Aula O Competitivo Mercado de Trabalho Hoje

8.542 visualizações

Publicada em

Apresentação utilizada na aula inaugural do curso de MBA da Fundação Getúlio Vargas, em 2003. Traça um panorama que possibilita a compreensão da realidade atual do mercado, discorre sobre o papel do administrador e apresenta o MBA como diferencial importante no cada vez mais concorrido mercado de trabalho.

Publicada em: Negócios, Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.542
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula O Competitivo Mercado de Trabalho Hoje

  1. 1. MBA – MAUÁ – AULA INAUGURAL TURMA 16 O competitivo mercado de trabalho hoje Prof. Helton Haddad Silva São Paulo, 04/08/2003
  2. 2. <ul><li>Conteúdo da Aula Inaugural </li></ul><ul><li>O mercado hoje; </li></ul><ul><li>O papel do administrador; </li></ul><ul><li>O MBA como diferencial. </li></ul>
  3. 3. Professor Helton Haddad Silva Mestre e Doutor em Administração; Professor da Mauá e da EAESP/FGV; Diretor do SMG ( www.smg-web.com.br ) Tel.: 5575-9966 Email: helton@smg-web.com.br
  4. 4. O Mercado hoje
  5. 5. <ul><li>É cada vez mais difícil agradar os clientes. Eles querem: </li></ul><ul><li> - Produtos e serviços superiores; </li></ul><ul><li>-Adaptados às suas necessidades; </li></ul><ul><li>-Fornecidos com extrema rapidez; </li></ul><ul><li>-Pelos menores preços. </li></ul>O que constatamos?
  6. 6. 2. As empresas estão perseguindo as melhores práticas (Qualidade Total, sistemas de ERP, etc); 3. As empresas cada vez mais são parecidas entre si; O que constatamos?
  7. 7. 4. Desmoronamento de algumas barreiras à concorrência em escala global; 5 A lealdade dos clientes está se evaporando: => Os clientes irão se transferir para um concorrentes que ofereça um incremento de valor que exceda o custo da transferência; O que constatamos?
  8. 8. 6. A inovação tecnológica oferece uma possível resposta, mas com a diminuição cada vez maior do ciclo de vida dos produtos, as empresas estão tendo dificuldade para recuperar os custos da inovação. O que constatamos?
  9. 9. E quais são as conseqüências? Hipercompetição. Convergência Competitiva. Fusões e Aquisições. A vantagem competitiva é, na melhor das hipóteses, temporária e os lucros não são sustentáveis ao longo do tempo.
  10. 10. Qual é a saída? Compreender a realidade da administração atual, suas exigências e o modo como profissionalmente podemos nos posicionar neste mercado. Para isso, o fundamental é ter o know how e a habilidade pessoal de “navegar neste mar turbulento”.
  11. 11. Desempenho Gerencial <ul><li>Visão imediatista; </li></ul><ul><li>Foco no curto prazo; </li></ul><ul><li>Ênfase na solução de crises. “ O futuro a Deus pertence” </li></ul>GESTÃO EMPRESARIAL NO BRASIL Fonte: Prof. Thomaz Wood Jr.
  12. 12. <ul><li>Ausência de planejamento estratégico </li></ul><ul><li>Lacuna de planejamento entre os níveis </li></ul><ul><li>tático e operacional </li></ul><ul><li>“ Planejamento estratégico não se aplica aqui” “Improvisação é o nome do jogo” </li></ul>Planejamento
  13. 13. <ul><li>Estrutura muito hierarquizada </li></ul><ul><li>Centralização das decisões nos níveis superiores </li></ul><ul><li>Incompatibilidade entre autoridade e responsabidade </li></ul><ul><li>Sistemas fragmentados “Manda quem pode, obedece quem tem juízo” </li></ul>Estrutura e Processo decisório
  14. 14. <ul><li>Função punitiva </li></ul><ul><li>Uso de mecanismos “randômicos”de controle </li></ul><ul><li>Ausência de mecanismos de feedback “Uma ´incerta´ de vez em quando é necessário” </li></ul>Sistemas de Controle
  15. 15. <ul><li>Conflitos não são discutidos abertamente </li></ul><ul><li>Aversão ao risco </li></ul><ul><li>Imposição </li></ul><ul><li>“ Empurrando o problema para cima” </li></ul>Relações interpessoais
  16. 16. <ul><li>Lacuna entre discurso e prática </li></ul><ul><li>Discurso participativo </li></ul><ul><li>Prática autoritária </li></ul><ul><li>“ Na prática, a teoria é outra” </li></ul>Estilo Gerencial
