Terapia Anti-HIV Precoce Quando ser mais rápido faz a diferença

350 visualizações

Publicada em

Terapia Anti-HIV Precoce Quando ser mais rápido faz a diferença

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
350
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terapia Anti-HIV Precoce Quando ser mais rápido faz a diferença

  1. 1. Alexandre Naime Barbosa MD, PhD Professor Doutor - Infectologista Jornada de Infectologia Hotel Novotel Abr/2015 - São José dos Campos - SP
  2. 2. Declaro ter recebido incentivos na forma de inscrições de eventos científicos e/ou; viagens aéreas e terrestres e/ou; gastos com alimentação, hospedagem e translados e/ou; patrocínio para a realização de congressos; pagamentos por serviços prestados e/ou consultorias das seguintes empresas ou instituições nos últimos 12 meses: - Abbvie - FAMESP - Gilead - GSK-ViiV - Jansen - Ministério da Saúde - DDAHV - MSD - Prefeitura de Botucatu - SMS - Roche - Sociedade Paulista de Infectologia - UNESCO - UNESP
  3. 3. www.drbarbosa.org
  4. 4. www.drbarbosa.org
  5. 5. www.drbarbosa.org Adaptado de Rossi S, 2010
  6. 6. www.drbarbosa.org Brasil - Ministério da Saúde, 2013
  7. 7. www.drbarbosa.org DHHS, 2014
  8. 8. www.drbarbosa.org IAS - EUA, 2014
  9. 9. www.drbarbosa.org EACS, 2014
  10. 10. www.drbarbosa.org WHO, 2013
  11. 11. www.drbarbosa.org
  12. 12. www.drbarbosa.org ?
  13. 13. www.drbarbosa.org Prós Contras ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo
  14. 14. www.drbarbosa.org Prós Contras ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↑ Risco de Resistência Viral
  15. 15. www.drbarbosa.org Prós Contras ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↑ Risco de Resistência Viral ↑ Custo (Curto Prazo)
  16. 16. www.drbarbosa.org Prós Contras ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↑ Risco de Resistência Viral ↑ Custo (Curto Prazo) ?
  17. 17. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↑ Risco de Resistência Viral ↑ Custo (Curto Prazo)
  18. 18. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↑ Custo (Curto Prazo)
  19. 19. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo)
  20. 20. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória
  21. 21. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica
  22. 22. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?)
  23. 23. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica
  24. 24. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4
  25. 25. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão
  26. 26. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  27. 27. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  28. 28. www.drbarbosa.org
  29. 29. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV)
  30. 30. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  31. 31. www.drbarbosa.org
  32. 32. www.drbarbosa.org
  33. 33. www.drbarbosa.org
  34. 34. www.drbarbosa.org
  35. 35. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  36. 36. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  37. 37. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV)
  38. 38. www.drbarbosa.org CCO, 2012
  39. 39. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  40. 40. www.drbarbosa.org CCO, 2012
  41. 41. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  42. 42. www.drbarbosa.org Veloso V, 2014
  43. 43. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC
  44. 44. www.drbarbosa.org
  45. 45. www.drbarbosa.org
  46. 46. www.drbarbosa.org Barbosa AN, Meira DA, et al. BJID - 2010
  47. 47. www.drbarbosa.org 1. Brau. J Hepatol, 2006 2. Lo Re. 19th IAC 2012 • TARV: ↓ da mortalidade em HIV/VHC • CV < limite: ↓progressão da fibrose hepática1 • Redução não iguala taxa do VHC+/HIV-2 • TARV: potencialmente hepatotóxica • TARV: interações medicamentosas • TARV: individualizar em HIV/VHC
  48. 48. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória
  49. 49. www.drbarbosa.org
  50. 50. Revista Unesp Ciência - Out/2011 www2.unesp.br/revista/?p=4095 www.unesp.br/revista/24 www.drbarbosa.org
  51. 51. www.drbarbosa.org Diaz R, 2013
  52. 52. Guaraldi G et al. CID 2011; 53:1120 www.drbarbosa.org
  53. 53.  Doença Cardiovascular (IAM, AVE)  Câncer (Não-Aids)  Osteopenias e Fraturas  Disfunção Ventricular Esquerda  Insuficiência Hepática  Insuficiência Renal  Distúrbios Neuro-Cognitivos  “Síndrome da Fragilidade”  Imunossenescência Weber et al. HIV Med 2013; 14:195 HIV+ HIV+ HIV+ HIV - www.drbarbosa.org
  54. 54. ↑ Comorbidades Contágio na 3ª Idade Aumento da Sobrevida Inflamação Crônica Hábitos de Vida Toxicidade dos ARVs www.drbarbosa.org
  55. 55. www.drbarbosa.org ↑ Comorbidades Contágio na 3ª Idade Aumento da Sobrevida Inflamação Crônica Hábitos de Vida Toxicidade dos ARVs
  56. 56. www.drbarbosa.org Stop HAART Carl W. Dieffenbach, 2013
  57. 57. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  58. 58. www.drbarbosa.org
  59. 59. www.drbarbosa.org Barbosa AN, Meira DA, et al. BJID - 2010
  60. 60. www.drbarbosa.org
  61. 61. www.drbarbosa.org Deeks S, 2014
  62. 62. www.drbarbosa.org
  63. 63. www.drbarbosa.org Diaz R, 2013
  64. 64. www.drbarbosa.org Deeks, 2011
  65. 65. www.drbarbosa.org Deeks, S. - CPI, 2012
