Alfabetização e consciência fonológica

356 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
356
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alfabetização e consciência fonológica

  1. 1. Alfabetização e Consciência Fonológica Atividades de Apoio para auxiliar na alfabetização quanto a CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA A palavra é.... _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta. _ O(a) professor (a) diz a palavra e discute com os alunos o seu significado, inclusive utilizando o dicionário) _ O representante do grupo deve acrescentar uma consoante antes da vogal que forma a primeira sílaba e formar uma outra palavra. Não se esqueça, esta é uma atividade oral. _ Exemplo 1: A palavra é... ato. Possíveis palavras que podem ser formadas: fato, gato, bato, lato, mato, pato, rato, tato, chato, etc _ Exemplo 2: A palavra é...ela. Possíveis palavras que podem ser formadas: nela, vela, mela, pela, gela, bela, etc Imitando o Cebolinha (turma da Mônica) _ Antes de desenvolver esta atividade a professora deve trabalhar o gênero história em quadrinhos, utilizando, inclusive, a revistinha Turma da Mônica. _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta. _ O(a) professor(a) propõe que falará palavras como se fosse o Cebolinha e o representante do grupo deve corrigi-la, pronunciando a palavra corretamente. _ Cebolinha fala: glaça. O representante corrige: Cebolinha, a palavra é graça. _ Outras palavras: flaca, blanca, Flança, blinca, etc _ Perguntar aos alunos qual é a letra que o Cebolinha troca. Cebolinha ao contrário(Segunda versão da brincadeira “Imitando o Cebolinha”)
  2. 2. _ O(a) professor(a) fala as palavras certas e o representante do grupo fala imitando o Cebolinha. CONSCIÊNCIA FONOLÓGICA OU VALOR POSICIONAL DAS LETRAS Mais uma letra _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta. _ O(a) professor(a) diz uma palavra e o representante do grupo deve transformála, utilizando o R na primeira sílaba, independente se antes ou depois da vogal.. _ Exemplo 1: Professor(a): pato - Aluno: prato ou parto _ Exemplo 2: Professor: ala - Aluno: rala _ Exemplo 3: Professor: caro – Aluno: carro. _ Trocar a utilização do R por L, M, N. _ Em outro momento essas atividades podem ser trabalhadas utilizando alfabeto móvel e ou escrita, para trabalhar a capacidade de relacionar o fonema com o grafema. RELAÇÃO FONEMAGRAFEMA Qual é a letra?(trabalhar sílabas não canônicas) _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta. _ O(a) professor(a) apresenta uma ficha com a palavra completa e a palavra incompleta para o aluno completá-la formando outra palavra. _ Exemplo 1: ficha com as palavras PATO VIRA P....ATO PACA VIRA P....ACA POTE VIRA PO....TE COMPREENSÃO DA NATUREZA ALFABETICA DO NOSSO SISTEMA DE ESCRITA Só mais duas _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados).
  3. 3. _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta. _ O(a) professor(a) apresenta uma palavra no quadro e desafia os grupos a formarem mais palavras obedecendo as regras seguintes: _ A nova palavra formada deve conter todas as letras da palavra original. _ Além das letras da palavra original a nova palavra deve ter mais duas letras diferentes. _ Exemplo 1 :Apresentar a palavra copa. Analisar com os alunos o número de letras e sílabas da palavra. Os alunos, utilizando o alfabeto móvel, deverão forma outras palavras, seguindo a regra acima: capado – pecado – picado – pipoca – tapioca, etc _ Analisar com os alunos se aumentando 2 letras, aumentou o número de sílabas ou não. Brincando de detetive _ Dividir a turma em grupos (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta _ A professora apresenta uma palavra“embaralhada” para o grupo descobrir qual é a palavra, obedecendo o tempo dado por ele. (comece com um tempo maior e vá diminuindo à medida que os alunos desenvolvam). _ Apresentar para o grupo A: bosmar (sombra)– grupo B: nafasamt (fantasma) Grupo C: meseten (semente), etc. LEITURA Saber ler reconhecendo globalmente as palavras Qual é a frase? _ Dividir a turma em grupo (alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ Em cada momento um aluno será o representante do grupo, até que todos tenham participado. _ O grupo pode cochichar com seu representante, no sentido de ajudá-lo a elaborar a resposta _ Colocar uma frase escrita em cartões (cada palavra num cartão) colados no quadro, virados.
