SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
INTRODUÇÃO
• Todo o crente precisa ser batizado e assim tornar-se
membro da Igreja local. Para isto, é previamente
necessário que tenha sido feito antes uma confissão de
fé e aceitação de Cristo Jesus como Salvador.
• Também é necessário à Igreja conhecer o testemunho
do candidato antes de recomendá-Io ao batismo e à
membresia eclesiástica.
• O Batismo e a Ceia do Senhor são as duas Ordenanças
estabelecidas por Jesus Cristo quando esteve aqui na
terra com seus discípulos.
• Com este conhecimento, cada aluno ou candidato
poderá se sentir mais seguro e fundamentado para
aquiescer ao batismo e às responsabilidades com a
Igreja Local onde vai se filiar.
• A Igreja de Cristo não é formada de autômatos ou
pessoas 'teleguiadas'. Jesus disse: "E conhecereis a
verdade e a verdade vos libertará". (João 8:32)
• É somente através do conhecimento da verdade de
Deus que todos nós poderemos tornar tais decisões.
• O propósito do autor é que este estudo sirva de
esclarecimento pessoal e por sua clareza estimule sua
obediência a Cristo e à Sua Palavra.
A IGREJA
• A. Morfologia
• Vem da palavra grega "ekklesía" que significa,
originalmente "chamados para fora". A idéia básica é de
que Deus nos tirou ou nos chamou 'de dentro do mundo
para fora', para criar uma 'nova so-ciedade', 'um novo
povo' para Sí.
B. Aplicações do termo 'Igreja':
• 1. Denominação ou grupo de cristãos.
• 2. Templo, construção para fins religiosos.
• 3. No caso da hierarquia de clérigos - Igreja Católica ou
Igreja Docente.
• 4. Conjunto de cristãos na concepção local ou universal,
segundo o ensino bíblico.
C. Definição de Igreja Local:
• Um grupo de pessoas chamadas por Deus, regeneradas
pelo Espírito Santo, que formam um corpo visível num
determinado local e época, organizada, com propósitos
específicos, batizados nas águas por imersão, que
aceitam um pacto (um acordo com Cristo, " ... no seu
sangue ... "), que se reúnem para evangelizar os
perdidos, batizar os convertidos, edificar os crentes,
tomar a Ceia do Senhor regularmente, ter comunhão
uns com os outros, enfim desempenhar a missão de
Cristo sobre a terra.
D. Definição de lgreja Universal:
• É o conjunto de todos os crentes, os redimidos por
Cristo, de todas eras e lugares sobre a face da terra,
formando um corpo invisível, será reunido no céu, por
ocasião do ajuntamento de todos os salvos
arrebatamento e na ressurreição.
• Ver os textos: Efésios 1:22; Hebreus 12:22 e 23.
• 1. Atualmente a Igreja Universal existe espiritualmente,
parcialmente e não reunida, subdividida nas várias
Igrejas locais do mundo, também incluindo os santos em
glória, " ... os que dormem ... " no Senhor
• A NATUREZA DAS ORDENANÇAS EM GERAL
• Os termos a seguir, são colocados em contraste para
se perceber melhor o que mais perfeitamente descreve
estes dois mandamentos de Jesus Cristo à Sua Igreja.
• A. Sacramento
• Alguma coisa apresentada aos sentidos físicos, a qual é
de instrução divina e tem poder para conferir graça aos
