Samanta e priscila 2 a

692 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
692
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
74
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Samanta e priscila 2 a

  1. 1. Reciclagem do Papel
  2. 2. Produção de Papel• O processo de produção de papel tem início na plantação de árvores destinadas a este fim. No Brasil, cerca de 98% da produção de papel tem como matéria prima madeira originária destas florestas plantadas, principalmente de pinus e eucaliptos.
  3. 3. • Tal material é feito a partir de uma espécie de pasta desses elementos fibrosos, secada sob a forma de folhas. Do ponto de vista químico, o papel se constitui basicamente de ligações de hidrogênio.
  4. 4. A Reciclagem• Assim que chega na fábrica o papel passa por um processo de seleção para ver se está qualificado ou não para a reciclagem. Os lotes qualificados vão para o estoque, de onde os lotes mais antigos são utilizados para a fabricação do papel reciclado.
  5. 5. • Primeiramente estes papéis são lançados no ‘Hidrapulper’, um liquidificador gigante onde o papel é bombeado com água industrial, para que seja possível separar as fibras de celulose que serão utilizadas no novo papel. Após isso, a massa úmida vai para o turbo tiraplástico que tem o nome auto explicativo.
  6. 6. • Depois o papel moído e molhado vai para a centrifugação, onde por força da centrífuga, são retiradas as impurezas de maior densidade como pregos, grampos e areia. Após isso, o papel sofre acréscimos de produtos químicos que eliminam resíduos pequenos no mesmo, retiram as tintas destes papéis e clareiam os mesmos.
  7. 7. • Agora a pasta de papel já está pronta, pode-se adicionar fibras virgens de celulose para melhorar a qualidade do papel dependendo de que papel queira ser produzido ao final do processo. Esta pasta preparada retorna ao processo na etapa da prensagem.• A prensa acerta gramatura do papel que passa pelos rolos secadore até chegar a enroladeira onde é formado o rolo de papel. O rolo é transportado por ponte rolante até a rebobinadeira, o papel é rebobinado conforme formato da bobina.
  8. 8. • A bobina de papel acabada vai para o controle de qualidade, as que passam nessa etapa vão para o estoque, podendo ser vendidas ou vão para a cartonagem, transformando-se em chapas de papelão, a fim de serem industrializadas como caixas de papelão
  9. 9. Componentes: Priscila Elias Samanta Pereira

×