Cachorros de Rua - Por Rildo Silveira

6.333 visualizações

Publicada em

Esta apresentação foi feita em colaboração com amigos protetores dos animais, cujo exemplo de amor ao próximo, seja ele quem for, nos deve inspirar a sermos mais compassivos e responsáveis com nossos “irmãos menores”, totalmente dependentes da iniciativa e da boa vontade do ser humano.
Por Rildo Silveira

Publicada em: Estilo de vida
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.333
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.417
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cachorros de Rua - Por Rildo Silveira

  1. 1. Esta apresentação foi feita em colaboração com amigos protetores dos animais, cujo exemplo de amor ao próximo, seja ele quem for, nos deve inspirar a sermos mais compassivos e responsáveis com nossos “irmãos menores”, totalmente dependentes da iniciativa e da boa vontade do ser humano.
  2. 2. Música: La Califfa “Os seres humanos que estão treinando a si mesmos para serem indiferentes ao sofrimento Criado por Intérprete: Sarah Brightman dos animais e brutais no seu modo de pensar, Rildo Silveira Fotos: Rildo Silveira, ZFT & irão agir, inevitavelmente, com grande Amigos Protetores dos Animais insensibilidade em relação à sua própria espécie realdoveg@gmail.com – que é o que estamos vendo atualmente”. Texto: Rildo Silveira Radha Burnier 26/06/09 - 16:14:13 Foto: Rildo Silveira
  3. 3. Os canídeos vêm acompanhando os humanos desde os primórdios da civilização e não obstante, eles se tornaram companheiros para as mais diversas tarefas e estabeleceram um laço de amizade, fidelidade e confiança com os homens. Criaram-se mais de 450 raças atendendo às inúmeras tarefas que são capazes de desempenhar, desde o pastoreio, a guarda, a companhia e muitas outras. Mel e filhotes: devido à prenhez, foram abandonados e entregues ao CCZ para filhotes: serem eutanasiados. Devido ao esforço de Maria Lúcia, felizmente foram adotados e atualmente possuem lar e vivem com a dignidade merecidas. Foto: Foto: gentilmente cedida por Maria Lúcia Tristão – Bauru - SP - Brasil
  4. 4. A criação de tantas raças atraiu além da promoção de se obter um animal para qualquer necessidade, a proliferação de indústrias e comércio de filhotes. Atraídas pela divulgação da beleza de seus "produtos", as pessoas ao primeiro impulso, compram animais sem pensarem na alteração da rotina e trabalho que eles poderão ocasionar. Preste muita atenção: “Animal não é Brinquedo” atenção: Foto: Foto: gentilmente cedida por Ivana Maria França de Negri – Piracicaba - SP
  5. 5. Muitos não levam em conta o espaço, as despesas, o tempo, a sintonia com a família e os períodos que poderá ausentar-se. Outros têm problemas de uma escolha errada e na maioria dos casos, após se cansarem ou enjoarem de brincar com eles, inconseqüentemente terminam por abandonar o animal à própria sorte nas ruas. Joaninha: Joaninha: abandonada em estado deplorável amarrada com um fio de luz degolando seu pescoço na frente da Sociedade Protetora dos Animais. Portadora de cinomose e prenha de 4 filhotes, os quais morreram todos. Para não ser eutanasiada, foi tratada com homeopatia e tem epilepsia como seqüela. Hoje, vive feliz e é muito brincalhona. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Sula Galliano Brackmann – Curitiba - PR - Brasil
  6. 6. Por mais que se adestrem os cães, eles preservam sua individualidade, suas necessidades e seus instintos que precisam ser extravasados até mesmo para a sua própria sobrevivência. Eles podem machucar seu filho numa brincadeira inocente, comer o seu tênis novo, rasgar o sofá e subir no seu carro, arranhando-o. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Ivana Maria França de Negri – Piracicaba - SP
  7. 7. Nem todas as pessoas estão preparadas para aceitar esses comportamentos. Outras não têm o cuidado de manter o animal em condições sadias, em espaços adequados e bem alimentados. Alguns donos agridem e espancam seu animal até a morte deles. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Ivana Maria França de Negri – Piracicaba - SP
  8. 8. Os seres humanos são imprevisíveis e irresponsavelmente não têm o compromisso que assumiram ao adquirir o animal, sendo incapazes de retribuir a amizade que lhes é devotada. Esperança: Esperança: cadela fila abandonada por seus donos nas ruas após ter se tornado velha. Sofrendo de inanição profunda, foi acolhida por Sula, mas já era tarde demais. Ela estendeu-lhe a mão estendeu- proporcionando todos os recursos possíveis, dignidade e um amor imenso, antes dela partir desse mundo, onde seu único engano foi ter vivido entre inimigos disfarçados de amigos. Foto: Foto: gentilmente cedida por Sula Galliano Brackmann – Curitiba - PR - Brasil
  9. 9. Casos em que se descobre que o animal é somente 99% puro, eles são simplesmente descartados. Outros em que os animais ao se tornarem velhos, também são, sem remorso, enxotados para a rua. Duplo final infeliz: dois pequenos cães foram abandonados em uma casa cheia de matos, com muita sarna, vermes e esfomeados. Depois de resgatados e tratados, contraíram cinomose e foi necessária a eutanásia. Infelizmente mais uma história com um final triste... Fotos: gentilmente cedidas por Priscila Pichiteli – Campinas - SP - Brasil