que disto participam.
OBS: NÃO ACEITAMOS ESTE PONTO DE VISTA.
• Para nós, os elementos da Ceia ou o próprio ato em
si do Batismo ou da Comunhão não conferem
nenhuma graça àqueles que deles participam.
B. Símbolo
• É a representação visível de uma verdade invisível. O
Batismo e a Ceia são símbolos, porém não apenas isto.
C. Rito
• É aquilo que se emprega com regularidade em religião
ou qualquer sistema religioso cujo propósito é sacro ou
sagrado.
D. Ordenança
• Aquilo que é de instituição imperativamente divina, que
é feito com regularidade, e serve como simbolismo de
determinadas verdades espirituais e que o Senhor Jesus
Cristo aplicou a todos os crentes em todas as épocas
como um mandado a ser observado.
• O BATISMO
• A. Indícios de que o Batismo bíblico é OBRIGATÓRIO.
1. Cristo pediu o Batismo - Ver João 1:33; Mateus 3:13-
15.
2. Cristo ordenou o Batismo - Ver Mateus 28:18-20.
3. Fazia parte da pregação apostólica: "... Arrependei-vos
e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus
Cristo ... " Atos 2:38
4. Foi prática dos apóstolos - Ver Atos 2:37-41.
5. Era costume universal da Igreja Cristã no seu início e
posteriormente (I Coríntios 1:12-17).
6. A literatura universal da Igreja Cristã, extra-bíblica, isto
é, fora da Bíblia, comprova que esta prática foi
universal na Igreja daquela época.
Modos do Batismo e o Modo Bíblico.
• 1. Aspersão: Quando é simplesmente derramada
água na cabeça do batizando. Não há justificativa
Bíblica para essa maneira de administrar o batismo.
• 2. Derramamento: Quando é derramada água no
corpo inteiro do batizando. Também não encontramos
indícios bíblicos a este respeito.
• 3. Imersão: Quando o batizando é mergulhado na
água de um rio ou num batistério, sendo a condição
requeri da que o candidato seja inteiramente
mergulhado em água.
• a. Deriva da palavra grega (transl. "baptísmos') que
quer dizer "imergir" ou "mergulhar".
• b. Nos locais onde eram efetuados os Batismos, se
evidenciava a existência de "...muitas águas ... " .
Vejamos:
(1) João 3:23 " e havia ali muitas águas ... "
(2) Mateus 3:6 "no rio Jordão ".
(3) Marcos 1:10 "e saiu da água "
(4) Atos 8:36-39 "entrou na água ... e saiu da água ... "
A CEIA DO SENHOR
A. É uma ordenança de Cristo.
• 1. Lucas 22:16 - Mostra indiretamente que Jesus não a
comeria novamente, até que o Reino se cumprisse.
• 2. I Coríntios 11: 24 - "Fazei isso todas as vezes que...
• 3. Atos 2:41 e 42
• A Ceia do Senhor sempre está relacionada com o
Batismo numa relação de consequência e sequencia.
• B. Simbolismo dos Elementos da Ceia.
1. A morte e o sofrimento vicário de Cristo - I Coríntios
11:26.
2. A apropriação pessoal dos benefícios de Cristo, O
Crucificado - que já são apropriados por nós:
a. João 6:51 - " ... o pão é a minha carne ... "
b. I Coríntios 1: 23; 2: 2 - " ... Cristo, O crucificado ... "
3. Uma comunhão espiritual entre os crentes e
portanto, unidade.
a. Atos 2: 42 - " e na comunhão uns com os outros. "
b. Atos 2:46 - " e comiam juntos ... "

