SlideShare uma empresa Scribd logo
Moscas-das-frutas (Diptera: 
Tephritidae) de importância econômica 
no Vale do São Francisco: situação e 
perspectivas 
Biofábrica Moscamed Brasil 
Jair Virginio 
Diretor Presidente Moscamed Brasil 
Workshop Ameaças Fitossanitárias 
Fortaleza, 25 de setembro de 2014
O que está em jogo no Vale do 
São Francisco APF 
Biofábrica Moscamed Brasil
Geração de Empregos 
Gera 240.000 empregos diretos no campo 
Setor Investimento por posto de 
trabalho gerado US$ 
Químico 220.000 
Indústria Alimentícia 163.000 
Indústria Automobilística 91.000 
Fruticultura 6.000 
Biofábrica Moscamed Brasil 
Fonte Instituto da Fruta
Exportações de Uva 
Biofábrica Moscamed Brasil 
ANO 
A - EXPORTAÇÕES DE UVAS NO VALE DO SÃO FRANCISCO 
EM kg EM US$ 1.000,00 
VALE BRASIL PARTIC VALE BRASIL PARTIC 
1999 10.250 11.083 92% 7.910 8.614 92% 
2000 13.300 14.000 95% 10.264 10.800 95% 
2001 19.627 20.660 95% 20.485 21.563 95% 
2002 25.087 26.357 95% 32.460 33.789 96% 
2003 36.848 37.600 98% 58.740 59.939 98% 
2004 25.927 26.456 96% 48.559 49.550 98% 
2005 48.652 51.213 95% 101.912 107.276 95% 
2006 59.138 62.251 95% 112.510 118.432 95% 
2007 78.404 79.081 99% 168.243 169.696 99% 
2008 81.595 82.242 99% 170.400 171.456 99% 
2009 54.476 54.559 99% 110.388 110.574 99% 
2010 60.774 60.805 99% 136.565 136.648 99% 
Fonte: Secex/Datafruta-IBRAF
Exportações de Manga 
Biofábrica Moscamed Brasil 
ANO 
B - EXPORTAÇÕES DE MANGA NO VALE DO SÃO FRANCISCO 
EM kg EM US$ 1.000,00 
VALE BRASIL PARTIC VALE BRASIL PARTIC 
1999 44.000 53.765 82% 28.600 32.011 89% 
2000 57.200 67.000 85% 37.180 43.550 85% 
2001 81.155 94.291 86% 43.443 50.814 85% 
2002 93.559 103.598 90% 45.962 50.894 90% 
2003 124.620 133.330 93% 68.256 73.394 93% 
2004 102.286 111.181 92% 59.158 64.303 92% 
2005 104.657 113.758 92% 66.724 72.526 92% 
2006 105.410 114.576 92% 78.992 85.861 92% 
2007 107.812 116.047 93% 83.281 89.643 93% 
2008 117.517 133.724 87% 101.123 118.703 85% 
2009 92.628 110.202 84% 77.429 97.388 79% 
2010 99.002 124.694 79% 108.238 119.929 90% 
Fonte: Secex/Datafruta-IBRAF
Área Cultivada no VSF 
Área Frut as (ha) Produção ( t ) 
Per imet ro Out ras Tot al Per imet ro Out ras Tot al 
Manga 25.630 10.000 35.630 508.200 179.200 687.400 
Uva 13.310 7.000 20.310 265.430 147.292 412.722 
Goiaba 3.788 1.894 5.682 77.660 38.830 116.490 
Melancia 1.219 1.200 2.419 15.518 15.518 31.036 
Melão 263 1.000 1.263 3.338 13.352 16.690 
Acerola 948 900 1848 5.258 25.258 30.516 
Maracujá 627 750 1377 3.216 3.859 7.075 
Limão 101 150 251 793 1.189 1.982 
Pinha 91 45 136 1.207 603 1.810 
Tomate 77 308 385 910 3.640 4.550 
Outras 137 548 685 1.083 4.332 5.415 
Tot al 59.447 33.795 93.242 1.106.613 612.273 1.718.886 
Biofábrica Moscamed Brasil 
Fonte: CODEVASF
Vale do São Francisco 
Uma nova “latitude” para o vinho 
Biofábrica Moscamed Brasil 
LLaaggooaa 
GGrraannddee 
((PPEE)) 
CCaassaa 
NNoovvaa ((BBAA)) 
•Produção de vinhos 
jovens de qualidade a 8 
graus de latitude Sul; 
•Produção anual media: 
7 milhões de litros (15% 
da produção brasileira); 
•Crescimento estimado: 
producão anual de 20 
milhões de litros/ano 
em 10 anos; 
•Uma das atividades 
com maior potencial 
para a geração de 
emprego e renda na 
região.
Situação Atual 
Infestação de Moscas-das-frutas 
no VSF 
Biofábrica Moscamed Brasil
Flutuação de MAD x Preço Manga 
Biofábrica Moscamed Brasil
Dados Monitoramento 2013- 
BMB 
MANGA Nº DE PRODUTORES 
Nº DE 
ARMADILHAS 
TOTAL 
ÁREA 
(ha) 
JACKSON MCPHAIL 
BAHIA 140 312 149 462 2827,54 
PERNAMBUCO 60 108 62 170 1120,26 
TOTAL 200 420 211 631 3947,8 
UVA Nº DE PRODUTORES 
Nº DE 
ARMADILHAS TOTAL 
ÁREA 
(ha) 
JACKSON MCPHAIL 
BAHIA 20 26 20 44 289,83 
PERNAMBUCO 43 50 43 93 453,37 
TOTAL 63 76 63 137 743,20 
Monitoramento melão: 
Ribeira do Amparo – BA (520 ha monitorados) – 104 
armadilhas. 
Juazeiro – BA (15,13 ha monitorados) – 03 
armadilhas.
Infestação de Frutas na 
Bahia (MAD) 
Biofábrica Moscamed Brasil
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Aumento do custo de produção 
Biofábrica Moscamed Brasil
No. Produtor X Área 
