Sistema osi

610 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema osi

  1. 1. Modelo OSI Alunas: Nalva Maria de Oliveira Suení Maria da Silva Zilda Soares dos Santos
  2. 2. Surgimento:Em 1980 com o objetivo de facilitar o processo depadronização e obter entre máquinas de diferentesfabricantes, a Organização Internacional deNormalização – ISO – International StandardsOrganization.
  3. 3. Definição do modelo (padrão para arquitetura do sistemaaberto) - O padrão criado para o modelo OSI defineexatamente o que cada camada deve fazer, mas não definecomo isto será feito, ou seja, define os serviços que cadacamada deve prestar, mas não o protocolo que os realizará.
  4. 4. A arquitetura de uma rede é formada por camadas (ouníveis), interfaces e protocolos. As camadas são processos,implementados por hardware ou software, que se comunicamcom o processo correspondente na outra máquina. Cadacamada oferece um conjunto de serviços ao nível superior,usando funções realizadas no próprio nível e serviçosdisponíveis nos níveis inferiores.
  5. 5. Os protocolos são conjuntos de regras e formatos quepermitem a comunicação entre as camadas nas diferentesmáquinas. Em cada camada podem ser definidos um ou maisprotocolos. Já as interfaces representam o limite entre cadanível adjacente onde uma camada compreende asinformações vindas de outra camada.
  6. 6. Camadas, interfaces e protocolos
  7. 7. O nível físico tem a função de transmitir umasequência de bits através de um canal decomunicação. As funções típicas dos protocolosdeste nível são fazer com que um bit "1" transmitidopor uma estação seja entendido pelo receptor comobit "1" e não como bit "0". Assim, este nível trabalhabasicamente com as características mecânicas eelétricas do meio físico, como por exemplo:•Número de volts que devem representar os níveislógicos "1" e "0";•Velocidade máxima da transmissão;•Transmissão simplex, half duplex ou full duplex;•Número de pinos do conector e utilidade de cadaum;•Diâmetro dos condutores.
  8. 8. O principal objetivo da camada de enlace éreceber/transmitir uma sequência de bitsdo/para o nível físico e transformá-los em umalinha que esteja livre de erros de transmissão,a fim de que essa informação seja utilizadapelo nível de rede.
  9. 9. O nível de enlace está dividido em dois subníveis:Subnível superior - controle lógico do enlace (LLC -Logical Link Control) - O protocolo LLC pode serusado sobre todos os protocolos IEEE do subnívelMAC, como por exemplo, o IEEE 802.3 (Ethernet),IEEE 802.4 (Token Bus) e IEEE 802.5 (Token Ring).Ele oculta as diferenças entre os protocolos dosubnível MAC. Usa-se o LLC quando é necessáriocontrole de fluxo ou comunicação confiável;Subnível inferior – controle de acesso ao meio (MAC- Medium Access Control) possui alguns protocolosimportantes, como o IEEE 802.3 (Ethernet), IEEE802.4 (Token Bus) e IEEE 802.5 (Token Ring). Oprotocolo de nível superior pode usar ou não osubnível LLC, dependendo da confiabilidade esperadapara esse nível.
  10. 10. A camada de rede tem a função de controlar aoperação da rede de um modo geral. Suasprincipais funções são o roteamento dospacotes entre fonte e destino, mesmo queestes tenham que passar por diversos nósintermediários durante o percurso, o controlede congestionamento e a contabilização donúmero de pacotes ou bytes utilizados pelousuário, para fins de tarifação.
  11. 11. A camada de transporte inclui funçõesrelacionadas com conexões entre a máquinafonte e máquina destino, segmentando osdados em unidades de tamanho apropriadopara utilização pelo nível de rede, seguindo ounão as orientações do nível de sessão.
  12. 12. A função da camada de sessão é administrar esincronizar diálogos entre dois processos deaplicação. Este nível oferece dois tipos principaisde diálogo: half duplex e full duplex.
  13. 13. A função da camada de apresentação é assegurar quea informação seja transmitida de tal forma que possaser entendida e usada pelo receptor. Dessa forma,este nível pode modificar a sintaxe da mensagem, maspreservando sua semântica. Por exemplo, umaaplicação pode gerar uma mensagem em ASCIImesmo que a estação interlocutora utilize outra formade codificação (como EBCDIC). A tradução entre osdois formatos é feita neste nível.
  14. 14. camada de aplicação é o nível que possui o maior número deprotocolos existentes, devido ao fato de estar mais perto dousuário e os usuários possuírem necessidades diferentes.Esta camada fornece ao usuário uma interface que permiteacesso a diversos serviços de aplicação, convertendo asdiferenças entre diferentes fabricantes para um denominadorcomum. Por exemplo, em uma transferência de arquivosentre máquinas de diferentes fabricantes pode haverconvenções de nomes diferentes (DOS tem uma limitação desomente 8 caracteres para o nome de arquivo, UNIX não),formas diferentes de representar as linhas, e assim pordiante.
  15. 15. A tabela seguinte resume as funções das diferentescamadas do modelo OSI: CAMADA FUNÇÃO APLICAÇÃO Funções especializadas (transferência de arquivos, terminal virtual, e-mail) APRESENTAÇ Formatação de dados e conversão de caracteres e códigos ÃO SESSÃO Negociação e estabelecimento de conexão com outro nóTRANSPORTE Meios e métodos para a entrega de dados ponta-a-ponta REDE Roteamento de pacotes através de uma ou várias redes ENLACE Detecção e correção de erros introduzidos pelo meio de transmissão FÍSICA Transmissão dos bits através do meio de transmissão
  16. 16. O objetivo do modelo OSI é fornecer uma base comumque permita o desenvolvimento coordenado de padrõespara a interconexão de sistemas, onde o termo abertonão se aplica a nenhuma tecnologia, implementação ouinterconexão particular de sistemas, mas sim à adoçãodos padrões para a troca de informações, padrões essesque representam uma análise funcional de qualquerprocesso de comunicação.

×