Apresentação da Pesquisa Copa dos Empresários

278 visualizações

Publicada em

Hotelaria é o segmento que mais irá lucrar, seguido pela alimentação. 40% dos empresários que investiram para a Copa das Confederações não tiveram o faturamento esperado

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
278
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação da Pesquisa Copa dos Empresários

  1. 1. Copa do Mundo 2014 PJ Março de 2014 Slide 1
  2. 2. OBJETIVOS DO ESTUDO Slide 2 • Mensurar as expectativa com a Copa do Mundo • Investimento e adequações feitas nos pontos de venda • Percepção sobre o perfil e necessidades do público da Copa • Avaliação da infraestrutura da cidade • Manifestações
  3. 3. METODOLOGIA Obs.: Ao longo do relatório alguns gráficos não fecham em 100% devido ao arredondamento dos valores e/ou respostas múltiplas. Público alvo: proprietários e gestores de empresas cujo core business tem relação direta com a movimentação gerada pela Copa do Mundo, localizados em 7 cidades sede: BH, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, São Pulo e Salvador. Método de coleta: pesquisa realizada pessoalmente. Tamanho amostral da Pesquisa: 600 casos, gerando uma margem de erro no geral de 4,0 p.p para um intervalo de confiança a 95%. Questionário: Foram aplicadas 71 questões. Data de coleta dos dados: 24 de fevereiro a 10 de março de 2014. Slide 3
  4. 4. ORIENTAÇÕES PARA LEITURA DO RELATÓRIO Segmentos (1) Locomoção: cooperativas de táxi e locadoras de veículos; (2) Hotelaria: hotéis, pousadas e albergues; (3) Alimentação: padarias, restaurantes self service, lanchonetes (sem conotação de diversão/lazer/confraternização); (4) Diversão/confraternização: casas noturnas, bares, restaurantes (exceto self service), supermercados, mercados populares; (5) Comércio – shopping centers; (6) Comércio – rua; (7) Agências de turismo. Slide 4
  5. 5. Copa do Mundo 2014 Expectativas
  6. 6. PRINCIPAIS RESULTADOS Slide 10 • 59% dos empresários considera 2014 melhor do que 2013 até o momento. 56% acredita que o faturamento irá aumentar no período da Copa do Mundo (em média de 20%). Entre os pessimistas (8%), a expectativa de queda do faturamento é de 31%. Os ambulantes provocarão um impacto negativo para 26% dos empresários. • Hotelaria é o segmento que mais irá lucrar, seguido pela alimentação. Já comércio é o que menos irá lucrar na percepção dos empresários. • 37% está se preparando para a Copa, mas 51% destes ainda não começaram os preparativos. Tal fato se justifica pelas principais mudanças que serão feitas (aumento do estoque, contratação e treinamento de mão de obra, ampliação do mix de produtos): apenas uma minoria investiu em mudanças estruturais. As decisões são fundamentadas em estudos, observação da concorrência e intuição. As maiores dificuldades referem-se à contratação de mão de obra qualificada e negociação com fornecedores. Apenas 5% recorreu a empréstimos em nome da empresa, a grande maioria utiliza recursos próprios como poupanças pessoais ou venda de imóveis. • Entre os que não estão se preparando a principal justificativa é a percepção de que não haverá um aumento significativo na demanda que justifique investimentos. • 55% investiu para a Copa das Confederações sendo que 40% destes tiveram um retorno abaixo ou muito abaixo ao esperado (variação média no volume de vendas de 17%) sendo as manifestações e feriados os principais responsáveis pela performance negativa. Já entre os que tiveram um retorno dentro e acima do esperado (60%), a média da variação do volume de vendas foi de 32%, sendo o aumento da demanda (turistas) o principal responsável .
  7. 7. Slide 11 AVALIAÇÃO DO MERCADO/DESEMPENHO DE VENDAS EM 2014 COMPARADO A 2013 ATÉ O MOMENTO: 59% dos empresários avaliam 2014 de forma positiva. BH é a praça com pior avaliação. P6 SegmentoGeral 5% 1% 19% 6% 12% 1% 1% 8% 1% 6% 9% 9% 4% 14% 54% 8% 40% 48% 64% 56% 69% 37% 65% 51% 57% 43% 40% 56% 63% 24% 13% 22% 12% 17% 32% 25% 36% 16% 35% 21% 38% 32% 23% 16% 13% 52% 19% 25% 15% 5% 21% 10% 11% 9% 7% 13% 13% 6%4% 26% 1% 9% 3% 1% 1% 2% 5% 3% 6% 3% 1%1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Muito bom Bom Igual Ruim Péssimo NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  8. 8. Slide 12 AVALIAÇÃO DA COPA DO MUNDO: VOLUME DE VENDAS: Apenas 16% dos empresários estão muito otimistas com a Copa do Mundo. P7 SegmentoGeral 16% 8% 19% 16% 15% 45% 5% 19% 18% 15% 8% 29% 16% 16% 18% 40% 36% 26% 50% 38% 45% 45% 13% 27% 44% 43% 22% 46% 40% 53% 33% 23% 41% 22% 31% 10% 40% 63% 45% 31% 38% 47% 27% 33% 25% 7% 19% 1% 11% 16% 7% 4% 9% 10% 9% 1% 8% 7% 4%1% 13% 1% 1% 1% 1% 1% 3% 1% 1%2% 12% 3% 2% 1% 3% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Muito bom, irá aumentar muito as vendas Bom, irá aumentar um pouco as vendas Indiferente Não será bom, irá diminuir um pouco as vendas Péssimo, irá diminuir muito as vendas NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  9. 9. Slide 13 P8 SegmentoGeral 21,2 26,8 15,3 24,5 24,1 31,1 12,6 28,5 28,3 24,7 22,5 27,6 24,3 20,3 25,2 GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências % médio de variação Praça EXPECTATIVA DA VARIAÇÃO DO VOLUME DE VENDAS ENTRE OS OTIMISTAS: Rio de Janeiro é a cidade com maior aumento no volume de vendas (expectativa). BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 388 63 38 64 57 74 49 43 41 49 64 64 63 70 37
