SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Castro Alves
“ Ai! Que vale a vingança, pobre
amigo. Se na vingança, a honra
não se lava ? ”
Castro Alves
Antônio Frederico de Castro Alves nasceu na
fazenda Cabaceiras, no dia 14 de março de 1847,
era filho de Antônio José Alves e Clélia Brasília
Castro.
Ele foi um poeta brasileiro, e suas poesias mais
conhecidas são marcadas pelo relato da
escravidão.
Se mudou com a família para Salvador em 1853, e aos 17 anos
se mudou para Recife. Desde adolescente mostrou vocação
para a poesia. Escrevendia versos de protesto contra a situação
dos negros, por isto se tornou “Poeta dos Escravos”.
Em 1867, quase na metade do curso de direito, Castro Alves,
apaixonado pela atriz portuguesa Eugênia Câmara .
Na Bahia, ela representa um drama em prosa escrito por ele:
"O Gonzaga ou a Revolução de Minas". Na passagem pelo Rio
de Janeiro, ele conheceu Machado de Assis.
Em São Paulo, cursou o terceiro ano da Faculdade de Direito .
Em 1868 rompe com Eugênia. Em suas ferias, fere o pé
esquerdo, com um tiro de espingarda, resultando na amputação
do pé.
Castro Alves, morre em Salvador no dia 6 de julho de 1871,
vitimado pela tuberculose. Apesar de ter vivido tão pouco,
este artista notável deixou livros e poemas significativos.
Poeta dos Escravos
Poesias de Castro Alves
A Canção do Africano
A Cachoeira de Paulo Afonso
A Destruição de Jerusalém
Adormecida
Amar e Ser Amado
Amemos! Dama Negra
As Duas Flores
Espumas Flutuantes
Hinos do Equador
Meu Segredo
Minhas Saudades
Tragédias no Lar
Mocidade e Morte
Noite de Amor
O "Adeus" de Teresa
O Coração
Os Escravos
O Laço de Fita
O Navio Negreiro
Ode ao Dois de Julho
Os Anjos da Meia Noite
Pesadelo
Vozes da África
“ Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar. "

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Redação: Relato Pessoal
Redação: Relato PessoalRedação: Relato Pessoal
Redação: Relato Pessoal
 
Quinhentismo
Quinhentismo Quinhentismo
Quinhentismo
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
 
Melhores poemas de gonçalves dias
Melhores poemas de gonçalves diasMelhores poemas de gonçalves dias
Melhores poemas de gonçalves dias
 
Gregório de Matos Guerra
Gregório de Matos GuerraGregório de Matos Guerra
Gregório de Matos Guerra
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
 
Literatura de cordel
Literatura de cordelLiteratura de cordel
Literatura de cordel
 
Gonçalves Dias
Gonçalves DiasGonçalves Dias
Gonçalves Dias
 
Poesia 2ª fase modernista
Poesia 2ª fase modernistaPoesia 2ª fase modernista
Poesia 2ª fase modernista
 
Literatura afro brasileira
Literatura afro brasileiraLiteratura afro brasileira
Literatura afro brasileira
 
Movimento antropófago
Movimento antropófagoMovimento antropófago
Movimento antropófago
 
Origem do carnaval
Origem do carnavalOrigem do carnaval
Origem do carnaval
 
Critérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibularesCritérios de correção redação vestibulares
Critérios de correção redação vestibulares
 
Romantismo poesia - 1ª geração
Romantismo   poesia - 1ª geraçãoRomantismo   poesia - 1ª geração
Romantismo poesia - 1ª geração
 
Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
 
Aula quarto de despejo
Aula quarto de despejoAula quarto de despejo
Aula quarto de despejo
 

Destaque

Castro alves apresentação
Castro alves   apresentaçãoCastro alves   apresentação
Castro alves apresentaçãohudsonnogueira
 
Castro Alves
Castro  AlvesCastro  Alves
Castro Alves030577
 
Castro alves slide²
Castro alves slide²Castro alves slide²
Castro alves slide²Maria da Paz
 
Navios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro AlvesNavios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro AlvesIsabella Ruas
 
Historia de Castro Alves
Historia de Castro AlvesHistoria de Castro Alves
Historia de Castro AlvesMARCOSVT109
 
Castro Alves
Castro AlvesCastro Alves
Castro Alvesvovodo
 
Navio Negreiro - Castro Alves
Navio Negreiro - Castro AlvesNavio Negreiro - Castro Alves
Navio Negreiro - Castro AlvesKleber Brito
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues030577
 
