Por que a necessidade deDiretrizes Curriculares na        Educação?      Naura Syria Carapeto Ferreira
FORMAÇÃO PARA A CIDADANIA                        Uma nova forma de conceber o mundo e a  sociedade, a partir da realidade...
Concepção  norte direçãoQual a concepção que norteia nossas ações na escola?Qual é o norte que perseguimos na educação...
ORGANIZAÇÃO  estabelecer as bases (orgânico, organismo)                        Uma ordem nos elementos que constituem u...
Proposta com a qualidade social1. possibilite a articulação de todos os segmentos2. estimule políticas intencionais e oper...
PRINCÍPIOS                              construir políticas públicas educacionais de  formação para a verdadeira cidadani...
CRFB de 1988  o Brasil - República Federativa formada pela União indissolúvel dos Estados e Município e do Distrito Fede...
Regime normativo e político, plural e descentralizado onde se cruzam novos mecanismos de participação social com um model...
princípio da gestão democrática  mediante umaprática que articule a participação de todos, odesempenho administrativo-pe...
CURRÍCULO  conjunto das atividades sob a responsabilidade da escola.DIRETRIZES CURRICULARES constituem- se na direção, ...
A educação escolar se tornar pública como função do Estado e mais explicitamente como dever do Estado a fim de que cada i...
1. A escola oferece um tipo de formação   sistematizada que não é facilmente adquirida em   outro lugar.2. A escola é uma ...
4. A passagem pela escola, assim como desempenho    desta com os alunos e alunas, isto é o êxito ou    fracasso acadêmicos...
6.   A escola está inserida na chamada     “sociedade global” onde violentas e     profundas transformações no mundo do   ...
RESPONSABILIDADE DA ESCOLA – DO               PROFESSOR(A)PARTICIPAÇÃO  participare  “fazer parte de”; “tomar parte em”;...
Um projeto educacional que possibilite a articulação detodos os segmentos, que estimule práticas coletivas de solidaried...
MUITO OBRIGADANAURA SYRIA CARAPETO FERREIRA                  nauraf@uol.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Araucária. palestra julho de 2011 naura 1

546 visualizações

Publicada em

Apresentação para Semana Pedagógica 2011 Araucária

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
546
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
64
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Araucária. palestra julho de 2011 naura 1

