BAIXA IDADE MÉDIA (SÉCULOS
XI-XV)
professoralu.historia@gma
il.com
A CRISE DO FEUDALISMO
SÉCULOS XI - XV
Humanidades
“Da guerra, da peste e da
fome, livrai-nos Senhor”
Oração Medieval
FATORES DA
CRISE DO
FEUDALISMO
 Fome Feudal: século XI
Baixa produtividade agrícola
Crescimento demográfico (fim
das in...
AS CRUZADASExpedições militares contra
os muçulmanos, sob o
pretexto de reconquistar
Jerusalém e outros lugares
santos par...
CRUZADAS -
CAUSAS
 Causa Religiosa: libertar
Jerusalém/retomar lugares
sagrados
(Constantinopla)/deter avanço
do Islamism...
1ª
Cruzada:
Reconquist
ou
Jerusalém e
formou um
reino
feudal.
Foi
retomada
pelos
3ª Cruzada:
Cruzada dos
Reis
4ª Cruzada – retoma a
atividade comercial com o
Oriente  Renascimento
Comercial
4ª Cruzada – contato com a
cultura árabe ...
FATORES DA
CRISE DO
FEUDALISMO
 Renascimento Urbano: séculos
XI - XV
Crescimento das
cidades/Feiras
Formação de uma cam...
Corporações de Ofício –
associações de artesãos de uma
mesma cidade;
Confrarias – associações
religiosas de artesãos, sob
...
CONSEQUÊNCIAS
DO
RENASCIMENTO
COMERCIAL E
URBANO Crescimento Populacional 
necessidade de mais terras
cultiváveis e mais...
FORMAÇÃO DAS
MONARQUIAS
NACIONAIS
 Processo de centralização do poder na
Europa  Rei (Estado) mais poderoso
que senhores...
FRANÇA
1285-1314 – Filipe IV, o
Belo  fortaleceu a
autoridade real, convocou os
Estados Gerais,
Cativeiro de Avignon (130...
INGLATERRA
1215 – Magna Carta 
limita o poder do Rei
Conselho de Nobres >
Rei
1265 – Criação do
Parlamento
 Câmara dos L...
CRISE DA
IGREJA
 Decadência do Feudalismo
 Decadência moral do clero
(venda de indulgências,
comércio de relíquias,
nico...
CRISE DO
SÉCULO XIV
Grande fome
Guerra dos Cem Anos
Peste Negra  matou 20% da
população europeia
Consequências:
Milhões d...
Baixa Idade Media (sec XI-XV)
Baixa Idade Media (sec XI-XV)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Baixa Idade Media (sec XI-XV)

540 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
540
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Baixa Idade Media (sec XI-XV)

  1. 1. BAIXA IDADE MÉDIA (SÉCULOS XI-XV) professoralu.historia@gma il.com
  2. 2. A CRISE DO FEUDALISMO SÉCULOS XI - XV Humanidades “Da guerra, da peste e da fome, livrai-nos Senhor” Oração Medieval
  3. 3. FATORES DA CRISE DO FEUDALISMO  Fome Feudal: século XI Baixa produtividade agrícola Crescimento demográfico (fim das invasões vikings pelo Norte, Magiares pelo oeste e Magiares pelo Sul) Consequência: ÊXODO RURAL  Servos expulsos dos feudos  surgimento de novas demandas sociais (andarilhos, salteadores, mercenários, artesãos autônomos)
  4. 4. AS CRUZADASExpedições militares contra os muçulmanos, sob o pretexto de reconquistar Jerusalém e outros lugares santos para os católicos; Na Península Ibérica, a Guerra de Reconquista já recuava os muçulmanos. FATORES DA CRISE DO FEUDALISMO
  5. 5. CRUZADAS - CAUSAS  Causa Religiosa: libertar Jerusalém/retomar lugares sagrados (Constantinopla)/deter avanço do Islamismo;  Causa econômica: abrir o Mediterrâneo; expandir o comércio  Causa política: questão da primogenitura (Nobres sem- Consequências das Cruzadas: Retomada dos contatos comerciais entre Europa e Ásia; Expansão do comércio europeu no Mediterrâneo (Gênova e Veneza)
  6. 6. 1ª Cruzada: Reconquist ou Jerusalém e formou um reino feudal. Foi retomada pelos
  7. 7. 3ª Cruzada: Cruzada dos Reis
  8. 8. 4ª Cruzada – retoma a atividade comercial com o Oriente  Renascimento Comercial 4ª Cruzada – contato com a cultura árabe trouxe conhecimentos que ajudaram a Europa
  9. 9. FATORES DA CRISE DO FEUDALISMO  Renascimento Urbano: séculos XI - XV Crescimento das cidades/Feiras Formação de uma camada de homens livres (BURGUESIA) Expansão do artesanato/trabalho livre 
  10. 10. Corporações de Ofício – associações de artesãos de uma mesma cidade; Confrarias – associações religiosas de artesãos, sob proteção de um santo padroeiro; Guildas – associação de mercadores de uma cidade Hansas – associações de mercadores alemães
  11. 11. CONSEQUÊNCIAS DO RENASCIMENTO COMERCIAL E URBANO Crescimento Populacional  necessidade de mais terras cultiváveis e mais alimentos  Surgimento da Burguesia  Início do capitalismo (circulação monetária e atividades bancárias)  Desenvolvimento intelectual (universidades, óculos, imprensa, bússola, papel)  Comunas – libertação das cidades dos senhores feudais
  12. 12. FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS  Processo de centralização do poder na Europa  Rei (Estado) mais poderoso que senhores feudais locais + poder universal da Igreja Fatores:  Enfraquecimento da nobreza ($$$ vale mais que terras)  Declínio da autoridade papal  Aliança Rei-Burguesia (unificação de pesos, medidas, língua, impostos, leis e moeda; segurança para o comércio)  Guerra dos Cem Anos (1337-1453)
  13. 13. FRANÇA 1285-1314 – Filipe IV, o Belo  fortaleceu a autoridade real, convocou os Estados Gerais, Cativeiro de Avignon (1309- 1376) 1337-1453 – Guerra dos Cem Anos 1461-1483 – Luis XI
  14. 14. INGLATERRA 1215 – Magna Carta  limita o poder do Rei Conselho de Nobres > Rei 1265 – Criação do Parlamento  Câmara dos Lordes  Câmara dos Comuns
  15. 15. CRISE DA IGREJA  Decadência do Feudalismo  Decadência moral do clero (venda de indulgências, comércio de relíquias, nicolaísmo, heresias)  Ordens mendicantes – franciscanos e dominicanos  Cativeiro de Avignon  Peste Negra
  16. 16. CRISE DO SÉCULO XIV Grande fome Guerra dos Cem Anos Peste Negra  matou 20% da população europeia Consequências: Milhões de mortos Retração do comércio Questionamento do poder da Igreja

×