cenários silvio lemos meira tendências em
 
cenários tendências e...
http://www.2spare.com/item_50221.aspx The Americans have need of the telephone, but we do not .  Sir William Preece, Chief...
http://www.2spare.com/item_50221.aspx While theoretically and technically television may be feasible,  commercially and fi...
http://www.2spare.com/item_50221.aspx Transmission of documents via telephone wires  is possible in principle .. . Dennis ...
http://www.2spare.com/item_50221.aspx [By 1985], machines  will be capable of...   Herbert A. Simon, CMU,  a founder of AI...
onde [e quando] estamos?
mina & lisa
 
 
 
 
 
 
 
 
 
só aqui?
 
 
 
 
 
 
 
600M
 
enquanto isso...
na terra...
 
soluções?...
 
 
hummm... não. dá prá fazer melhor.
não consegue trabalhar na praia?
 
 
e aqui?
 
contexto
isso  acontece
no mundo...
virtual segundo Pierre Lèvy
o mundo virtual: abstrações linguagem  -> presente
o mundo virtual: abstrações técnicas -> ações
o mundo virtual: abstrações contratos  -> violência
o mundo virtual: abstrações contratos  -> violência técnicas -> ações linguagem  -> presente
a ver informática e com tem o que isso ?
ahhh...
contexto mais
as gerações  da  informática
referenciais
referencial 1: balcão
as gerações da informática ANTES do BALCÃO
as gerações da informática NO BALCÃO
as gerações da informática DEPOIS do BALCÃO
as gerações da informática DEPOIS do NO ANTES do BALCÃO
referencial 2: VOCÊ
as gerações da informática COM VOCÊ
as gerações da informática EM VOCÊ
as gerações da informática EM COM VOCÊ
referencial 3: coisas
as gerações da informática PRAS COISAS
as gerações da informática NAS COISAS
as gerações da informática AS COISAS
as gerações da informática AS NAS PRAS COISAS
as gerações da informática EM COM VOCÊ DEPOIS do NO ANTES do BALCÃO AS NAS PRAS COISAS
e isso funciona
em
rede
uma só rede
a internet
 
internet: uma velha, boa idéia
que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>as tecnologias da internet vão estar  em todo lugar . </l...
que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>O  acesso  à rede será permanente. </li></ul>
que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede estará sempre  ligada . </li></ul>
que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>Qualquer um poderá se conectar de  qualquer  lugar, com  ...
que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede será  invisível . </li></ul>
que  princípios  tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>em todo lugar , </li></ul><ul><li>acesso permanente , <...
construção?
i nfra- e strutura s erviço s a plicaçõe s webS rádio telefone emeio TV cinema celular jornal
por que deu CERTO? comunicação e interação  rápida, barata, fácil, ampla. entre seres humanos. BEST EFFORT BETA EFFORT
o mundo  [ a internet ] ainda está em modo BETA
resumir, até aqui? dá  pra
e a próxima plataforma o mundo todo vai de  programação estar em rede... é a internet!
 em modo
e agora?...
mudança para... estamos de
...para os modos de produção e  relacionamento EM REDE
o  conhecimento   em  REDE  está  SEMPRE  em  movimento ...
o  modo  de  produção  de  conhecimento   está  mudando
gibbons:  modos de produção de conhecimento… <ul><li>Modo 1 </li></ul><ul><ul><li>contexto acadêmico  </li></ul></ul><ul><...
este é o regime da  EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
em regime de...
colaboração
colaboração conexões confiança conceitos curiosidade capacidade
 
 
 
rede: rápida ubíqüa móvel pessoal
Japan’s Story The Number One Selling Book In Japan is a Mobile Phone Book Books are composed on phones, Published on Phone...
 
 
em tempo de...
 
(e inovação?) e o que é criatividade
combinação e reorganização   de  informação e conceitos   para criar  novos entendimentos   e sistemas conceituais
em rede!
 em modo
web 3.0 na
qualquer um pode web 1.0 marc benioff, salesforce.com fazer transações amazon, google, eBay...
qualquer um pode web 2.0 marc benioff, salesforce.com participar flickr, BLOGs, adsense...
qualquer um pode web 3.0 marc benioff, salesforce.com inovar amazon AWS, salesforce, yahoo pipes, google, microsoft, ning,...
IaaS INFORMATION as a SERVICE
SaaS SOFTWARE as a SERVICE
HaaS HARDWARE as a SERVICE
PaaS PLATFORM as a SERVICE
 
 
 
 
 
e isso inclui de TELECOM SDKs
na   web !...
 
People  – not boxes –  make things work.   We’re trying to  drive what we call Web 21C , ...we launched a set of SDKs and....
 
 
 
1994: US$3,500 2005: US$8,000   gasto por empregado
 
 
 
 
 
onde estamos?
 
e o futuro?
http://expositions.bnf.fr/utopie/feuill/index.htm Villemard, 1910. Chromolithographie Paris
 
 
por que erramos tanto? ...
 
