SlideShare uma empresa Scribd logo
RENASCIMENTO
BAIXA IDADE MÉDIA
Século
XI
Século
XIV
Formação
dos Estados
Nacionais
Renascimento
comercial e
urbano.
Fome,
peste e
guerras
Surgimento da
burguesia
Retomada dos textos clássicos
Humanismo
Antropocentrismo
Concepção filosófica que valorizava a visão
crítica da realidade, procurando soluções por
meio de observações científicas e métodos
experimentais.
Questão 01 - (FUVEST-91) - O Renascimento
marcou o início da Idade Moderna. Indique e
comente duas características fundamentais do
Renascimento.
SOLUÇÃO
São características fundamentais do Renascimento:
• Humanismo – valorização do homem, estudos dos clássicos
gregos e romanos, observação e experimentação que criaram os
alicerces da ciência moderna.
• Antropocentrismo – o homem passa a ser o grande indagador
dos fenômenos que ocorrem consigo e na natureza. A procura de
respostas traz a Razão, em detrimento da postura passiva
perante a vontade de
Deus.
O sucesso das ideias renascentistas ocorreu devido a sua rápida
difusão. Alguns fatores contribuíram para isso:
 A invenção da imprensa.
A tomada de Constantinopla, em 1453, pelos Turcos otomanos.
 O movimento de expansão marítima.
A prática do mecenato.
RENASCIMENTO ITALIANO
 o renascimento apresenta suas primeiras manifestações na Itália, por
volta do século XIII.
 circunstâncias favoráveis
Um dos berços da antiguidade
clássica, guardava inúmeros
documentos importantes para
os humanistas italianos
A vida urbana nesta região
sempre teve destaque,
mantendo o fluxo comercial com
o oriente mesmo nos tempos de
descentralização política
Concentrava por ter grande
atividade comercial um grupo
mercantil forte que valorizou a
prática do mecenato.
ALGUMAS MANIFESTAÇÕES
Literatura
Renova-se com novas formas de
expressão como o soneto, a poesia
épica e a prosa de conteúdo crítico
FRANCISCO PETRARCA, ODES A LAURA
Inventor do soneto - tipo de poema
fixo de duas estrofes de 4 versos e duas
estrofes com 3 versos. Trata-se de uma
composição lógica com introdução,
desenvolvimento e conclusão.
DANTE ALIGHIERI, DIVINA COMÉDIA
O poema possui uma impressionante simetria
matemática baseada no número três. É escrito
utilizando uma técnica original conhecida como
terza rima, onde as estrofes de dez sílabas,
com três linhas cada, rimam da forma ABA.
GIOVANNI BOCCACCIO, DECAMERÃO
Ruptura com a moral medieval, em que se
valorizava o amor espiritual, iniciando o
registro dos valores terrenos tão explorados
pelo humanismo; nele não mais o divino,
mas a natureza, dita a conduta do homem
PINTURA Rompeu com a tradição medieval do imobilismo e dos
temas exclusivamente religiosos, surge novas cores,
formas e movimentos são inseridos assim como noções
de perspectiva, proporção e profundidade.
Mona Lisa,
De Leonardo da Vinci
ARQUITETURA
Busca por formas regulares, equilibradas e de proporções
harmoniosas. Amplo uso de cúpulas e colunas, como na
antiguidade clássica.
ESCULTURA As esculturas deixam de ser um elemento
decorativo integrado à arquitetura passando a ter vida
autônoma.
Pietá,
Michelangelo
Questão 02 - Considere os itens adiante.
I."... a busca da perfeição no retratar o homem levou a uma simbiose
entre arte e ciência, desenvolvendo-se estudos de anatomia, técnicas
de cores, perspectivas..."
II. ”... o teocentrismo, o coletivismo, a tradição marcaram as obras de
arte do período e estiveram presentes na pintura, na arquitetura e na
escultura..."
III. “... procuram explicar o mundo através de novas teorias, fugindo às
interpretações religiosas típicas do período anterior. O grande
destaque é a utilização do método experimental...”.
O Renascimento é identificado em:
a) Somente II;
b) Somente I e II;
c) Somente I e III;
d) Somente II e III;
e) I, II e III.
Item I – certo, o homem torna-se o centro de todos os estudos.
Item II - errado, vimos que este período é marcado pelo
antropocentrismo.
Item III – certo, busca-se alternativas às explicações religiosas e por
isso a valorização dos métodos experimentais e de observação.
Resposta: letra C.
Estudo da anatomia
humana para melhor
representar o homem
nas artes.
CIÊNCIAS Estudos voltados para o conhecimento objetivo do
homem. Métodos que utilizavam a observação e comprovação
científica transformaram a forma de explicar o mundo e garantiram
grandes progressos para a humanidade.
Questão 03 - (Fatec SP/2005) - Sobre o Renascimento científico é correto
dizer:
a) As Ciências não avançaram muito nesse período, pois sofriam a influência
do Cristianismo.
b) Houve, nesse período, grandes progressos na Trigonometria e na Álgebra,
além de se desenvolverem pesquisas sobre a refração da luz e se criarem
fundamentos da óptica.
c) O homem renascentista adotava a Teoria Geocêntrica formulada por
Nicolau Copérnico e defendida por Galileu Galilei.
d) O espírito crítico do homem renascentista partiu para a Ciência
experimental, a observação, a fim de obter explicações racionais para os
fenômenos da natureza.
e) O homem renascentista via o Universo como uma obra sobrenatural, fruto
dos preceitos cristãos.
.
SOLUÇÃO
a) Há avanço científico significativo.
b) Não neste momento se desenvolvem pesquisas sobre refração
óptica.
c) Teoria heliocêntrica. O sol é o centro do universo.
d) Resposta certa.
e) O homem renascentista vai se opor às idéias sobrenaturais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capítulo 3
Capítulo 3Capítulo 3
Capítulo 3
Leonardo Marques
 
