A gagueira é neurobiológica. E agora?

996 visualizações

Publicada em

Dados independentes de diversos grupos de pesquisa espalhados pelo mundo provaram que a gagueira persistente é resultado de uma comunicação ineficaz em algumas redes neurais no hemisfério esquerdo do cérebro. As falhas de conectividade nestas redes constituem a assinatura neurológica da gagueira. Mas como conciliar estes dados com os demais aspectos da desordem?

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

A gagueira é neurobiológica. E agora?

×