  10. 10. Slide 14 P8 BASE Geral 48 EXPECTATIVA DA VARIAÇÃO DO VOLUME DE VENDAS ENTRE OS PESSIMISTAS 8% dos empresários estão pessimistas com a Copa do Mundo -31% é a média da variação do volume de venda
  11. 11. Slide 15 EM RELAÇÃO AO COMÉRCIO INFORMAL DURANTE A COPA DO MUNDO, VOCÊ ACREDITA QUE: A maioria dos empresários acredita que os ambulantes não causarão impacto nas vendas. P33 RU GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Eles vão comercializar seus produtos, mas não causarão nenhum impacto direto em minhas vendas 45% 40% 55% 61% 42% 66% 36% 34% 47% 13% 15% 15% 27% 19% 29% Eles não vão conseguir atuar por causa da fiscalização que teremos neste período 20% 35% 11% 10% 36% 19% 17% 27% 35% 72% 61% 67% 39% 43% 54% Eles vão comercializar seus produtos e causarão um impacto pequeno em minhas vendas 15% 7% 12% 19% 18% 5% 19% 17% 7% 5% 11% 12% 22% 15% 6% Eles vão comercializar seus produtos e causarão um impacto médio em minhas vendas 9% 1% 16% 3% 0% 0% 16% 6% 1% 1% 1% 1% 4% 11% 3% Eles vão comercializar seus produtos e causarão um impacto grande em minhas vendas 2% 13% 1% 7% 0% 0% 1% 0% 2% 1% 1% 0% 5% 2% 0% NS/NR 9% 4% 6% 0% 4% 9% 11% 17% 7% 8% 10% 5% 4% 10% 8% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  12. 12. Slide 16 P33 SegmentoGeral 26% 21% 29% 29% 18% 5% 36% 23% 10% 7% 13% 13% 31% 28% 9% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Praça PERCEPÇÃO DE IMPACTO NEGATIVO – AMBULANTES: Para 26% o impacto será negativo, principalmente em SP. BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50 Somatório das respostas: causarão impacto pequeno + médio + grande em minhas vendas
  13. 13. Slide 17 QUAIS SEGMENTOS IRÃO LUCRAR MAIS COM A COPA DO MUNDO, NA OPINIÃO DOS ENTREVISTADOS: Segmento que mais será beneficiado com a Copa do Mundo: Hotelaria. P31 Respostas Múltiplas (Até 3 opções) GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Hotelaria 82% 90% 88% 100% 97% 85% 71% 95% 82% 70% 89% 86% 90% 80% 93% Alimentação (restaurantes, lanchonetes, padarias, etc) 64% 80% 50% 78% 66% 71% 59% 67% 67% 56% 61% 65% 60% 65% 46% Transporte (taxi, vans, locadora de automóveis, etc) 42% 32% 26% 55% 50% 32% 45% 59% 38% 43% 31% 41% 42% 43% 44% Turismo (museus, pontos turísticos, etc) 28% 21% 42% 5% 33% 2% 44% 5% 47% 40% 24% 28% 28% 28% 34% Lazer e diversão (casas noturnas, bares, boates, etc) 27% 21% 38% 26% 18% 29% 24% 48% 24% 38% 55% 37% 26% 24% 23% Comércio (lojas de rua e shopping) 23% 15% 14% 18% 6% 52% 19% 15% 11% 26% 18% 20% 17% 25% 6% Comércio informal (camelôs, vendedores ambulantes, etc) 8% 1% 7% 10% 10% 25% 4% 3% 10% 8% 6% 6% 6% 9% 2% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  14. 14. Slide 18 QUAIS SEGMENTOS IRÃO LUCRAR MENOS COM A COPA DO MUNDO, NA OPINIÃO DOS ENTREVISTADOS: Comércio será o segmento que menos irá lucrar pela percepção dos empresários. P32 Respostas Múltiplas (Até 3 opções) GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Comércio (lojas de rua e shopping) 26% 63% 11% 60% 50% 12% 16% 58% 41% 17% 19% 20% 24% 28% 18% Comércio informal (camelôs, vendedores ambulantes, etc) 23% 39% 13% 26% 54% 13% 20% 38% 43% 41% 27% 23% 22% 23% 19% Comunicação (telefonia, internet) 20% 5% 13% 44% 33% 28% 13% 42% 9% 39% 23% 23% 22% 20% 22% Turismo (museus, pontos turísticos, etc) 13% 0% 0% 2% 17% 45% 3% 39% 9% 9% 25% 11% 13% 12% 22% Transporte (taxi, vans, locadora de automóveis, etc) 8% 0% 0% 13% 6% 15% 6% 16% 11% 5% 4% 3% 4% 9% 3% Hotelaria 5% 0% 0% 3% 0% 0% 10% 4% 2% 3% 6% 0% 1% 6% 0% Lazer e diversão (casas noturnas, bares, boates, etc) 5% 0% 0% 0% 2% 9% 6% 8% 1% 6% 12% 8% 12% 3% 3% NS/NR 36% 16% 67% 5% 7% 41% 44% 12% 24% 17% 29% 45% 42% 37% 40% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  15. 15. Copa do Mundo 2014 Preparativos
  16. 16. PRINCIPAIS RESULTADOS Slide 20 • Mais da metade dos empresários entrevistados não fez e nem irá fazer modificações em função da Copa do Mundo. A justificativa é a descrença que haverá um aumento da demanda significativo que justifique investimentos em seus negócios. • Entre os empresários que se prepararam ou estão se preparando para a Copa, percebe-se que este preparo está relacionado basicamente ao aumento do estoque e ampliação do mix de serviços e produtos. • A contração de funcionários é também uma das mudanças mais citadas, no entanto, a falta de mão de obra qualificada tem sido uma dificuldade encontrada pelos empresários. • 85% utilizou capital próprio para investir no preparo, entre poupança, reservas pessoais e venda de imóveis ou outro bens de valor. • Outro ponto importante é a experiência com a Copa das Confederações. Mais da metade dos empresários que investiram tiveram um retorno dentro ou acima do esperado, porém 40% apresentaram resultados abaixo da expectativa. As manifestações e feriados/pontos facultativos foram os motivos apontados para a queda do faturamento.