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

O batismo nas águas
O  batismo nas águasO  batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
 
O batismo nas águas
O batismo nas águasO batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Razões da nossa fé lição 5
Razões da nossa fé   lição 5Razões da nossa fé   lição 5
Razões da nossa fé lição 5
 
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
A santa cei apub
 
Batismo nas aguas
Batismo nas aguasBatismo nas aguas
Batismo nas aguas
 
A unidade da Igreja
A unidade da IgrejaA unidade da Igreja
A unidade da Igreja
 
Batismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediênciaBatismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediência
 
Jornal do Batismo
Jornal do BatismoJornal do Batismo
Jornal do Batismo
 
Aula 02 a ceia do senhor para o site
Aula 02   a ceia do senhor para o siteAula 02   a ceia do senhor para o site
Aula 02 a ceia do senhor para o site
 
Estudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinaiEstudo batismo oficialmontesinai
Estudo batismo oficialmontesinai
 
Batismo 3º Pós Convívio
Batismo 3º Pós ConvívioBatismo 3º Pós Convívio
Batismo 3º Pós Convívio
 
Ceia eucarística
Ceia eucarísticaCeia eucarística
Ceia eucarística
 
O batismo nas águas
O batismo nas águasO batismo nas águas
O batismo nas águas
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
 
Ceia do Senhor
Ceia do SenhorCeia do Senhor
Ceia do Senhor
 
Lição 13 hebreus
Lição 13   hebreusLição 13   hebreus
Lição 13 hebreus
 
Estudo19 batismo
Estudo19 batismoEstudo19 batismo
Estudo19 batismo
 

Destaque

Evangelismo parte 2 metodologia
Evangelismo parte 2 metodologiaEvangelismo parte 2 metodologia
Evangelismo parte 2 metodologiaJoel Silva
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aulaJoel Silva
 
Intuição por que você deve seguir a sua?
Intuição   por que você deve seguir a sua?Intuição   por que você deve seguir a sua?
Intuição por que você deve seguir a sua?Eder Prado
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aulaJoel Silva
 
O Encontro de Jesus com Nicodemos
O Encontro de Jesus com NicodemosO Encontro de Jesus com Nicodemos
O Encontro de Jesus com NicodemosIBMemorialJC
 
Historia cámaras fotograficas
Historia cámaras fotograficasHistoria cámaras fotograficas
Historia cámaras fotograficasbinimelis94
 
Aprendendo com o Sofrimento
Aprendendo com o SofrimentoAprendendo com o Sofrimento
Aprendendo com o SofrimentoIBMemorialJC
 
Alcançando uma Vida Melhor
Alcançando uma Vida MelhorAlcançando uma Vida Melhor
Alcançando uma Vida MelhorIBMemorialJC
 
O Toque que Fez Jesus Parar
O Toque que Fez Jesus PararO Toque que Fez Jesus Parar
O Toque que Fez Jesus PararIBMemorialJC
 
Presentación sobre las relaciones de significado
Presentación sobre las relaciones de significadoPresentación sobre las relaciones de significado
Presentación sobre las relaciones de significadojsaboritbasanta
 
2º módulo 3ª aula
2º módulo   3ª aula2º módulo   3ª aula
2º módulo 3ª aulaJoel Silva
 

Destaque (20)

O tempo
O tempoO tempo
O tempo
 
Atuação diabólica
Atuação diabólicaAtuação diabólica
Atuação diabólica
 
Evangelismo parte 2 metodologia
Evangelismo parte 2 metodologiaEvangelismo parte 2 metodologia
Evangelismo parte 2 metodologia
 
Escuela de discipulado
Escuela de discipulado Escuela de discipulado
Escuela de discipulado
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aula
 
Home office
Home officeHome office
Home office
 
Obadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta MenorObadias - Profeta Menor
Obadias - Profeta Menor
 
Intuição por que você deve seguir a sua?
Intuição   por que você deve seguir a sua?Intuição   por que você deve seguir a sua?
Intuição por que você deve seguir a sua?
 
Ame Cada Pessoa
Ame Cada PessoaAme Cada Pessoa
Ame Cada Pessoa
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
 
LA VUELTA AL MUNDO EN 80 DÍAS
LA VUELTA AL MUNDO EN 80 DÍASLA VUELTA AL MUNDO EN 80 DÍAS
LA VUELTA AL MUNDO EN 80 DÍAS
 
Tintín en el Congo
Tintín en el CongoTintín en el Congo
Tintín en el Congo
 
O Encontro de Jesus com Nicodemos
O Encontro de Jesus com NicodemosO Encontro de Jesus com Nicodemos
O Encontro de Jesus com Nicodemos
 
Historia cámaras fotograficas
Historia cámaras fotograficasHistoria cámaras fotograficas
Historia cámaras fotograficas
 
