Angiofibroma <ul><li>Benigno, mas localmente agressivo. </li></ul><ul><li>0,05% das neoplasias de cabeça e pescoço. </li><...
 
 
 
 
 
 
 
Neurofibromatose tipo I <ul><li>Desordem autossômica dominante. </li></ul><ul><li>Gene NF1, cromossomo 17q11. </li></ul><u...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Neuroclube 30 08-2010

433 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
433
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Neuroclube 30 08-2010

  1. 6. Angiofibroma <ul><li>Benigno, mas localmente agressivo. </li></ul><ul><li>0,05% das neoplasias de cabeça e pescoço. </li></ul><ul><li>Quase exclusivamente homens, tipicamente na segunda década. </li></ul><ul><li>Pode estender-se para a fossa ptérigo-palatina e abaular a parede do seio maxilar(89%), bem como para as fissuras orbitais. </li></ul><ul><li>Extensão para o seio esfenoidal (66%). </li></ul><ul><li>Artéria maxilar interna. </li></ul><ul><li>Sinal intermediário em T1, com pontos de baixo sinal. </li></ul><ul><li>Diagnóstico diferencial: linfoma, linfoepitelioma, schwannoma, histiocitoma fibroso. </li></ul>
  2. 14. Neurofibromatose tipo I <ul><li>Desordem autossômica dominante. </li></ul><ul><li>Gene NF1, cromossomo 17q11. </li></ul><ul><li>50% não tem história familiar. </li></ul><ul><li>Prevalência de 1:4000. </li></ul><ul><li>Glioma do n. óptico = astrocitoma pilocítico. </li></ul>

×