  17. 17. Slide 21 ESTÁ SE PREPARANDO OU JÁ SE PREPAROU PARA A COPA DO MUNDO: 63% dos empresários não se prepararam e nem irão se preparar para a Copa. P9 SegmentoGeral 18% 13% 7% 67% 58% 14% 8% 44% 17% 32% 11% 19% 13% 19% 42% 19% 26% 26% 14% 14% 8% 22% 15% 18% 14% 26% 22% 28% 17% 12% 63% 61% 67% 19% 28% 78% 70% 41% 64% 55% 62% 59% 60% 63% 45% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Sim, já preparou/está preparando Sim, pretende preparar, mas ainda não começou Não Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  18. 18. Slide 22 HÁ QUANTOS MESES VEM SE PREPARANDO?: 45% começou a menos de 3 meses ou ainda não iniciou os preparativos, indicando que as mudanças serão relativamente simples. P10 BASE Geral 183 Ainda não começou 9% Menos de 3 meses 36% De 4 a 6 meses 17% De 6 a 12 meses 30% Mais de 12 meses 8%
  19. 19. Slide 23 EM QUANTO TEMPO ESTARÁ PREPARADO PARA RECEBER O PÚBLICO DA COPA DO MUNDO?: Apenas 22% já está pronto para o evento. P15 SegmentoGeral 22% 6% 7% 16% 66% 65% 4% 37% 23% 36% 21% 34% 15% 22% 83% 28% 17% 36% 27% 19% 5% 37% 37% 41% 29% 36% 25% 13% 30% 9% 33% 26% 52% 26% 3% 13% 48% 25% 29% 20% 41% 23% 59% 29% 7% 11% 51% 2% 18% 12% 17% 1% 4% 14% 16% 6% 12% 1% 1% 4% 1% 6% 3% 12% 11% 1% 2% 2% 7% 7% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Já está pronto / preparado Em 1 mês Em 2 meses Em 3 meses Não vou conseguir ficar preparado NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 291 36 26 68 50 24 35 52 31 45 42 54 41 55 23
  20. 20. Slide 24 FORMA COMO ESTÁ SE PREPARANDO PARA A COPA DO MUNDO: Observa-se que não há alterações estruturais significativas. P16 Resposta Múltipla (Até 5 opções) Principais citações GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Ampliando estoque 51% 47% 65% 77% 69% 83% 32% 30% 26% 32% 29% 56% 57% 54% 2% Contratando mais funcionários 40% 14% 12% 26% 25% 86% 38% 73% 33% 60% 54% 58% 48% 37% 52% Aumentando a variedade de produtos 39% 61% 22% 57% 61% 46% 25% 30% 9% 28% 35% 32% 31% 41% 31% Treinando sua equipe 38% 25% 7% 40% 40% 46% 48% 24% 38% 34% 11% 26% 34% 41% 69% Fazendo promoções 37% 4% 57% 64% 34% 27% 36% 28% 37% 44% 39% 52% 48% 34% 57% Decoração do estabelecimento com bandeiras e cores do Brasil 36% 35% 57% 42% 2% 37% 44% 16% 21% 26% 26% 32% 34% 38% 20% Investindo na divulgação do estabelecimento 30% 14% 3% 64% 38% 18% 35% 14% 28% 45% 9% 20% 41% 31% 39% Ampliando o sistema de pagamento de seu estabelecimento 24% 1% 2% 2% 18% 9% 35% 66% 23% 39% 23% 21% 6% 26% 9% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 291 36 26 68 50 24 35 52 31 45 42 54 41 55 23 Principal ação de cada segmento
  21. 21. Slide 25 RECURSOS FINANCEIROS QUE ESTÃO SENDO UTILIZADOS PARA INVESTIR: Apenas 5% dos empresários buscam recursos em linhas de crédito do governo. P17 *Resposta Múltipla (Até 2 opções) Principais citações GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Capital pessoal - reserva financeira/poupança 71% 88% 83% 79% 62% 94% 52% 86% 41% 56% 68% 60% 68% 74% 33% Capital pessoal – com a venda de algum bem ou imóvel 14% 2% 0% 0% 29% 0% 23% 24% 17% 12% 9% 11% 4% 16% 17% Empréstimo pessoal em financeiras 12% 0% 1% 4% 0% 14% 23% 11% 4% 9% 15% 1% 1% 14% 6% Empréstimo pessoal em bancos privados 9% 0% 1% 4% 5% 3% 13% 23% 23% 33% 4% 18% 1% 9% 10% Empréstimo no nome da empresa (pessoa jurídica) em bancos públicos com subsídio do governo (BNDES, Banco do Brasil, Caixa, etc) 5% 0% 0% 16% 6% 4% 2% 6% 8% 6% 2% 16% 4% 4% 4% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 291 36 26 68 50 24 35 52 31 45 42 54 41 55 23
  22. 22. Slide 26 A DECISÃO PELAS MUDANÇAS NO ESTABELECIMENTO FORAM BASEADAS EM: Estudos de mercado foram a principal fonte de consulta dos empresários. P19 *Resposta Múltipla (Até 3 opções) Principais citações GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Baseada em estudos de mercado que apontaram a demanda e necessidades do público alvo 50% 60% 8% 51% 80% 91% 32% 71% 61% 66% 38% 57% 55% 50% 67% Como a concorrência está investindo, achei melhor investir também para não ficar defasado 40% 28% 40% 58% 19% 73% 42% 7% 36% 32% 41% 39% 41% 40% 49% Intuição / pelo sentimento que tenho sobre a demanda que a Copa do Mundo irá gerar 37% 37% 58% 19% 5% 72% 37% 33% 24% 38% 38% 23% 23% 39% 17% Conversas com outros profissionais da mesma área 27% 18% 18% 49% 19% 27% 13% 64% 44% 26% 21% 35% 24% 28% 35% Notícias de jornais e entidades de classe 23% 15% 41% 31% 6% 8% 9% 78% 47% 39% 11% 22% 43% 21% 47% Conversa com amigos e familiares 19% 12% 55% 13% 15% 20% 13% 27% 4% 14% 18% 27% 9% 20% 3% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 291 36 26 68 50 24 35 52 31 45 42 54 41 55 23 Principal ação de cada segmento