Filosofia moderna 22 1
Filosofia moderna 22 1Filosofia moderna 22 1
Filosofia moderna 22 1
Alexandre Misturini
 
Renascimento cultural-convertido
Renascimento cultural-convertidoRenascimento cultural-convertido
Renascimento cultural-convertido
Anne Fabriele
 
Q41
Q41Q41
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Linha do tempo ciencias
Linha do tempo cienciasLinha do tempo ciencias
Linha do tempo ciencias
thilipe
 
A Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos TemposA Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos Tempos
Lucas Campos
 
História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
professoraivanilda
 
Aula 1 filosofia
Aula 1 filosofiaAula 1 filosofia
Aula 1 filosofia
Regiany Viscaino
 
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Ementa História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna IEmenta História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna I
Victor Hugo de Oliveira Marques
 
3 filosofia moderna e iluminista filosofia
3 filosofia moderna e iluminista   filosofia3 filosofia moderna e iluminista   filosofia
3 filosofia moderna e iluminista filosofia
Daniele Rubim
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
A ciencia moderna
A ciencia modernaA ciencia moderna
Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333
Alexandre Misturini
 
Filosofia moderna 22 444444
Filosofia moderna 22 444444Filosofia moderna 22 444444
Filosofia moderna 22 444444
Alexandre Misturini
 
Paradigmas do Pensamento Ocidental
Paradigmas do Pensamento OcidentalParadigmas do Pensamento Ocidental
Paradigmas do Pensamento Ocidental
Alan
 
do Teocentrismo ao Antropocentrismo
do Teocentrismo ao Antropocentrismodo Teocentrismo ao Antropocentrismo
do Teocentrismo ao Antropocentrismo
Larissa Barreis
 

Mais procurados (18)

Capítulo 3
Capítulo 3Capítulo 3
Capítulo 3
 
Filosofia moderna 22 1
Filosofia moderna 22 1Filosofia moderna 22 1
Filosofia moderna 22 1
 
Renascimento cultural-convertido
Renascimento cultural-convertidoRenascimento cultural-convertido
Renascimento cultural-convertido
 
Q41
Q41Q41
Q41
 
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna- Prof.Altair Aguilar.
 
Linha do tempo ciencias
Linha do tempo cienciasLinha do tempo ciencias
Linha do tempo ciencias
 
A Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos TemposA Ciência Através dos Tempos
A Ciência Através dos Tempos
 
História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
 
Aula 1 filosofia
Aula 1 filosofiaAula 1 filosofia
Aula 1 filosofia
 
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Moderna - Prof.Altair Aguilar.
 
