SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Refeições de Negócios
Lisboa | 2015
Pormenores
Todos os dias se organizam
refeições de negócios.
Estas diferem de encontros
privados, com família ou amigos.
Susana de Salazar Casanova
Pormenores
Tópicos que
merecem cuidado:
• Identificar os convidados, eleger o local (pô-lo à
consideração do convidado). A seleção deve sempre ser
feita à medida.
• Escolher um restaurante com cardápio variado e
alimentação de qualidade. Garantir que podem ser
satisfeitas restrições alimentares (vegetarianos,
muçulmanos, alergias…).
• Exemplar deve ser o profissionalismo dos empregados e a
envolvência do espaço, pois tudo tem influência. Não
esquecer a estação do ano e a hora (um local com
esplanada pode ser bom no verão, para almoçar, se for
abrigado, mas nem todos apreciam estar ao ar livre).
• Ser um espaço de fácil acesso e com estacionamento.
Pormenores
Na véspera, quem convida deve:
1. Confirmar o encontro.
2. Reservar a mesa.
3. Planear os lugares dos convidados
em função dos objetivos definidos para
o encontro.
4. No dia, ser pontual é imprescindível.
Alimentação
Cada um deve informar-se sobre o que se pode ou
não fazer a uma mesa de refeição. É fundamental
conhecer as regras e saber aplicá-las, por exemplo:
1. Não selecionar um prato demasiado caro.
2. Escolher alimentos complexos de comer ou ainda
algo que nunca se teve oportunidade de provar -
podem não ser do nosso agrado e, na dúvida, pode
pedir sugestões.
3. Evitar consumir bebidas alcoólicas em excesso.
Alimentação
Na lista daquilo que se
deve evitar, surge o
esparguete pela
dificuldade que
apresenta.
Aquilo que não se
recomenda, por não ser
do agrado de um grande
número de pessoas:
queijo, coelho, cabrito,
caça, rim, língua, enguias,
lampreia, ovas...
Apesar da gastronomia
portuguesa ser bastante
rica, os gostos não são
unânimes e arroz de
cabidela, fígado, feijoada,
dobrada, açorda, migas,
favas, ervilhas... são para
deixar de lado.
Alimentação
Atente-se ainda à seleção de restaurantes com
especialidades gastronómicas internacionais, pois muitas
vezes, não são do agrado de todos.
Se o encontro tiver sido marcado num restaurante de
comida internacional e não for um exímio conhecedor, é
preferível aconselhar-se com o anfitrião. Aspeto importante
se quem está a convidar for de uma nacionalidade diferente
e o tiver levado a um restaurante da sua cozinha natal.
Alimentação
E, no final, mesmo que
não esteja agradado, não
partilhe essa informação.
O objetivo é o negócio e
a refeição é só um meio.
O pagamento
Quem convidou é quem tem a
responsabilidade de fazer o
pagamento e a altura acertada
para pedir a conta surge quando o
anfitrião e o convidado
consideram que o encontro está
finalizado.
De entre as diversas questões que
se colocam, há uma imediata:
Uma executiva é responsável pelo
pagamento?
Na vida profissional sim, enquanto
anfitriã.
O pagamento
Deve usar-se da
maior discrição.
É frequente deixar-se
uma gratificação que
corresponde,
normalmente, a 10%.
Num encontro de
grande formalidade,
deve evitar-se
reclamar.
Um dos maiores momentos de
qualquer pessoa passa pela
experiência de se aceitar, desenvolver
e evoluir!
Susana de Salazar Casanova

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

191207859 bebidas-alcoolicas
191207859 bebidas-alcoolicas191207859 bebidas-alcoolicas
191207859 bebidas-alcoolicas
carlomitro
 
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiroProposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
Fábio Soares
 
Solicita a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
Solicita  a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...Solicita  a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
Solicita a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
drtaylorjr
 
1 modelo ficha registro
1 modelo ficha registro1 modelo ficha registro
1 modelo ficha registro
Jonas Scott
 

