SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Desejar Boas Festas
2016
Susana de Salazar Casanova
Quando desejar Boas Festas?
Para a Igreja Católica, o
período de Festas tem início
a 8 de Dezembro, no dia da
Imaculada Conceição.
É a partir desta data que se
deve começar a enviar este
tipo de mensagens.
É, adicionalmente, o
momento em que se toma
consciência de que o ano
está a finalizar, se faz o
balanço do mesmo e se
planeiam novos projetos.
Susana de Salazar Casanova
Procedimentos | Normais gerais
Elaborar/atualizar
a lista de
destinatários;
Optar por cartão
físico ou digital –
em ambos devem
ser cumpridas as
normas
protocolares;
Escrever um
breve texto que
complemente a
frase pré-inscrita
no cartão;
Assinar o cartão
(se este for em
formato físico); e
evitar enviar
cartões assinados
por um número
grande de
pessoas;
Acrescentar,
quando o envio
se fizer por
correio e com
cartão físico, um
cartão-de-visita.
Susana de Salazar Casanova
Procedimentos | Normais gerais
As mensagens de Boas Festas via email são, na
atualidade, a opção mais frequente pela
simplicidade e rapidez que permitem ao
utilizador cumprir esta tarefa.
Contudo, podem não ser adequadas a todos os
destinatários. Um email nem sempre tem o
impacto pretendido, as diferentes plataformas
tecnológicas podem causar alterações ao
conteúdo e, ainda, pode ficar perdido no
“spam”, sem cumprir a sua finalidade.
Susana de Salazar Casanova
Procedimentos | Normais gerais
Por outro lado, os cartões em papel acarretam custos e
são pouco ecológicos. Mas as suas vantagens são várias:
• Acompanham um presente e permitem uma mensagem
mais direcionada, menos formatada, de quem escreve
para o destinatário. Podem constituir uma
oportunidade de cumprimentar ou de retomar
contactos com clientes/parceiros.
Susana de Salazar Casanova
Procedimentos | Datas
Enviar até ao dia de Natal;
• Após esta data, agradecer e
desejar um Bom Ano;
Responder a cada cartão
recebido, retribuindo
desta forma um gesto de
cortesia.
Susana de Salazar Casanova
Procedimentos |Datas
O Dia de Reis
marca o fim
do período
de Festas
• Depois deste dia já não
se usam cartões de Boas
Festas.
• Mas devem agradecer-se
os votos formulados e os
presentes recebidos.
Susana de Salazar Casanova
Votos de Festas Felizes
Joyeux Noël | Prettige Kerstfeest |
Vessela Koleda | Veselé Vánoce |
Gloedelig Jul | Frohe Weihnachten |
Häid Jõule | ΚΑΛΑ ΧΡΙΣΤΟΥΓΕΝΝΑ |
Feliz Navidad | Buon Natale | KAΛA
XPIΣTOYΓENNA | Priecīgus
Ziemassvētkus | Laimingų Kalėdų |
Kellemes Karácsonyi Ünnepeket | il-
Milied it- Tajjeb | Wesolych Świąt
Bożego Narodzenia | Crăciun Fericit
| Vesel božič | Veselé Vianoce |
Hyvää Joulua | God Jul | Merry
Christmas
Susana de Salazar Casanova
Nota votos de Feliz Natal nas principais línguas da União Europeia
Um dos maiores momentos de
qualquer pessoa passa pela
experiência de se aceitar, desenvolver
e evoluir!
Susana de Salazar Casanova

Mais conteúdo relacionado

Mais de Susana de Salazar Casanova (11)

Livro | Protocolo Empresarial
Livro | Protocolo EmpresarialLivro | Protocolo Empresarial
Livro | Protocolo Empresarial
 
Telephone and cell phone etiquette
Telephone and cell phone etiquetteTelephone and cell phone etiquette
Telephone and cell phone etiquette
 
Procura de Emprego
Procura de EmpregoProcura de Emprego
Procura de Emprego
 
Business Cards
Business CardsBusiness Cards
Business Cards
 
Office Courtesies Fundamentals
Office Courtesies FundamentalsOffice Courtesies Fundamentals
Office Courtesies Fundamentals
 
