SlideShare uma empresa Scribd logo
Visibilidade da produção científica utilizandoVisibilidade da produção científica utilizando
ReserchGate e Google ScholarReserchGate e Google Scholar
M. Sc. Fernando de Assis Rodrigues
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Universidade Estadual Paulista
fernando@elleth.org
2
OficinaOficina
● Introdução
● Google Scholar
● ResearchGate
● Perguntas
3
Produção AcadêmicaProdução Acadêmica
A importância da Comunicação Científica
4
Estas ferramentas de divulgação de conteúdo
científico não substituem as informações em
plataformas como a Plataforma Lattes!
5
6
O Google Acadêmico fornece uma maneira
simples de pesquisar literatura acadêmica [...]
artigos revisados por especialistas (peer-
rewiewed), teses, livros, resumos e artigos de
editoras acadêmicas, organizações profissionais,
bibliotecas de pré-publicações, universidades e
outras entidades acadêmicas.
(GOOGLE, 2014)
7
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
● Acesso pelos endereços
http://scholar.google.com.br e
http://academico.google.com.br
● Estima-se que possui aproximadamente 160
milhões de documentos científicos em seu
índice. (ORDUÑA-MALEA et. al, 2014)
8
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
● Principais concorrentes:
– CiteSeerX - http://citeseerx.ist.psu.edu
– GetCITED – Fora do ar desde 1º semestre/2014
– Elsevier Scopus
– Thomson Reuters Web of Science
9
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
[...] Nós sabemos o quanto devemos a todas as
pessoas da área acadêmica cujo trabalho tornou
o próprio Google uma realidade, e esperamos
tornar o Google Acadêmico o mais útil possível
para essa comunidade. Acreditamos que todos
devem ter a oportunidade de ver o mundo como
se estivessem “sobre os ombros de gigantes”.
(GOOGLE, 2014)
10
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
● Pontos positivos:
– Quantidade de artigos;
– Indexação automática de periódicos, teses e
publicações;
– Possibilidade de interoperabilidade com Biblioteca;
– Possibilidade de gerenciamento de sua produção
científica.
11
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
● Pontos Negativos: (WIKIPEDIA, 2014)
– Qualidade dos resultados;
– Cobertura: caso da Elsevier;
– Matthew Effect: os artigos mais citados, são
sempre mais citados;
– Não há como adicionar citações que realizaram a
partir do seu trabalho. (GOOGLE SCHOLAR, 2014)
12
13
[…] conectar pesquisadores e facilitar para eles o
compartilhamento e o acesso aos resultados
científicos, conhecimento e experiência.
(RESEARCHGATE, 2014) (tradução do autor)
14
Research GateResearch Gate
● Acesso pelo endereço http://researchgate.net
● Rede social;
● 5 milhões de pesquisadores cadastrados.
● Detalhe: para ingressar nesta rede social, você
precisar ter um e-mail vinculado a uma
instituição acadêmica e/ou justificar o uso de um
e-mail particular.
– Exemplos: @tupa.unesp.br @usp.br
15
Mãos à obra!
16
Plataforma Lattes
17
Plataforma LattesPlataforma Lattes
● Currículo Atualizado;
● A ideia é replicar nas ferramentas Google
Scholar e Research Gate as informações da
Plataforma Lattes;
● A (CAPES) Plataforma Lattes ainda não possui
nenhum tipo de acordo para a troca de dados
com estas ferramentas.
18
Google Scholar (Acadêmico)Google Scholar (Acadêmico)
● http://scholar.google.com.br
● http://academico.google.com.br
● Pré-requisito para administrar suas produções
científicas: Conta Google.
19
20
21
Minha BibliotecaMinha Biblioteca
● Exibe:
– Citações que o Google Acadêmico já identificou em
seus artigos cadastrados (manual e automática);
– Referências de suas buscas anteriores, quando
clicado no hiperlink 'salvar'.
● Precisa da permissão do usuário para habilitar o
serviço.
22
23
24
25
26
Minhas CitaçõesMinhas Citações
● Gerenciamento das informações
pessoais/profissionais;
27
Minhas CitaçõesMinhas Citações
28
Minhas CitaçõesMinhas Citações
● Três métodos para vincular publicações do
autor com resultados do Google Acadêmico:
1) Artigos escritos em Grupo, indexados
automaticamente;
2) Artigos escritos individualmente, indexados
automaticamente;
3) Inserindo manualmente um Artigo, Evento, Tese,