Monitorada 
Biofábrica Moscamed Brasil
Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas
Fatores que contribuiram 
 Diversificação de culturas. Fruta madura 
todo o ano (acerola 8,5 safras ao ano); 
 Incremento do ataque de moscas em uva. 
Os prejuízos crescem a cada dia; 
 Oscilação dos preços afetando as ações de 
controle; 
 O MAPA suspendeu as poucas ações de 
controle em área de pequenos produtores 
desde 2010. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Situação atual 
 A situação pode ser ainda pior, quando 
consideramos que os dados são só dos 
produtores que participam de programas 
de monitoramento da Moscamed. 
 Houve redução significativa (46%) da área 
monitorada: 
◦ 2007 foram 8.415 ha 
◦ 2014 são 4.561 ha 
Biofábrica Moscamed Brasil
Situação atual 
 A infestação atinge todas as culturas 
implantadas no VSF, exceto o coco. 
 Descarte de resto de frutas sem controle 
dos órgãos oficiais (feiras, packing house, 
supermercados, ceasa’s, campo, etc). 
 Áreas de risco não monitoradas (ilhas, 
pomares domésticos, áreas de lazer, 
pequenos produtores, etc) 
 Nenhuma exigência de monitoramento e 
controle por parte do MAPA, para as 
frutas destinadas ao mercado interno. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Detecção de larvas vivas 
em mangas exportadas do Brasil 
Biofábrica Moscamed Brasil 
 Barreiras
EU suspende importações 
Biofábrica Moscamed Brasil 
 Barreiras
Soluções Propostas - Curto Prazo 
Garantir a execução do Sistema Integrado 
de Controle de Moscas-das-frutas, no 
Biênio 2014/15, proposto pela Embrapa e 
Moscamed; 
Baixar norma do MAPA determinando o 
monitoramento compulsório de todas as 
áreas de plantios comerciais (mercado 
externo e interno), com culturas 
hospedeiras de moscas-das-frutas. 
Intensificação das ações de fiscalização 
nos dois estados, visando o aumento das 
ações de controle de MF 
Biofábrica Moscamed Brasil
Soluções Propostas – Médio Prazo 
Criação de um Fundo, com pagamento 
compulsório por caixas de frutas 
produzidas, a exemplo do FUNDEAGRO, 
FUNDECITROS em São Paulo e o Mango 
Board, USA. 
Utilização de crédito de ICMS-BA de 
produtores e empresas do setor para 
alimentar esse Fundo. 
Taxar as uvas importadas e usar os 
recursos no controle de MF. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Soluções Propostas – Longo Prazo 
Implantar a Área de Proteção 
Fitossanitária do Vale do São Francisco, 
em parceria com os estados de Bahia e 
Pernambuco e os produtores. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Objetivo da Área de Proteção 
Fitossanitária do Vale do 
São Francisco APF 
 Controlar as pragas presentes, mantendo controle 
oficial e ativo; 
 Estabelecer ações de controle baseado na realidade 
de campo; 
 Proteger o Vale do São Francisco de novas pragas e 
doenças: 
◦ Mosca da Carambola; 
◦ Greening 
◦ Cancro Cítrico; 
◦ CVC; 
◦ Broca da semente da manga; 
◦ Sigatoka negra 
Biofábrica Moscamed Brasil
Municípios da APF 
Biofábrica Moscamed Brasil
Resposta a ameaça 
Plano Emergencial de Controle de Moscas-das- 
frutas no Vale do São Francisco. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Encaminhamentos 
Reunião com produtores 
Biofábrica Moscamed Brasil
Encaminhamentos 
A audiência com o Ministro da Agricultura, Neri 
Geller em 10.06.14. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Encaminhamentos 
Foi entregue ao Ministro um Plano de 
Controle Integrado de Moscas-das-frutas 
para o VSF; 
Está em dicussão com os Governos do 
Estado de Pernambuco e Bahia, um projeto 
emergencial, com foco nos produtores de 
base familiar, nas áreas dos perímetros 
irrigados 
Biofábrica Moscamed Brasil
Principais Gargalos 
1.Liberação de Recursos oficiais 
2.Limitação de Produtos Registrados para o 
controle de MF; 
3.Definir a operacionalização da ação 
(Contratação). 
Biofábrica Moscamed Brasil
Produtos Registrados 
Produto Ingrediente Titular Cultura 
Success Espinosade Dow Manga 
Safety Etonproxi Ihara Manga 
Splat GF 120 
(emergencial 
02/10/14) 
Espinosade Isca Manga, Goiba, 
Biofábrica Moscamed Brasil 