 
 
pra  onde vamos?
para os modos de produção EM REDE
para um regime da  EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
ou melhor, de...
INOVAÇÃO
em regime de...
colaboração
e...
software é isso tudo como
...isso é muito bom!
longe?
 
pode ser...
mas, breve...
informaticidade
em todos os negócios perto de você...
em todos os negócios perto de você... finalmente...
os cuidado com ESPECIALISTAS
 
silviomeira.blog.terra.com.br [email_address] obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2008 08 01 Cenarios E Tendencias Em Tics

1.258 visualizações

Publicada em

apresentacao no planeta digital 2.0 em curitiba, 2/8/2006

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.258
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2008 08 01 Cenarios E Tendencias Em Tics

  1. 1. cenários silvio lemos meira tendências em
  2. 3. cenários tendências e...
  3. 4. http://www.2spare.com/item_50221.aspx The Americans have need of the telephone, but we do not . Sir William Preece, Chief Engineer, British Post Office , 1878. We have plenty of messenger boys .
  4. 5. http://www.2spare.com/item_50221.aspx While theoretically and technically television may be feasible, commercially and financially it is an impossibility , Lee DeForest, american radio pioneer and inventor of the vacuum tube , 1926. a development of which we need waste little time dreaming .
  5. 6. http://www.2spare.com/item_50221.aspx Transmission of documents via telephone wires is possible in principle .. . Dennis Gabor, British physicist and author of Inventing the Future, 1962 . but the apparatus required is so expensive that it will never become a practical proposition .
  6. 7. http://www.2spare.com/item_50221.aspx [By 1985], machines will be capable of... Herbert A. Simon, CMU, a founder of AI, in 1965 ...doing any work man can do .
  7. 8. onde [e quando] estamos?
  8. 9. mina & lisa
  9. 19. só aqui?
  10. 27. 600M
  11. 29. enquanto isso...
  12. 30. na terra...
  13. 32.
  14. 33. soluções?...
  15. 36. hummm... não. dá prá fazer melhor.
  16. 37.
  17. 38. não consegue trabalhar na praia?
  18. 39.
  19. 40.
  20. 43. e aqui?
  21. 44.
  22. 46. contexto
  23. 47. isso acontece
  24. 48. no mundo...
  25. 49. virtual segundo Pierre Lèvy
  26. 50. o mundo virtual: abstrações linguagem -> presente
  27. 51. o mundo virtual: abstrações técnicas -> ações
  28. 52. o mundo virtual: abstrações contratos -> violência
  29. 53. o mundo virtual: abstrações contratos -> violência técnicas -> ações linguagem -> presente
  30. 54. a ver informática e com tem o que isso ?
  31. 55. ahhh...
  32. 56. contexto mais
  33. 57. as gerações da informática
  34. 58. referenciais
  35. 59. referencial 1: balcão
  36. 60. as gerações da informática ANTES do BALCÃO
  37. 61. as gerações da informática NO BALCÃO
  38. 62. as gerações da informática DEPOIS do BALCÃO
  39. 63. as gerações da informática DEPOIS do NO ANTES do BALCÃO
  40. 64. referencial 2: VOCÊ
  41. 65. as gerações da informática COM VOCÊ
  42. 66. as gerações da informática EM VOCÊ
  43. 67. as gerações da informática EM COM VOCÊ
  44. 68. referencial 3: coisas
  45. 69. as gerações da informática PRAS COISAS
  46. 70. as gerações da informática NAS COISAS
  47. 71. as gerações da informática AS COISAS
  48. 72. as gerações da informática AS NAS PRAS COISAS
  49. 73. as gerações da informática EM COM VOCÊ DEPOIS do NO ANTES do BALCÃO AS NAS PRAS COISAS
  50. 74. e isso funciona
  51. 75. em
  52. 76. rede
  53. 77. uma só rede
  54. 78. a internet
  55. 80. internet: uma velha, boa idéia
  56. 81. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>as tecnologias da internet vão estar em todo lugar . </li></ul>
  57. 82. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>O acesso à rede será permanente. </li></ul>
  58. 83. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede estará sempre ligada . </li></ul>
  59. 84. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>Qualquer um poderá se conectar de qualquer lugar, com qualquer dispositivo, a qualquer hora. </li></ul>
  60. 85. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede será invisível . </li></ul>
  61. 86. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>em todo lugar , </li></ul><ul><li>acesso permanente , </li></ul><ul><li>sempre ligada , </li></ul><ul><li>qualquer lugar, disp. , tempo... </li></ul><ul><li>e... invisível . </li></ul>
  62. 87. construção?
