Como praticar bondage com seu homem

296 visualizações

Publicada em

Como praticar bondage é uma das perguntas mais frequentes que recebo no meu e-mail, pensando nas mulheres que estão prontas para dar um passo a mais no sexo pedi a Flávia que escrevesse este pequeno, no entanto, valioso e-book. Siga estás dicas se você quer aprender a como dominar um homem na cama.

Publicada em: Estilo de vida
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Como praticar bondage com seu homem

  1. 1. Como praticar Bondage Oi, Nesse breve material eu quero compartilhar algo mais ousado para você colocar em prática e apimentar sua relação sexual com seu homem, se trata de bondage. Mas Flávia, o que significa bondage? Bondage significa: "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo". É um tipo especifico de fetiche, onde pequenas brincadeiras podem ser realizadas com seu parceiro, sendo imobilizada ou imobilizando ele. Sabendo como explorar as suas e as fantasias do seu homem pode ser algo muito divertido e excitante, mas como começar, se você nunca tentou isso antes?
  2. 2. Deixe Que Seu Parceiro Fale Primeiro Pergunte a seu parceiro o que o excita. Este não é o tipo de conversa onde você se senta e pergunta as preferências dele. Muito pelo contrário, aqui você tem muito mais apelo carnal do que um simples bate-papo. Mostre a ele cenas que você sente tesão e veja a reação dele. Por exemplo, pegue um filme com cenas que descrevem bem o que você tem vontade e veja a reação dele quando elas passarem. Assim além de você descobrir coisas novas com seu parceiro você fica ciente e acaba conhecendo mais um pouco sobre ele. Revele-se lentamente Não faça surpresas em que você não tenha noção de qual será a reação dele. Ou seja, não apareça do nada para ele com uma roupa toda preta e um chicote na mão. Você pode assustá-lo! Tente incorporar características BDSM no seu dia a dia como, por exemplo, vendar seu parceiro, fazer uso de velas e etc. Tente incorporar também o uso de roupas intimas mais sexys que passem a mensagem que você quer, porém, de forma mais amena. Faça jogos, crie todo um clima sensual.
  3. 3. Tente Uma Caixa De Surpresas A "Caixa de Fantasia" ou "Caixa de surpresas" é algo que você e seu parceiro podem tentar se você for muito tímida sobre o compartilhamento de suas fantasias com ele. Ou, se seu parceiro é muito tímido sobre o compartilhamento das fantasias dele com você. Anote suas fantasias em um pedaço de papel e coloque numa caixa. Fale para seu parceiro fazer o mesmo. Estipule regras de que uma vez por semana uma fantasia diferente será retirada da caixa. Se a fantasia requer algum tempo, gaste esse tempo com ela, assim vocês poderão comprar fantasias e adereços para uma melhor satisfação sexual. Decore a caixa com coisas sexys e divertidas. Não importa a fantasia ou o fetiche que você tenha, o importante é fazer da sua vida sexual algo sempre muito divertido e prazeroso. Você pode acabar se surpreendendo com a sua opinião sobre o medo de que ele te julgasse, pode ser que a fantasia dele seja mais bizarra ainda, ou, pode ser que vocês dois compartilhem das mesmas opiniões e nem saibam. É fácil ficar intimidado vendo ás milhares de coisas que tem pelo mundo afora. Mas, acho que você não deve se espantar logo de cara, na verdade, a melhor forma de escravidão é aquela que começa de forma lenta e passa a piorar, ou melhorar (que é o sentimento que melhor se encaixa) com o passar do tempo.
  4. 4. Confira essas ótimas dicas para iniciantes de BDSM! Não, você não tem que sair e comprar metros e metros de corda. Muitas empresas fazem kits bondage para novatos e, na minha opinião, eles são excelentes. Nesse kit você encontra tudo para aproveitar da melhor forma possível essa experiência, com boa qualidade. Experimente praticar Jogos Sexuais Jogar jogos sexuais com seu parceiro pode ser muito divertido, e não só pode levar você e seu parceiro para uma noite de paixão intensa, como também pode lhe ensinar mais sobre vocês dois, principalmente na cama. O ato sexual nem sempre tem que ser sério, e é por isso que um jogo pode ser muito divertido, ele permite que você se lembre que sexo é diversão. Você vai se surpreender com o quanto você pode descobrir sobre si mesmo e sobre o seu parceiro quando você jogar esse tipo de jogo. Praticando bondage pela casa De fato, existem várias coisas que você pode usar para um BDSM em sua casa, mas tome cuidado, nem tudo é recomendável. É muito melhor, obviamente, usar as coisas feitas com o propósito ao qual você está utilizando-as, como lubrificantes ao invés de cuspe por exemplo, e mesmo que seja mais caro, pode ser um bom investimento para o seu
  5. 5. relacionamento, assim como qualquer outro brinquedo sexual. No entanto, aqui estão algumas coisas que você pode usar: Uma gravata de seda pode funcionar como uma venda nos olhos e ainda para render as mãos ou pés; Uma espátula pode ser uma ótima palmatória; Um espanador também pode ser usado como objeto de massagem. Nossa Flávia, mas eu tenho medo de iniciar e não saber quando e como parar, o que pode ser feito? Quando você começar a dramatização do BDSM, e da dominação e submissão, a palavra "pare" nem sempre significa parar. Quando você está se metendo em um sexo bizarro, é tão importante ter uma coisa chamada "palavra de segurança". A palavra funciona como uma porta de saída de determinada situação, está possui o mesmo significado literal da palavra “pare” Antes mesmo de começar a relação com o seu parceiro, combine com ele a sua palavra de segurança. Certifique-se que esta não é algo que comumente você usa na relação sexual, como “não” ou qualquer outra coisa do tipo. Experimente algo bem diferente. Isso faz com que não haja dúvidas sobre quando o jogo deve ser parado, de fato. Sempre “honre” a palavra de segurança, mesmo se você acha que está tudo bem e que ninguém vai se machucar.
  6. 6. [Conclusão] Praticar bondage não é sinônimo de loucura, entenda que entre quatro paredes vale de tudo, deis de que agrade ambas as partes e não falte com respeito à opinião do seu parceiro. Acredito que você esteja pensando que isso seria um passo para o qual ainda não está preparada para dar. Saiba que não tem problema nenhum em ficar receosa, o importante mesmo é que você não julgue o livro pela capa, resumindo não diga as palavras não ou nunca sem antes passar pela experiência. Todas estás dicas eu aprendi com a minha professora top: Vanessa de Oliveira, acredito que seja interessante para você aprender as mesmas coisas que eu e milhares de mulheres já aprenderam por isso estou deixando disponível o link do meu blog onde compartilho diversas dicas de sexo e relacionamento. Mais informações em: www.artedaconquista.com Flávia Vieira.

×