Acerola e uva. 
Inseto Estéril Pupa Estéril Moscamed Manga, Goiba, 
Acerola e uva.
Plano Emergencial de Controle de 
Moscas-das-frutas 
Controlar as moscas-das-frutas (Ceratitis 
capitata), com o emprego da Técnica do Inseto 
Estéril, realizar o monitoramento da praga e 
promover o fortalecimento institucional através 
da capacitação de técnicos e produtores, em 
apoio à produção de base familiar dos 
perímetros irrigados no Submédio São 
Francisco, em um período de doze meses 
Biofábrica Moscamed Brasil
Plano Emergencial de Controle de 
Moscas-das-frutas 
Aplicação do conceito de área-ampla. 
Aplicação do conceito de Manejo Integrado de 
Pragas-MIP. 
Monitoramento de uma área de 12.954 ha, que 
abrange os pomares de pequenos produtores 
com produção que não se destina à exportação. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Pomareas Infestados em Áreas Adjacentes 
Outros 
Hospedeiros 
Comerciais 
Pomares comerciais 
Pomares 
Abandonados 
Hospedeiros 
Silvestres 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal
Controle Tradicional de Pragas Baseado em 
Tratamento Feito de Pomar em Pomar 
Hospedeiros 
Silvestres 
X X 
XX X 
X 
X 
XX XXX 
X X X X Pomares 
X 
abandonados 
X 
Outros 
campos de 
produção 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal 
Pomares comerciais
Controle Tradicional de Pragas Baseado em 
Tratamento feito de Pomar em Pomar 
Outros 
Hospedeiros 
Comerciais 
Pomares comerciais 
Pomares 
Abandonados 
Hospedeiros 
Silvestres 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal
Outros 
Campos de 
produção 
Pomares Comerciais 
Pomares 
Abandona 
dos 
Hospedeiros 
Silvestres 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal 
Controle feito de pomar a pomar 
(RE-INVASÃO DA PRAGA)
Pomares Infestados em Áreas Adjacentes 
Outros 
Hospedeiros 
Comerciais 
Pomares comerciais 
Pomares 
Abandonados 
Hospedeiros 
Silvestres 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal
Controle de Pragas no Conceito de Insetos Estéreis 
Hospedeiros 
Silvestres 
X X 
XX X 
X 
X 
XX XXX 
X XX 
X X X X 
X 
X 
Outros 
campos de 
produção 
XXX 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal 
Pomares comerciais 
XXX X 
XX 
(Controle Total da População) 
Pomares 
abandonados
Controle alcançado em área-ampla 
Outros 
Hospedeiros 
Comerciais 
Pomares comerciais 
Pomares 
Abandonados 
Hospedeiros 
Silvestres 
Hospedeiros 
de fundo de 
Quintal
Plano Emergencial de Controle de 
Moscas-das-frutas 
Sempre que o monitoramento indicar 
população de moscas em elevação, com índice 
MAD acima de 1,0, serão iniciadas as ações de 
controle químico. 
Disponibilização dos dados do monitoramento 
em site restrito, na semana seguinte à coleta de 
dados. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Plano Emergencial de Controle de 
Moscas-das-frutas 
A supressão populacional se dará por meio 
de controle químico, com o objetivo de 
promover uma rápida diminuição da população 
da praga. A definição das áreas de aplicação se 
dará em função dos dados coletados em campo 
pelo monitoramento. A distribuição do produto 
será feita pela Contratante. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Plano Emergencial de Controle de 
Moscas-das-frutas 
O controle autocida com a utilização da TIE 
entrará como uma etapa posterior. A dinâmica 
de liberação dos machos estéreis seguirá de 
acordo com as regiões que apresentarem níveis 
populacionais compatíveis com à utilização da 
técnica. Os três primeiros meses serão 
dedicados a produção do inseto estéril em 
escala massal, com início da liberação em 
campo a partir do quarto mês. 
Biofábrica Moscamed Brasil
E se não fosse feito nada? 
 Aumento dos custos de produção; 
 Perda de mercados e 
competitividade; 
 Abandono de pomares; 
 Aumento da infestação; 
 Perdas de postos de trabalhos. 
Biofábrica Moscamed Brasil
Lei dos Mínimos (Liebig) Aplicada 
Biofábrica Moscamed Brasil 
Fitossanidade 
VSF 
Obrigado !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Situação atual
Situação atualSituação atual
Situação atual
Agropec Consultoria
 