  63. 88. i nfra- e strutura s erviço s a plicaçõe s webS rádio telefone emeio TV cinema celular jornal
  64. 89. por que deu CERTO? comunicação e interação rápida, barata, fácil, ampla. entre seres humanos. BEST EFFORT BETA EFFORT
  65. 90. o mundo [ a internet ] ainda está em modo BETA
  66. 91. resumir, até aqui? dá pra
  67. 92. e a próxima plataforma o mundo todo vai de programação estar em rede... é a internet!
  68. 93.  em modo
  69. 94. e agora?...
  70. 95. mudança para... estamos de
  71. 96. ...para os modos de produção e relacionamento EM REDE
  72. 97. o conhecimento em REDE está SEMPRE em movimento ...
  73. 98. o modo de produção de conhecimento está mudando
  74. 99. gibbons: modos de produção de conhecimento… <ul><li>Modo 1 </li></ul><ul><ul><li>contexto acadêmico </li></ul></ul><ul><ul><li>barreiras disciplinares </li></ul></ul><ul><ul><li>homogeneidade de percepções </li></ul></ul><ul><ul><li>controle de qualidade e relevância pelos pares </li></ul></ul><ul><ul><li>estrutura e organização hierárquica e estática </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade interna </li></ul></ul><ul><ul><li>liberdade (acadêmica) e “desafio do conhecimento” </li></ul></ul><ul><li>Modo 2 </li></ul><ul><ul><li>contexto da aplicação </li></ul></ul><ul><ul><li>multidisciplinaridade </li></ul></ul><ul><ul><li>heterogeneidade de percepções </li></ul></ul><ul><ul><li>qualidade e relevância definidos externamente </li></ul></ul><ul><ul><li>organizações ad-hoc e estruturas planas </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade externa </li></ul></ul><ul><ul><li>usuários e interesses definem a agenda... </li></ul></ul>http://www.intermedia.uio.no/konferanser/skikt-02/skikt-research-conferance.html
  75. 100. este é o regime da EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
  76. 101. em regime de...
  77. 102. colaboração
  78. 103. colaboração conexões confiança conceitos curiosidade capacidade
  79. 107. rede: rápida ubíqüa móvel pessoal
  80. 108. Japan’s Story The Number One Selling Book In Japan is a Mobile Phone Book Books are composed on phones, Published on Phones, and Read on Phones Primarily Female Tech Savvy Reader who has not read a print book
  81. 111. em tempo de...
  82. 113. (e inovação?) e o que é criatividade
  83. 114. combinação e reorganização de informação e conceitos para criar novos entendimentos e sistemas conceituais
  84. 115. em rede!
  85. 116.  em modo
  86. 117. web 3.0 na
  87. 118. qualquer um pode web 1.0 marc benioff, salesforce.com fazer transações amazon, google, eBay...
  88. 119. qualquer um pode web 2.0 marc benioff, salesforce.com participar flickr, BLOGs, adsense...
  89. 120. qualquer um pode web 3.0 marc benioff, salesforce.com inovar amazon AWS, salesforce, yahoo pipes, google, microsoft, ning, myspace...
  90. 121. IaaS INFORMATION as a SERVICE
  91. 122. SaaS SOFTWARE as a SERVICE
  92. 123. HaaS HARDWARE as a SERVICE
  93. 124. PaaS PLATFORM as a SERVICE
  94. 130. e isso inclui de TELECOM SDKs
  95. 131. na web !...
  96. 133. People – not boxes – make things work. We’re trying to drive what we call Web 21C , ...we launched a set of SDKs and... developers register to write to that set of capabilities. So we’re developing abilities for BT to mash up with services and applications that exist in the Web , and that turns this whole thing into a global innovation platform instead of just a global NGN. http://www.telecommagazine.com/newsglobe/article.asp?HH_ID=AR_3029 [BT Group Chief Technology Officer Matthew Bross ]
  97. 137. 1994: US$3,500 2005: US$8,000 gasto por empregado
  98. 143. onde estamos?
  99. 145. e o futuro?
  100. 146. http://expositions.bnf.fr/utopie/feuill/index.htm Villemard, 1910. Chromolithographie Paris
  101. 149. por que erramos tanto? ...
  102. 153. pra onde vamos?
  103. 154. para os modos de produção EM REDE
  104. 155. para um regime da EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
  105. 156. ou melhor, de...
  106. 157. INOVAÇÃO
  107. 158. em regime de...
  108. 159. colaboração
  109. 160. e...
  110. 161. software é isso tudo como
  111. 162. ...isso é muito bom!
  112. 163. longe?
  113. 165. pode ser...
  114. 166. mas, breve...
  115. 167. informaticidade
  116. 168. em todos os negócios perto de você...
  117. 169. em todos os negócios perto de você... finalmente...
  118. 170. os cuidado com ESPECIALISTAS
  119. 172. silviomeira.blog.terra.com.br [email_address] obrigado!

×