etc.
29
Artigos elaborados em GrupoArtigos elaborados em Grupo
30
Artigos elaborados em GrupoArtigos elaborados em Grupo
● Quando um artigo não for identificado, realize
pesquisas com derivações de seu nome.
– “Fernando de Assis Rodrigues”
– “Fernando Rodrigues”
– “RODRIGUES, F. De A.”
– “RODRIGUES, F.”
– ...
31
Artigos elaborados em GrupoArtigos elaborados em Grupo
32
Artigos elaborados em GrupoArtigos elaborados em Grupo
33
Para adicionar artigos escritos individualmente, o
processo é o mesmo, porém selecionando o
hiperlink “Adicionar Artigos”
34
Artigos elaborados individualmenteArtigos elaborados individualmente
35
Vincular Artigos ManualmenteVincular Artigos Manualmente
● Caso você não encontre sua produção científica pelo índice
automático é possível adicionar dados sobre sua produção
científica, dos tipos:
– Periódicos Científicos;
– Conferências;
– Capítulos de Livros;
– Livros;
– Teses e Dissertações
– Patente;
– Doutrinas Jurídicas;
– Outros não-especificados.
36
Vincular Artigos ManualmenteVincular Artigos Manualmente
37
Vincular Artigos ManualmenteVincular Artigos Manualmente
Plataforma
Lattes
38
Para voltar à página do perfil aperte o hiperlink
Scholar ou Acadêmico
39
Identificando CoautoresIdentificando Coautores
40
Identificando CoautoresIdentificando Coautores
41
42
ResearchGateResearchGate
● Acesso pelo endereço:
http://www.researchgate.net/
43
44
ResearchGateResearchGate
45
ResearchGateResearchGate
● O segundo passo consiste em adicionar na
plataforma publicações do pesquisador:
– Após o cadastro, o usuário poderá cadastrar outras
obras;
46
ResearchGateResearchGate
47
ResearchGateResearchGate
● Vincular seu perfil com instituição:
48
ResearchGateResearchGate
● Adicionar disciplinas de interesse:
49
ResearchGateResearchGate
● Adicionar experiências e habilidades:
– Selecionadas em uma lista (em inglês);
– Criadas pelo pesquisador.
● Sugestão: Colocar, no mínimo, em língua
portuguesa e inglesa.
50
ResearchGateResearchGate
51
ResearchGateResearchGate
52
ResearchGateResearchGate
53
Lembrando: Os dados preenchidos nestas etapas
podem ser alterados futuramente.
54
55
ResearchGateResearchGate
● Elementos similares aos encontrados em outras
redes sociais:
– Feed de Notícias;
– Mensagens Privadas;
– Sistema de Perguntas;
– Classificados de Empregos;
– ...
56
ResearchGateResearchGate
● Três tipos:
– Periódicos, pesquisados por autor, editora,
referência e inserção manual;
– Anais de Eventos (Conference Papers),
Apresentações e Posters;
– Outros tipos de documentos.
57
ResearchGateResearchGate
58
ResearchGateResearchGate
● Pesquisa por autor;
● Pesquisa (geral);
● Importar referências;
● Entrada manual.
59
ResearchGateResearchGate
60
ResearchGateResearchGate
61
ResearchGateResearchGate
62
Acessando e gerenciando as publicações
63
ResearchGateResearchGate
64
fernando@elleth.org
65
ReferênciasReferências
GOOGLE ACADÊMICO. Sobre o Google Acadêmico. Califórnia: Google Inc., 2014. Disponível em: <
http://scholar.google.com.br/intl/pt-BR/scholar/about.html>. Acesso em: 24 set. 2014.
GOOGLE SCHOLAR. Google Scholar Citations. Califórnia: Google Inc., 2014. Disponível em: <
http://scholar.google.com/intl/en/scholar/citations.html#citations>. Acesso em: 24 set. 2014.
GOOGLE SCHOLAR. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2014.
Disponível em: <http://en.wikipedia.org/w/index.php?title=Google_Scholar&oldid=625344373>. Acesso
em: 24 set. 2014.
ORDUÑA-MALEA, E.; AYLLÓN, J. M.; LÓPEZ-CÓZAR, E. D. About the size of Google Scholar: player
de numbers. In: EC3 Working Papers. Granada, 2014. Disponível em: <http://arxiv.org/abs/1407.6239>.
Acesso em: 24 set. 2014.
RESEARCHGATE. About. Alemanha, 2014. Disponível em: <http://www.researchgate.net/about>.
Acesso em: 24 set. 2014.
_______________. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2013.
Disponível em: <http://en.wikipedia.org/w/index.php?title=ResearchGate&oldid=623689746>. Acesso
em: 24 set. 2014.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tabela periodica-completa
Tabela periodica-completaTabela periodica-completa
Tabela periodica-completa
Ezequiel Ferreira de Jesus
 