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
Oxya Agro e Biociências
 
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
Oxya Agro e Biociências
 
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José PerdomoCiência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
Oxya Agro e Biociências
 
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o BrasilDefesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
Izabella Menezes
 
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
PNMF
 
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigeraEnfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
Oxya Agro e Biociências
 
Legislação em PE
Legislação em PELegislação em PE
Legislação em PE
Agropec Consultoria
 
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
Oxya Agro e Biociências
 
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
Oxya Agro e Biociências
 
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
Oxya Agro e Biociências
 
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
Oxya Agro e Biociências
 
V WSF, Juazeiro - LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A MOSCAS-DAS-FRUTAS
V WSF, Juazeiro -  LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A  MOSCAS-DAS-FRUTASV WSF, Juazeiro -  LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A  MOSCAS-DAS-FRUTAS
V WSF, Juazeiro - LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A MOSCAS-DAS-FRUTAS
Oxya Agro e Biociências
 
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasilO intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
Renato Ferraz de Arruda Veiga
 
Rosilene moura
Rosilene mouraRosilene moura
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do BrasilCultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
IRAC-BR
 

Mais procurados (16)

Situação atual
Situação atualSituação atual
Situação atual
 
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
O papel da CIPV e das ORPFs no contexto mundial e as novas discussões sobre p...
 
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
III WSF, Campinas – Ériko Tadashi Sedoguchi - Medidas legislativas federais p...
 
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José PerdomoCiência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
Ciência e Inovação para alimentar o mundo - José Perdomo
 
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o BrasilDefesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
Defesa Agropecuária: A nova política fitossanitária para o Brasil
 
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
Prevenção da entrada e manejo de pragas quarentenárias: Proposição de arranjo...
 
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigeraEnfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
Enfisa 2014 - Emergência Fitossanitária. Helicoverpa armigera
 
Legislação em PE
Legislação em PELegislação em PE
Legislação em PE
 
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
II WSF, São Paulo - Marcelo Lopes da Silva - “ PRAGAS QUARENTENÁRIAS PARA O B...
 
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
I WSF, Brasília - Abi S.A. Marques - Quarentena de germoplasma vegetal para p...
 
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
Dra. Gisele Grilli - Situação atual da Produção Integrada de Frutas e Hortali...
 
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
V WSF, Juazeiro – Rita de Cássia Oliveira (ADAB), Raquel Miranda (ADAGRO)
 
V WSF, Juazeiro - LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A MOSCAS-DAS-FRUTAS
V WSF, Juazeiro -  LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A  MOSCAS-DAS-FRUTASV WSF, Juazeiro -  LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A  MOSCAS-DAS-FRUTAS
V WSF, Juazeiro - LEGISLAÇÃO DO PROGRAMA DE COMBATE A MOSCAS-DAS-FRUTAS
 
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasilO intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
O intercâmbio e a quarentena de germoplasma vegetal no brasil
 
Rosilene moura
Rosilene mouraRosilene moura
Rosilene moura
 
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do BrasilCultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
Cultivos agrícolas, pragas e seu manejo no Sul do Brasil
 

Destaque

V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
Oxya Agro e Biociências
 
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
Oxya Agro e Biociências
 
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
Oxya Agro e Biociências
 
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
PNMF
 
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
Oxya Agro e Biociências
 
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutasV WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
Oxya Agro e Biociências
 
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Oxya Agro e Biociências
 
Retencion en la fuente
Retencion en la fuenteRetencion en la fuente
Retencion en la fuente
Santiago Berrio
 
Ciclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevoCiclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevo
roberjesu
 

Destaque (9)

V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
V WSF, Juazeiro - Jair virginio - O Vale do São Francisco e os índices de inf...
 
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
Aspectos fitossanitários associados à introdução de novos cultivos em áreas d...
 
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
IV WSF, Vilhena - Regina Sugayama - Ameaças fitossanitárias para culturas de ...
 
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
Ferramentas para Modelagem da Distribuição de Espécies (MDE)
 
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
IV WSF, Vilhena - Luis Carlos Ribeiro - Ameaças Fitossanitárias para o Brasil...
 
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutasV WSF, Juazeiro –  Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
V WSF, Juazeiro – Beatriz jordão - Controle biológico de moscas-das-frutas
 
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
Sistema de Fiscalização do Comércio de Agrotóxicos no Estado de Rondônia - SI...
 
Retencion en la fuente
Retencion en la fuenteRetencion en la fuente
Retencion en la fuente
 
Ciclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevoCiclo biologico nuevo
Ciclo biologico nuevo
 

Semelhante a Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas

O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutasO Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
Izabella Menezes
 
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutasO Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
Izabella Menezes
 
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citrosProcedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
Raimundo Cunha
 
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
Oxya Agro e Biociências
 
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agrop...
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café:  Produção Integrada Agrop...Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café:  Produção Integrada Agrop...
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agrop...
Revista Cafeicultura
 
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Izabella Menezes
 
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Izabella Menezes
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
PIFOZ
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
Boas Práticas Agrícolas
 
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citrosProcedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
Raimundo Cunha
 
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira AgropecuáriaApresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Oxya Agro e Biociências
 
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
CNseg
 
Pequenas frutas
Pequenas frutasPequenas frutas
Pequenas frutas
Alexandre Franco de Faria
 
Palestra sustentabilidade na cafeicultura
Palestra sustentabilidade na cafeiculturaPalestra sustentabilidade na cafeicultura
Palestra sustentabilidade na cafeicultura
Revista Cafeicultura
 
Documento 156
Documento 156Documento 156
Documento 156
MARCO ANTONIO DOMINGOS
 
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
ApiculturaeAgricultura
 
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
PIFOZ
 
Sérgio abud
Sérgio abudSérgio abud
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
PIFOZ
 
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
Oxya Agro e Biociências
 

Semelhante a Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas (20)

O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutasO Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
 
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutasO Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
O Vale do São Francisco e os índices de infestação de Moscas-das-frutas
 
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citrosProcedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais citros
 
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
II WSF, São Paulo - Jair Virginio - Ações para Erradicação da Cydia pomonella...
 
