1
Sérgio Mafra
Líder Inovação TI
21 Setembro 2016
Transformando a informação
em Self-Service BI no ONS
2
Macro direcionadores para o Ciclo 2016 - 2018
Organização Digital -> Transformação Digital
Definição: Utilização maciça ...
3
Transformação Digital nas indústrias
4
Organização Digital em 3 Enfoques
Fonte: MIT Center for Digital Business and CapGemini Consulting - 2011
Experiência do
...
5
Organização Digital
Fonte: MIT Center for Digital Business and CapGemini Consulting - 2011
PROCESSO DE CONTATO COM CLIEN...
6
Decisão baseada em Fatos...em um Mar de Informações
The Rime of the Ancient Mariner by
Gustave Doré
“And Water, water, e...
7
Os 3 principais botões de qualquer aplicação
OK Cancelar
Exportar para Excel
Segundo o Gartner:
“As soluções tradicionai...
8
Novos Ventos
Fonte: Gartner
9
O desafio do uso de Analytics
Análise Descritiva
Information Portal
Análise Diagnóstica
Analytics Workbench
Análise Pred...
10
Uma plataforma moderna de BI que suporta o
desenvolvimento de conteúdo analítico habilitado pela
TI.
• É uma arquitetur...
11
Enterprise Data Warehouse
IT “faz tudo”
Reativo
Lento
Estático
Complicado
Tabular
Relatórios
Desktop
On premise
Negócio...
12
Frentes
Arquitetura de Informação
Revisão do SAP BO
Revisão/Expansão do ODS
Governança de Dados/Analytics
Upgrade do In...
13
Self-Service BI
Iniciativas em Andamento (2016)
• Pós-Operação: Simulação de impactos Resoluções da ANEEL
• Proteção: A...
14
Self-Service BI
Acesso aos
dados
Exploração
“Blend”“Discover”
Colaboração
Ciclo do Descobrimento
15
Self-Service BI
Resultados (até agora)
• Preparação de Dados: A TI prepara o conjunto de dados inicial.
A área de negóc...
16
Self-Service BI
Próximos Passos
• Centro de Excelência (CoE): Preparação de estrutura para foco
nas Disciplinas, Pessoa...
17
Perguntas ?
smafra@ons.org.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

TIEnergia2016

42 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
42
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TIEnergia2016