Ementa História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna IEmenta História da Filosofia Moderna I
Ementa História da Filosofia Moderna I
 
3 filosofia moderna e iluminista filosofia
3 filosofia moderna e iluminista   filosofia3 filosofia moderna e iluminista   filosofia
3 filosofia moderna e iluminista filosofia
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
Aula 8
 
A ciencia moderna
A ciencia modernaA ciencia moderna
A ciencia moderna
 
Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333Filosofia moderna 22 33333
Filosofia moderna 22 33333
 
Filosofia moderna 22 444444
Filosofia moderna 22 444444Filosofia moderna 22 444444
Filosofia moderna 22 444444
 
Paradigmas do Pensamento Ocidental
Paradigmas do Pensamento OcidentalParadigmas do Pensamento Ocidental
Paradigmas do Pensamento Ocidental
 
do Teocentrismo ao Antropocentrismo
do Teocentrismo ao Antropocentrismodo Teocentrismo ao Antropocentrismo
do Teocentrismo ao Antropocentrismo
 

Destaque

A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
MARIANO C7S
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
profcacocardozo
 
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e UrbanoIdade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
aluizioalves
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
Auxiliadora
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
Fátima da História
 
Renascimento Comercial
Renascimento ComercialRenascimento Comercial
Renascimento Comercial
Aulas de História
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo

Destaque (7)

A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
A Baixa Idade Média - breve estudo sobre as Cruzadas, Renascimento Comercial ...
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e UrbanoIdade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
Idade Média: Feudalismo/Renascimento Comercial e Urbano
 
Baixa idade média i
Baixa idade média   iBaixa idade média   i
Baixa idade média i
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Renascimento Comercial
Renascimento ComercialRenascimento Comercial
Renascimento Comercial
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 

Semelhante a www.AulasEnsinoMedio.com.br - História - Renascimento

www.CentroApoio.com - História - Renascimento - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Renascimento  - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - História - Renascimento  - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Renascimento - Vídeo Aula
Vídeo Aulas Apoio
 
www.professoraparticularapoio.com.br - História - Renascimento
www.professoraparticularapoio.com.br - História -  Renascimentowww.professoraparticularapoio.com.br - História -  Renascimento
www.professoraparticularapoio.com.br - História - Renascimento
Patrícia Morais
 
www.ensinofundamental.net.br - História - Renascimento
www.ensinofundamental.net.br - História -  Renascimentowww.ensinofundamental.net.br - História -  Renascimento
www.ensinofundamental.net.br - História - Renascimento
EnsinoFundamental
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Renascimento
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Renascimentowww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Renascimento
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Renascimento
AulasDeHistoriaApoio
 
Renasc.14
Renasc.14Renasc.14
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURALO RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
Jose Ribamar Santos
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
guest2306886
 
Atividade renascimento
Atividade renascimentoAtividade renascimento
Atividade renascimento
Ana Barros Pinho Vieira
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
caty1998
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
Ana Batista
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Acrópole - História & Educação
 
Questões de vestibular sobre Renascimento
Questões de vestibular sobre RenascimentoQuestões de vestibular sobre Renascimento
Questões de vestibular sobre Renascimento
Zé Knust
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
Henrique Scalzer
 
05 renascimento cultural e cientifico
05   renascimento cultural e cientifico05   renascimento cultural e cientifico
05 renascimento cultural e cientifico
Portal do Vestibulando
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
rosangela13
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
Alan
 
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aulaarte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
keilalima67
 
Renascimento (2)
Renascimento (2)Renascimento (2)
Renascimento (2)
cattonia
 

Semelhante a www.AulasEnsinoMedio.com.br - História - Renascimento (20)

www.CentroApoio.com - História - Renascimento - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Renascimento  - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - História - Renascimento  - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Renascimento - Vídeo Aula
 
www.professoraparticularapoio.com.br - História - Renascimento
www.professoraparticularapoio.com.br - História -  Renascimentowww.professoraparticularapoio.com.br - História -  Renascimento
www.professoraparticularapoio.com.br - História - Renascimento
 
www.ensinofundamental.net.br - História - Renascimento
www.ensinofundamental.net.br - História -  Renascimentowww.ensinofundamental.net.br - História -  Renascimento
www.ensinofundamental.net.br - História - Renascimento
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Renascimento
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Renascimentowww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Renascimento
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Renascimento
 