1 resumo academico exemplo
1 resumo academico   exemplo1 resumo academico   exemplo
1 resumo academico exemplo
Fernanda Claro Dos Santos
 
Critério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enemCritério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enem
Seduc/AM
 
Plano de aula slides
Plano de aula slidesPlano de aula slides
Plano de aula slides
MarinaGLD
 
Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
Nastrilhas da lingua portuguesa
 
Produção Textual - Manifesto
Produção Textual  - ManifestoProdução Textual  - Manifesto
Produção Textual - Manifesto
Elaine Teixeira
 
CARTAS - UEM - PAS
CARTAS - UEM  - PASCARTAS - UEM  - PAS
CARTAS - UEM - PAS
VIVIAN TROMBINI
 
Bullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolarBullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolar
Instituto Hartmann Regueira
 
Enem elaboração de ítens
Enem   elaboração de ítensEnem   elaboração de ítens
Enem elaboração de ítens
Portal do Vestibulando
 
Gênero textual - biografia
Gênero textual - biografiaGênero textual - biografia
Gênero textual - biografia
JohnJeffersonAlves1
 
Redacao enem
Redacao enemRedacao enem
Redacao enem
Jerry Adriano
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
vanysouza
 
Redação: Artigo de Opinião
Redação: Artigo de OpiniãoRedação: Artigo de Opinião
Redação: Artigo de Opinião
7 de Setembro
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafiosComunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Roberto Lopes
 
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Cândido Silva
 
Plano de aula - uso do blog
Plano de aula - uso do blogPlano de aula - uso do blog
Plano de aula - uso do blog
Josilene Godoy dos Santos
 
Documento de Identidade - Teorias do Currículo
Documento de Identidade - Teorias do CurrículoDocumento de Identidade - Teorias do Currículo
Documento de Identidade - Teorias do Currículo
Renata Aquino
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
Valeria Nunes
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
Maryanne Monteiro
 

Mais procurados (20)

Tabela periodica-completa
Tabela periodica-completaTabela periodica-completa
Tabela periodica-completa
 
1 resumo academico exemplo
1 resumo academico   exemplo1 resumo academico   exemplo
1 resumo academico exemplo
 
Critério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enemCritério de avaliação redação enem
Critério de avaliação redação enem
 
Plano de aula slides
Plano de aula slidesPlano de aula slides
Plano de aula slides
 
Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
 
Produção Textual - Manifesto
Produção Textual  - ManifestoProdução Textual  - Manifesto
Produção Textual - Manifesto
 
CARTAS - UEM - PAS
CARTAS - UEM  - PASCARTAS - UEM  - PAS
CARTAS - UEM - PAS
 
Bullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolarBullying no ambiente escolar
Bullying no ambiente escolar
 
Enem elaboração de ítens
Enem   elaboração de ítensEnem   elaboração de ítens
Enem elaboração de ítens
 
Gênero textual - biografia
Gênero textual - biografiaGênero textual - biografia
Gênero textual - biografia
 
Redacao enem
Redacao enemRedacao enem
Redacao enem
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Redação: Artigo de Opinião
Redação: Artigo de OpiniãoRedação: Artigo de Opinião
Redação: Artigo de Opinião
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
 
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafiosComunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
 
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSCSlide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
Slide de Iniciação Científica - 2º e 3º do ensino médio da EEJNSC
 
Plano de aula - uso do blog
Plano de aula - uso do blogPlano de aula - uso do blog
Plano de aula - uso do blog
 
Documento de Identidade - Teorias do Currículo
Documento de Identidade - Teorias do CurrículoDocumento de Identidade - Teorias do Currículo
Documento de Identidade - Teorias do Currículo
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Relatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolarRelatório de gestão escolar
Relatório de gestão escolar
 

Semelhante a Visibilidade da produção científica utilizando ReserchGate e Google Scholar

CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
Fernando de Assis Rodrigues
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zoteroRedes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
Renata Aquino
 
Internet e as Redes Sociais
Internet e as Redes SociaisInternet e as Redes Sociais
Internet e as Redes Sociais
Paula Peres
 