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agrop...
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café:  Produção Integrada Agrop...Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café:  Produção Integrada Agrop...
Marcus Vinicius Etapas para a Certificação do Café: Produção Integrada Agrop...
 
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
 
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
Programa Estadual de Fiscalização do Monitoramento e Controle de Moscas-das-F...
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
 
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citrosProcedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
Procedimentos legais no transito interestadual de vegetais de citros
 
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira AgropecuáriaApresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
Apresentação Tom Prado - Itaueira Agropecuária
 
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
23º ENCONTRO DE LÍDERES DO MERCADO SEGURADOR - WADY CURY
 
Pequenas frutas
Pequenas frutasPequenas frutas
Pequenas frutas
 
Palestra sustentabilidade na cafeicultura
Palestra sustentabilidade na cafeiculturaPalestra sustentabilidade na cafeicultura
Palestra sustentabilidade na cafeicultura
 
Documento 156
Documento 156Documento 156
Documento 156
 
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
Marcio Freitas - Histórico Do Processo De Reavaliação Ambiental De Agrotóxico...
 
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
Sérgio Abud - “Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias" - Boas ...
 
Sérgio abud
Sérgio abudSérgio abud
Sérgio abud
 
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
Rosilene Moura - “Histórico E Situação Atual Da Produção Integrada Da Cadeia ...
 
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
V WSF, Juazeiro – Armando Nascimento - Emergência Fitossanitária da H. armige...
 

Mais de Oxya Agro e Biociências

Flyer eletrônico - simpdcana
Flyer eletrônico - simpdcanaFlyer eletrônico - simpdcana
Flyer eletrônico - simpdcana
Oxya Agro e Biociências
 
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESPSegurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
Oxya Agro e Biociências
 
Apresentação do Projeto Colmeia Viva
Apresentação do Projeto Colmeia VivaApresentação do Projeto Colmeia Viva
Apresentação do Projeto Colmeia Viva
Oxya Agro e Biociências
 
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitais
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitaisSegurança no recebimento e guarda de documentos digitais
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitais
Oxya Agro e Biociências
 
Sistema GEDAVE
Sistema GEDAVESistema GEDAVE
Sistema GEDAVE
Oxya Agro e Biociências
 
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAsApresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
Oxya Agro e Biociências
 
Boas Práticas Regulatórias
Boas Práticas RegulatóriasBoas Práticas Regulatórias
Boas Práticas Regulatórias
Oxya Agro e Biociências
 
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto RegulatórioBoas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
Oxya Agro e Biociências
 
Campanha contra defensivos agrícolas ilegais
Campanha contra defensivos agrícolas ilegaisCampanha contra defensivos agrícolas ilegais
Campanha contra defensivos agrícolas ilegais
Oxya Agro e Biociências
 
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileiraImpacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
Oxya Agro e Biociências
 
Impacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
Impacto econômico de pragas agrícolas no BrasilImpacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
Impacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
Oxya Agro e Biociências
 
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afinsNovas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
Oxya Agro e Biociências
 
Novas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
Novas Legislações e Procedimentos na área de AgrotóxicosNovas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
Novas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
Oxya Agro e Biociências
 
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicosNovas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
Oxya Agro e Biociências
 
Gestão e Inovação, para quê?
Gestão e Inovação, para quê?Gestão e Inovação, para quê?
Gestão e Inovação, para quê?
Oxya Agro e Biociências
 
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
Oxya Agro e Biociências
 
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVEGestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
Oxya Agro e Biociências
 
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
Oxya Agro e Biociências
 
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na AnvisaSituação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
Oxya Agro e Biociências
 
InovaENFISA - Projeto Agroativo
InovaENFISA - Projeto AgroativoInovaENFISA - Projeto Agroativo
InovaENFISA - Projeto Agroativo
Oxya Agro e Biociências
 

Mais de Oxya Agro e Biociências (20)

Flyer eletrônico - simpdcana
Flyer eletrônico - simpdcanaFlyer eletrônico - simpdcana
Flyer eletrônico - simpdcana
 
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESPSegurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
Segurança da informação - ISO 27001 - PRODESP
 
Apresentação do Projeto Colmeia Viva
Apresentação do Projeto Colmeia VivaApresentação do Projeto Colmeia Viva
Apresentação do Projeto Colmeia Viva
 
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitais
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitaisSegurança no recebimento e guarda de documentos digitais
Segurança no recebimento e guarda de documentos digitais
 
Sistema GEDAVE
Sistema GEDAVESistema GEDAVE
Sistema GEDAVE
 
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAsApresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
Apresentação de Resultados Harmonização da Fiscalização - SFAs
 
