SlideShare uma empresa Scribd logo

18112016154909899.pdf

S
S

Sistema Solar

18112016154909899.pdf

1 de 78
Baixar para ler offline
O UNIVERSO E O SISTEMA SOLAR
Cap. 17, 18 e 19
COMO O UNIVERSO SE FORMOU?
C OMO O UNIVERSO SE FORMOU?
• Há 14,5 bilhões de anos toda a matéria e energia do universo estava
contida em um único ponto do tamanho de uma cabeça de alfinete.
• Devido a mudanças na sua entropia, ocorreu um desequilíbrio energético
e térmico que provocou a “explosão” chamada de BIG BANG que na
verdade não foi uma explosão e sim uma expansão.
• Essa expansão liberou muita matéria, energia e gases, esses gases
começaram a se juntar formando as nebulosas, elas formaram as estrelas.
• As partículas de matéria, gases e poeira formaram as galáxias, as galáxias
abrigam milhões de estrelas e formam os sistemas solares com seus
planetas e satélites girando em torno de suas estrelas.
• O universo está em expansão até hoje.
As galáxias foram formadas quando o
Universo tinha 1 bilhão de anos.
18112016154909899.pdf
CONHECENDO O UNIVERSO
Anúncio

Recomendados

Livro projeto telaris capitulo 18 ciencias 6º ano
Livro projeto telaris capitulo 18 ciencias 6º anoLivro projeto telaris capitulo 18 ciencias 6º ano
Livro projeto telaris capitulo 18 ciencias 6º anoRenan Silva
 
6 ano-atividade-complementar-2-o-sistema-solar
6 ano-atividade-complementar-2-o-sistema-solar6 ano-atividade-complementar-2-o-sistema-solar
6 ano-atividade-complementar-2-o-sistema-solarAdemir Santana
 
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdf
6anoouniversoeosistemasolar-151031201718-lva1-app6892 (1).pdfvaloarnteGritte
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solarcrisbassanimedeiros
 
SISTEMA SOLAR - AULA 5º ANO
SISTEMA SOLAR - AULA 5º ANOSISTEMA SOLAR - AULA 5º ANO
SISTEMA SOLAR - AULA 5º ANOfabiaconti
 
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos Celestes8a Série - Galáxias e Corpos Celestes
8a Série - Galáxias e Corpos CelestesSESI 422 - Americana
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 18112016154909899.pdf

Semelhante a 18112016154909899.pdf (20)

(2) biologia e geologia 10º ano - geologia - a terra, um planeta muito espe...
(2) biologia e geologia   10º ano - geologia - a terra, um planeta muito espe...(2) biologia e geologia   10º ano - geologia - a terra, um planeta muito espe...
(2) biologia e geologia 10º ano - geologia - a terra, um planeta muito espe...
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 
A terra no espaço
A terra no espaço A terra no espaço
A terra no espaço
 
O Sistema Solar
O Sistema SolarO Sistema Solar
O Sistema Solar
 
A terra no espaço
A terra no espaço A terra no espaço
A terra no espaço
 
Noções de Astronomia
Noções de AstronomiaNoções de Astronomia
Noções de Astronomia
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 
Sistema solar.oba
Sistema solar.obaSistema solar.oba
Sistema solar.oba
 
Sistema solar
Sistema solarSistema solar
Sistema solar
 
Material OBA Pt.3
Material OBA Pt.3Material OBA Pt.3
Material OBA Pt.3
 
Os Astros
Os AstrosOs Astros
Os Astros
 
Os astros
Os astrosOs astros
Os astros
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 
Astros do sistema solar asa
Astros do sistema solar asaAstros do sistema solar asa
Astros do sistema solar asa
 
Corpos menores do Sistema Solar
Corpos menores do Sistema SolarCorpos menores do Sistema Solar
Corpos menores do Sistema Solar
 
FormaçãO Do Sistema Solar
FormaçãO Do Sistema SolarFormaçãO Do Sistema Solar
FormaçãO Do Sistema Solar
 
Sistema Solar
Sistema SolarSistema Solar
Sistema Solar
 
Caf c 25.03.11
Caf c 25.03.11Caf c 25.03.11
Caf c 25.03.11
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 

Último

Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfAnaRitaFreitas7
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsAlexandre Oliveira
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfAndreiaSilva852193
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfalexandrerodriguespk
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 

Último (20)

Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaFicha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Ficha de trabalho | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
 
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e AppsApresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
Apresentação Aula Usabilidade Web Jogos e Apps
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdfApresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
Apresentacao_Geral_Plataformas_200604.pdf
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA -  ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA - ESTRELAS - MODELO DO UNIVERSO VOLUME 6.pdf
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 