Alvares de azevedo
Alvares de azevedoAlvares de azevedo
Alvares de azevedo030577
 
Aves De Arribação - AntôNio Sales
Aves De Arribação - AntôNio SalesAves De Arribação - AntôNio Sales
Aves De Arribação - AntôNio Salesadrisobri2
 
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro Alves
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro AlvesEstudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro Alves
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro AlvesSecretaria de Turismo da Bahia
 
Carlos drummond de andrade - biografia
Carlos drummond de andrade - biografiaCarlos drummond de andrade - biografia
Carlos drummond de andrade - biografiaEscola
 
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”Thalita Dias
 
A poesia de castro alves
A poesia de castro alvesA poesia de castro alves
A poesia de castro alvesma.no.el.ne.ves
 

Destaque (20)

Castro alves apresentação
Castro alves   apresentaçãoCastro alves   apresentação
Castro alves apresentação
 
Castro Alves
Castro  AlvesCastro  Alves
Castro Alves
 
Castro alves slide²
Castro alves slide²Castro alves slide²
Castro alves slide²
 
Navios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro AlvesNavios Negreiros - Castro Alves
Navios Negreiros - Castro Alves
 
Historia de Castro Alves
Historia de Castro AlvesHistoria de Castro Alves
Historia de Castro Alves
 
Castro Alves
Castro AlvesCastro Alves
Castro Alves
 
Navio Negreiro - Castro Alves
Navio Negreiro - Castro AlvesNavio Negreiro - Castro Alves
Navio Negreiro - Castro Alves
 
Trabalho de portugues
Trabalho de portuguesTrabalho de portugues
Trabalho de portugues
 
2 Navio Negreiro
2  Navio Negreiro2  Navio Negreiro
2 Navio Negreiro
 
Alvares de azevedo
Alvares de azevedoAlvares de azevedo
Alvares de azevedo
 
Álvares de Azevedo
Álvares de AzevedoÁlvares de Azevedo
Álvares de Azevedo
 
Aves De Arribação - AntôNio Sales
Aves De Arribação - AntôNio SalesAves De Arribação - AntôNio Sales
Aves De Arribação - AntôNio Sales
 
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro Alves
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro AlvesEstudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro Alves
Estudo Conceitual para a Requalificação do Entorno da Praça Castro Alves
 
Carlos drummond de andrade - biografia
Carlos drummond de andrade - biografiaCarlos drummond de andrade - biografia
Carlos drummond de andrade - biografia
 
O navio negreiro
O navio negreiroO navio negreiro
O navio negreiro
 
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
“O Romantismo olha o mundo de forma apaixonada e ideal”
 
Navio Negreiro Castro Alves
Navio Negreiro   Castro AlvesNavio Negreiro   Castro Alves
Navio Negreiro Castro Alves
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Slide licia ok
Slide licia okSlide licia ok
Slide licia ok
 
A poesia de castro alves
A poesia de castro alvesA poesia de castro alves
A poesia de castro alves
 

Semelhante a Poeta dos Escravos Castro Alves

Semelhante a Poeta dos Escravos Castro Alves (20)

Castro alves
Castro alvesCastro alves
Castro alves
 
Trabalho de literatura
Trabalho de literaturaTrabalho de literatura
Trabalho de literatura
 
Poesia
PoesiaPoesia
Poesia
 
Resumos das obras derek e isabella 2º b
Resumos das obras   derek e isabella 2º bResumos das obras   derek e isabella 2º b
Resumos das obras derek e isabella 2º b
 
Castro alves
Castro alvesCastro alves
Castro alves
 
Castro Alves
Castro AlvesCastro Alves
Castro Alves
 
Castro alves
Castro alvesCastro alves
Castro alves
 
Navio negreiro alves (1)
Navio negreiro alves (1)Navio negreiro alves (1)
Navio negreiro alves (1)
 
Álvares de Azevedo: Foi poeta sonhou e amou na vida
Álvares de Azevedo: Foi poeta sonhou e amou na vidaÁlvares de Azevedo: Foi poeta sonhou e amou na vida
Álvares de Azevedo: Foi poeta sonhou e amou na vida
 
Clepsidra Inês Leitão nº5 12ºB
Clepsidra Inês Leitão nº5 12ºBClepsidra Inês Leitão nº5 12ºB
Clepsidra Inês Leitão nº5 12ºB
 
2014 cometas do bispo
2014   cometas do bispo2014   cometas do bispo
2014 cometas do bispo
 
