Múltiplas inteligências

843 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
843
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Múltiplas inteligências

  1. 1. Psicologia da Educação Sorocaba 2014
  2. 2. Inteligência & Cognição Alunas: Fabiane Antunes, Lara Faria, Laura Moraes, Milena Ferraz, Rafaela Mazulquim e Stefânia Balestero.
  3. 3. O que é cognição? Segundo o Dicionário Aurélio: s.f. Faculdade, ato ou ação de conhecer; aquisição de um conhecimento. Ou seja: Cognição é a forma como o cérebro percebe, aprende, recorda e pensa sobre toda informação captada através dos cinco sentidos
  4. 4. O que é inteligência? Definição segundo o Dicionário Aurélio: s.f. Faculdade de conhecer, de compreender: a inteligência distingue o homem do animal. / Compreensão; conhecimento profundo: ter inteligência para os negócios. / Destreza, habilidade: cumprir com inteligência uma missão. / Boa convivência, união de sentimentos: viver em perfeita inteligência com... / Ajuste, conluio, relações secretas: ter inteligência com o inimigo.
  5. 5. A inteligência ontem Testes de Q.I Lewis Madison Terman • Acima de 140: Genialidade • 121 – 140: Inteligência muito acima da média. • 110 – 120: Inteligência acima da média. • 90 – 109: Inteligência média ou normal. • 80 – 89: Fraco. • 70 – 79: Limite. • 50 – 69: Incapacidade mental. David Wechsler • Acima de 127: Superdotado. • 121 – 127: Inteligência superior. • 111 – 120: Inteligência acima da média. • 91 – 110: Inteligência média. • 81 – 90: Embotamento ligeiro. • 66 – 80: Limite. • 51 – 65: Debilidade ligeira. • 36 – 50: Debilidade moderada. • 20 – 35: Debilidade severa. • Abaixo de 20: Debilidade profunda.
  6. 6. A inteligência hoje • 1980 • Howard Gardner • Nova teoria • Inteligências Múltiplas • 7 tipos de inteligência • + 1 tipo e “meio” de inteligência • Seres humanos 1 ou 2 inteligências desenvolvidas • Genética e meio
  7. 7. Inteligência Linguística Capacidade elevada de utilizar a língua para comunicação e expressão. Os indivíduos com esta inteligência desenvolvida são ótimos oradores e comunicadores, além de possuírem grande capacidade de aprendizado de idiomas.
  8. 8. Inteligência Lógica Voltada para conclusões baseadas em dados numéricos e na razão. As pessoas com esta inteligência possuem facilidade em explicar as coisas utilizando-se de fórmulas e números. Costumam fazer contas de cabeça rapidamente.
  9. 9. Inteligência Espacial Habilidade na interpretação e reconhecimento de fenômenos que envolvem movimentos e posicionamento de objetos. É a habilidade para manipular formas ou objetos mentalmente e, a partir das percepções iniciais, criar tensão, equilíbrio e composição, numa representação visual ou espacial. É a inteligência dos artistas plásticos, dos engenheiros e dos arquitetos
  10. 10. Inteligência Interpessoal Facilidade em estabelecer relacionamentos com outras pessoas. Indivíduos com esta inteligência conseguem facilmente identificar a personalidade das outras pessoas. Costumam ser ótimos líderes e atuam com facilidade em trabalhos em equipe.
  11. 11. Inteligência Intrapessoal Capacidade de se autoconhecer, tomando atitudes capazes de melhorar a vida com base nestes conhecimentos
  12. 12. Inteligência Musical Inteligência voltada para a interpretação e produção de sons com a utilização de instrumentos musicais
  13. 13. Inteligência Corporal Cinestésica Grande capacidade de utilizar o corpo para se expressar ou em atividades artísticas e esportivas
  14. 14. Inteligência Naturalista Voltada para a análise e compreensão dos fenômenos da natureza (físicos, climáticos, astronômicos, químicos)
  15. 15. Inteligência Emocional ou Existencialista A mais recente das inteligências propostas implica consciência de si no universo. Capacidade de ver o todo, mais que a soma das partes, capacidade de sermos nós próprios e estarmos bem com nós mesmos e com o mundo. Saber quem é, de onde vem e para onde vai.
  16. 16. Inteligências Múltiplas e educação “Poucos gênios são gênios em tudo. Einstein era um gênio matemático, Shakespeare era um gênio linguístico. Nós temos todos os potenciais, mas alguns são mais desenvolvidos” (Celso Antunes, geógrafo, especialista em inteligência e cognição)
  17. 17. Referências Bibliográficas • http://www.suapesquisa.com/educacaoesportes/inteligencias_ multiplas.htm • https://www.institutoclaro.org.br/em-pauta/pensadores- tecnologia-educacao-howard-gardner-teoria-inteligencias- multiplas-ensino-adaptativo/ • http://www.psicopedagogia.com.br/artigos/artigo.asp?entrID= 18 • http://www.psicologiafree.com/areas-da-psicologia/9- inteligencias-de-gardner/# • http://cerebro.weebly.com/a-inteligecircncia.html • http://www.unesp.br/proex/opiniao/veja1.htm • http://teste-de- qi.info/mos/view/Hist%C3%B3ria_dos_testes_de_QI/ • http://www.homemdemello.com.br/psicologia/intelmult.html

×