  23. 23. Slide 27 PRINCIPAIS DIFICULDADES QUE VEM ENFRENTANDO NA PREPARAÇÃO: A falta de mão de obra qualificada é a grande dificuldade dos empresários. P20 *Resposta Múltipla (Até 3 opções) Principais citações GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Falta de profissionais qualificados 35% 22% 25% 48% 20% 15% 50% 24% 37% 68% 39% 22% 11% 38% 16% Negociação com fornecedores 29% 1% 38% 28% 32% 22% 43% 12% 6% 24% 13% 10% 16% 34% 9% Falta de apoio governamental 19% 3% 5% 10% 10% 0% 23% 64% 15% 15% 6% 9% 20% 21% 3% Ampliação do horário de funcionamento 17% 10% 1% 44% 19% 18% 1% 46% 3% 16% 9% 20% 8% 19% 5% Falta de dinheiro 13% 26% 73% 4% 9% 1% 1% 23% 5% 10% 4% 14% 6% 15% 2% Aumento dos encargos trabalhistas 13% 0% 35% 14% 0% 4% 12% 24% 6% 22% 5% 20% 7% 14% 4% Burocracia das leis municipais 8% 3% 1% 7% 1% 3% 55% 19% 8% 2% 2% 10% 9% 6% Negociação com sindicato comerciários 8% 1% 3% 12% 4% 14% 10% 4% 9% 4% 4% 5% 1% 9% 2% Nenhuma dificuldade 25% 59% 1% 33% 35% 53% 16% 1% 42% 22% 39% 32% 52% 20% 74% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 291 36 26 68 50 24 35 52 31 45 42 54 41 55 23 Principal ação de cada segmento
  24. 24. Slide 28 MOTIVO DE NÃO TER SE PREPARADO PARA A COPA DO MUNDO: Entre os que não se prepararam, a descrença no aumento da demanda que justifique investimentos é o principal motivo. P21 RU * Apenas para quem não vem se preparando GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Não acredita ser necessário investir para a Copa do Mundo / não vê aumento significativo na demanda 42% 51% 64% 60% 76% 8% 52% 16% 54% 23% 37% 47% 40% 43% 44% Não acredita ser necessário investir para a Copa do Mundo / a concorrência também não está preparada 17% 9% 9% 0% 3% 17% 22% 7% 2% 0% 23% 9% 14% 17% 11% Investiu para a Copa das Confederações e não há mais necessidade de ajustes 13% 0% 10% 0% 6% 52% 0% 0% 9% 29% 9% 11% 9% 14% 30% Aumento dos encargos trabalhistas 8% 0% 0% 0% 11% 12% 10% 0% 0% 0% 0% 0% 5% 9% 0% Falta de capital de giro 5% 19% 0% 12% 1% 4% 1% 3% 0% 1% 2% 5% 5% 0% Investiu para a Copa das Confederações e não teve o retorno desejado 4% 1% 0% 7% 1% 4% 1% 34% 8% 3% 3% 5% 12% 3% 1% Falta de capital para investimento 4% 5% 0% 16% 3% 2% 2% 23% 6% 37% 13% 5% 6% 2% 2% Pela localização da loja não acredita ser necessário 2% 0% 0% 0% 0% 4% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 3% 0% Falta de apoio governamental 1% 0% 0% 0% 0% 1% 1% 17% 3% 7% 6% 1% 0% 1% 1% Outros motivos 4% 15% 17% 5% 0% 3% 4% 2% 15% 0% 8% 20% 0% 0% 0% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 309 49 59 17 35 61 55 33 26 24 64 54 51 63 27
  25. 25. Slide 29 INVESTIU NO ESTABELECIMENTO PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES? Mais da metade dos empresários investiram para a Copa das Confederações, principalmente os das cidades litorâneas. P11 SegmentoGeral 55% 26% 2% 58% 94% 67% 82% 29% 44% 49% 49% 37% 59% 41% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Sim Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 233 36 25 65 37 23 47 25 36 32 43 35 47 15
  26. 26. Slide 30 AVALIAÇÃO DO RETORNO DO INVESTIMENTO PARA A COPA DAS CONFEDERAÇÕES: No entanto, o retorno esperado se dividiu entre aqueles que tiveram um resultado positivo (maior incidência) e negativo. P12 BASE Geral 147 O retorno foi acima do esperado 16% O retorno foi dentro do esperado 44% O retorno foi abaixo do esperado 29% O retorno foi muito abaixo do esperado 11% NS/NR 1%
  27. 27. Slide 31 COMO EXPLICA A VARIAÇÃO POSITIVA NO VOLUME DE VENDAS DURANTE A COPA DA CONFEDERAÇÕES? O aumento da demanda foi a principal variável que explica a variação positiva. P14 Resposta Múltipla (Até 3 opções) Variação dentro do esperado Variação acima do esperado Aumento de clientes – turistas 78,9% 99,4% Aumento de clientes da própria cidade 92,3% 98,9% Vendedores ambulantes (fizeram compras no estabelecimento para revender) 9,6% 31,9% Manifestações 11,7% 7,3% Aumento do preço 41,8% 2,8% 60% dos empresários tiveram a variação dentro ou acima do esperado 32% foi a média da variação do volume de venda