Casual Friday
Casual FridayCasual Friday
Casual Friday
 
Refeições de Negócios
Refeições de NegóciosRefeições de Negócios
Refeições de Negócios
 
Protocolo Empresarial | Breve Apresentação
Protocolo Empresarial | Breve ApresentaçãoProtocolo Empresarial | Breve Apresentação
Protocolo Empresarial | Breve Apresentação
 
Etiquette Quotes
Etiquette QuotesEtiquette Quotes
Etiquette Quotes
 
College Indction
College IndctionCollege Indction
College Indction
 
Apresentação Susana de Salazar Casanova
Apresentação Susana de Salazar CasanovaApresentação Susana de Salazar Casanova
Apresentação Susana de Salazar Casanova
 

Último

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Desejar Boas Festas em 2016

  • 1. Desejar Boas Festas 2016 Susana de Salazar Casanova
  • 2. Quando desejar Boas Festas? Para a Igreja Católica, o período de Festas tem início a 8 de Dezembro, no dia da Imaculada Conceição. É a partir desta data que se deve começar a enviar este tipo de mensagens. É, adicionalmente, o momento em que se toma consciência de que o ano está a finalizar, se faz o balanço do mesmo e se planeiam novos projetos. Susana de Salazar Casanova
  • 3. Procedimentos | Normais gerais Elaborar/atualizar a lista de destinatários; Optar por cartão físico ou digital – em ambos devem ser cumpridas as normas protocolares; Escrever um breve texto que complemente a frase pré-inscrita no cartão; Assinar o cartão (se este for em formato físico); e evitar enviar cartões assinados por um número grande de pessoas; Acrescentar, quando o envio se fizer por correio e com cartão físico, um cartão-de-visita. Susana de Salazar Casanova
  • 4. Procedimentos | Normais gerais As mensagens de Boas Festas via email são, na atualidade, a opção mais frequente pela simplicidade e rapidez que permitem ao utilizador cumprir esta tarefa. Contudo, podem não ser adequadas a todos os destinatários. Um email nem sempre tem o impacto pretendido, as diferentes plataformas tecnológicas podem causar alterações ao conteúdo e, ainda, pode ficar perdido no “spam”, sem cumprir a sua finalidade. Susana de Salazar Casanova
  • 5. Procedimentos | Normais gerais Por outro lado, os cartões em papel acarretam custos e são pouco ecológicos. Mas as suas vantagens são várias: • Acompanham um presente e permitem uma mensagem mais direcionada, menos formatada, de quem escreve para o destinatário. Podem constituir uma oportunidade de cumprimentar ou de retomar contactos com clientes/parceiros. Susana de Salazar Casanova
  • 6. Procedimentos | Datas Enviar até ao dia de Natal; • Após esta data, agradecer e desejar um Bom Ano; Responder a cada cartão recebido, retribuindo desta forma um gesto de cortesia. Susana de Salazar Casanova
  • 7. Procedimentos |Datas O Dia de Reis marca o fim do período de Festas • Depois deste dia já não se usam cartões de Boas Festas. • Mas devem agradecer-se os votos formulados e os presentes recebidos. Susana de Salazar Casanova
  • 8. Votos de Festas Felizes Joyeux Noël | Prettige Kerstfeest | Vessela Koleda | Veselé Vánoce | Gloedelig Jul | Frohe Weihnachten | Häid Jõule | ΚΑΛΑ ΧΡΙΣΤΟΥΓΕΝΝΑ | Feliz Navidad | Buon Natale | KAΛA XPIΣTOYΓENNA | Priecīgus Ziemassvētkus | Laimingų Kalėdų | Kellemes Karácsonyi Ünnepeket | il- Milied it- Tajjeb | Wesolych Świąt Bożego Narodzenia | Crăciun Fericit | Vesel božič | Veselé Vianoce | Hyvää Joulua | God Jul | Merry Christmas Susana de Salazar Casanova Nota votos de Feliz Natal nas principais línguas da União Europeia
  • 9. Um dos maiores momentos de qualquer pessoa passa pela experiência de se aceitar, desenvolver e evoluir! Susana de Salazar Casanova