Boas Práticas Regulatórias
Boas Práticas RegulatóriasBoas Práticas Regulatórias
Boas Práticas Regulatórias
 
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto RegulatórioBoas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
Boas Práticas Regulatórias: Análise de Impacto Regulatório
 
Campanha contra defensivos agrícolas ilegais
Campanha contra defensivos agrícolas ilegaisCampanha contra defensivos agrícolas ilegais
Campanha contra defensivos agrícolas ilegais
 
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileiraImpacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
Impacto da adoção de tecnologias na agricultura brasileira
 
Impacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
Impacto econômico de pragas agrícolas no BrasilImpacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
Impacto econômico de pragas agrícolas no Brasil
 
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afinsNovas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos e afins
 
Novas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
Novas Legislações e Procedimentos na área de AgrotóxicosNovas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
Novas Legislações e Procedimentos na área de Agrotóxicos
 
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicosNovas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
Novas legislações e procedimentos na área de agrotóxicos
 
Gestão e Inovação, para quê?
Gestão e Inovação, para quê?Gestão e Inovação, para quê?
Gestão e Inovação, para quê?
 
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
Programa Estadual de Análise Fiscais de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos ...
 
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVEGestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
Gestão de Defesa Animal e Vegetal - GEDAVE
 
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos no Brasil - Área A...
 
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na AnvisaSituação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
Situação atual dos processos de reavaliação de agrotóxicos na Anvisa
 
InovaENFISA - Projeto Agroativo
InovaENFISA - Projeto AgroativoInovaENFISA - Projeto Agroativo
InovaENFISA - Projeto Agroativo
 

Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas

  • 1. Moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) de importância econômica no Vale do São Francisco: situação e perspectivas Biofábrica Moscamed Brasil Jair Virginio Diretor Presidente Moscamed Brasil Workshop Ameaças Fitossanitárias Fortaleza, 25 de setembro de 2014
  • 2. O que está em jogo no Vale do São Francisco APF Biofábrica Moscamed Brasil
  • 3. Geração de Empregos Gera 240.000 empregos diretos no campo Setor Investimento por posto de trabalho gerado US$ Químico 220.000 Indústria Alimentícia 163.000 Indústria Automobilística 91.000 Fruticultura 6.000 Biofábrica Moscamed Brasil Fonte Instituto da Fruta
  • 4. Exportações de Uva Biofábrica Moscamed Brasil ANO A - EXPORTAÇÕES DE UVAS NO VALE DO SÃO FRANCISCO EM kg EM US$ 1.000,00 VALE BRASIL PARTIC VALE BRASIL PARTIC 1999 10.250 11.083 92% 7.910 8.614 92% 2000 13.300 14.000 95% 10.264 10.800 95% 2001 19.627 20.660 95% 20.485 21.563 95% 2002 25.087 26.357 95% 32.460 33.789 96% 2003 36.848 37.600 98% 58.740 59.939 98% 2004 25.927 26.456 96% 48.559 49.550 98% 2005 48.652 51.213 95% 101.912 107.276 95% 2006 59.138 62.251 95% 112.510 118.432 95% 2007 78.404 79.081 99% 168.243 169.696 99% 2008 81.595 82.242 99% 170.400 171.456 99% 2009 54.476 54.559 99% 110.388 110.574 99% 2010 60.774 60.805 99% 136.565 136.648 99% Fonte: Secex/Datafruta-IBRAF
  • 5. Exportações de Manga Biofábrica Moscamed Brasil ANO B - EXPORTAÇÕES DE MANGA NO VALE DO SÃO FRANCISCO EM kg EM US$ 1.000,00 VALE BRASIL PARTIC VALE BRASIL PARTIC 1999 44.000 53.765 82% 28.600 32.011 89% 2000 57.200 67.000 85% 37.180 43.550 85% 2001 81.155 94.291 86% 43.443 50.814 85% 2002 93.559 103.598 90% 45.962 50.894 90% 2003 124.620 133.330 93% 68.256 73.394 93% 2004 102.286 111.181 92% 59.158 64.303 92% 2005 104.657 113.758 92% 66.724 72.526 92% 2006 105.410 114.576 92% 78.992 85.861 92% 2007 107.812 116.047 93% 83.281 89.643 93% 2008 117.517 133.724 87% 101.123 118.703 85% 2009 92.628 110.202 84% 77.429 97.388 79% 2010 99.002 124.694 79% 108.238 119.929 90% Fonte: Secex/Datafruta-IBRAF
  • 6. Área Cultivada no VSF Área Frut as (ha) Produção ( t ) Per imet ro Out ras Tot al Per imet ro Out ras Tot al Manga 25.630 10.000 35.630 508.200 179.200 687.400 Uva 13.310 7.000 20.310 265.430 147.292 412.722 Goiaba 3.788 1.894 5.682 77.660 38.830 116.490 Melancia 1.219 1.200 2.419 15.518 15.518 31.036 Melão 263 1.000 1.263 3.338 13.352 16.690 Acerola 948 900 1848 5.258 25.258 30.516 Maracujá 627 750 1377 3.216 3.859 7.075 Limão 101 150 251 793 1.189 1.982 Pinha 91 45 136 1.207 603 1.810 Tomate 77 308 385 910 3.640 4.550 Outras 137 548 685 1.083 4.332 5.415 Tot al 59.447 33.795 93.242 1.106.613 612.273 1.718.886 Biofábrica Moscamed Brasil Fonte: CODEVASF
  • 7. Vale do São Francisco Uma nova “latitude” para o vinho Biofábrica Moscamed Brasil LLaaggooaa GGrraannddee ((PPEE)) CCaassaa NNoovvaa ((BBAA)) •Produção de vinhos jovens de qualidade a 8 graus de latitude Sul; •Produção anual media: 7 milhões de litros (15% da produção brasileira); •Crescimento estimado: producão anual de 20 milhões de litros/ano em 10 anos; •Uma das atividades com maior potencial para a geração de emprego e renda na região.
  • 8. Situação Atual Infestação de Moscas-das-frutas no VSF Biofábrica Moscamed Brasil
  • 9. Flutuação de MAD x Preço Manga Biofábrica Moscamed Brasil
  • 10. Dados Monitoramento 2013- BMB MANGA Nº DE PRODUTORES Nº DE ARMADILHAS TOTAL ÁREA (ha) JACKSON MCPHAIL BAHIA 140 312 149 462 2827,54 PERNAMBUCO 60 108 62 170 1120,26 TOTAL 200 420 211 631 3947,8 UVA Nº DE PRODUTORES Nº DE ARMADILHAS TOTAL ÁREA (ha) JACKSON MCPHAIL BAHIA 20 26 20 44 289,83 PERNAMBUCO 43 50 43 93 453,37 TOTAL 63 76 63 137 743,20 Monitoramento melão: Ribeira do Amparo – BA (520 ha monitorados) – 104 armadilhas. Juazeiro – BA (15,13 ha monitorados) – 03 armadilhas.
  • 11. Infestação de Frutas na Bahia (MAD) Biofábrica Moscamed Brasil
  • 17. Aumento do custo de produção Biofábrica Moscamed Brasil
  • 18. No. Produtor X Área Monitorada Biofábrica Moscamed Brasil
  • 20. Fatores que contribuiram  Diversificação de culturas. Fruta madura todo o ano (acerola 8,5 safras ao ano);  Incremento do ataque de moscas em uva. Os prejuízos crescem a cada dia;  Oscilação dos preços afetando as ações de controle;  O MAPA suspendeu as poucas ações de controle em área de pequenos produtores desde 2010. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 21. Situação atual  A situação pode ser ainda pior, quando consideramos que os dados são só dos produtores que participam de programas de monitoramento da Moscamed.  Houve redução significativa (46%) da área monitorada: ◦ 2007 foram 8.415 ha ◦ 2014 são 4.561 ha Biofábrica Moscamed Brasil
  • 22. Situação atual  A infestação atinge todas as culturas implantadas no VSF, exceto o coco.  Descarte de resto de frutas sem controle dos órgãos oficiais (feiras, packing house, supermercados, ceasa’s, campo, etc).  Áreas de risco não monitoradas (ilhas, pomares domésticos, áreas de lazer, pequenos produtores, etc)  Nenhuma exigência de monitoramento e controle por parte do MAPA, para as frutas destinadas ao mercado interno. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 23. Detecção de larvas vivas em mangas exportadas do Brasil Biofábrica Moscamed Brasil  Barreiras
  • 24. EU suspende importações Biofábrica Moscamed Brasil  Barreiras
  • 25. Soluções Propostas - Curto Prazo Garantir a execução do Sistema Integrado de Controle de Moscas-das-frutas, no Biênio 2014/15, proposto pela Embrapa e Moscamed; Baixar norma do MAPA determinando o monitoramento compulsório de todas as áreas de plantios comerciais (mercado externo e interno), com culturas hospedeiras de moscas-das-frutas. Intensificação das ações de fiscalização nos dois estados, visando o aumento das ações de controle de MF Biofábrica Moscamed Brasil