  28. 28. Slide 32 COMO EXPLICA A VARIAÇÃO ABAIXO DO ESPERADO NO VOLUME DE VENDAS DURANTE A COPA DA CONFEDERAÇÕES? Manifestações e feriados foram os responsáveis pelas vendas abaixo do esperado. P14 Resposta Múltipla (Até 3 opções) Variação abaixo do esperado Aumento de clientes da própria cidade * 57,2% Manifestações 56,5% Feriados 35,2% Aumento de clientes* 32,8% Vendedores ambulantes 13,6% Aumento do preço* 6,4% * Apesar de ter sido uma variação abaixo do esperado, em muitos casos ela ainda foi positiva 40% dos empresários tiveram a variação abaixo do esperado 17,5% foi a média da variação do volume de venda
  29. 29. Copa do Mundo 2014 Alterações no Ponto de Venda
  30. 30. PRINCIPAIS RESULTADOS Slide 34 • A principal alteração dos pontos de venda durante a Copa será o aumento do estoque, principalmente nas cidades litorâneas e no segmento diversão. O mix de produtos também apresenta o mesmo comportamento, incluindo Brasília e o segmento alimentação. • O horário de atendimento será mantido em 63% dos estabelecimentos, porém 17% irá fechar mais cedo, principalmente em BH e Recife (37% cada) e Brasília (35%). O comércio é o segmento que mais irá diminuir o horário de atendimento (19%). Rio de Janeiro e os segmentos locomoção e diversão são os estratos analisados que mais irão aumentar o expediente. • O aumento do quadro de funcionários será feito principalmente em Salvador e Fortaleza e nos segmentos Hotelaria, Diversão e Agências. • 11% dos empresários admitiram que irão aumentar os preços dos produtos/serviços durante a Copa, principalmente Fortaleza. A variação será de em média 20% e a decisão será baseada principalmente na variação da demanda. Estudos de mercado, notícias e conversa com outros empresários são também importantes para a precificação. • Locomoção e agências são os que mais estão ampliando as formas de pagamento. • A segurança particular será maior em Salvador e no segmento Hotelaria.
  31. 31. Slide 35 P22 a P28 BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador 600 85 85 85 85 85 90 85 Será maior GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Estoque 45% 37% 39% 67% 58% 71% 33% 43% Mix 29% 20% 40% 52% 51% 42% 20% 16% Opções de pagamento 21% 2% 24% 13% 14% 14% 27% 28% Número de funcionários 20% 9% 3% 32% 18% 18% 21% 40% Horário de Atendimento 19% 9% 7% 9% 19% 35% 22% 5% Preços 11% 3% 11% 19% 2% 15% 11% 10% Segurança particular 8% 7% 3% 15% 10% 10% 4% 27% MUDANÇAS DO PONTO DE VENDA NO PERÍODO DA COPA DO MUNDO – O QUE IRÁ AUMENTAR? A ampliação do estoque será a principal alteração dos estabelecimentos investigados.
  32. 32. Slide 36 Será maior GERAL Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências de turismo Estoque 45% 27% 33% 43% 53% 42% 46% 28% Mix 29% 18% 33% 41% 47% 33% 27% 28% Opções de pagamento 21% 43% 25% 17% 23% 22% 20% 35% Número de funcionários 20% 18% 41% 25% 34% 16% 19% 35% Horário de Atendimento 19% 33% 18% 20% 34% 7% 20% 18% Preços 11% 22% 30% 27% 28% 27% 6% 41% Segurança particular 8% 17% 25% 3% 12% 10% 8% 13% MUDANÇAS DO PONTO DE VENDA NO PERÍODO DA COPA DO MUNDO – O QUE IRÁ AUMENTAR? Alguns segmentos tem como principal alteração formas de pagamento, mão de obra e preço, além do estoque. P22 a P28BASE Geral Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 57 69 106 108 92 118 50
  33. 33. Slide 37 COMO SERÁ O ESTOQUE NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADO AO ATUAL: Rio de Janeiro, Fortaleza e Recife são as praças que mais irão investir em estoque. Destaque para o segmento Diversão. P28 SegmentoGeral 45% 37% 39% 67% 58% 71% 33% 43% 27% 33% 43% 53% 42% 46% 28% 55% 63% 60% 32% 42% 28% 67% 57% 63% 67% 55% 47% 58% 54% 71% 1% 1% 1% 1% 10% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  34. 34. Slide 38 COMO SERÁ O MIX DE PRODUTOS/SERVIÇOS NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADO AO ATUAL: Destaque para Fortaleza, Recife e os segmentos Diversão e Alimentação. P26 SegmentoGeral 29% 20% 40% 52% 51% 42% 20% 16% 18% 33% 41% 47% 33% 27% 28% 68% 80% 60% 45% 49% 58% 74% 83% 80% 67% 58% 53% 67% 70% 72% 3% 3% 6% 2% 4% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  35. 