Ad1 ead 2014.2

383 visualizações

Publicada em

Atividade à distância do Curso Pedagogia - Uerj/Cederj
Disciplina EaD 2014.2
Tema: Superando a Pedagogia da Transmissão

Publicada em: Educação
3 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
383
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
3
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ad1 ead 2014.2

  1. 1. CEDERJ PEDAGOGIA / UERJ DISCIPLINA EAD – AD1 SUPERANDO A PEDAGOGIA DA TRANSMISSÃO ALUNAS: SONIA REGINA SEGADAS VIANNA DOS SANTOS MAT. 11112080351 PÓLO MAGÉ LUCIANA GOMES DA SILVA CARDOZO MAT. 14112080467 PÓLO ITAGUAÍ
  2. 2.  Pedagogia da Transmissão  Paradigma Unidirecional  Paradigma Unidirecional na EaD?  A educação que queremos...  Sala de aula interativa  Para refletir...  Relato de experiência  Trocando experiências  Conclusão  Bibliografia SUMÁRIO
  3. 3. A pedagogia tradicional preocupa- se com a universalização do conhecimento. O treino intensivo, a repetição e a memorização são as formas pelas quais o professor, aqui considerado detentor do saber, transmite os conteúdos a seus alunos, que são agentes passivos deste processo. Os conteúdos são verdades absolutas, dissociadas do cotidiano do aluno e de sua realidade social. A aprendizagem, nessa tendência, torna-se artificial. Memorizar para “ganhar nota” e não estudar para abstrair o conhecimento, estimulando a competição entre os alunos que são submetidos a um sistema classificatório. PEDAGOGIA DA TRANSMISSÃO
  4. 4. PARADIGMA UNIDIRECIONAL O paradigma comunicacional que prevalece nas nossas escolas é o unidirecional. Ele sustenta a pedagogia baseada no falar-ditar ou na oratória do mestre. Ele sustenta a prática docente baseada na apresentação do “conhecimento” para recepção e execução. A sala de aula presencial, a sala de aula da “educação a distância” (EaD via impressos, rádio e tv) e também a sala de aula online estão muito definidas por esse paradigma unidirecional.
  5. 5. Paradigma unidirecional no EaD? Sim, até mesmo no EaD o paradigma unidirecional se faz presente. Apesar de envolver novas tecnologias, o modelo de ensino-aprendizagem é o mesmo de uma sala de aula física. Todo o processo é centrado no professor, que é considerado o detentor do saber.
  6. 6. A educação que queremos... “A educação autêntica, repitamos, não se faz de ‘A’ para ‘B’ ou de ‘A’ sobre ‘B’, mas de ‘A’ com ‘B’, mediatizados pelo mundo.” (Pedagogia do oprimido, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978, p. 98.) Paulo Freire
  7. 7. Sala de Aula interativa
  8. 8. "A aprendizagem não se dá a partir da récita do professor. Isto requer, portanto, modificação radical em sua autoria em sala de aula presencial e on-line. O professor não se posiciona como o detentor do monopólio do saber, mas como aquele que dispõe teias, cria possibilidades de envolvimento, oferece ocasião de engendramentos, de agenciamentos e estimula a intervenção dos aprendizes como co-autores da aprendizagem.“ (Marco Silva*) *Sociólogo e doutor em educação Para refletir...
  9. 9. Relato de Experiência Desde o primeiro contato com a disciplina EaD, do curso de Pedagogia da UERJ, pude perceber diferenças em relação às disciplinas já cursadas e esta em questão. Os critérios estabelecidos para avaliação, fazem com que os alunos interajam uns com os outros e não apenas respondam às questões postadas nos fóruns pelos tutores. Temos que ler as respostas dos colegas, refletir, criticar, concordar ou discordar. Enfim, até mesmo para fazer essa AD, tivemos que nos comunicar uns com os outros para formarmos grupos. Com isso, eu e a Sonia Regina nos comunicamos , nos juntamos e trocamos ideias para realizar essa atividade. Somos de pólos diferentes e cursamos períodos diferentes também, mas essa disciplina nos aproximou. Muito boa essa experiência interativa. Considero uma tentativa bem-sucedida de quebrar o paradigma unidirecional. Luciana Cardozo
  10. 10. Trocando experiências... Depois de tantas reflexões, compartilhando com os colegas e especialmente com a Luciana, penso que , para que o paradigma unidirecional da Pedagogia da transmissão seja superado, é necessário que deixemos de lado a inflexibilidade das teorias e das práticas e passemos a observar adequadamente o meio e o grupo com um olhar mais humanizado para garantir que o processo de aprendizagem seja efetivamente de qualidade, e não simplesmente de “A” para “B”, nem de “A” sobre “B”, mas de “A” com “B”, conforme nos ensinou Paulo Freire. Sônia Regina dos Santos
  11. 11. Conclusão Como podemos perceber, a pedagogia da transmissão ainda está presente em nossa sala de aula presencial, na sala de aula online e também na sala de aula do EaD. Para impedir que o paradigma unidirecional da pedagogia da transmissão continue vigorando em nossas escolas, precisamos fazer uma reflexão de nossa prática pedagógica , buscando nos grandes mestres da educação ( Paulo Freire, Vigotsky e Freinet...) caminhos para essa mudança. Mudança essa que passa pela interatividade, autonomia, diálogo(considerar o que o outro fala), respeito à diversidade, parceria entre educador e educando, entre outras tantas opções que existem. Enfim, superar esse paradigma é possível.
  12. 12. Referências bibliográficas SILVA, Marco. Sala de aula interativa.4ed. Rio de Janeiro: Quartet, 2006. FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

×