Tutorial súmula curricular - FAPESP
Tutorial súmula curricular - FAPESPTutorial súmula curricular - FAPESP
Tutorial súmula curricular - FAPESP
Juliana Takahashi
 
Curriculo lattes
Curriculo lattesCurriculo lattes
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
Minicurso - Pré-projeto Descomplicado
Minicurso - Pré-projeto DescomplicadoMinicurso - Pré-projeto Descomplicado
Minicurso - Pré-projeto Descomplicado
Diogo Pereira
 
How to write_a_phd_thesis-pt
How to write_a_phd_thesis-ptHow to write_a_phd_thesis-pt
How to write_a_phd_thesis-pt
Prevent Senior
 
2a como escrever tese
2a como escrever tese2a como escrever tese
2a como escrever tese
Emanuele Dal'Maso
 
Palestra 01_Visao PPEC
 Palestra 01_Visao PPEC Palestra 01_Visao PPEC
Palestra 01_Visao PPEC
UNICAMP - PPEC
 
Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
Duarte Gomes
 
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Biblioteca Central FZEA/USP
 
perfil de investigadores na web
perfil de investigadores na webperfil de investigadores na web
perfil de investigadores na web
Bella Nolasco
 
Treinamento Periódicos Capes
Treinamento Periódicos CapesTreinamento Periódicos Capes
Treinamento Periódicos Capes
Biblioteca IFFluminense campus Macaé
 
Palestra 05_Metricas alternativas
Palestra 05_Metricas alternativasPalestra 05_Metricas alternativas
Palestra 05_Metricas alternativas
UNICAMP - PPEC
 
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav21 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
João Mendes Moreira
 
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOPCurso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Essevalter de Sousa
 

Semelhante a Visibilidade da produção científica utilizando ReserchGate e Google Scholar (20)

CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
CoDAF - Visibilidade de producao científica utilizando ReserchGate e Google S...
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
 
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
Serviços de Redes Sociais On-line e a Comunicação Científica: visibilidade de...
 
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
Curriculo Lattes Básico: cadastro e preenchimento 13.05.2020
 
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zoteroRedes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
Redes sociais para educacao e pesquisa ifttt hootsuite zotero
 
Internet e as Redes Sociais
Internet e as Redes SociaisInternet e as Redes Sociais
Internet e as Redes Sociais
 
Tutorial súmula curricular - FAPESP
Tutorial súmula curricular - FAPESPTutorial súmula curricular - FAPESP
Tutorial súmula curricular - FAPESP
 
Curriculo lattes
Curriculo lattesCurriculo lattes
Curriculo lattes
 
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
Currículo Lattes: perguntas e respostas - 14.05.2020
 
Minicurso - Pré-projeto Descomplicado
Minicurso - Pré-projeto DescomplicadoMinicurso - Pré-projeto Descomplicado
Minicurso - Pré-projeto Descomplicado
 
How to write_a_phd_thesis-pt
How to write_a_phd_thesis-ptHow to write_a_phd_thesis-pt
How to write_a_phd_thesis-pt
 
2a como escrever tese
2a como escrever tese2a como escrever tese
2a como escrever tese
 
Palestra 01_Visao PPEC
 Palestra 01_Visao PPEC Palestra 01_Visao PPEC
Palestra 01_Visao PPEC
 
Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
 
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
Google ID: Já ouviu falar? Já fez o seu?
 
perfil de investigadores na web
perfil de investigadores na webperfil de investigadores na web
perfil de investigadores na web
 
Treinamento Periódicos Capes
Treinamento Periódicos CapesTreinamento Periódicos Capes
Treinamento Periódicos Capes
 
Palestra 05_Metricas alternativas
Palestra 05_Metricas alternativasPalestra 05_Metricas alternativas
Palestra 05_Metricas alternativas
 
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav21 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
1 rcaap-sarc congresso-oftalmologiav2
 
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOPCurso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
 

Mais de Fernando de Assis Rodrigues

Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais OnlineInterseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
Fernando de Assis Rodrigues
 
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Fernando de Assis Rodrigues
 
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
Fernando de Assis Rodrigues
 
Processo de Acesso a Dados e suas fases
Processo de Acesso a Dados e suas fasesProcesso de Acesso a Dados e suas fases
Processo de Acesso a Dados e suas fases
Fernando de Assis Rodrigues
 
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais onlineFundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
Fernando de Assis Rodrigues
 