  66. 66. www.drbarbosa.org Over the past decade, it has become widely accepted that inflammation is a driving force behind chronic diseases that will kill nearly all of us. Cancer. Diabetes and obesity. Alzheimer's disease. Atherosclerosis. Here, inflammation wears a grim mask, shedding its redeeming features and making sick people sicker.
  67. 67. www.drbarbosa.org ↑ Comorbidades Contágio na 3ª Idade Aumento da Sobrevida Inflamação Crônica Hábitos de Vida Toxicidade dos ARVs
  68. 68. www.drbarbosa.org Quantos dos pacientes de vocês estão nas seguintes categorias?  Tabagismo  Sedentarismo  Hipertrigliceridemia  Hipercolesterolemia  Obesidade  Hipertensão Arterial sem controle adequado  Diabetes Mellitus sem controle adequado  Abuso de álcool, drogas lícitas e/ou ilícitas
  69. 69. Maus Hábitos de Vida HIV Inflamação TARV www.drbarbosa.org
  70. 70. www.drbarbosa.org DAD Study, 2007
  71. 71. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  72. 72. www.drbarbosa.org Diaz R, 2013
  73. 73. www.drbarbosa.org Deeks, 2011
  74. 74. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica
  75. 75. www.drbarbosa.org Deeks, 2011
  76. 76. www.drbarbosa.org
  77. 77. www.drbarbosa.org Diaz R, 2013
  78. 78. www.drbarbosa.org Collins S, 2013
  79. 79. www.drbarbosa.org Veloso V, 2014
  80. 80. www.drbarbosa.org Veloso V, 2014
  81. 81. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?)
  82. 82. www.drbarbosa.org
  83. 83. www.drbarbosa.org
  84. 84. www.drbarbosa.org
  85. 85. www.drbarbosa.org
  86. 86. www.drbarbosa.org O início de TARV HIV precoce implica em uma menor Carga Viral Residual Potenciais Benefícios - Infecção Aguda ou Recente: Cura Funcional - Infecção Crônica ou Antiga: ↓ Número de Drogas (Simplificação) - Cenário Hipotético de um Mecanismo de Esterilização do Reservatório: ↑ Fácil se: ↓Carga Viral Residual
  87. 87. www.drbarbosa.org Objetivo da TARV Precoce: Diminuir Reservatório
  88. 88. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  89. 89. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  90. 90. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  91. 91. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  92. 92. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  93. 93. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica
  94. 94. www.drbarbosa.org CCO, 2009 TARV Precoce - ↓ Número de Comorbidades - ↓ Probabilidade de IOs - ↓ Polifarmácia - ↑ Adesão - ↓ Chance de Interação Medicamentosa
  95. 95. www.drbarbosa.org Gebo K, 2013
  96. 96. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4
  97. 97. www.drbarbosa.org CCO, 2009
  98. 98. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão
  99. 99. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  100. 100. www.drbarbosa.org CCO, 2010
  101. 101. www.drbarbosa.org CCO, 2012
  102. 102. www.drbarbosa.org CCO, 2012
  103. 103. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  104. 104. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  105. 105. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  106. 106. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  107. 107. www.drbarbosa.org
  108. 108. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  109. 109. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  110. 110. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  111. 111. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↓ Progressão HVB e HVC ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  112. 112. www.drbarbosa.org Diaz R, 2013
  113. 113. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  114. 114. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  115. 115. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  116. 116. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  117. 117. www.drbarbosa.org Veloso V, 2014
  118. 118. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  119. 119. www.drbarbosa.org
  120. 120. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  121. 121. www.drbarbosa.org University of Washington, 2013
  122. 122. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  123. 123. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  124. 124. www.drbarbosa.org CCO, 2014
  125. 125. www.drbarbosa.org
  126. 126. www.drbarbosa.org Prós Contras ↓ Mortalidade (+/- HIV) ↑ Toxicidade Médio/Longo Prazo ↓ Comorbidades (+/- HIV) ↑ Risco de Resistência Viral ↓ Progressão HVB e HVC ↑ Custo (Curto Prazo) ↓ Atividade Inflamatória ↑ Resposta Imunológica ↓ Reservatório Viral (Cura?) ↓ Risco de Falha Virológica ↓ Risco de CCR5 → CXCR4 ↓ Transmissão ↓ Custo (Médio/Longo Prazo)
  127. 127. www.drbarbosa.org
  128. 128. www.drbarbosa.org
  129. 129. www.drbarbosa.org Gianna M, 2014 42%
  130. 130. www.drbarbosa.org CCO, 2014/2015
  131. 131. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  132. 132. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  133. 133. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  134. 134. www.drbarbosa.org CCO, 2015
  135. 135. www.drbarbosa.org
  136. 136.  Replicação do HIV: ↑ Mortes, ↑ Inflamação, ↑ Comorbidades ↓ Reserva Imune  Inflamação: Efeito Deletério Adicional  Papel da Imunossenescência  Grande Número de Comorbidades  Necessidade de Diagnóstico mais Precoce  Necessidade de Atenção Especial  Individualizar as Opções de Tratamento www.drbarbosa.org
  137. 137. Obrigado pela Atenção!

×