35. Slide 39 COMO SERÃO AS OPÇÕES DE PAGAMENTO NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADAS ÀS ATUAIS: Destaque para Locomoção. P27 SegmentoGeral 21% 2% 24% 13% 14% 14% 27% 28% 43% 25% 17% 23% 22% 20% 35% 79% 98% 75% 87% 86% 86% 73% 72% 57% 75% 82% 77% 78% 80% 65% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  36. 36. Slide 40 COMO SERÁ O NÚMERO DE FUNCIONÁRIOS NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADO AO ATUAL: Destaque para Fortaleza e Salvador os segmentos Hotelaria, Agências e Diversão. P24 SegmentoGeral 20% 9% 3% 32% 18% 18% 21% 41% 18% 41% 25% 34% 16% 19% 35% 79% 91% 96% 64% 82% 82% 78% 59% 80% 54% 74% 65% 81% 81% 61% 1% 3% 1% 1% 3% 3% 1% 1% 4% 1% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  37. 37. Slide 41 COMO SERÁ O HORÁRIO DE ATENDIMENTO NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADO AO ATUAL: Belo Horizonte, Brasília e Recife são as praças que mais irão diminuir o horário de atendimento. P22 SegmentoGeral 19% 9% 7% 9% 19% 35% 22% 5% 33% 18% 20% 34% 7% 20% 18% 63% 54% 57% 80% 44% 55% 65% 91% 64% 82% 73% 59% 73% 61% 73% 17% 37% 35% 11% 37% 10% 13% 4% 4% 5% 7% 20% 19% 9% 1% 1% 2% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  38. 38. Slide 42 COMO SERÃO OS PREÇOS PRATICADOS NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADOS AOS ATUAIS: Destaque para as agências: 41% pretende aumentar os preços. P23 SegmentoGeral 1% 1% 1% 2% 3% 2% 2% 2% 4% 7% 6% 88% 96% 87% 80% 96% 82% 89% 87% 50% 54% 70% 67% 66% 94% 45% 11% 3% 11% 19% 2% 15% 11% 10% 22% 30% 27% 28% 27% 6% 41% 1% 1% 1% 28% 14% 1% 1% 8% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será menor Será igual Será maior NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  39. 39. Slide 43 COMO SERÁ A SEGURANÇA PARTICULAR NO PERÍODO DA COPA QUANDO COMPARADA A ATUAL: Salvador e a rede hoteleira são os que mais irão investir em segurança particular. P25 SegmentoGeral 8% 7% 3% 15% 10% 10% 4% 28% 17% 25% 3% 12% 10% 8% 13% 77% 93% 96% 45% 90% 64% 79% 72% 74% 74% 88% 84% 85% 75% 83% 1% 10% 1% 1% 14% 1% 30% 25% 16% 9% 2% 9% 5% 5% 16% 4% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Será maior Será igual Será menor NS/NR Praça BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  40. 40. Slide 44 EXPECTATIVA DE VARIAÇÃO DOS PREÇOS PRATICADOS NA COPA DO MUNDO P29 x P23 Média de variação de preços para o período da Copa Considerando que os preços praticados serão maiores (11% dos empresários) Considerando que os preços praticados serão menores (1% dos empresários) + 19,8% - 24,3%
  41. 41. Slide 45 COMO É FEITO O CÁLCULO DO AUMENTO/DA QUEDA DOS PREÇOS NO ESTABELECIMENTO PENSANDO NA COPA DO MUNDO: A demanda é a principal determinante para a variação de preço. P30 Respostas Múltiplas (Até 3 opções) * Apenas para quem citou que os preços sofrerão alterações GERAL De acordo com o movimento, se a demanda for grande aumenta, se diminui abaixa o preço 54% Baseado em estudos de mercado que apontaram a demanda e necessidades do público alvo 49% Notícias de jornais e entidades de classe 46% Conversas com outros profissionais da mesma área 40% Intuição / pelo sentimento que tenho sobre a demanda que a Copa do Mundo irá gerar 28% Conversa com amigos e familiares 16% BASE Geral 153
  42. 42. Copa do Mundo 2014 Público
  43. 43. PRINCIPAIS RESULTADOS Slide 47 • A percepção é que a grande maioria dos turistas sejam brasileiros. Além disso, a ideia de que a Copa do Mundo será um evento que abrange todas as classes e gêneros chama a atenção. Observamos apenas um predomínio da faixa etária de 30 a 60 anos. • Este turista, em sua grande maioria, não irá viaja sozinho e gastarão pelo menos um pouco nas cidades sede para conhecer pontos turísticos e fazer outros programas além dos jogos. • O mix e a qualidade dos produtos e serviços são os itens do ponto de venda que mais terão um grau de exigência dos turistas, quando comparados aos clientes atuais. • Os empresários consideram a qualidade do atendimento o item fundamental para o cliente da Copa do Mundo.
