SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
1/3
VIAGEM EM GRUPO À PARIS
Declaração de Escopo - Detalhamento de Escopo - EAP
Preparado por Amanda, Diego, Eduardo, Gustavo, Letícia e Suzana. Versão 01
Aprovado por Suzana 11/04/2015
I - Justificativa do projeto.
Desde o começo da faculdade o grupo se identificou com afinidade e iniciaram uma amizade,
e conforme os semestres foram passando, tiveram a ideia de realizarem uma viagem juntos ao fim
da faculdade. O destino decidido foi Paris, e então para que essa viagem ocorra com o mínimo de
incertezas e surpresas, decidiram por no papel em forma de projeto, como aprenderam no penúltimo
semestre do curso.
II - Produto do projeto.
O produto do projeto é Executar uma viagem a Paris no mês de Julho para 6 pessoas
(patrocinadores). O projeto inclui todas as despesas com passagens aéreas (ida e volta),
hospedagens individuais em hotel Três estrelas, alimentação (almoço e jantar), custos com vistos e
passaportes, seguro de viagem internacional, compra de euro, Táxi para treslado Aeroporto/ Hotel e
Hotel/ Aeroporto, passeios no Le Restaurant De La Tour Eiffel, Mouseu do Louvre, Disneyland
Resort Paris, Avenida Champs-Élysées, Catedral de Notre-Dame, Museu de Orsay e Centro
Georges Pompidou e check In/check Out nos aeroportos/hotel
III - Subprodutos do projeto.
1. Destino: Paris – França
2. Período: Sete dias
3. Quantidade de Pessoas: Seis pessoas
4. Tipo de transporte: Aéreo
5. Disponibilidade Financeira por pessoa: R$7.000,00
6. Data da viagem: Início de Julho de 2016
7. Tipo de Hospedagem: Hotel Três estrelas
8. Veículo para deslocamento em Paris: Táxi
9. Alimentações: café da manhã e jantar (incluso no hotel), almoço (de acordo com roteiro)
10. Passaporte: Renovar ou Tirar
11. Visto: Renovar ou Tirar
12. Contratar Seguro Internacional por pessoa
13. Passeios e Pontos turísticos:
13. 1. Jantar na torre Eiffel;
2/3
13. 2. Passeio noturno no Rio Sena;
13. 3. Disneyland Resort Paris;
13. 4. Museu de Louvre;
13. 5. Passeio na Avenida Champs-Élysées;
13. 6. Catedral de Notre-Dame;
13. 7. Museu de Orsay;
13. 8. Centro Georges Pompidou;
13. 9. Museu Nacional de História Natural.
IV - Objetivos do projeto.
Planejar, coordenar, controlar e executar a viagem a Paris, assegurando que todos os
requisitos sejam atendidos e que todos os serviços contratados sejam entregues. Primar pelo pleno
sucesso do projeto atendendo todas as expectativas dos integrantes. A viagem se realizará no início
do mês de Julho de 2016 e para garantir o sucesso do projeto após a viagem será executada uma
reunião com uma pesquisa de satisfação.
V - Detalhamento de Escopo.
3/3
VI - Estrutura Analítica do Projeto (EAP).
APROVAÇÕES
Suzana Sarmento Suzana Sarmento 11/04/2015

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

501 templates plano_projeto
501 templates plano_projeto501 templates plano_projeto
501 templates plano_projetoInfolifesc
 
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...Marcelo Schumacher
 
Aula 03 - Estrutura Analítica do Projeto
Aula 03 - Estrutura Analítica do ProjetoAula 03 - Estrutura Analítica do Projeto
Aula 03 - Estrutura Analítica do ProjetoSuzana Viana Mota
 
Processos PMBOK por área
Processos PMBOK por áreaProcessos PMBOK por área
Processos PMBOK por áreaCarlos Halrik
 
Festa de Formatura
Festa de FormaturaFesta de Formatura
Festa de FormaturaMarco Coghi
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoClaudio Barbosa
 
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploRudileine Fonseca
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyMLGV
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaDaniela Brauner
 
Aula03 - Termo de Abertura de Projeto
Aula03 - Termo de Abertura de ProjetoAula03 - Termo de Abertura de Projeto
Aula03 - Termo de Abertura de ProjetoDaniela Brauner
 
Kerzner gerenciamento de projetos uma abordagem sistêmica para o planejamen...
Kerzner gerenciamento de projetos   uma abordagem sistêmica para o planejamen...Kerzner gerenciamento de projetos   uma abordagem sistêmica para o planejamen...
Kerzner gerenciamento de projetos uma abordagem sistêmica para o planejamen...Tatiana Jatobá
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projetolhencar
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)Paulo Junior
 
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOK
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOKGerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOK
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOKClaudio Barbosa
 
Implantação Software Contas a Receber
Implantação Software Contas a ReceberImplantação Software Contas a Receber
Implantação Software Contas a ReceberMarco Coghi
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMarco Coghi
 

Mais procurados (20)

501 templates plano_projeto
501 templates plano_projeto501 templates plano_projeto
501 templates plano_projeto
 
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
Plano de Projeto de Implantação de Software ERP Vertical de Saúde integrado c...
 