  • 26. Soluções Propostas – Médio Prazo Criação de um Fundo, com pagamento compulsório por caixas de frutas produzidas, a exemplo do FUNDEAGRO, FUNDECITROS em São Paulo e o Mango Board, USA. Utilização de crédito de ICMS-BA de produtores e empresas do setor para alimentar esse Fundo. Taxar as uvas importadas e usar os recursos no controle de MF. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 27. Soluções Propostas – Longo Prazo Implantar a Área de Proteção Fitossanitária do Vale do São Francisco, em parceria com os estados de Bahia e Pernambuco e os produtores. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 28. Objetivo da Área de Proteção Fitossanitária do Vale do São Francisco APF  Controlar as pragas presentes, mantendo controle oficial e ativo;  Estabelecer ações de controle baseado na realidade de campo;  Proteger o Vale do São Francisco de novas pragas e doenças: ◦ Mosca da Carambola; ◦ Greening ◦ Cancro Cítrico; ◦ CVC; ◦ Broca da semente da manga; ◦ Sigatoka negra Biofábrica Moscamed Brasil
  • 29. Municípios da APF Biofábrica Moscamed Brasil
  • 30. Resposta a ameaça Plano Emergencial de Controle de Moscas-das- frutas no Vale do São Francisco. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 31. Encaminhamentos Reunião com produtores Biofábrica Moscamed Brasil
  • 32. Encaminhamentos A audiência com o Ministro da Agricultura, Neri Geller em 10.06.14. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 33. Encaminhamentos Foi entregue ao Ministro um Plano de Controle Integrado de Moscas-das-frutas para o VSF; Está em dicussão com os Governos do Estado de Pernambuco e Bahia, um projeto emergencial, com foco nos produtores de base familiar, nas áreas dos perímetros irrigados Biofábrica Moscamed Brasil
  • 34. Principais Gargalos 1.Liberação de Recursos oficiais 2.Limitação de Produtos Registrados para o controle de MF; 3.Definir a operacionalização da ação (Contratação). Biofábrica Moscamed Brasil
  • 35. Produtos Registrados Produto Ingrediente Titular Cultura Success Espinosade Dow Manga Safety Etonproxi Ihara Manga Splat GF 120 (emergencial 02/10/14) Espinosade Isca Manga, Goiba, Biofábrica Moscamed Brasil Acerola e uva. Inseto Estéril Pupa Estéril Moscamed Manga, Goiba, Acerola e uva.
  • 36. Plano Emergencial de Controle de Moscas-das-frutas Controlar as moscas-das-frutas (Ceratitis capitata), com o emprego da Técnica do Inseto Estéril, realizar o monitoramento da praga e promover o fortalecimento institucional através da capacitação de técnicos e produtores, em apoio à produção de base familiar dos perímetros irrigados no Submédio São Francisco, em um período de doze meses Biofábrica Moscamed Brasil
  • 37. Plano Emergencial de Controle de Moscas-das-frutas Aplicação do conceito de área-ampla. Aplicação do conceito de Manejo Integrado de Pragas-MIP. Monitoramento de uma área de 12.954 ha, que abrange os pomares de pequenos produtores com produção que não se destina à exportação. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 38. Pomareas Infestados em Áreas Adjacentes Outros Hospedeiros Comerciais Pomares comerciais Pomares Abandonados Hospedeiros Silvestres Hospedeiros de fundo de Quintal
  • 39. Controle Tradicional de Pragas Baseado em Tratamento Feito de Pomar em Pomar Hospedeiros Silvestres X X XX X X X XX XXX X X X X Pomares X abandonados X Outros campos de produção Hospedeiros de fundo de Quintal Pomares comerciais
  • 40. Controle Tradicional de Pragas Baseado em Tratamento feito de Pomar em Pomar Outros Hospedeiros Comerciais Pomares comerciais Pomares Abandonados Hospedeiros Silvestres Hospedeiros de fundo de Quintal
  • 41. Outros Campos de produção Pomares Comerciais Pomares Abandona dos Hospedeiros Silvestres Hospedeiros de fundo de Quintal Controle feito de pomar a pomar (RE-INVASÃO DA PRAGA)
  • 42. Pomares Infestados em Áreas Adjacentes Outros Hospedeiros Comerciais Pomares comerciais Pomares Abandonados Hospedeiros Silvestres Hospedeiros de fundo de Quintal
  • 43. Controle de Pragas no Conceito de Insetos Estéreis Hospedeiros Silvestres X X XX X X X XX XXX X XX X X X X X X Outros campos de produção XXX Hospedeiros de fundo de Quintal Pomares comerciais XXX X XX (Controle Total da População) Pomares abandonados
  • 44. Controle alcançado em área-ampla Outros Hospedeiros Comerciais Pomares comerciais Pomares Abandonados Hospedeiros Silvestres Hospedeiros de fundo de Quintal
  • 45. Plano Emergencial de Controle de Moscas-das-frutas Sempre que o monitoramento indicar população de moscas em elevação, com índice MAD acima de 1,0, serão iniciadas as ações de controle químico. Disponibilização dos dados do monitoramento em site restrito, na semana seguinte à coleta de dados. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 46. Plano Emergencial de Controle de Moscas-das-frutas A supressão populacional se dará por meio de controle químico, com o objetivo de promover uma rápida diminuição da população da praga. A definição das áreas de aplicação se dará em função dos dados coletados em campo pelo monitoramento. A distribuição do produto será feita pela Contratante. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 47. Plano Emergencial de Controle de Moscas-das-frutas O controle autocida com a utilização da TIE entrará como uma etapa posterior. A dinâmica de liberação dos machos estéreis seguirá de acordo com as regiões que apresentarem níveis populacionais compatíveis com à utilização da técnica. Os três primeiros meses serão dedicados a produção do inseto estéril em escala massal, com início da liberação em campo a partir do quarto mês. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 48. E se não fosse feito nada?  Aumento dos custos de produção;  Perda de mercados e competitividade;  Abandono de pomares;  Aumento da infestação;  Perdas de postos de trabalhos. Biofábrica Moscamed Brasil
  • 49. Lei dos Mínimos (Liebig) Aplicada Biofábrica Moscamed Brasil Fitossanidade VSF Obrigado !