  44. 44. Slide 48 ORIGEM DOS CLIENTES: RJ é a cidade que tem a maior expectativa de receber turistas estrangeiros. P34 SegmentoGeral Praça 35% 55% 28% 52% 35% 33% 31% 33% 44% 16% 27% 34% 28% 37% 10% 27% 10% 31% 24% 31% 11% 34% 42% 15% 42% 32% 29% 22% 27% 32% 21% 15% 12% 2% 4% 30% 25% 17% 15% 27% 14% 14% 9% 23% 16% 17% 20% 29% 22% 30% 26% 10% 8% 25% 14% 27% 23% 41% 13% 42% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Maioria da própria cidade Maioria de outras cidades do Brasil Maioria de outros países Do Brasil e de outros países na mesma proporção NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  45. 45. Slide 49 CLASSE SOCIAL: Os empresários acreditam na diversidade do evento. P35 SegmentoGeral Praça 9% 13% 33% 4% 7% 13% 4% 9% 18% 20% 15% 28% 12% 8% 19% 41% 44% 64% 66% 46% 42% 34% 29% 30% 30% 46% 45% 53% 40% 47% 14% 18% 14% 10% 1% 17% 40% 0% 10% 13% 7% 3% 16% 0% 36% 25% 3% 16% 37% 44% 45% 22% 52% 40% 25% 21% 32% 37% 34% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Maioria Classe alta / alto poder aquisitivo Maioria Classe média / poder aquisitivo mediano Maioria Classe baixa / baixo poder aquisitivo Todas as classes, na mesma proporção BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  46. 46. Slide 50 SEXO: Novamente, os empresários percebem a Copa do Mundo como um evento para todos. P36 SegmentoGeral Praça 17% 25% 28% 12% 19% 29% 11% 8% 23% 10% 34% 28% 7% 16% 25% 60% 37% 55% 40% 36% 38% 77% 77% 67% 84% 58% 62% 57% 60% 69% 23% 38% 17% 48% 45% 33% 12% 15% 10% 6% 8% 10% 37% 24% 6% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Maioria do sexo masculino Homens e mulheres na mesma proporção Maioria do sexo feminino BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  47. 47. Slide 51 FAIXA ETÁRIA: Destaque para a faixa etária 30 a 60 anos. P37 SegmentoGeral Praça 16% 9% 48% 5% 18% 2% 17% 25% 4% 7% 10% 8% 17% 17% 7% 50% 51% 31% 72% 56% 46% 57% 13% 35% 66% 54% 47% 45% 50% 57% 8% 8% 2% 4% 10% 31% 4% 1% 6% 4% 0% 9% 2% 26% 32% 19% 23% 22% 52% 16% 31% 56% 25% 30% 41% 38% 24% 34% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Maioria do público de jovens / até 30 anos Maioria do público com faixa etária entre 30 e 60 anos Maioria do público com idade acima de 60 anos De todas as idades, na mesma proporção NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  48. 48. Slide 52 ESTE TURISTA VIAJA... Apenas 5% viaja sozinho. P38 SegmentoGeral Praça 5% 13% 3% 1% 5% 22% 36% 6% 7% 3% 6% 5% 16% 57% 34% 50% 90% 47% 55% 64% 39% 35% 72% 57% 48% 58% 58% 64% 36% 53% 47% 9% 53% 45% 28% 39% 29% 21% 35% 49% 36% 36% 20% 2% 3% 1% 1% 2% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências A maioria viaja sozinha A maioria viaja com a família A maioria viaja com amigos NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  49. 49. Slide 53 COMO IRÃO PROCEDER EM RELAÇÃO AOS GASTOS COM TURISMO: Os gastos não ficarão restritos apenas aos jogos. P39 SegmentoGeral Praça 48% 36% 69% 34% 37% 77% 36% 53% 9% 27% 18% 10% 20% 16% 19% 36% 48% 18% 57% 53% 10% 45% 28% 59% 40% 46% 46% 31% 35% 43% 16% 16% 13% 9% 10% 13% 19% 19% 32% 32% 35% 44% 46% 49% 38% 1% 1% 3% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Vão gastar muito na cidade Vão gastar um pouco Não vão gastar quase nada NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  50. 50. Slide 54 P40 a P48 BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador 600 85 85 85 85 85 90 85 Será maior GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Mix 43% 48% 55% 52% 56% 64% 30% 38% Qualidade produtos/serviços 36% 54% 57% 35% 25% 25% 34% 31% Rapidez do atendimento 33% 32% 60% 57% 51% 36% 23% 21% Higiene 30% 59% 56% 23% 23% 20% 22% 45% Qualidade do atendimento 29% 49% 55% 57% 39% 24% 21% 8% Infraestrutura 24% 51% 60% 26% 30% 6% 16% 36% Formas de pagamento 23% 20% 48% 33% 29% 17% 21% 14% Facilidade de transporte/acesso ao ponto de venda 22% 65% 54% 41% 38% 9% 8% 19% Preço 16% 18% 27% 6% 20% 23% 10% 26% GRAU DE EXIGÊNCIA MAIOR EM RELAÇÃO AO PÚBLICO ATUAL: É divergente a opinião dos empresários de cada cidade.