Renasc.14
Renasc.14Renasc.14
Renasc.14
 
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURALO RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
O RENASCIMENTO CIENTIFICO E CULTURAL
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Atividade renascimento
Atividade renascimentoAtividade renascimento
Atividade renascimento
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
 
O Renascimento
O RenascimentoO Renascimento
O Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
 
Questões de vestibular sobre Renascimento
Questões de vestibular sobre RenascimentoQuestões de vestibular sobre Renascimento
Questões de vestibular sobre Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
Renascimento
RenascimentoRenascimento
Renascimento
 
05 renascimento cultural e cientifico
05   renascimento cultural e cientifico05   renascimento cultural e cientifico
05 renascimento cultural e cientifico
 
Arte Grega
Arte GregaArte Grega
Arte Grega
 
Renascimento
Renascimento Renascimento
Renascimento
 
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aulaarte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
arte renascentista.pdf slide para usar em sala de aula
 
Renascimento (2)
Renascimento (2)Renascimento (2)
Renascimento (2)
 

Mais de AulasEnsinoMedio

www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newtonwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetriawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimentowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vidawww.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genéticawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evoluçãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográficowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidadewww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
AulasEnsinoMedio
 
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricasCiclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindroswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexoswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
AulasEnsinoMedio
 

Mais de AulasEnsinoMedio (20)

www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
www.AulasEnsinoMedio.com.br- Física - Exercícios Reslvidos de Equilíbrio de u...
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Lentes Esféricas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newtonwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercícios resolvidos de Leis de Newton
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetriawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Trabalho e Energia Mecânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Trabalho e Energia Mecânica
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimentowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Dinâmica e Movimento
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Dinâmica e Movimento
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vidawww.AulasEnsinoMedio.com.br -  Biologia – Origem da Vida
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia – Origem da Vida
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genéticawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Genética
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evoluçãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Evolução
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Evolução
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentarwww.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Biologia - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânicawww.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Química Orgânica
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Química Orgânica
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Sujeito e Vozes do Verbo
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Sujeito e Vozes do Verbo
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográficowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Novo Acordo Ortográfico
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Novo Acordo Ortográfico
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicaswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Português -  Contos e Crônicas
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Português - Contos e Crônicas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidadewww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Probabilidade
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Probabilidade
 
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricasCiclo trigonométrico e razões trigonométricas
Ciclo trigonométrico e razões trigonométricas
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindroswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Prismas e Cilindros
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Prismas e Cilindros
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexoswww.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática -  Números Complexos
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Matemática - Números Complexos
 