Mais procurados (20)

Contrato de formatura
Contrato de formaturaContrato de formatura
Contrato de formatura
 
Carta formal e informal
Carta formal e informalCarta formal e informal
Carta formal e informal
 
191207859 bebidas-alcoolicas
191207859 bebidas-alcoolicas191207859 bebidas-alcoolicas
191207859 bebidas-alcoolicas
 
Tecnologia de panificacao_e_confeitaria
Tecnologia de panificacao_e_confeitariaTecnologia de panificacao_e_confeitaria
Tecnologia de panificacao_e_confeitaria
 
Gastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentosGastronomia: Cocção e condimentos
Gastronomia: Cocção e condimentos
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Saiba como se comportar em uma entrevista de emprego
Saiba como se comportar em uma entrevista de empregoSaiba como se comportar em uma entrevista de emprego
Saiba como se comportar em uma entrevista de emprego
 
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiroProposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
Proposta para fornecimento de refeições cantinho pinheiro
 
Solicita a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
Solicita  a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...Solicita  a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
Solicita a construção de uma creche modelo, com tempo integral, no bairro ja...
 
Tipos de açúcar (Types of Sugar)
Tipos de açúcar (Types of Sugar)Tipos de açúcar (Types of Sugar)
Tipos de açúcar (Types of Sugar)
 
Gerações Baby Boomers, X e Y
Gerações Baby Boomers, X e YGerações Baby Boomers, X e Y
Gerações Baby Boomers, X e Y
 
Ficha cadastral empresa e aluno
Ficha cadastral   empresa e alunoFicha cadastral   empresa e aluno
Ficha cadastral empresa e aluno
 
9º ano
9º ano9º ano
9º ano
 
Cereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACACereais E Seus Sub Produtos ACA
Cereais E Seus Sub Produtos ACA
 
Questionário de avaliação do grau de satisfação dos clientes
Questionário de avaliação do grau de satisfação dos clientesQuestionário de avaliação do grau de satisfação dos clientes
Questionário de avaliação do grau de satisfação dos clientes
 
Cálculos de balanceamento pao
Cálculos de balanceamento paoCálculos de balanceamento pao
Cálculos de balanceamento pao
 
A Diversidade Cultural
A Diversidade CulturalA Diversidade Cultural
A Diversidade Cultural
 
1 modelo ficha registro
1 modelo ficha registro1 modelo ficha registro
1 modelo ficha registro
 
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolarPreconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
Preconceito, racismo e discriminação no contexto escolar
 
Ficha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de PreparoFicha Técnica de Preparo
Ficha Técnica de Preparo
 

Destaque

SIDIII 1º versão artigo leonor corte real
SIDIII 1º versão artigo leonor corte realSIDIII 1º versão artigo leonor corte real
SIDIII 1º versão artigo leonor corte real
Maria Joao Loureiro
 
Connecting classrooms dialogo intercultural
Connecting classrooms   dialogo interculturalConnecting classrooms   dialogo intercultural
Connecting classrooms dialogo intercultural
Instituto Crescer
 
ApresentaçãO Ilsc Toronto Pré Embarque
ApresentaçãO Ilsc Toronto   Pré EmbarqueApresentaçãO Ilsc Toronto   Pré Embarque
ApresentaçãO Ilsc Toronto Pré Embarque
Speak Up Idiomas
 
Ft workshop competências do século xxi
Ft workshop competências do século xxiFt workshop competências do século xxi
Ft workshop competências do século xxi
Rafael Parente
 
AIESEC PLANET
AIESEC PLANETAIESEC PLANET
AIESEC PLANET
AIESEC
 

Destaque (17)

Orientação às Famílias do PIJ
Orientação às Famílias do PIJOrientação às Famílias do PIJ
Orientação às Famílias do PIJ
 
Competencias do Seculo XXI
Competencias do Seculo XXICompetencias do Seculo XXI
Competencias do Seculo XXI
 