Aula 03 - Estrutura Analítica do Projeto
Aula 03 - Estrutura Analítica do ProjetoAula 03 - Estrutura Analítica do Projeto
Aula 03 - Estrutura Analítica do Projeto
 
Processos PMBOK por área
Processos PMBOK por áreaProcessos PMBOK por área
Processos PMBOK por área
 
Festa de Formatura
Festa de FormaturaFesta de Formatura
Festa de Formatura
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do Projeto
 
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
 
Gerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em ProjetosGerenciamento do Escopo em Projetos
Gerenciamento do Escopo em Projetos
 
Termo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beautyTermo de abertura do projeto - beauty
Termo de abertura do projeto - beauty
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
 
Festa dos 600
Festa dos 600Festa dos 600
Festa dos 600
 
Aula03 - Termo de Abertura de Projeto
Aula03 - Termo de Abertura de ProjetoAula03 - Termo de Abertura de Projeto
Aula03 - Termo de Abertura de Projeto
 
Kerzner gerenciamento de projetos uma abordagem sistêmica para o planejamen...
Kerzner gerenciamento de projetos   uma abordagem sistêmica para o planejamen...Kerzner gerenciamento de projetos   uma abordagem sistêmica para o planejamen...
Kerzner gerenciamento de projetos uma abordagem sistêmica para o planejamen...
 
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De ProjetoExemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
Exemplo De Plano De Gerenciamento De Projeto
 
Apresentacao projeto de casamento
Apresentacao projeto de casamentoApresentacao projeto de casamento
Apresentacao projeto de casamento
 
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)Gerenciamento de projetos   aula 4 (escopo)
Gerenciamento de projetos aula 4 (escopo)
 
Gerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOKGerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOK
 
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOK
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOKGerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOK
Gerenciamento de Projetos - Disciplinas PMBOK
 
Implantação Software Contas a Receber
Implantação Software Contas a ReceberImplantação Software Contas a Receber
Implantação Software Contas a Receber
 
Micro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria PremiumMicro Cervejaria Premium
Micro Cervejaria Premium
 

Último

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceRonisHolanda
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 

Último (20)

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaeceSimulado com textos curtos e tirinhas spaece
Simulado com textos curtos e tirinhas spaece
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 

Viagem a Paris

  • 1. 1/3 VIAGEM EM GRUPO À PARIS Declaração de Escopo - Detalhamento de Escopo - EAP Preparado por Amanda, Diego, Eduardo, Gustavo, Letícia e Suzana. Versão 01 Aprovado por Suzana 11/04/2015 I - Justificativa do projeto. Desde o começo da faculdade o grupo se identificou com afinidade e iniciaram uma amizade, e conforme os semestres foram passando, tiveram a ideia de realizarem uma viagem juntos ao fim da faculdade. O destino decidido foi Paris, e então para que essa viagem ocorra com o mínimo de incertezas e surpresas, decidiram por no papel em forma de projeto, como aprenderam no penúltimo semestre do curso. II - Produto do projeto. O produto do projeto é Executar uma viagem a Paris no mês de Julho para 6 pessoas (patrocinadores). O projeto inclui todas as despesas com passagens aéreas (ida e volta), hospedagens individuais em hotel Três estrelas, alimentação (almoço e jantar), custos com vistos e passaportes, seguro de viagem internacional, compra de euro, Táxi para treslado Aeroporto/ Hotel e Hotel/ Aeroporto, passeios no Le Restaurant De La Tour Eiffel, Mouseu do Louvre, Disneyland Resort Paris, Avenida Champs-Élysées, Catedral de Notre-Dame, Museu de Orsay e Centro Georges Pompidou e check In/check Out nos aeroportos/hotel III - Subprodutos do projeto. 1. Destino: Paris – França 2. Período: Sete dias 3. Quantidade de Pessoas: Seis pessoas 4. Tipo de transporte: Aéreo 5. Disponibilidade Financeira por pessoa: R$7.000,00 6. Data da viagem: Início de Julho de 2016 7. Tipo de Hospedagem: Hotel Três estrelas 8. Veículo para deslocamento em Paris: Táxi 9. Alimentações: café da manhã e jantar (incluso no hotel), almoço (de acordo com roteiro) 10. Passaporte: Renovar ou Tirar 11. Visto: Renovar ou Tirar 12. Contratar Seguro Internacional por pessoa 13. Passeios e Pontos turísticos: 13. 1. Jantar na torre Eiffel;
  • 2. 2/3 13. 2. Passeio noturno no Rio Sena; 13. 3. Disneyland Resort Paris; 13. 4. Museu de Louvre; 13. 5. Passeio na Avenida Champs-Élysées; 13. 6. Catedral de Notre-Dame; 13. 7. Museu de Orsay; 13. 8. Centro Georges Pompidou; 13. 9. Museu Nacional de História Natural. IV - Objetivos do projeto. Planejar, coordenar, controlar e executar a viagem a Paris, assegurando que todos os requisitos sejam atendidos e que todos os serviços contratados sejam entregues. Primar pelo pleno sucesso do projeto atendendo todas as expectativas dos integrantes. A viagem se realizará no início do mês de Julho de 2016 e para garantir o sucesso do projeto após a viagem será executada uma reunião com uma pesquisa de satisfação. V - Detalhamento de Escopo.
  • 3. 3/3 VI - Estrutura Analítica do Projeto (EAP). APROVAÇÕES Suzana Sarmento Suzana Sarmento 11/04/2015