18112016154909899.pdf

  • 1. O UNIVERSO E O SISTEMA SOLAR Cap. 17, 18 e 19
  • 2. COMO O UNIVERSO SE FORMOU?
  • 3. C OMO O UNIVERSO SE FORMOU? • Há 14,5 bilhões de anos toda a matéria e energia do universo estava contida em um único ponto do tamanho de uma cabeça de alfinete. • Devido a mudanças na sua entropia, ocorreu um desequilíbrio energético e térmico que provocou a “explosão” chamada de BIG BANG que na verdade não foi uma explosão e sim uma expansão. • Essa expansão liberou muita matéria, energia e gases, esses gases começaram a se juntar formando as nebulosas, elas formaram as estrelas. • As partículas de matéria, gases e poeira formaram as galáxias, as galáxias abrigam milhões de estrelas e formam os sistemas solares com seus planetas e satélites girando em torno de suas estrelas. • O universo está em expansão até hoje.
  • 4. As galáxias foram formadas quando o Universo tinha 1 bilhão de anos.
  • 8. A experiência de Galileu Galilei • “Se soltarmos simultaneamente, de uma mesma altura, um elefante e uma pena, desprezando o atrito do ar quem cairá primeiro?”
  • 13. A VIA LÁCTEA Cerca de 200 bilhões de estrelas Buraco negro supermassivo conhecido como “Sagittarius A” no centro da Via Láctea.
  • 16. PESQUISE E ANOTE EM SEU CADERNO O que é um buraco de minhoca? • • ?
  • 17. O que é um buraco de minhoca? • Ilustração de "wormhole" (buraco de minhoca), um atalho no universo que permitiria viajar no tempo- espaço. • "Buracos de minhoca são maneiras especiais de se dobrar o espaço-tempo de forma a conectar dois 'eventos' através de um 'intervalo' menor do queaquele que seria possível em um espaço-tempo plano“. • Imagine um tecido esticado, como uma toalha.Pense, então, em dois pontos desenhados em cada uma das extremidades, separados por todo o comprimento do pano. Imagine que algo extremamente pesado caia no meio do pano. Isso vai provocar uma curvatura naquele "espaço", fazendo o tecido se dobrar como uma folha de jornal. E os pontos, antes nas extremidades, passam a ficar bem próximos um do outro. Com uma agulha grossa, você pode fazer um furo para conectá-los, o que faria do objeto pontiagudo um buraco deminhoca.
  • 22. O sol
  • 23. O sol • O Sol é uma estrela, como todas as outras que vemos no céu à noite. A diferença é a distância. As outras estão a anos-luz de distância, ao passo que o Sol está apenas a 8 minutos-luz de distância (milhares de vezes mais próximo). • Ele é uma estrela "média", é apenas uma entre bilhões que orbitam o centro da nossa galáxia. • O Sol está "queimando" há mais de 4,5 bilhões de anos, e deve continuar por mais alguns bilhões. É composto de uma grande quantidade de gás, principalmente hidrogênio e hélio. Por ser tão grande, sua gravidade é imensa, o suficiente para a força gravitacional segurar todo aquele hidrogênio e hélio (e para manter todos os planetas nas órbitas à suavolta). • O Sol não "queima" como um pedaço de madeira queimaria. Na verdade, ele é um reator gigante, conforme você irá aprender nas próximas páginas.
  • 24. PESQUISE E ANOTE EM SEU CADERNO Porque é que as estrelas não brilham de dia?
  • 25. Porque as outras estrelas não brilham de dia? As estrelas brilham sempre de dia e de noite. Mas durante o dia não conseguimos ver o seu brilho porque o Sol está muito mais próximo de nós que as outras estrelas, então o brilho delas é ofuscado pela luz do Sol. Por isso é que vemos as outras estrelas tão pequenas apesar de muitas serem maiores que o nosso Sol. E é por esta razão que só se consegue ver as estrelas quando o céu está escuro, de noite, e o Sol está do outro lado da Terra.
  • 30. à à
  • 31. 2680
  • 33. Constituição do sistema solar Planetas-anões • Orbitam em torno do Sol • São menores que os planetas principais • Não possuem órbitas desimpedidas, pois nas suas vizinhanças há outros astros Éris e a sua lua Disnomia Plutão e a sua lua Caronte Makemake Haumea e as suas luas Ceres
  • 34. Constituição do sistema solar Planetas • Orbitam em torno do Sol, com órbitas elípticas. • Alguns são pequenos e rochosos (planetas telúricos) • Outros são grandes e gasosos (planetas jovianos)