SIDIII 1º versão artigo leonor corte real
SIDIII 1º versão artigo leonor corte realSIDIII 1º versão artigo leonor corte real
SIDIII 1º versão artigo leonor corte real
 
INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES - INTERCÂMBIO INTERNACIONAL - 1º SEM. 2015
INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES - INTERCÂMBIO INTERNACIONAL - 1º SEM. 2015INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES - INTERCÂMBIO INTERNACIONAL - 1º SEM. 2015
INFORMAÇÕES E ORIENTAÇÕES - INTERCÂMBIO INTERNACIONAL - 1º SEM. 2015
 
Connecting classrooms dialogo intercultural
Connecting classrooms   dialogo interculturalConnecting classrooms   dialogo intercultural
Connecting classrooms dialogo intercultural
 
7 passos para o sucesso, Cultural Trip Intercâmbio
7 passos para o sucesso, Cultural Trip Intercâmbio7 passos para o sucesso, Cultural Trip Intercâmbio
7 passos para o sucesso, Cultural Trip Intercâmbio
 
A Arte do Intercâmbio Cultural
A Arte do Intercâmbio CulturalA Arte do Intercâmbio Cultural
A Arte do Intercâmbio Cultural
 
Workshop TIC@Algarve 2010 - As TIC como Ferramentas de Apoio à Diversidade Cu...
Workshop TIC@Algarve 2010 - As TIC como Ferramentas de Apoio à Diversidade Cu...Workshop TIC@Algarve 2010 - As TIC como Ferramentas de Apoio à Diversidade Cu...
Workshop TIC@Algarve 2010 - As TIC como Ferramentas de Apoio à Diversidade Cu...
 
Rede de apoio ao Voluntariado e Intercâmbio Solidário
Rede de apoio ao Voluntariado e Intercâmbio SolidárioRede de apoio ao Voluntariado e Intercâmbio Solidário
Rede de apoio ao Voluntariado e Intercâmbio Solidário
 
Intercâmbio 2.0
Intercâmbio 2.0Intercâmbio 2.0
Intercâmbio 2.0
 
Apresentação Susana de Salazar Casanova
Apresentação Susana de Salazar CasanovaApresentação Susana de Salazar Casanova
Apresentação Susana de Salazar Casanova
 
Princípiios de Comunicação Intercultural
Princípiios de Comunicação InterculturalPrincípiios de Comunicação Intercultural
Princípiios de Comunicação Intercultural
 
Intercâmbio Escolhas 2010
Intercâmbio Escolhas 2010Intercâmbio Escolhas 2010
Intercâmbio Escolhas 2010
 
ApresentaçãO Ilsc Toronto Pré Embarque
ApresentaçãO Ilsc Toronto   Pré EmbarqueApresentaçãO Ilsc Toronto   Pré Embarque
ApresentaçãO Ilsc Toronto Pré Embarque
 
Ft workshop competências do século xxi
Ft workshop competências do século xxiFt workshop competências do século xxi
Ft workshop competências do século xxi
 
Proposta Comercial
Proposta ComercialProposta Comercial
Proposta Comercial
 
AIESEC PLANET
AIESEC PLANETAIESEC PLANET
AIESEC PLANET
 

Semelhante a Refeições de Negócios

1192875517 servico de_mesa
1192875517 servico de_mesa1192875517 servico de_mesa
1192875517 servico de_mesa
Rui Gomes
 
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
Patricia Galasini
 

Semelhante a Refeições de Negócios (18)

Silo.tips lilian penna
Silo.tips lilian pennaSilo.tips lilian penna
Silo.tips lilian penna
 