  17. 17. <ul><li>Foco em produtividade, </li></ul><ul><li>custos, qualidade e eficiência </li></ul><ul><li>Absorção de modas e modismos gerenciais </li></ul>Foco gerencial
  18. 18. Uma Nova Relação Com o Mercado O que as empresas estão fazendo para fazer frente à globalização (percentagem de empresas que assinalaram cada item) Fonte: Prof. Thomaz Wood Jr. GESTÃO EMPRESARIAL NO BRASIL
  19. 19. Os Caminhos da Mudança Como a transformação está ocorrendo nas empresas (percentagem de empresas que assinalaram cada item) GESTÃO EMPRESARIAL NO BRASIL
  20. 20. Colhendo os Frutos Os resultados trazidos pelas mudanças (percentagem de empresas que assinalaram cada item) GESTÃO EMPRESARIAL NO BRASIL
  21. 21. O Papel do Administrador
  22. 22. O ADMINISTRADOR <ul><li>Definição clássica: </li></ul><ul><li>“ O administrador é o responsável pelo trabalho dos outros” </li></ul><ul><li>Henry Fayol (1916) </li></ul><ul><li>“ Administrar é prever, organizar, comandar, coordenar e controlar” </li></ul><ul><li>Peter Drucker (1975) </li></ul><ul><li>“ O administrador é o responsável pelo trabalho dos outros e é responsável pela contribuição que presta” </li></ul><ul><li>Robert Katz (1986) </li></ul><ul><li>“ Um administrador dirige as atividades de outras pessoas e assume a responsabilidade de atingir determinados objetivos por meio da soma de esforços” </li></ul>
  23. 23. Pirâmide Gerencial Alta administração Média Gerência Supervisão de Primeira Linha Poder Número de Funcionários Supervisores, Encarregados, Chefes de Seção Gerentes de Departamento Conselho de Acionistas; Presidente; Diretores
  24. 24. NÍVEIS DE ADMINISTRAÇÃO <ul><li>Nível Estratégico ( alta administração) </li></ul><ul><li>Nível Tático (média gerência) </li></ul><ul><li>Nível Operacional (supervisão ou gerência de primeira linha) </li></ul>
  25. 25. <ul><li>Hierarquia gerencial </li></ul><ul><li>São os níveis de administração dentro de uma organização; tipicamente, inclui os níveis de alta e média gerência e o nível de supervisão. </li></ul>
  26. 26. HABILIDADES DOS ADMINISTRADORES <ul><li>Habilidades Técnicas; </li></ul><ul><li>Habilidades Interpessoais e de Comunicação; </li></ul><ul><li>Habilidades Conceituais e de Decisão. </li></ul>
  27. 27. IMPORTÂNCIA RELATIVA DAS HABILIDADES GERENCIAIS   Habilidades Conceituais   * * * * * * Habilidades Interpessoais e de Comunicação * * * * * * Habilidades Técnicas * * * * * *   Nível Operacional Nível Tático Nível Estratégico        
  28. 28. PAPÉIS GERENCIAIS (Mintzberg) <ul><li>Papéis Interpessoais; </li></ul><ul><li>Papéis Informacionais; </li></ul><ul><li>Papéis Decisórios. </li></ul>
  29. 29. PAPÉIS INTERPESSOAIS <ul><li>1. Chefe, Figura de Proa, Relações Públicas; </li></ul><ul><li>2. Líder; </li></ul><ul><li>3. Ligação, Contato. </li></ul>
  30. 30. PAPÉIS INFORMACIONAIS <ul><li>1. Monitor; </li></ul><ul><li>2. Disseminador; </li></ul><ul><li>3. Comunicador, Porta-Voz. </li></ul>
  31. 31. PAPÉIS DECISÓRIOS <ul><li>1. Empreendedor; </li></ul><ul><li>2. Administrador de Conflitos; </li></ul><ul><li>3. Alocador de Recursos; </li></ul><ul><li>4. Negociador. </li></ul>
  32. 32. O MBA como diferencial
  33. 33. <ul><li>No que o MBA pode auxiliar: </li></ul><ul><li>Uma “estrela” no curriculum; </li></ul><ul><li>Completar suas habilidades pessoais; </li></ul><ul><li>Permitir o aprendizado de novos conteúdos; </li></ul><ul><li>Ser um fórum de discussão sobre as novas realidades; </li></ul><ul><li>Ampliar o seu networking; </li></ul>
  34. 34. <ul><li>No que o MBA pode auxiliar: </li></ul><ul><li>Estimular o “espírito empreendedor”; </li></ul><ul><li>Ampliar sua visão pessoal e profissional sobre a administração e o mundo dos negócios atual; </li></ul>
  35. 35. <ul><li>A sua parte: </li></ul><ul><li>Estudar “de verdade”: ler, cumprir as tarefas, participar das aulas, discussões e trabalhos... </li></ul><ul><li>Enfrentar o cansaço e o desânimo que podem aparecer ao longo do curso; </li></ul><ul><li>Encarar a turma como seu “time” e os profs. como seus “coachers”. </li></ul>
  36. 36. Como diria um filósofo: “ A longa caminhada começa com o primeiro passo!” Obrigado e sucesso a todos!

×