Vários fenômenos podem ocorrer com
uma onda: o desvio ou o contorno que ela
realiza ao encontrar obstáculos em sua
propaga...
Cada ponto de uma frente de onda
pode ser considerado uma nova fonte
de ondas secundárias que se
propagam em todas as dire...
A reflexão de uma onda ocorre após incidir num
meio de características diferentes e retornar a
se propagar no meio inicial...
Denomina-se refração a passagem de uma onda
de um meio para outro de características
diferentes (densidade, textura, etc)....
É o encurvamento sofrido por uma onda
quando esta encontra obstáculos à sua
propagação. Esta propriedade das ondas foi
de ...
A Polarização é um fenômeno que acontece
somente com as ondas transversais.
Consiste na seleção de um plano de vibração
fr...
Ocorre quando duas
ondas da mesma
natureza se encontram
e, assim, as energias
transmitidas por elas se
somam (interferênci...
Elas se formam quando duas ondas idênticas se
encontram, se movendo em sentidos opostos.
Esse tipo de onda é caracterizado...
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
fenômenos ondulatórios
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

fenômenos ondulatórios

418 visualizações

Publicada em

refração, difração, reflexão, polarização etc.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

fenômenos ondulatórios

  1. 1. Vários fenômenos podem ocorrer com uma onda: o desvio ou o contorno que ela realiza ao encontrar obstáculos em sua propagação, a interferência que ocorre quando se encontram duas ondas produzidas por diferentes fontes e ainda o fenômeno da polarização.
  2. 2. Cada ponto de uma frente de onda pode ser considerado uma nova fonte de ondas secundárias que se propagam em todas as direções. Em cada instante, a curva ou a superfície que envolve a fronteira dessas ondas secundárias é uma nova frente de onda.
  3. 3. A reflexão de uma onda ocorre após incidir num meio de características diferentes e retornar a se propagar no meio inicial. Qualquer que seja o tipo da onda considerada, o sentido de seu movimento é invertido. Porém o módulo de sua velocidade não se altera. Isto decorre do fato de que a onda continua a se propagar no mesmo meio.
  4. 4. Denomina-se refração a passagem de uma onda de um meio para outro de características diferentes (densidade, textura, etc). Qualquer que seja o tipo de onda considerada verifica-se que o sentido e velocidade de propagação não são mais os mesmos de antes da refração. Isto acontece, pois o meio apresenta propriedades distintas das do meio antigo.
  5. 5. É o encurvamento sofrido por uma onda quando esta encontra obstáculos à sua propagação. Esta propriedade das ondas foi de fundamental importância para provar que os raios de uma onda não são retilíneos.
  6. 6. A Polarização é um fenômeno que acontece somente com as ondas transversais. Consiste na seleção de um plano de vibração frente aos outros por um objeto, ou seja, se incidir ondas com todos os planos de vibração num certo objeto, este acaba deixando passar apenas aquelas perturbações que ocorrem num determinado plano.
  7. 7. Ocorre quando duas ondas da mesma natureza se encontram e, assim, as energias transmitidas por elas se somam (interferência construtiva) ou subtraem (interferência destrutiva). Após o encontro as duas ondas seguem como se nada tivesse acontecido.
  8. 8. Elas se formam quando duas ondas idênticas se encontram, se movendo em sentidos opostos. Esse tipo de onda é caracterizado por pontos fixos de valor zero, chamados de nodos, e pontos de máximos também fixos, chamados de antinodos.

×