15,3 milhões de pessoas compraram passagens
pela internet em 2014, estima o SPC Brasil
Índice de satisfação com a compra d...
pela internet têm a ver com a necessidade da compra (51%) e o surgimento
de uma oferta imperdível (20%). A rejeição às com...
reservas em hotéis/pousadas é motivado pela necessidade (23%) e pela
oferta imperdível (23%).
Informações à imprensa
Renan...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

15,3 milhões de pessoas compraram passagens pela internet em 2014

211 visualizações

Publicada em

Índice de satisfação com a compra de bilhetes aéreos, de trem e de ônibus pela web
é de 94%. Sites nacionais são os mais procurados, seguidos dos de compras coletivas

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

15,3 milhões de pessoas compraram passagens pela internet em 2014

  1. 1. 15,3 milhões de pessoas compraram passagens pela internet em 2014, estima o SPC Brasil Índice de satisfação com a compra de bilhetes aéreos, de trem e de ônibus pela web é de 94%. Sites nacionais são os mais procurados, seguidos dos de compras coletivas O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estimam que 15,3 milhões de pessoas compraram passagens pela internet em 2014 – incluindo bilhetes aéreos, de trem e de ônibus. A projeção foi feita com base em uma pesquisa encomendada pelas duas instituições para analisar o mercado de turismo na internet Além disso, o estudo mostra que o índice de satisfação com a compra de passagens pela web chega a 94%. O valor médio por compra é de R$ 1.079,00 (incluindo trechos nacionais e internacionais). A pesquisa foi realizada junto a 676 internautas de todas as capitas brasileiras entre os dias 5 e 8 de janeiro. A margem de erro é de 3,7 pontos percentuais. O estudo aponta que o consumidor dos serviços turísticos é formado por homens e mulheres, de todas as idades, classes sociais e níveis de escolaridade. Mas quando são analisadas apenas as especificidades das categorias de passagens e de reservas em hotéis, nota-se uma predominância de pessoas das classes A e B e com pós-graduação. De modo geral, o estudo indica que o número de consumidores virtuais deste mercado (passagens, reserva de pousadas e hotéis e pacotes turísticos) em 2014 foi de 18,6 milhões. Sites nacionais lideram as compras de passagens A pesquisa mostra que três em cada dez internautas (35%) brasileiros compraram passagens aéreas, de trem e de ônibus pela internet em 2014. Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil Marcela Kawauti, em geral os dados da pesquisa concluem que o consumidor brasileiro é bastante satisfeito com as compras de passagens pela internet (94%). “O alto grau de satisfação com as compras de passagens pela internet também pode ser confirmado pelo baixo índice de problemas relacionados às compras neste segmento, que é de apenas 5%, de acordo com os entrevistados do estudo”, disse. Os sites nacionais concentram 81% das compras de passagens pela internet (os de compras coletivas concentram 14% das transações). De acordo com os internautas ouvidos pelo estudo, os fatores que mais motivaram a compra
  2. 2. pela internet têm a ver com a necessidade da compra (51%) e o surgimento de uma oferta imperdível (20%). A rejeição às compras de passagens pela internet, ou seja, pessoas que não comprariam este tipo de serviço em hipótese alguma é muito baixa: de apenas 3%. Consumo virtual de turismo na internet Segmento Total de consumidores em 2014* Principal tipo de site Tíquete médio índice de satisf ação índice de rejeiçã o índice de proble mas Passagens 15.351.825 Nacional R$ 1.079,00 94% 3% 5% Reservas de hotéis e pousadas 11.842.836 Nacional R$ 1.039,00 93% 3% 6% Pacotes turísticos 3.508.989 Nacional e compras coletivas R$ 1.616,00 95% 4% 5% *em milhões 27% dos internautas fizeram reservas em hotéis O segundo serviço turístico mais consumido entre os internautas é o de reservas em hotéis e em pousadas: três em cada dez consumidores (27% dos internautas ou 11,8 milhões de consumidores) fizeram ao menos uma reserva em 2014 (principalmente os homens (31% dos internautas), pessoas das classes A e B (40%), com pós graduação (51%) e com alta experiência em compras virtuais (50%). O valor médio por reserva é de R$ 1,039 mil reais. De acordo com gerente financeiro do SPC Brasil, Flávio Borges, apesar da concentração de compras em sites nacionais (61%), também é significativa a participação dos sites de compra coletiva (38%). “Os sites de compras coletivas, quando de confiança, conseguem agregar o bom preço à qualidade do serviço oferecido, o que invariavelmente faz daquela oferta ‘algo imperdível’”, explica o especialista. 3,5 milhões compraram pacotes pela internet em 2014 Os pacotes turísticos vêm na terceira colocação, em número de citações do segmento de turismo, com 8% dos consumidores tendo realizado ao menos uma compra pela internet em 2014. O número de consumidores virtuais de pacotes turísticos é estimado em 3,5 milhões de internautas. Dados da pesquisa também mostram que apenas 5% dos consumidores disseram ter tido problemas com a reserva em hotéis e pousadas, o que faz com que o índice de satisfação seja de 93% e o de rejeição, de 4%. Da mesma forma como acontece no segmento de passagens aéreas, quem faz
  3. 3. reservas em hotéis/pousadas é motivado pela necessidade (23%) e pela oferta imperdível (23%). Informações à imprensa Renan Miret (11) 3251-2035 | (11) 9-9136-3355 renan.miret@inpresspni.com.br Guilherme de Almeida (61) 8350 3942 | (61) 61 3049.9550 guilherme.dealmeida@inpressoficina.com.br

×