  • 35. Constituição do sistema solar Meteoroides • São restos de cometas ou fragmentos de asteroides. • Se atravessarem a atmosfera, aquecem devido à fricção como esta; alguns ardem e deixam um rasto de luz no céu, tornando-se luminosos – chamam-se meteoros. • Este fenômeno é conhecido por «chuva de estrelas» ou «estrelas cadentes», mas, de fato, trata-se de uma «chuva» de meteoros. • Quando chegam à superficie terrestre chamam-se meteoritos; o seu impacto pode provocar crateras.
  • 37. ASTERÓIDES Os asteróides são pequenos corpos rochosos ou metálicos que giram à volta do Sol. eida
  • 38. Constituição do sistema solar Asteroides • São rochosos, têm dimensão inferior a 1000 km e forma irregular. • Na sua maioria estão situados entre Marte e Júpiter, constituindo a cintura de asteroides, mas também existem para lá da órbita de Netuno, na cintura de Kuiper, onde se encontram diversos planetas-anões. • São conhecidos centenas de milhares de asteroides e todos os anos são descobertos mais. • Alguns constituem um perigo para a Terra, por passarem muito próximos dela; são designados, em inglês, por Near-earth asteroids (NEA).
  • 39. ASTEROIDES • A Nasa atualmente rastreia mais de 11 mil asteroides em órbitas que passam relativamente perto da Terra. A agência espacial norte-americana diz ter localizado mais de 95% dos maiores asteroides, aqueles com diâmetro de 900 metros ou mais, com órbitas que os levam relativamente perto da Terra.
  • 40. Constituição do sistema solar Cometas • Têm forma irregular (podem medir vários quilômetros). • Têm gelo e poeira; quando se aproximam do Sol, parte do gelo evapora e libertam-se poeiras; vê-se a parte interior (o núcleo), uma nuvem à volta (a cabeleira ou coma) e uma ou duas caudas. • O cometa mais conhecido – o cometa Halley – demora 76 anos para completar uma órbita em torno do Sol.
  • 41. O Hale-Bopp visitou-nos em 1997 e só voltará no ano 4997 Trajetória do cometa eida
  • 42. Constituição do sistema solar Satélite de Júpiter Satélite de Marte Satélite da Terra Satélites naturais ou luas • Orbitam em torno de um planeta principal • São menores que o planeta principal em que orbitam
  • 44. A Lua gira à volta da Terra. É o satélite natural do nosso planeta. A Lua é também um planeta secundário porque gira à volta de outro planeta. A Lua não apresenta sempre o mesmo aspecto. Aos diferentes aspectos que apresenta dá-se o nome de fases da Lua. eida
  • 45. SATÉLITES ARTIFICIAIS ÓRBITA POLAR ÓRBITA ELÍPTICA ÓRBITA BAIXA Órbita Geossíncrona Equatorial
  • 46. Quarto Minguante Quarto Crescente Lua Cheia FASES DA LUA eida
  • 47. A Lua gira à volta da Terra. É o satélite natural do nosso planeta. A Lua é também um planeta secundário porque gira à volta de outro planeta. A Lua não apresenta sempre o mesmo aspecto. Aos diferentes aspectos que apresenta dá-se o nome de fases da Lua. eida A Lua gira à volta da Terra. É o satélite natural do nosso planeta. A Lua é também um planeta secundário porque gira à volta de outro planeta.
  • 48. Adelino Almeida AS FASES DA LUA Conforme a Lua se desloca em torno da Terra durante o mês, ela apresenta quatro aspectos diferentes, que são as fases da Lua. De acordo com a luminosidade, a Lua pode ser classificada em: cheia, minguante, nova ou crescente. Esse fenômeno ocorre em razão do ângulo em que observamos a face da Lua iluminada pelo Sol. Cada fase da Lua dura 7 dias e ao todo a Lua leva 28 dias para dar uma volta ao redor da Terra.
  • 49. ECLIPSES • O eclipse solar acontece quando a lua fica entre a Terra e o Sol. • Já o eclipse lunar ocorre quando a sombra da Terra “cobre” a lua, fazendo com que ela fique escura e, portanto, invisível para nós durante alguns minutos. Isso ocorre porque o nosso planeta posiciona-se exatamente entre a lua e o sol.
  • 51. O modelo geocêntrico • A Terra no centro do Universo, defendido primeiramente por Aristóteles. • O sistema geocêntrico também é conhecido como sistema ptolomaico, pois foi Cláudio Ptolomeu, o último dos grandes astrônomos gregos (150 d.C.), quem construiu o modelo geocêntrico mais completo e eficiente. • Apesar da dificuldade de compreender e explicar o movimento observado dos planetas do ponto de vista GEOCÊNTRICO (a Terra no centro do Universo), o geocentrismo foi uma idéia dominante na Astronomia durante toda a Antiguidade e Idade Média.