  10. 10. Não existem cachorros de rua, que nasceram e se criaram nessas condições. O que existem são animais que irresponsavelmente foram abandonados por não mais serem necessários ou desejados. Em todas as cidades e em todas as suas ruas, invariavelmente estão repletas desses animais vítimas do descaso e da indolência humana. Vitória: rottweiler resgatada por Cláudia na porta de uma clínica, amarrada pelo pescoço e pelas pernas, com inanição e graves ferimentos. Após sua adoção, mostrou- mostrou-se dócil e amiga e hoje é uma bela cachorra, saudável e agradecida. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Cláudia Dal Poggetto – Campinas - SP - Brasil
  11. 11. Os cãezinhos nascidos nas ruas não chegam a adultos, pois, suas mães também necessitam de condições adequadas para criá-los saudáveis, e mal conseguindo algum alimento para si própria. Isso quando não são mortas no período em que ainda estão amamentado, sendo chutadas e apedrejadas no momento em que buscam alimento para seus filhos. Descaso humano: ninhadas e ninhadas de filhotes são abandonados diariamente. Estes 3 humano: filhotes são sobreviventes de uma ninhada de 7, necessitando mamadeira de 2 em 2 horas. Foto: Foto: gentilmente cedida por Sula Galliano Brackmann – Curitiba - PR - Brasil
  12. 12. E mesmo se vencida essa fase, os filhotes nascidos nas ruas não chegam a adultos, pois não conseguem se desenvolver estando desamparados, famintos e sedentos diariamente, infestados de parasitoses, verminoses, doenças, frio e chuvas, sendo alvos fáceis do trânsito e das agressões covardes de pessoas neuróticas e revoltadas. Centro de Controle de Zoonoses: cãozinho sendo retirado da carrocinha e levado Zoonoses: para dentro da cela com estupidez pelo agente sanitário. Maria Rita ainda foi repreendida pelo técnico afirmando que ela estava atrapalhando o trabalho dele. Foto: Foto: gentilmente cedida por Maria Rita B. S. Brandão – Belo Horizonte - MG (ABC Animal)
  13. 13. Alguns cachorros encontram o amparo em poucas pessoas e abrigos que os recolhem. Todavia, elas sempre serão incapazes de resolver o problema dos animais de rua pois, por mais deles que resgatem, todos os dias são despejados outros tantos nas ruas. Hector: Hector: o “bebezão”, foi resgatado tendo grande parte de sua cabeça lacerada, e mesmo desenganado, não desistiu de viver. E graças aos cuidados e o amor de Coni, hoje é um cão muito forte, vigoroso e que adora seus brinquedos. É um animal recuperado e feliz! Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Coni Vitta – SP - Brasil
  14. 14. Os cães, símbolos da lealdade e dedicação, são levados a lugares distantes, até em cidades vizinhas para serem abandonados. Laila: Laila: quem haveria de querer uma cachorrinha magrela, sarnenta, perdida e despercebida pelas ruas? Amar o belo é muito fácil. Mas só o verdadeiro amor tem o poder de transformar. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Sula Galliano Brackmann – Curitiba – PR - Brasil
  15. 15. Esses fiéis amigos são capazes de andar muitos kilômetros de distância em busca do retorno para a casa onde considera seu lar. A maioria reencontra os portões fechados e a indiferença letárgica do ser humano. Yara Rocca, em seu livro ‘Deixe um Gato Surpreender Você’: “Olhei para os Você’: animais abandonados nas ruas, os renegados pela sociedade. Vi em seus olhos amor e esperança, medo e horror, tristeza e a certeza de terem sido traídos.” Foto: Foto: infelizmente tirada por Rildo Silveira
  16. 16. Ao mudar de endereço e não puder levar seu cão consigo, encontre um novo lar para ele, mas jamais o abandone, pois ele nunca faria o mesmo com você. Pretinha: Pretinha: resgatada praticamente morta, sem um lado inteiro da cara, comida por uma bicheira imensa. Após quase 2 meses internada, está recuperada. É uma “rott” linda, companheira de outros animais e crianças, fiel, e à espera de um lar. Fotos: Fotos: gentilmente cedidas por Adriana Greco – Mairiporã – SP - Brasil
  17. 17. Consequências do abandono: cadelas com 15 filhotes abandonadas na rua provavelmente por terem se tornado prenhas, o que não aconteceria se tivessem sido esterilizadas. Afinal, serão elas as grandes culpadas? Foto: Foto: gentilmente cedida por Adriana Greco – Mairiporã - SP - Brasil
  18. 18. Colaboração: gentilmente feita por Sula Galliano Brackmann – Curitiba - PR -Camuti Dr. Louis J. Brasil
  19. 19. Sugestão da música: Tradução do italiano pro português: Rita M. P. Klava – São Paulo - SP gentilmente feita por Doriano Garrisi Foto: Rildo Silveira
  20. 20. Faça sua parte. Envie para seus amigos. Divulgue esta mensagem. A NATUREZA AGRADECE !!! Foto: ZFT - “Rildo & Judy”
  21. 21. VISITE www.abcanimal.org.br www.floraisecia.com.br www.greepet.vet.br www.territorioselvagem.org.br www.petfeliz.com.br www.direitoanimal.org www.jornal3milenio.com.br www.apascs.org.br http://danielcaixao.multiply.com http://afamaran.zip.net http://ubbibr.fotolog.com/por_toda_vida http://poramoraosanimais.blog.terra.com.br www.redetv.com.br/lateshow www.aila.org.br www.institutoninarosa.org.br www.gatoverde.com.br www.clubedaspulgas.com.br www.vegetarianismo.com.br www.falabicho.org.br www.svb.org.br www.suipa.org.br www.projetomucky.com.br www.ranchodosgnomos.org.br www.ibama.gov.br www.arcabrasil.org.br www.pea.org.br www.sosfauna.org www.renctas.org.br www.apasfa.org www.uipa.org.br www.institutoanael.org.br www.veda-bolivia.org Foto: Rildo Silveira

×