  4. 4. A menina caiu da bicicleta e quebrou a perna. _ Dar a vez ao representante de cada grupo falar uma possível palavra da frase, de acordo com as dicas do(a) professor(a). _ Professora para o grupo 1: _ A frase fala de uma pessoa que ainda não cresceu. _ O grupo tem 2 chances para dizer menina se não disser outro grupo pode dizer, se acertar ganha o ponto _ Professor para o grupo 2: _ A frase fala de um acidente que a menina sofreu. _ Professora para o grupo 3: _ A frase fala de onde ela caiu. _ Professora para o grupo 4: _ A frase nos conta o que aconteceu quando a menina caiu da bicicleta.. _ O grupo deve ler a frase toda. Ganha um ponto se ler corretamente. _ Saber decodificar palavras e textos escritos _ Pedir ao representante de cada grupo para ler a frase. _ Fazer a leitura coletiva (turma) da frase. _ Formar frases menores e pedir aos representantes dos grupos que as leiam: A menina caiu. - A menina caiu da bicicleta.- A menina quebrou a perna. - A menina quebrou a bicicleta. - A bicicleta caiu. - etc Montadesmonta Construir a compreensão global do texto lido, unificando e interrelacionando informações explícitas e implícitas, produzindo inferências. _ Dividir a turma em 12 grupos (duplas de alunos com níveis de aprendizagem diferenciados). _ O(a) professor (a) deve dizer aos alunos que trouxe um texto (gênero híbrido: história em forma de poesia) todo cortado em fichas para que pudessem deixar exposto, enfeitando a sala, mas que quando chegava na escola aconteceu um acidente: o vento soprou tão forte que todas as fichas voaram. Agora ela precisava da ajuda dos alunos para montá-lo novamente. Ela irá distribuir o texto xerocado e ler, na ordem certa, pelo menos 3 vezes. O(a) professor(a) deverá distribuir o texto fatiado, entre os grupos dos alunos. Pedir as partes do texto e o grupo que estiver com a ficha correspondente deve fixá-la no quadro, na ordem certa. Vale consultar o texto xerocado. 1) Tragam a ficha que apresenta o personagem principal, 2) a ficha que fala o que ela era antes de ser menina, 3) a ficha que fala de como ela vivia,. 4) a ficha que fala onde ela vivia, 5) a ficha que fala do tipo do acidente ocorrido, 6) a fichas que fala de quem provocou o acidente,
  5. 5. 7) a ficha que fala do lugar onde a fada Rebeca guardava a varinha mágica, 8) a ficha que fala sobre o que caiu de cima do armário. 9) a ficha que fala de como a varinha caiu de cima do armário 10) a fichas que fala o que veio voando. 11) a ficha que fala em quem a varinha de condão bateu. 12) a ficha que conta que a varinha bateu muito de leve na boneca. 13) a ficha que conta o que aconteceu quando a varinha bateu na boneca. 14) Leitura coletiva do texto todo, utilizando as fichas e possíveis leituras individuais. 15) Valendo 3 pontos: por que na última estrofe da poesia o autor chama a boneca de pobre? “Bateu na pobre boneca...” 16) Valendo 3 pontos: Quem sabe dizer qual foi a transformação que aconteceu. 17) Valendo 5 pontos: Cada grupo cria um título para o texto. A turma convida a especialista da escola para escolher o melhor título. O grupo, criador do título escolhido ganha 5 pontos. _ Quem fizer mais pontos ganha o jogo. O texto Era uma vez uma menina Que um dia foi boneca. Vivia sozinha, esquecida Na casa da fada Rebeca. Foi um acidente fatal. A borboleta Formosa Derrubou de cima do armário A varinha poderosa. Veio voando no ar A varinha de condão. Bateu na pobre boneca Feito nuvem de algodão BUM! Que transformação! Contribuição – Sala de Apoio Pedagógico Professora Rosangela L. Scheuer Vali
  6. 6. 7) a ficha que fala do lugar onde a fada Rebeca guardava a varinha mágica, 8) a ficha que fala sobre o que caiu de cima do armário. 9) a ficha que fala de como a varinha caiu de cima do armário 10) a fichas que fala o que veio voando. 11) a ficha que fala em quem a varinha de condão bateu. 12) a ficha que conta que a varinha bateu muito de leve na boneca. 13) a ficha que conta o que aconteceu quando a varinha bateu na boneca. 14) Leitura coletiva do texto todo, utilizando as fichas e possíveis leituras individuais. 15) Valendo 3 pontos: por que na última estrofe da poesia o autor chama a boneca de pobre? “Bateu na pobre boneca...” 16) Valendo 3 pontos: Quem sabe dizer qual foi a transformação que aconteceu. 17) Valendo 5 pontos: Cada grupo cria um título para o texto. A turma convida a especialista da escola para escolher o melhor título. O grupo, criador do título escolhido ganha 5 pontos. _ Quem fizer mais pontos ganha o jogo. O texto Era uma vez uma menina Que um dia foi boneca. Vivia sozinha, esquecida Na casa da fada Rebeca. Foi um acidente fatal. A borboleta Formosa Derrubou de cima do armário A varinha poderosa. Veio voando no ar A varinha de condão. Bateu na pobre boneca Feito nuvem de algodão BUM! Que transformação! Contribuição – Sala de Apoio Pedagógico Professora Rosangela L. Scheuer Vali

×