  1. 1. 1 Sérgio Mafra Líder Inovação TI 21 Setembro 2016 Transformando a informação em Self-Service BI no ONS
  2. 2. 2 Macro direcionadores para o Ciclo 2016 - 2018 Organização Digital -> Transformação Digital Definição: Utilização maciça de tecnologia para melhorar radicalmente o desempenho e/ou o alcance da empresa. Visão GIT: “Deve-se repensar cada processo/serviço sob a ótica da informação e não somente sob a ótica da tarefa/atividade. Conceitos como Internet das coisas, Mobilidade e Analytics devem ser progressivamente incluídos nas soluções ofertadas.” Organização Digital ???
  3. 3. 3 Transformação Digital nas indústrias
  4. 4. 4 Organização Digital em 3 Enfoques Fonte: MIT Center for Digital Business and CapGemini Consulting - 2011 Experiência do Cliente Processos Operacionais Modelo de Negócios Entendimento do Cliente • Segmentação com Analytics • Análise de midia Social Crescimento • Vendas por meio digital • Marketing Preditivo • Processo de vendas contínuo Contato com o Cliente • Atendimento ao cliente • Canais sincronizados • Self-Service Capacidades Digitais Processos Digitais • Melhoria do Desempenho • Novas Funções Colaborador Digital • Trabalho Remoto • Comunicação Rápida • Troca de Conhecimento Gestão Desempenho • Transparência Operacional • Decisões baseadas em Dados Negócios Modificados • Produtos/Serviços • Físico para Digital Novos Negócios • Produtos Digitais • Novas Fronteiras Globalização • Integração Empresarial • Decisão descentralizada • Serviços Compartilhados • Processos e Dados unificados • Capacidades Analíticas • Integração TI e Negócio • Entregas Rápidas
  5. 5. 5 Organização Digital Fonte: MIT Center for Digital Business and CapGemini Consulting - 2011 PROCESSO DE CONTATO COM CLIENTE PROCESSOS OPERACIONAIS Midia Social Analytics Digitalização do Processo Colaboração Interna Experiência do Cliente Mobilidade Sensores Integração de Dados MODELOS DE NEGÓCIO
  6. 6. 6 Decisão baseada em Fatos...em um Mar de Informações The Rime of the Ancient Mariner by Gustave Doré “And Water, water, every where, Nor any drop to drink.”
  7. 7. 7 Os 3 principais botões de qualquer aplicação OK Cancelar Exportar para Excel Segundo o Gartner: “As soluções tradicionais de BI são ETLs caros de exportação de dados para o Excel”
  8. 8. 8 Novos Ventos Fonte: Gartner
  9. 9. 9 O desafio do uso de Analytics Análise Descritiva Information Portal Análise Diagnóstica Analytics Workbench Análise Preditiva e Prescritiva Data Science Fonte: Gartner Disciplinas D2P2 Self-Service Colaboração BI & Relatórios Métricas & Dashboards Business Analytics Visualizações & Descobertas Analytics Avançado Previsões & Otimizações
  10. 10. 10 Uma plataforma moderna de BI que suporta o desenvolvimento de conteúdo analítico habilitado pela TI. • É uma arquitetura auto-contida que habilita usuários não-técnicos para o uso autônomo de analytics – do acesso, carga e preparação de dados até a análise interativa com a colaboração dos resultados. • É diferente das plataformas tradicionais de BI, onde o conteúdo analítico é produzido pela área de TI, usando ferramentas e conhecimentos específicos, com uma considerável modelagem inicial de dados, aliada a uma camada pré-definida de metadados. O BI Moderno....
  11. 11. 11 Enterprise Data Warehouse IT “faz tudo” Reativo Lento Estático Complicado Tabular Relatórios Desktop On premise Negócio x TI Logical Data Warehouse (Big Data) Self-service Proativo Rápido Interativo Fácil Visual Analytics Mobile Cloud Negócio & TI O BI Moderno.... BI BA Business Intelligence Business Analytics
  12. 12. 12 Frentes Arquitetura de Informação Revisão do SAP BO Revisão/Expansão do ODS Governança de Dados/Analytics Upgrade do Informix Self-Service BI Qualidade de Dados Projeto Information Management Mapa Mundi das Funções/Relações Definição dos Papéis e Responsabilidades Atualização da infra-estrutura da Base de Dados Técnica Otimização dos ambientes Produtivo e Analítico Garantia da consistência, acuracidade dos dados Modernização do Ambiente de BI Tradicional Aumento Produtividade/Democratização Acesso Objetivos
  13. 13. 13 Self-Service BI Iniciativas em Andamento (2016) • Pós-Operação: Simulação de impactos Resoluções da ANEEL • Proteção: Análise estatísta das Pertubações (Desligamento Forçados) • Comunicação: Apresentação de dados históricos do ONS.
  14. 14. 14 Self-Service BI Acesso aos dados Exploração “Blend”“Discover” Colaboração Ciclo do Descobrimento
  15. 15. 15 Self-Service BI Resultados (até agora) • Preparação de Dados: A TI prepara o conjunto de dados inicial. A área de negócios expande. • Governança de Dados: As ferramentas permitem implementar uma governança através do controle de acesso aos painéis e/ou DataSets, o acesso às fontes de dados é gerenciado pelo servidor de base de dados. • Camada Semântica: O fornecimento de uma camada semântica ainda está sendo discutido. • Modelo de Dados: O modelo de dados está construído para sistemas e não para pessoas. • Organização: A forma de trabalhar em time possibilitou a preparação de painéis rapidamente, com análise mais ampla e riqueza de insights.
  16. 16. 16 Self-Service BI Próximos Passos • Centro de Excelência (CoE): Preparação de estrutura para foco nas Disciplinas, Pessoas, Processos e Tecnologia de Analytics. • Capacitação: Treinamento e habilitação dos usuários (TI e Negócio). • ODS: Revisão da modelagem do armazenamento das informações. • Aplicação do BI Tradicional: Revisão da forma do uso do BI Tradicional, dentro de uma avaliação criteriosa. • Revisão do modelo de aplicações: Pensar Analytics como parte da entrega da solução completa. • Governança: Discussão e implementação da Governança de Dados em conjunto com a Governança da Informação.
  17. 17. 17 Perguntas ? smafra@ons.org.br

×