  1. 1. Por que a necessidade deDiretrizes Curriculares na Educação? Naura Syria Carapeto Ferreira
  2. 2. FORMAÇÃO PARA A CIDADANIA  Uma nova forma de conceber o mundo e a sociedade, a partir da realidade concreta de nosso país  PACTO FEDERATIVO como uma convenção, um contrato e um compromisso DE TODOS com os princípios constitucionais
  3. 3. Concepção  norte direçãoQual a concepção que norteia nossas ações na escola?Qual é o norte que perseguimos na educação?Em que direção caminhamos quanto ao ensino?Qual a qualidade que desejamos para a formação dos nossos filhos e alunos?Agimos, na escola, ao acaso, improvisando? Ou fazendo “o que se considera certo”?O que é um SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO? O que é um plano nacional de educação? O que é regime de colaboração? O que é qualidade social?
  4. 4. ORGANIZAÇÃO  estabelecer as bases (orgânico, organismo)  Uma ordem nos elementos que constituem um todo, na União, nas unidades federadas, o distrito federal e nos municípios  de forma orgânica, em uníssono  DIRETRIZ  linha reguladora do traçado de um caminho, conjunto de instruções para se tratar e levar a termo um plano.
  5. 5. Proposta com a qualidade social1. possibilite a articulação de todos os segmentos2. estimule políticas intencionais e operacionais coletivas de solidariedade3. proporciona condições de desenvolvimento de políticas intencionais e operacionais pedagógicas inovadoras4. é portadora de uma mensagem de mudança da sociedade que se revela na superação dos preconceitos e de todos os fatores que têm contribuído historicamente para a negação do direito do acesso e da permanência na educação escolar.
  6. 6. PRINCÍPIOS  construir políticas públicas educacionais de formação para a verdadeira cidadania, em todos os níveis da federação  superar o individualismo imperante e acirrado  pautadas nos ideais de liberdade e solidariedade humana, justiça social e fraternidade construir uma sociedade livre, justa e igualitária
  7. 7. CRFB de 1988  o Brasil - República Federativa formada pela União indissolúvel dos Estados e Município e do Distrito Federal. (art. 1º ).Estrutura-se sob o princípio da cooperação recíproca, de acordo com os artigos 1º, 18, 23 e 60, § 4º, I.Criou um sistema de repartição de competências e atribuições legislativas entre os integrantes do sistema federativo, dentro de limites expressos, reconhecendo a dignidade e a autonomia próprias dos mesmosRecusou um federalismo centrífugo e o centrípeto, optou por um federalismo cooperativo sob a denominação de regime de colaboração recíproca, descentralizado, com funções compartilhadas entre os entes federativos.
  8. 8. Regime normativo e político, plural e descentralizado onde se cruzam novos mecanismos de participação social com um modelo institucional cooperativo que amplia o número de sujeitos políticos capazes de tomar decisões.A cooperação exige entendimento mútuo entre os entes federativos e a participação supõe a abertura de novos espaços públicos de deliberação e de decisão. A cooperação, a divisão de atribuições, a assinalação de objetivos comuns com normas nacionais gerais indicam que, nesta Constituição, a acepção de sistema se dá como sistema federativo por colaboração, tanto quanto de Estado Democrático de Direito.
  9. 9. princípio da gestão democrática  mediante umaprática que articule a participação de todos, odesempenho administrativo-pedagógico e ocompromisso sócio-políticoo caráter ético e axiológico (valores) da democraciaA educação escolar necessita ser, em toda rede deensino, um princípio anti-autoritário que postula acirculação do pensamento divergente, rejeita posturasdogmáticas e, por isso, torna legítima e legalparticipação do corpo docente nos projetospedagógicos da instituição escolar, construindo asdiretrizes curriculares.
  10. 10. CURRÍCULO  conjunto das atividades sob a responsabilidade da escola.DIRETRIZES CURRICULARES constituem- se na direção, nas orientações quanto à formação que se opera a escola: abarca as dimensões científica, técnico, ética e humana que se constituem de elementos cognitivos (aprendizagem, ensino, habilidades, conhecimentos, capacitação, qualificação) e elementos atitudinais (socialização, disciplina, conduta, disposições)
  11. 11. A educação escolar se tornar pública como função do Estado e mais explicitamente como dever do Estado a fim de que cada indivíduo possa se auto-governar como ente dotado de liberdade e ser capaz de participar como cidadão consciente e crítico de uma sociedade de pessoas livres e iguais. No âmbito das pessoas, o federalismo é sinônimo de autonomia.
  12. 12. 1. A escola oferece um tipo de formação sistematizada que não é facilmente adquirida em outro lugar.2. A escola é uma instituição cujo papel consiste na socialização do saber sistematizado existindo para propiciar a aquisição dos instrumentos que possibilitam o acesso a esse saber.3. Esta formação abarca as dimensões científica, técnico, ética e humana que se constituem de elementos cognitivos (aprendizagem, ensino, habilidades, conhecimentos, capacitação, qualificação) e elementos atitudinais ( socialização, disciplina, conduta, disposições).
  13. 13. 4. A passagem pela escola, assim como desempenho desta com os alunos e alunas, isto é o êxito ou fracasso acadêmicos, têm influência relevante sobre o acesso às oportunidades sociais da vida em sociedade. Vale dizer, da formação que a escola propiciar e administrar, dependerá a vida futura de todos que por ela passarem.5. A escola é “locus de reprodução, e locus de produção de políticas, orientações e regras” (Lima, 1999).
  14. 14. 6. A escola está inserida na chamada “sociedade global” onde violentas e profundas transformações no mundo do trabalho e das relações sociais vêm causando impactos desestabilisadores à toda humanidade exigindo novos conteúdos de formação, novas formas de organização e gestão da educação ressignificando o valor da teoria e da prática da administração da
  15. 15. RESPONSABILIDADE DA ESCOLA – DO PROFESSOR(A)PARTICIPAÇÃO  participare  “fazer parte de”; “tomar parte em”; “fazer saber, informar, anunciar”  “PERTENÇA”  CONDUTA ATIVA, COMPROMISSADA  COLETIVO
  16. 16. Um projeto educacional que possibilite a articulação detodos os segmentos, que estimule práticas coletivas de solidariedade, que proporcione condições de desenvolvimento de práticaspedagógicas inovadoras, que é portador de uma mensagem de mudança dasociedade que se revela na superação dos preconceitos e detodos os fatores que têm contribuído historicamente para anegação do direito do acesso e da permanência na educaçãoescolar. Assim, perceberão que o SISTEMA NACIONAL DEEDUCAÇÃO QUE SE CONSUBSTANCIA EM CADAESTADO E MUNICÍPIO através das DIRETRIZESCURRICULARES tem suas bases de sustentação de umprojeto social mais amplo, cujo ponto central é sempre o
  17. 17. MUITO OBRIGADANAURA SYRIA CARAPETO FERREIRA nauraf@uol.com.br

×