Regulamento para Avaliação da
Eficiência de Uso do Espectro de
Radiofrequência
Resolução no 548/2010
Manoel Almeida
Michel...
Resolução no 548/2010
• Estabelece os critérios para avaliação da
eficiência de uso do espectro de radiofreqüências
para s...
Resolução no 548/2010
Resolução no 548/2010
Resolução no 548/2010
• Ocorre que: no sistema satelital não existe espaço
geométrico negado e faixa de radiofreqüência
ne...
Resolução no 548/2010
• Como exemplo, pode-se dizer que no arco
geoestacionário que cobre o território brasileiro (de 2º
W...
Resolução no 548/2010
• A Recomendação ITU-R SM-1046 “Definition of
spectrum use and efficiency of a radio system”,
da qua...
Resolução no 548/2010
• Em 26/07/2011, o Sindisat enviou correspondência à
ANATEL, SICAP n. 53508.010525/2011, solicitando...
MUITO OBRIGADO!!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentacao spectrum day_res_548

65 visualizações

Publicada em

Intelsat - Regulamento para Avaliação da Eficiência de Uso do Espectro de Radiofrequência - Manoel Almeida

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
65
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao spectrum day_res_548

  1. 1. Regulamento para Avaliação da Eficiência de Uso do Espectro de Radiofrequência Resolução no 548/2010 Manoel Almeida Michelle Caldeira SSPI - Spectrum Day 2011
  2. 2. Resolução no 548/2010 • Estabelece os critérios para avaliação da eficiência de uso do espectro de radiofreqüências para sistemas terrestres ponto-a-ponto e ponto- área, e sistemas de satélites, com o objetivo de promover o uso eficiente do espectro de radiofreqüências.
  3. 3. Resolução no 548/2010
  4. 4. Resolução no 548/2010
  5. 5. Resolução no 548/2010 • Ocorre que: no sistema satelital não existe espaço geométrico negado e faixa de radiofreqüência negada. Ambos são iguais a zero porque um sistema de satélite pode operar na mesma faixa de freqüência e na mesma área geográfica de cobertura de um outro satélite, ao mesmo tempo. Além de operarem nas mesmas faixas de freqüências e com as mesmas coberturas, os sistemas satélites podem compartilhar as faixas de freqüências com sistemas do serviço fixo (SF) como acontece hoje nas bandas C e Ku.
  6. 6. Resolução no 548/2010 • Como exemplo, pode-se dizer que no arco geoestacionário que cobre o território brasileiro (de 2º W até 106º W,) e, conforme a Resolução 288/2002, que disciplina as condições para a operação de satélites geoestacionários com separação orbital de 2° ou mais, em banda Ku, pode se multiplicar por 100 a quantidade de espectro disponível pelos sistemas de satélites, já que, além do reuso de freqüências através da utilização de várias posições orbitais (aproximadamente 50), os satélites utilizam o reuso de freqüências através do uso de duas polarizações distintas (Vertical/Horizontal para satélites de polarização Linear e RHCP/LHCP para satélites de polarização circular).
  7. 7. Resolução no 548/2010 • A Recomendação ITU-R SM-1046 “Definition of spectrum use and efficiency of a radio system”, da qual as fórmulas e conceitos estabelecidos na Resolução no 548/2010 foram extraídos, não faz menção aos sistemas de comunicações por satélite, o que reforça a opinião de que esse regulamento não é o instrumento hábil para avaliar a eficiência dos sistemas satélite.
  8. 8. Resolução no 548/2010 • Em 26/07/2011, o Sindisat enviou correspondência à ANATEL, SICAP n. 53508.010525/2011, solicitando a reforma da Resolução no 548/2010, mediante a exclusão dos sistemas de satélites do Regulamento para Avaliação da Eficiência de Uso do Espectro de Radiofreqüências, pois as fórmulas e os parâmetros nele estabelecidas não permitem que sejam realizados os cálculos adequados para medir a eficiência desses sistemas. • Foi proposto também a criação de um grupo de estudos com o objetivo de se analisar a melhor forma de avaliar a eficiência de uso do espectro pelos sistemas de satélites.
  9. 9. MUITO OBRIGADO!!

×