Meu 1º beijo

198 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meu 1º beijo

  1. 1. A Compreensão Leitora no texto“Meu primeiro beijo” – AntonioBarreto6º ano das séries finais do ensinofundamental.Grupo 1: Ana Luísa , Barion,Daniele, Dulcinéia, Isabel, Mara,Mariluci e Soraya
  2. 2. Beijos Famosos Beijo – sonho em mosaico - KlintANTONIO BARRETO
  3. 3. ATIVAÇÃO DECONHECIMENTOS DEMUNDOQuem já beijou apaixonadamente?Seu primeiro beijo foi inesquecível?Vocês se lembram de onde foi? Comquem foi? Como foi? Contou praalguém?Quem aqui é BV?
  4. 4. Antecipação ou predição deconteúdos ou propriedades do texto• Vocês acham que a história quevamos ler é sobre o quê?• E quem vocês acham que viveuesta história? O próprio autor ouuma outra pessoa?• Será que esta história pode terum final feliz?
  5. 5. • De acordo com o título destetexto, quais as emoções quedespertam em vocês?• Em que lugar será que estahistória acontece? Num castelo?Num cinema? Num cemitério?• Será que a/o(s) personagem(ns)da história estão apaixonados?
  6. 6. Outras referências paraleituras complementares• Beijos... (poema)• A princesa e o sapo (conto infantil)• Meu primeiro amor (filme)• O beijo depois da guerra (foto)• O beijo através da História(documentário)• Splish splash (música)
  7. 7. * O que pode acontecer num texto comum título desse?* Quem vocês acham que vai narrar sobreo primeiro beijo?* Em que lugar pode ter acontecido o fatonarrado?* Vocês acham que deu tudo certo noprimeiro beijo deles?Vocês sabiam que esse tema já foi muitoutilizado em outros gêneros de texto eaté obras de arte? Veja:
  8. 8. ARTEBeijo (Constantin Brancusi,1907 (1º versão), pedra, 28 cmO BEIJO  - Escultura de Rodin
  9. 9. Um beijoFoste o beijo melhor da minha vida,ou talvez o pior...Glória e tormento,contigo à luz subi do firmamento,contigo fui pela infernal descida!Morreste, e o meu desejo não te olvida:queimas-me o sangue, enches-me opensamento,e do teu gosto amargo me alimento,e rolo-te na boca malferida.Beijo extremo, meu prêmio e meu castigo,batismo e extrema-unção, naquele instantepor que, feliz, eu não morri contigo?Sinto-me o ardor, e o crepitar te escuto,beijo divino! e anseio delirante,na perpétua saudade de um minuto...Olavo Bilac
  10. 10. Beijo, Beijinho, BeijãoCarrossel (2012)Beijo, beijo, beijo, beijoBeijnho, beijãoTodo dia tem um beijo na televisão.O galã beija a mocinhaA netinha, o vovôA mamãe beija o bebê bem lá no popôBeijo, um beijo,Também desejo beijarTem o beijo estaladoO Beijo tão bomTem o beijo bitoquinhaO beijo beijãoTem o beijo de cinemaBeijo de amorTem o beijo do amigoO beijo de dor.Será que tem beijo ruim?Não seiMas também tem beijo bem bomBem BomBeijo, beijo, beijoqueiroBeijo,beijo,beijo,beijoBeijo, Beijar é tão bom.Beijo, beijo, beijo, beijoBeijinho, beijãoBeijo,beijo,beijo,beijoBeijinho, beijãoQuando o vento bate forte, vem beijo apertadoQuando a chuva tá caindo, vem beijo molhadoQuando a gente tá no mar, tem beijo salgadoO primeiro beijo é sempre o beijo lembradoBeijo, um beijo,Também desejo beijarLá, lá, lá, lá, lá, lá, láLá, lá, lá, lá, lá, lá, láSerá que tem beijo ruim?Não seiMas também tem beijo bem bomBom bomBeijo, beijo, beijoqueiroBeijo, beijo, beijo, beijoBeijo, beijar é tão bom