Aprendendo com o Sofrimento
Aprendendo com o SofrimentoAprendendo com o Sofrimento
Aprendendo com o Sofrimento
 
Alcançando uma Vida Melhor
Alcançando uma Vida MelhorAlcançando uma Vida Melhor
Alcançando uma Vida Melhor
 
Trabajo de historia
Trabajo de historiaTrabajo de historia
Trabajo de historia
 
O Toque que Fez Jesus Parar
O Toque que Fez Jesus PararO Toque que Fez Jesus Parar
O Toque que Fez Jesus Parar
 
Presentación sobre las relaciones de significado
Presentación sobre las relaciones de significadoPresentación sobre las relaciones de significado
Presentación sobre las relaciones de significado
 
2º módulo 3ª aula
2º módulo   3ª aula2º módulo   3ª aula
2º módulo 3ª aula
 

Semelhante a 6º módulo 2ª aula

Culto dos Juniores - 07.12.21.pptx
Culto dos Juniores - 07.12.21.pptxCulto dos Juniores - 07.12.21.pptx
Culto dos Juniores - 07.12.21.pptxRosaleeCunha
 
A Missa para não-católicos
A Missa para não-católicosA Missa para não-católicos
A Missa para não-católicosOrlando Junior
 
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptx
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptxDOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptx
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptxJoseTrajano2
 
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos Gerson G. Ramos
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10Joel de Oliveira
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10Joel Silva
 
Lição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaLição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaAdriana Cunha
 
Rito do-batismo-de-crianca 02
Rito do-batismo-de-crianca 02Rito do-batismo-de-crianca 02
Rito do-batismo-de-crianca 02torrasko
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosPresentepravoce SOS
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxCelso Napoleon
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Éder Tomé
 
Sacrametos sinais visiveis
Sacrametos sinais visiveisSacrametos sinais visiveis
Sacrametos sinais visiveisPaulo Kuke
 
Vamos a igreja para participar da santa missa
Vamos a igreja para participar da santa missaVamos a igreja para participar da santa missa
Vamos a igreja para participar da santa missaSITEclarissasmarilia
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasÉder Tomé
 

Semelhante a 6º módulo 2ª aula (20)

6º módulo 2ª aula
6º módulo   2ª aula6º módulo   2ª aula
6º módulo 2ª aula
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
 
Culto dos Juniores - 07.12.21.pptx
Culto dos Juniores - 07.12.21.pptxCulto dos Juniores - 07.12.21.pptx
Culto dos Juniores - 07.12.21.pptx
 
A Missa para não-católicos
A Missa para não-católicosA Missa para não-católicos
A Missa para não-católicos
 
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptx
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptxDOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptx
DOSCIPULADO BATISMO NAS ÁGUAS 2.pptx
 
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
Rituais e cerimônias da igreja_Lição da Escola Sabatina_original_com_textos
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 103º trimestre 2015 adolescentes lição 10
3º trimestre 2015 adolescentes lição 10
 
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igrejaLBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
LBJ Lição 5 - Ordenanças da igreja
 
Apostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismoApostila treinamento-para-batismo
Apostila treinamento-para-batismo
 
Lição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaLição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionária
 
Rito do-batismo-de-crianca 02
Rito do-batismo-de-crianca 02Rito do-batismo-de-crianca 02
Rito do-batismo-de-crianca 02
 
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianosOs sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
Os sacramentos-de-iniciação-cristã-salesianos
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
 
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
Lição 12 - A necessidade do batismo com o Espírito Santo.
 