Segunda geração romântica
Segunda geração românticaSegunda geração romântica
Segunda geração romântica
 
Machado Soraya
Machado SorayaMachado Soraya
Machado Soraya
 
O mulato
O mulatoO mulato
O mulato
 
2ª e 3ª geração romântica
2ª e 3ª geração romântica2ª e 3ª geração romântica
2ª e 3ª geração romântica
 
ROMANTISMO
ROMANTISMOROMANTISMO
ROMANTISMO
 
Literatura Catarinense
Literatura CatarinenseLiteratura Catarinense
Literatura Catarinense
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Segunda Geração do Romantismo Brasileiro
Segunda Geração do Romantismo BrasileiroSegunda Geração do Romantismo Brasileiro
Segunda Geração do Romantismo Brasileiro
 
Machado de Assis
Machado de AssisMachado de Assis
Machado de Assis
 

Mais de Aula pratica de! (15)

Jovem guarda
Jovem guardaJovem guarda
Jovem guarda
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Educação
EducaçãoEducação
Educação
 
Musica e ecletismo
Musica e ecletismoMusica e ecletismo
Musica e ecletismo
 
Acidente Nuclear - Mihama
Acidente Nuclear - Mihama Acidente Nuclear - Mihama
Acidente Nuclear - Mihama
 
China
ChinaChina
China
 
Guerra dos Farrapos
Guerra dos FarraposGuerra dos Farrapos
Guerra dos Farrapos
 
Biologia (Mamíferos)
Biologia (Mamíferos) Biologia (Mamíferos)
Biologia (Mamíferos)
 
Aula prática de! Inglês (Mensagens subliminares)
Aula prática de! Inglês (Mensagens subliminares) Aula prática de! Inglês (Mensagens subliminares)
Aula prática de! Inglês (Mensagens subliminares)
 
Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera
 
Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide) Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide)
 
Transtorno de Despersonalização
Transtorno de DespersonalizaçãoTranstorno de Despersonalização
Transtorno de Despersonalização
 
Culinária da Grécia
Culinária da Grécia Culinária da Grécia
Culinária da Grécia
 
Fenícios
FeníciosFenícios
Fenícios
 
Cultura Chilena
Cultura Chilena Cultura Chilena
Cultura Chilena
 

Último

Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 

Último (20)

Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 

Poeta dos Escravos Castro Alves

  • 1. Castro Alves “ Ai! Que vale a vingança, pobre amigo. Se na vingança, a honra não se lava ? ”
  • 2. Castro Alves Antônio Frederico de Castro Alves nasceu na fazenda Cabaceiras, no dia 14 de março de 1847, era filho de Antônio José Alves e Clélia Brasília Castro. Ele foi um poeta brasileiro, e suas poesias mais conhecidas são marcadas pelo relato da escravidão.
  • 3. Se mudou com a família para Salvador em 1853, e aos 17 anos se mudou para Recife. Desde adolescente mostrou vocação para a poesia. Escrevendia versos de protesto contra a situação dos negros, por isto se tornou “Poeta dos Escravos”. Em 1867, quase na metade do curso de direito, Castro Alves, apaixonado pela atriz portuguesa Eugênia Câmara . Na Bahia, ela representa um drama em prosa escrito por ele: "O Gonzaga ou a Revolução de Minas". Na passagem pelo Rio de Janeiro, ele conheceu Machado de Assis. Em São Paulo, cursou o terceiro ano da Faculdade de Direito . Em 1868 rompe com Eugênia. Em suas ferias, fere o pé esquerdo, com um tiro de espingarda, resultando na amputação do pé.
  • 4. Castro Alves, morre em Salvador no dia 6 de julho de 1871, vitimado pela tuberculose. Apesar de ter vivido tão pouco, este artista notável deixou livros e poemas significativos.
  • 6.
  • 7. Poesias de Castro Alves A Canção do Africano A Cachoeira de Paulo Afonso A Destruição de Jerusalém Adormecida Amar e Ser Amado Amemos! Dama Negra As Duas Flores Espumas Flutuantes Hinos do Equador Meu Segredo Minhas Saudades Tragédias no Lar Mocidade e Morte Noite de Amor O "Adeus" de Teresa O Coração Os Escravos O Laço de Fita O Navio Negreiro Ode ao Dois de Julho Os Anjos da Meia Noite Pesadelo Vozes da África
  • 8. “ Bendito aquele que semeia livros e faz o povo pensar. "