Último

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

www.AulasEnsinoMedio.com.br - História - Renascimento

  • 2. BAIXA IDADE MÉDIA Século XI Século XIV Formação dos Estados Nacionais Renascimento comercial e urbano. Fome, peste e guerras Surgimento da burguesia
  • 3. Retomada dos textos clássicos
  • 4. Humanismo Antropocentrismo Concepção filosófica que valorizava a visão crítica da realidade, procurando soluções por meio de observações científicas e métodos experimentais.
  • 5. Questão 01 - (FUVEST-91) - O Renascimento marcou o início da Idade Moderna. Indique e comente duas características fundamentais do Renascimento.
  • 6. SOLUÇÃO São características fundamentais do Renascimento: • Humanismo – valorização do homem, estudos dos clássicos gregos e romanos, observação e experimentação que criaram os alicerces da ciência moderna. • Antropocentrismo – o homem passa a ser o grande indagador dos fenômenos que ocorrem consigo e na natureza. A procura de respostas traz a Razão, em detrimento da postura passiva perante a vontade de Deus.
  • 7. O sucesso das ideias renascentistas ocorreu devido a sua rápida difusão. Alguns fatores contribuíram para isso:  A invenção da imprensa. A tomada de Constantinopla, em 1453, pelos Turcos otomanos.  O movimento de expansão marítima. A prática do mecenato.
  • 8. RENASCIMENTO ITALIANO  o renascimento apresenta suas primeiras manifestações na Itália, por volta do século XIII.  circunstâncias favoráveis Um dos berços da antiguidade clássica, guardava inúmeros documentos importantes para os humanistas italianos A vida urbana nesta região sempre teve destaque, mantendo o fluxo comercial com o oriente mesmo nos tempos de descentralização política Concentrava por ter grande atividade comercial um grupo mercantil forte que valorizou a prática do mecenato.
  • 9. ALGUMAS MANIFESTAÇÕES Literatura Renova-se com novas formas de expressão como o soneto, a poesia épica e a prosa de conteúdo crítico
  • 10. FRANCISCO PETRARCA, ODES A LAURA Inventor do soneto - tipo de poema fixo de duas estrofes de 4 versos e duas estrofes com 3 versos. Trata-se de uma composição lógica com introdução, desenvolvimento e conclusão.
  • 11. DANTE ALIGHIERI, DIVINA COMÉDIA O poema possui uma impressionante simetria matemática baseada no número três. É escrito utilizando uma técnica original conhecida como terza rima, onde as estrofes de dez sílabas, com três linhas cada, rimam da forma ABA.
  • 12. GIOVANNI BOCCACCIO, DECAMERÃO Ruptura com a moral medieval, em que se valorizava o amor espiritual, iniciando o registro dos valores terrenos tão explorados pelo humanismo; nele não mais o divino, mas a natureza, dita a conduta do homem
  • 13. PINTURA Rompeu com a tradição medieval do imobilismo e dos temas exclusivamente religiosos, surge novas cores, formas e movimentos são inseridos assim como noções de perspectiva, proporção e profundidade. Mona Lisa, De Leonardo da Vinci
  • 14. ARQUITETURA Busca por formas regulares, equilibradas e de proporções harmoniosas. Amplo uso de cúpulas e colunas, como na antiguidade clássica.
  • 15. ESCULTURA As esculturas deixam de ser um elemento decorativo integrado à arquitetura passando a ter vida autônoma. Pietá, Michelangelo
  • 16. Questão 02 - Considere os itens adiante. I."... a busca da perfeição no retratar o homem levou a uma simbiose entre arte e ciência, desenvolvendo-se estudos de anatomia, técnicas de cores, perspectivas..." II. ”... o teocentrismo, o coletivismo, a tradição marcaram as obras de arte do período e estiveram presentes na pintura, na arquitetura e na escultura..." III. “... procuram explicar o mundo através de novas teorias, fugindo às interpretações religiosas típicas do período anterior. O grande destaque é a utilização do método experimental...”.
  • 17. O Renascimento é identificado em: a) Somente II; b) Somente I e II; c) Somente I e III; d) Somente II e III; e) I, II e III.
  • 18. Item I – certo, o homem torna-se o centro de todos os estudos. Item II - errado, vimos que este período é marcado pelo antropocentrismo. Item III – certo, busca-se alternativas às explicações religiosas e por isso a valorização dos métodos experimentais e de observação. Resposta: letra C. Estudo da anatomia humana para melhor representar o homem nas artes.
  • 19. CIÊNCIAS Estudos voltados para o conhecimento objetivo do homem. Métodos que utilizavam a observação e comprovação científica transformaram a forma de explicar o mundo e garantiram grandes progressos para a humanidade.
  • 20. Questão 03 - (Fatec SP/2005) - Sobre o Renascimento científico é correto dizer: a) As Ciências não avançaram muito nesse período, pois sofriam a influência do Cristianismo. b) Houve, nesse período, grandes progressos na Trigonometria e na Álgebra, além de se desenvolverem pesquisas sobre a refração da luz e se criarem fundamentos da óptica. c) O homem renascentista adotava a Teoria Geocêntrica formulada por Nicolau Copérnico e defendida por Galileu Galilei. d) O espírito crítico do homem renascentista partiu para a Ciência experimental, a observação, a fim de obter explicações racionais para os fenômenos da natureza. e) O homem renascentista via o Universo como uma obra sobrenatural, fruto dos preceitos cristãos.
  • 21. . SOLUÇÃO a) Há avanço científico significativo. b) Não neste momento se desenvolvem pesquisas sobre refração óptica. c) Teoria heliocêntrica. O sol é o centro do universo. d) Resposta certa. e) O homem renascentista vai se opor às idéias sobrenaturais.