  51. 51. Slide 55 Será maior GERAL Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências de turismo Mix 43% 55% 66% 44% 54% 41% 43% 57% Qualidade produtos/serviços 36% 58% 63% 47% 44% 37% 34% 46% Rapidez do atendimento 33% 66% 59% 46% 48% 34% 30% 49% Higiene 30% 59% 62% 29% 44% 28% 29% 39% Qualidade do atendimento 29% 59% 51% 27% 38% 36% 28% 51% Infraestrutura 24% 59% 38% 24% 30% 22% 24% 27% Formas de pagamento 23% 49% 37% 26% 26% 33% 21% 38% Facilidade de transporte/acesso ao ponto de venda 22% 55% 42% 24% 29% 40% 19% 22% Preço 16% 52% 55% 36% 26% 25% 12% 54% P40 a P48 GRAU DE EXIGÊNCIA MAIOR EM RELAÇÃO AO PÚBLICO ATUAL: Maioria dos segmentos aposta no mix de produtos/serviços como maior exigência do público da Copa quando comparado aos clientes atuais. BASE Geral Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 57 69 106 108 92 118 50
  52. 52. Slide 56 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: QUALIDADE DO ATENDIMENTO: Salvador é a praça que menos aposta em uma exigência maior do público neste quesito. P40 SegmentoGeral Praça 1% 5% 3% 1% 1% 1% 4% 1% 70% 46% 43% 43% 58% 76% 79% 91% 41% 49% 70% 62% 61% 72% 49% 29% 49% 56% 57% 39% 24% 21% 8% 59% 51% 27% 38% 36% 28% 51% 1% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  53. 53. Slide 57 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: RAPIDEZ DO ATENDIMENTO: 33% acredita que a exigência será maior. P41 SegmentoGeral Praça 3% 3% 4% 4% 67% 68% 39% 43% 46% 64% 77% 78% 34% 41% 49% 49% 66% 70% 47% 33% 32% 60% 57% 51% 36% 23% 22% 66% 59% 46% 48% 34% 30% 49% 1% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  54. 54. Slide 58 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: DIFERENTES FORMAS DE PAGAMENTO: Destaque para Brasília e Locomoção. P42 SegmentoGeral Praça 1% 2% 77% 80% 51% 66% 71% 83% 79% 86% 51% 62% 72% 74% 67% 79% 60% 23% 20% 48% 34% 29% 17% 21% 14% 49% 37% 26% 26% 33% 21% 38% 1% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  55. 55. Slide 59 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: PREÇO DOS PRODUTOS/SERVIÇOS: Locomoção, Hotelaria e Agências são os que mais acreditam em um maior grau de exigência. P43 SegmentoGeral Praça 2% 7% 12% 8% 2% 1% 7% 4% 3% 3% 12% 1% 3% 81% 82% 64% 82% 72% 75% 89% 74% 41% 41% 60% 71% 63% 87% 35% 17% 18% 27% 6% 20% 23% 10% 26% 52% 55% 36% 26% 25% 12% 54% 2% 1% 8% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  56. 56. Slide 60 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: VARIEDADE NO MIX DE PRODUTOS/SERVIÇOS: Destaque para RJ e Hotelaria. P44 SegmentoGeral Praça 4% 1% 54% 52% 43% 48% 44% 36% 64% 62% 41% 34% 55% 45% 59% 54% 42% 43% 48% 55% 52% 56% 64% 30% 38% 55% 66% 44% 54% 41% 43% 57% 3% 2% 6% 1% 1% 4% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  57. 57. Slide 61 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: QUALIDADE DOS PRODUTOS/SERVIÇOS: Destaque para Brasília, BH, Locomoção e Hotelaria. P45 SegmentoGeral Praça 3% 1% 64% 42% 42% 65% 72% 75% 66% 69% 42% 37% 52% 56% 63% 66% 54% 36% 54% 57% 35% 25% 25% 34% 31% 58% 63% 47% 44% 37% 34% 46% 4% 1% 2% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  58. 58. Slide 62 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: HIGIENE: Novamente, destaque para Brasília, BH, Locomoção e Hotelaria. P46 SegmentoGeral Praça 3% 4% 70% 41% 43% 77% 74% 80% 78% 55% 37% 37% 69% 56% 72% 71% 61% 30% 59% 56% 23% 23% 20% 22% 45% 59% 62% 29% 44% 28% 29% 39% 1% 1% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  59. 59. Slide 63 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: INFRAESTRUTURA: Destaque para Brasília, BH e Locomoção. P47 SegmentoGeral Praça 1% 3% 3% 1% 75% 49% 38% 71% 67% 94% 84% 64% 37% 62% 74% 70% 78% 76% 73% 25% 51% 60% 26% 30% 6% 16% 36% 59% 38% 24% 30% 22% 24% 27% 1% 3% 1% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  60. 60. Slide 64 GRAU DE EXIGÊNCIA EM RELAÇÃO A: FACILIDADE DE TRANSPORTE DE ACESSO AO ESTABELECIMENTO: Destaque para BH, Brasília e Locomoção. P48 SegmentoGeral Praça 1% 1% 3% 1% 4% 2% 1% 4% 7% 77% 35% 45% 58% 59% 91% 91% 76% 44% 56% 73% 69% 56% 81% 72% 22% 65% 54% 41% 38% 9% 8% 19% 55% 42% 24% 29% 40% 19% 22% 1% 1% 1% 1% 2% GERAL BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências Menor Igual Maior NS/NR BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  61. 61. Slide 65 O QUE CONSIDERA MAIS IMPORTANTE PARA OS CLIENTES DA COPA DO MUNDO: A qualidade do atendimento é percebido como o fator fundamental para atender os clientes da Copa. P49 Respostas Múltiplas (até 3 opções) GERAL Praça Segmento BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomo- ção Hotelaria Alimenta- ção Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agência Qualidade do atendimento 80% 51% 79% 84% 83% 66% 89% 97% 87% 81% 77% 79% 64% 83% 80% Rapidez 46% 41% 24% 45% 36% 36% 53% 61% 44% 58% 62% 47% 50% 43% 60% Qualidade dos produtos/ serviços 36% 20% 20% 17% 40% 67% 36% 25% 53% 23% 38% 43% 32% 37% 26% Preço dos produtos/ serviços 33% 25% 49% 42% 38% 46% 23% 37% 27% 49% 24% 30% 33% 34% 30% Variedade no mix de produtos/ serviços 28% 28% 18% 21% 23% 58% 23% 16% 15% 8% 32% 27% 34% 28% 23% Diferentes formas de pagamento 24% 29% 18% 11% 13% 15% 27% 52% 5% 24% 16% 14% 25% 26% 24% Higiene 16% 56% 35% 21% 29% 3% 8% 9% 10% 25% 27% 20% 24% 13% 12% Infraestrutura 12% 18% 19% 25% 11% 3% 14% 0% 11% 10% 6% 11% 9% 13% 24% Facilidade de transporte de acesso ao seu estabelecimento 11% 17% 17% 22% 20% 2% 11% 0% 36% 1% 13% 5% 11% 11% 9% BASE Geral BH Brasília Fortaleza Recife RJ SP Salvador Locomoção Hotelaria Alimentação Diversão Comércio (shopping) Comércio (rua) Agências 600 85 85 85 85 85 90 85 57 69 106 108 92 118 50
  62. 62. Obrigada

×