W. nee-batismo-parte-1
W. nee-batismo-parte-1W. nee-batismo-parte-1
W. nee-batismo-parte-1
 
Sacrametos sinais visiveis
Sacrametos sinais visiveisSacrametos sinais visiveis
Sacrametos sinais visiveis
 
Vamos a igreja para participar da santa missa
Vamos a igreja para participar da santa missaVamos a igreja para participar da santa missa
Vamos a igreja para participar da santa missa
 
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águasLição 07 - A ordenança do batismo em águas
Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
 
A Conversão
A ConversãoA Conversão
A Conversão
 

Mais de Joel Silva

Seguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzSeguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzJoel Silva
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Joel Silva
 
A bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeA bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeJoel Silva
 

Mais de Joel Silva (20)

Seguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzSeguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruz
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
A bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeA bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidade
 
Romanos 16
Romanos   16Romanos   16
Romanos 16
 
Romanos 15
Romanos   15Romanos   15
Romanos 15
 
Romanos 14
Romanos   14Romanos   14
Romanos 14
 
Romanos 13
Romanos   13Romanos   13
Romanos 13
 
Romanos 13
Romanos   13Romanos   13
Romanos 13
 
Romanos 12
Romanos   12Romanos   12
Romanos 12
 

Último

Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxWerquesonSouza
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 

Último (10)

Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 

6º módulo 2ª aula

  • 1.
  • 2. INTRODUÇÃO • Todo o crente precisa ser batizado e assim tornar-se membro da Igreja local. Para isto, é previamente necessário que tenha sido feito antes uma confissão de fé e aceitação de Cristo Jesus como Salvador. • Também é necessário à Igreja conhecer o testemunho do candidato antes de recomendá-Io ao batismo e à membresia eclesiástica. • O Batismo e a Ceia do Senhor são as duas Ordenanças estabelecidas por Jesus Cristo quando esteve aqui na terra com seus discípulos.
  • 3. • Com este conhecimento, cada aluno ou candidato poderá se sentir mais seguro e fundamentado para aquiescer ao batismo e às responsabilidades com a Igreja Local onde vai se filiar. • A Igreja de Cristo não é formada de autômatos ou pessoas 'teleguiadas'. Jesus disse: "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". (João 8:32) • É somente através do conhecimento da verdade de Deus que todos nós poderemos tornar tais decisões. • O propósito do autor é que este estudo sirva de esclarecimento pessoal e por sua clareza estimule sua obediência a Cristo e à Sua Palavra.
  • 4. A IGREJA • A. Morfologia • Vem da palavra grega "ekklesía" que significa, originalmente "chamados para fora". A idéia básica é de que Deus nos tirou ou nos chamou 'de dentro do mundo para fora', para criar uma 'nova so-ciedade', 'um novo povo' para Sí.
  • 5. B. Aplicações do termo 'Igreja': • 1. Denominação ou grupo de cristãos. • 2. Templo, construção para fins religiosos. • 3. No caso da hierarquia de clérigos - Igreja Católica ou Igreja Docente. • 4. Conjunto de cristãos na concepção local ou universal, segundo o ensino bíblico.
  • 6. C. Definição de Igreja Local: • Um grupo de pessoas chamadas por Deus, regeneradas pelo Espírito Santo, que formam um corpo visível num determinado local e época, organizada, com propósitos específicos, batizados nas águas por imersão, que aceitam um pacto (um acordo com Cristo, " ... no seu sangue ... "), que se reúnem para evangelizar os perdidos, batizar os convertidos, edificar os crentes, tomar a Ceia do Senhor regularmente, ter comunhão uns com os outros, enfim desempenhar a missão de Cristo sobre a terra.
  • 7. D. Definição de lgreja Universal: • É o conjunto de todos os crentes, os redimidos por Cristo, de todas eras e lugares sobre a face da terra, formando um corpo invisível, será reunido no céu, por ocasião do ajuntamento de todos os salvos arrebatamento e na ressurreição. • Ver os textos: Efésios 1:22; Hebreus 12:22 e 23. • 1. Atualmente a Igreja Universal existe espiritualmente, parcialmente e não reunida, subdividida nas várias Igrejas locais do mundo, também incluindo os santos em glória, " ... os que dormem ... " no Senhor
  • 8. • A NATUREZA DAS ORDENANÇAS EM GERAL • Os termos a seguir, são colocados em contraste para se perceber melhor o que mais perfeitamente descreve estes dois mandamentos de Jesus Cristo à Sua Igreja. • A. Sacramento • Alguma coisa apresentada aos sentidos físicos, a qual é de instrução divina e tem poder para conferir graça aos que disto participam. OBS: NÃO ACEITAMOS ESTE PONTO DE VISTA. • Para nós, os elementos da Ceia ou o próprio ato em si do Batismo ou da Comunhão não conferem nenhuma graça àqueles que deles participam.
  • 9. B. Símbolo • É a representação visível de uma verdade invisível. O Batismo e a Ceia são símbolos, porém não apenas isto. C. Rito • É aquilo que se emprega com regularidade em religião ou qualquer sistema religioso cujo propósito é sacro ou sagrado. D. Ordenança • Aquilo que é de instituição imperativamente divina, que é feito com regularidade, e serve como simbolismo de determinadas verdades espirituais e que o Senhor Jesus Cristo aplicou a todos os crentes em todas as épocas como um mandado a ser observado.
  • 10. • O BATISMO • A. Indícios de que o Batismo bíblico é OBRIGATÓRIO. 1. Cristo pediu o Batismo - Ver João 1:33; Mateus 3:13- 15. 2. Cristo ordenou o Batismo - Ver Mateus 28:18-20. 3. Fazia parte da pregação apostólica: "... Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo ... " Atos 2:38 4. Foi prática dos apóstolos - Ver Atos 2:37-41. 5. Era costume universal da Igreja Cristã no seu início e posteriormente (I Coríntios 1:12-17). 6. A literatura universal da Igreja Cristã, extra-bíblica, isto é, fora da Bíblia, comprova que esta prática foi universal na Igreja daquela época.
  • 11. Modos do Batismo e o Modo Bíblico. • 1. Aspersão: Quando é simplesmente derramada água na cabeça do batizando. Não há justificativa Bíblica para essa maneira de administrar o batismo. • 2. Derramamento: Quando é derramada água no corpo inteiro do batizando. Também não encontramos indícios bíblicos a este respeito. • 3. Imersão: Quando o batizando é mergulhado na água de um rio ou num batistério, sendo a condição requeri da que o candidato seja inteiramente mergulhado em água.
  • 12. • a. Deriva da palavra grega (transl. "baptísmos') que quer dizer "imergir" ou "mergulhar". • b. Nos locais onde eram efetuados os Batismos, se evidenciava a existência de "...muitas águas ... " . Vejamos: (1) João 3:23 " e havia ali muitas águas ... " (2) Mateus 3:6 "no rio Jordão ". (3) Marcos 1:10 "e saiu da água " (4) Atos 8:36-39 "entrou na água ... e saiu da água ... "
  • 13. A CEIA DO SENHOR A. É uma ordenança de Cristo. • 1. Lucas 22:16 - Mostra indiretamente que Jesus não a comeria novamente, até que o Reino se cumprisse. • 2. I Coríntios 11: 24 - "Fazei isso todas as vezes que... • 3. Atos 2:41 e 42 • A Ceia do Senhor sempre está relacionada com o Batismo numa relação de consequência e sequencia. • B. Simbolismo dos Elementos da Ceia. 1. A morte e o sofrimento vicário de Cristo - I Coríntios 11:26.
  • 14. 2. A apropriação pessoal dos benefícios de Cristo, O Crucificado - que já são apropriados por nós: a. João 6:51 - " ... o pão é a minha carne ... " b. I Coríntios 1: 23; 2: 2 - " ... Cristo, O crucificado ... " 3. Uma comunhão espiritual entre os crentes e portanto, unidade. a. Atos 2: 42 - " e na comunhão uns com os outros. " b. Atos 2:46 - " e comiam juntos ... "