  11. 11. A ALMA ENCANTADORA DAS RUAS DE PARIS: “O BEIJO DOHÔTEL DE VILLE”.A foto ao lado, é considerada como a mais vendida da história. Noano de 1950 o fotógrafo Robert Doisneau (1912-1994) encontrava-setomando café na Rue de Rivoli, bem em frente ao Hotel de Ville,quando captou a imagem (assim dizia) de um casal apaixonado sebeijando intensamente, enquanto caminhavam na multidão.Tal fotografia completou o trabalho que ele realizava sobre oromantismo francês, ilustrando a reportagem encomendada pelarevista Americana LIFE, batizando a cena com o nome “O beijo doHotel de Ville“.Na realidade, a foto não foi ocasional. Doisneau levou o casal da fotoao lado (Françoise Bornet e Jacques Carteaud), para três locais deParis: a Place de la Concorde, a Rue de Rivoli e o Hôtel de Ville,pedindo que os dois se entrelaçassem com volúpia. Resultou, daí, “OBeijo do Hôtel de Ville” -foto-ícone do romantismo parisiense dosanos 1950.Como agradecimento, o casal recebeu uma cópia da foto na época.No ano de 2005, Françoise Bornet (a mulher do beijo), na foto ao lado,já com 75 anos, levou a leilão a foto que guardara por mais de 50anos, autografada pelo fotógrafo. Um milionário suíço a arrematou. Olance chegou à impressionante marca de 155 mil euros.
  12. 12. O BEIJO NA TIME SQUAREabril 12, 2010Victor JorgensenO Beijo de despedida a Guerra foi clicada pelofotógrafo Victor Jorgensen na Times Square, em14 de Agosto de 1945, onde um soldado damarinha norte-americana beija apaixonadamenteuma enfermeira.A fotografia, grande ícone, é considerada umaanalogia da excitação e paixão que significaregressar à casa depois de passar uma longatemporada fora, como também a alegriaexperimentada ao término de uma guerra.O que é fora do comum para aquela época é queos dois personagens não eram um casal, eramperfeitos estranhos que haviam acabado deencontrar-se.
  13. 13. Vocês conhecem o escritor Antonio Barreto? Já leram algum texto dele?Antonio Barreto (Antonio de Pádua Barreto Carvalho) nasceu em Passos (MG) em 13de junho de 1954. Reside em Belo Horizonte desde 1973. Morou também em algumascidades do Oriente Médio, onde trabalhou como projetista de Engenharia Civil, naconstrução de estradas, pontes e ferrovias. Tem vários prêmios nacionais einternacionais de literatura, para obras inéditas e publicadas, nos gêneros: poesia,conto, romance e literatura infanto-juvenil. Participa também de várias antologiasnacionais e estrangeiras de poesia e contos. Foi redator do Suplemento Literário doMinas Gerais, articulista e cronista do jornal Estado de Minas e da revista “Morada”(BH). Colabora com textos críticos, poemas e artigos de opinião para “El Clarín”(Buenos Aires), “Ror” (Barcelona); “Zidcht” (Frankfurt), “Somam” (Bruxelas); ” : eoutros periódicos. Atualmente coordena a Coleção “Para Ler o Mundo”, da FormatoEditori.
  14. 14. Senta que lá vem a história ...
  15. 15. * Durante a leitura, o professor estimula os alunos a checarem se as hipóteseslevantadas antes da leitura correspondem com o texto.* Após a leitura, responder às questões de inferência1- A protagonista da história lida é uma adolescente, Larissa, que no trecho lido conta ummomento importante de sua vida.a) Que momento é esse?b) Onde quando aconteceu?c) Com quem ela viveu essa experiência?2- Quem será o Cultura Inútil ?3- Você é a glicose do meu metabolismo O que o amigo quis dizer com essa expressão?4- Quem é Paracelso?5- Você considera que o título do texto está adequado? Explique.6- O que você achou do recurso utilizado pelo autor para aguçar a expectativa do leitorem relação ao beijo? Explique.7- O texto é escrito em primeira ou terceira pessoa? Justifique com trechos do texto.8- Qual o efeito causado por essa escolha do ponto de vista?

×