CARDAPIOS-1.pptx
CARDAPIOS-1.pptxCARDAPIOS-1.pptx
CARDAPIOS-1.pptx
 
2-_TIPOS_DE_RESTAURANTES.pptx
2-_TIPOS_DE_RESTAURANTES.pptx2-_TIPOS_DE_RESTAURANTES.pptx
2-_TIPOS_DE_RESTAURANTES.pptx
 
1192875517 servico de_mesa
1192875517 servico de_mesa1192875517 servico de_mesa
1192875517 servico de_mesa
 
apostila de garçom.docx
apostila de garçom.docxapostila de garçom.docx
apostila de garçom.docx
 
Revista VP 09.2015 Tupperware Essencial
Revista VP 09.2015 Tupperware EssencialRevista VP 09.2015 Tupperware Essencial
Revista VP 09.2015 Tupperware Essencial
 
garom-161127233914.pdf
garom-161127233914.pdfgarom-161127233914.pdf
garom-161127233914.pdf
 
Garçom
GarçomGarçom
Garçom
 
apostila GARÇOM.docx
apostila GARÇOM.docxapostila GARÇOM.docx
apostila GARÇOM.docx
 
Livro de Receitas Polishop.pdf
Livro de Receitas Polishop.pdfLivro de Receitas Polishop.pdf
Livro de Receitas Polishop.pdf
 
VP 09 2016 TWESSENCIAL
VP 09 2016 TWESSENCIALVP 09 2016 TWESSENCIAL
VP 09 2016 TWESSENCIAL
 
VP 09 2016 tupperware tulipas
VP 09 2016 tupperware tulipasVP 09 2016 tupperware tulipas
VP 09 2016 tupperware tulipas
 
Sabores da Região - Edição 2
Sabores da Região - Edição 2Sabores da Região - Edição 2
Sabores da Região - Edição 2
 
Uma viagem a braga
Uma viagem  a bragaUma viagem  a braga
Uma viagem a braga
 
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
revista-EXPOpizzaria_Ed2_FEV.1
 
Organização da cozinha
Organização da cozinhaOrganização da cozinha
Organização da cozinha
 
#comidinhas
#comidinhas#comidinhas
#comidinhas
 
Curso garcom 1
Curso garcom 1Curso garcom 1
Curso garcom 1
 

Mais de Susana de Salazar Casanova

Mais de Susana de Salazar Casanova (16)

Natal 2016
Natal 2016Natal 2016
Natal 2016
 
SSC Business Etiquette
SSC Business EtiquetteSSC Business Etiquette
SSC Business Etiquette
 
Porquê Frequentar a PG IPOE?
Porquê Frequentar a PG IPOE?Porquê Frequentar a PG IPOE?
Porquê Frequentar a PG IPOE?
 
PG IPOE 2016
PG IPOE 2016PG IPOE 2016
PG IPOE 2016
 
Livro | Protocolo Empresarial
Livro | Protocolo EmpresarialLivro | Protocolo Empresarial
Livro | Protocolo Empresarial
 
Manual PG em Imagem, Protocolo e Organização de Eventos
Manual PG em Imagem, Protocolo e Organização de EventosManual PG em Imagem, Protocolo e Organização de Eventos
Manual PG em Imagem, Protocolo e Organização de Eventos
 
Email e Tech-Etiquette
Email e Tech-EtiquetteEmail e Tech-Etiquette
Email e Tech-Etiquette
 
Telephone and cell phone etiquette
Telephone and cell phone etiquetteTelephone and cell phone etiquette
Telephone and cell phone etiquette
 
Procura de Emprego
Procura de EmpregoProcura de Emprego
Procura de Emprego
 
Business Cards
Business CardsBusiness Cards
Business Cards
 
Office Courtesies Fundamentals
Office Courtesies FundamentalsOffice Courtesies Fundamentals
Office Courtesies Fundamentals
 
Casual Friday
Casual FridayCasual Friday
Casual Friday
 
Protocolo Empresarial | Breve Apresentação
Protocolo Empresarial | Breve ApresentaçãoProtocolo Empresarial | Breve Apresentação
Protocolo Empresarial | Breve Apresentação
 