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Coleta de Dados em Redes Sociais
Coleta de Dados em Redes SociaisColeta de Dados em Redes Sociais
Coleta de Dados em Redes Sociais
Fernando de Assis Rodrigues
 
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na WebMetadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
Fernando de Assis Rodrigues
 
Metadados e Interoperabilidade
Metadados e InteroperabilidadeMetadados e Interoperabilidade
Metadados e Interoperabilidade
Fernando de Assis Rodrigues
 
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dadosAplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
Fernando de Assis Rodrigues
 
Raspagem de dados em websites governamentais
Raspagem de dados em websites governamentaisRaspagem de dados em websites governamentais
Raspagem de dados em websites governamentais
Fernando de Assis Rodrigues
 
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
Fernando de Assis Rodrigues
 
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
Fernando de Assis Rodrigues
 
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
Fernando de Assis Rodrigues
 
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEBACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
Fernando de Assis Rodrigues
 
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTARO USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
Fernando de Assis Rodrigues
 

Mais de Fernando de Assis Rodrigues (20)

Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
Perspectivas e impasses na salvaguarda e preservação documental pós Medida Pr...
 
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
 
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais OnlineInterseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
Interseções entre Coleta de Dados e Redes Sociais Online
 
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
Ficção Científica e Realidade da Coleta de Dados em Redes Sociais Online: aná...
 
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
2018 uel-apresentacao-coleta redes-sociais_online
 
Processo de Acesso a Dados e suas fases
Processo de Acesso a Dados e suas fasesProcesso de Acesso a Dados e suas fases
Processo de Acesso a Dados e suas fases
 
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais onlineFundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
Fundamentos teóricos para coleta de dados de redes sociais online
 
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
Identifying semantics characteristics of user’s interactions datasets through...
 
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
Open Source e Open Platform: potenciais catalizadores para uso de Internet da...
 
Coleta de Dados em Redes Sociais
Coleta de Dados em Redes SociaisColeta de Dados em Redes Sociais
Coleta de Dados em Redes Sociais
 
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na WebMetadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
Metadados em objetos digitais: conceitos e indexação na Web
 
Metadados e Interoperabilidade
Metadados e InteroperabilidadeMetadados e Interoperabilidade
Metadados e Interoperabilidade
 
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dadosAplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
Aplicações da Teoria dos Grafos em coletas de dados
 
Raspagem de dados em websites governamentais
Raspagem de dados em websites governamentaisRaspagem de dados em websites governamentais
Raspagem de dados em websites governamentais
 
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
Contextualização de conceitos teóricos no processo de coleta de dados de Rede...
 
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
Pontos de contato entre a Esfera Pública e Instituições: reflexões sobre pote...
 
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
Categorização de elementos de privacidade identificados nos termos de uso de ...
 
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
ANÁLISE DA COLETA DE DADOS EM REDES SOCIAIS: aspectos de privacidade de dados...
 
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEBACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
ACESSO ÀS INFORMAÇÕES SOBRE AGRICULTURA FAMILIAR NA WEB
 
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTARO USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
O USO DE DADOS PÚBLICOS PARA O ACOMPANHAMENTO DA ATIVIDADE PARLAMENTAR
 

Último

Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
jenneferbarbosa21
 
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
FlorAzaleia1
 
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
jenneferbarbosa21
 
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
FERNANDACAROLINEPONT
 
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptxMÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MnicaPereira739219
 
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.pptAula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
cleidianevieira7
 
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
FlorAzaleia1
 
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
jenneferbarbosa21
 

Último (8)

Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
Taxonomia: é a ciência que classifica os seres vivos, estabelecendo critérios...
 
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
2-10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - LUZ E CORES.pdf
 
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
Cards das Espécies da Coleção-Carpoteca Temática Itinerante sediada no Labora...
 
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.anatomia e fisiologia de peixes  CRMVCP.
anatomia e fisiologia de peixes CRMVCP.
 
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptxMÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
MÁQUINAS SIMPLES-ALAVANCAS-POLIAS-ENGRENAGENS.pptx
 
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.pptAula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
Aula 1. Introdução ao estudo da célula.ppt
 
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
10-EF - 9º ANO - CIÊNCIAS - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS - APLICAÇÕES TECNOLÓGICAS.pdf
 
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
EVOLUÇÃO-EVOLUÇÃO- A evolução pode ser definida como a mudança na forma e no ...
 

Visibilidade da produção científica utilizando ReserchGate e Google Scholar