futuro
Mundo 4.0 - O que esperar do futuroMundo 4.0 - O que esperar do futuro
Mundo 4.0 - O que esperar do futuro
 
Como estudar melhor
Como estudar melhor Como estudar melhor
Como estudar melhor
 
Atalhos e dicas - Como se tornar um expert em Computadores
Atalhos e dicas - Como se tornar um expert em ComputadoresAtalhos e dicas - Como se tornar um expert em Computadores
Atalhos e dicas - Como se tornar um expert em Computadores
 
Aula Inaugural - Curso Técnico em Informática para Internet
Aula Inaugural - Curso Técnico em Informática para InternetAula Inaugural - Curso Técnico em Informática para Internet
Aula Inaugural - Curso Técnico em Informática para Internet
 
Criptografia e Privacidade
Criptografia e PrivacidadeCriptografia e Privacidade
Criptografia e Privacidade
 
Exercicio - Introdução a Hardware Revisão
Exercicio - Introdução a Hardware RevisãoExercicio - Introdução a Hardware Revisão
Exercicio - Introdução a Hardware Revisão
 
Desenvolvimento de software dedicado a pessoa com deficiência
Desenvolvimento de software dedicado a pessoa com deficiênciaDesenvolvimento de software dedicado a pessoa com deficiência
Desenvolvimento de software dedicado a pessoa com deficiência
 
Comparison of Human Machine Interfaces to control a Robotized Wheelchair
Comparison of Human Machine Interfaces to control a Robotized WheelchairComparison of Human Machine Interfaces to control a Robotized Wheelchair
Comparison of Human Machine Interfaces to control a Robotized Wheelchair
 
Formatei o computador e agora?
Formatei o computador e agora?Formatei o computador e agora?
Formatei o computador e agora?
 
Formatando o computador
Formatando o computadorFormatando o computador
Formatando o computador
 
Como tornar seu site atraente
Como tornar seu site atraenteComo tornar seu site atraente
Como tornar seu site atraente
 
Sistemas Digitais - Inspirações de Projetos IoT
Sistemas Digitais - Inspirações de Projetos IoTSistemas Digitais - Inspirações de Projetos IoT
Sistemas Digitais - Inspirações de Projetos IoT
 
Sistemas Digitais - Aula 07 - Resistores
Sistemas Digitais - Aula 07 - ResistoresSistemas Digitais - Aula 07 - Resistores
Sistemas Digitais - Aula 07 - Resistores
 

Último

pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
mikhaelbaptista
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
avaseg
 

Último (9)

Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 
Análise de Risco na Construcao Civil.pdf
Análise de Risco na Construcao Civil.pdfAnálise de Risco na Construcao Civil.pdf
Análise de Risco na Construcao Civil.pdf
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
 

Aula 08 - Gerenciamento da Qualidade