Etiquette Quotes
Etiquette QuotesEtiquette Quotes
Etiquette Quotes
 
College Indction
College IndctionCollege Indction
College Indction
 
Seminario | Secretariado, acabar com o estereótipo
Seminario | Secretariado, acabar com o estereótipoSeminario | Secretariado, acabar com o estereótipo
Seminario | Secretariado, acabar com o estereótipo
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
lbgsouza
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdfAPOSTILA- COMPLETA  De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
APOSTILA- COMPLETA De FILOSOFIA-DA-EDUCAÇÃO.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 

Refeições de Negócios

  • 2. Pormenores Todos os dias se organizam refeições de negócios. Estas diferem de encontros privados, com família ou amigos. Susana de Salazar Casanova
  • 3. Pormenores Tópicos que merecem cuidado: • Identificar os convidados, eleger o local (pô-lo à consideração do convidado). A seleção deve sempre ser feita à medida. • Escolher um restaurante com cardápio variado e alimentação de qualidade. Garantir que podem ser satisfeitas restrições alimentares (vegetarianos, muçulmanos, alergias…). • Exemplar deve ser o profissionalismo dos empregados e a envolvência do espaço, pois tudo tem influência. Não esquecer a estação do ano e a hora (um local com esplanada pode ser bom no verão, para almoçar, se for abrigado, mas nem todos apreciam estar ao ar livre). • Ser um espaço de fácil acesso e com estacionamento.
  • 4. Pormenores Na véspera, quem convida deve: 1. Confirmar o encontro. 2. Reservar a mesa. 3. Planear os lugares dos convidados em função dos objetivos definidos para o encontro. 4. No dia, ser pontual é imprescindível.
  • 5. Alimentação Cada um deve informar-se sobre o que se pode ou não fazer a uma mesa de refeição. É fundamental conhecer as regras e saber aplicá-las, por exemplo: 1. Não selecionar um prato demasiado caro. 2. Escolher alimentos complexos de comer ou ainda algo que nunca se teve oportunidade de provar - podem não ser do nosso agrado e, na dúvida, pode pedir sugestões. 3. Evitar consumir bebidas alcoólicas em excesso.
  • 6. Alimentação Na lista daquilo que se deve evitar, surge o esparguete pela dificuldade que apresenta. Aquilo que não se recomenda, por não ser do agrado de um grande número de pessoas: queijo, coelho, cabrito, caça, rim, língua, enguias, lampreia, ovas... Apesar da gastronomia portuguesa ser bastante rica, os gostos não são unânimes e arroz de cabidela, fígado, feijoada, dobrada, açorda, migas, favas, ervilhas... são para deixar de lado.
  • 7. Alimentação Atente-se ainda à seleção de restaurantes com especialidades gastronómicas internacionais, pois muitas vezes, não são do agrado de todos. Se o encontro tiver sido marcado num restaurante de comida internacional e não for um exímio conhecedor, é preferível aconselhar-se com o anfitrião. Aspeto importante se quem está a convidar for de uma nacionalidade diferente e o tiver levado a um restaurante da sua cozinha natal.
  • 8. Alimentação E, no final, mesmo que não esteja agradado, não partilhe essa informação. O objetivo é o negócio e a refeição é só um meio.
  • 9. O pagamento Quem convidou é quem tem a responsabilidade de fazer o pagamento e a altura acertada para pedir a conta surge quando o anfitrião e o convidado consideram que o encontro está finalizado. De entre as diversas questões que se colocam, há uma imediata: Uma executiva é responsável pelo pagamento? Na vida profissional sim, enquanto anfitriã.
  • 10. O pagamento Deve usar-se da maior discrição. É frequente deixar-se uma gratificação que corresponde, normalmente, a 10%. Num encontro de grande formalidade, deve evitar-se reclamar.
  • 11. Um dos maiores momentos de qualquer pessoa passa pela experiência de se aceitar, desenvolver e evoluir! Susana de Salazar Casanova