  • 52. O Modelo Heliocêntrico • O Sol no centro do Universo, defendido primeiramente por Aristarco. • Posteriormente Copérnico formulou conceitos muito importantes como: • O de que a Terra é apenas um dos seis planetas (então conhecidos) girando em torno do Sol • Colocou os planetas em ordem de distância em relação ao Sol: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno (Urano, Netuno e o planeta anão Plutão). • Determinou as distâncias dos planetas em relação ao Sol. • Deduziu que quanto mais perto do Sol está o planeta, maior é sua velocidade orbital.
  • 55. A FORMA DA TERRA
  • 58. A velocidade desse movimento é de cerca de 1675 km/h km/h, ou 465 m/s, que é bastante elevada, porém muito inferior à de outros astros do universo.
  • 63. TRANSLAÇÃO Quando a Terra está mais próxima do Sol a velocidade de translação é de 108.720,7 km/h. Quando a Terra está mais distante do Sol a velocidade obtida é de aproximadamente 109.040 km/h.
  • 65. Como diferenciar uma estrela de um planeta a olho nu? • Primeiro: Só as estrelas cintilam, ou seja, "piscam" seu brilho no céu. Os planetas têm o brilho fixo, não ficam cintilando como as estrelas, o seu brilho provem dos raios solares, que por sua vez são refletidas a nós, por este motivo seu brilho é fixo. • Segundo: Em um curtos períodos de tempo, as estrelas não variam de posição. Já os planetas mudam de posições no céu com o passar das horas, em uma noite qualquer você pode observar tal fato. Só restará saber qual planeta você estará contemplando. Quantos planetas conseguimos ver a olho nu? • Podemos observar sem o auxilio de um telescópio apenas cinco planetas: Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno. Abaixo temos uma representação do céu, e podemos observar o planeta Júpiter e Marte.
  • 66. Como diferenciar uma estrela de um planeta a olho nu?
  • 67. VÊNUS – “ A ESTRELA D’ALVA”? Vênus visto ao dia. Desde a antiguidade as muitas pessoas viam o planeta Vênus no céu, mas imaginavam que seria uma "estrela", devido ao seu brilho ser muito intenso.(Os planetas não possuem luz própria, seu brilho provém do Sol). Vênus recebeu vários nomes porque as pessoas no seu cotidiano observavam que aparecia uma estrela de manhã e deram o nome de estrela d'alva e uma quando o Sol estava se pondo a que chamaram de estrela Vésper.
  • 68. PESQUISE E ANOTE EM SEU CADERNO • As estrelas também morrem?
  • 69. As estrelas também morrem? • • • As estrelas são constituídas principalmente de Hidrogênio e Hélio, todas as estrelas nascem desenvolvem e morrem, assim como os humanos, mas no caso das estrelas, este processo demora bilhões de anos. O nosso Sol também é uma estrela, portanto um dia ele morrerá. As estrelas são formadas a partir de uma nebulosa (nuvens de poeira, hidrogênio e hélio), nesta nebulosa, uma região concentra-se mais gases, geralmente no centro, onde a força gravitacional é maior. Abaixo temos algumas nebulosas planetárias, note que elas apresentam um ponto branco mais no centro, é onde será originado a estrela, e essa poeira em volta poderá se transformar em planetas assim como o nosso Sistema solar.
  • 70. Nebulosa Olho de Gato (nome popular Nebulosa Esquimó (nome popular) Nebulosa de Ampulheta (nome popular)
  • 74. As estrelas também morrem? • Simulação da evolução de uma estrela como o Sol, que passa para a fase de gigante, supergigante, ejeta uma nebulosa planetária e transforma-se em uma anã branca.
  • 76. • SIMULAÇÃO DE UM PULSAR NO BURACO NEGRO
  • 77. SIMULAÇÃO DE UM BURACO NEGRO
  • 78. BURACOS NEGROS • Buracos negros são objetos celestes com massa muito, muito grande. Sendo que alguns deles podem possuir milhões ou bilhões de vezes a massa do nosso Sol, e ocupam um espaço muito pequeno considerando a massa que possuem. • Nem a luz que viaja a 300.000 km/s é capaz de escapar de um buraco negro se atingir o seu horizonte de eventos.