SlideShare uma empresa Scribd logo
Exercícios de Fixação 
Vetores 
1) Que características de um vetor precisamos conhecer para que ele fique 
determinado? 
2) O que são vetores iguais? E vetores opostos? Dê exemplo de cada um deles. 
3) Calcule o módulo do vetor resultante do vetor e em cada caso abaixo. 
4) Qual o vetor soma de dois vetores perpendiculares entre si cujos módulos são 6 e 8 
unidades? 
5) Calcule o ângulo formando por dois vetores de módulos 5 unidades e 6 unidades e 
cujo vetor resultante tem módulo unidades? 
6) Determine o módulo de dois vetores, e , perpendiculares entre si e atuantes, 
num mesmo ponto, sabendo que seus módulos estão na razão de e que o vetor 
soma de e tem módulo 10. 
7) Observe a figura:
Qual o módulo, direção e sentido do vetor , em cada caso: 
a) = + b) = + c) = + d) = + e) = + + f) = 
+ + 
8) A soma de dois vetores de um módulo diferente pode ser nula? Tente explicar. 
9) Quais as condições para que o módulo do vetor resultante de dois vetores, não 
nulos, seja igual a zero? 
10) Considere a figura ao abaixo. 
Sabendo que a = 4 m, b = 6 m e cos 30º = 0,8, calcule o módulo do vetor diferença (3 
- 2 ) 
11) Determine o módulo das componentes de um vetor de módulo 4 m que forma um 
ângulo de 30º com a vertical. Adote = 1,7. 
12) Um projétil é atirado com velocidade de 400 m/s fazendo um ângulo de 45º com a 
horizontal. Determine as componentes vertical e horizontal da velocidade do projétil. 
13) Um vetor velocidade é decomposto em dois outros perpendiculares entre si. 
Sabendo-se que o módulo do vetor velocidade é 10 m/s e que uma das componentes 
é igual a 8 m/s, determine o módulo do vetor correspondente à outra componente. 
14) Dados os vetores , , , e , abaixo representado, obtenha graficamente os 
vetores e . 
a) = + + b) = 2 - +
15) Um jovem caminha 100 metros para norte; em seguida, orienta-se para o leste e 
caminha mais 50 metros. Determine o módulo do deslocamento resultante. 
16) Qual a diferença entre direção e sentido? 
17) Um automóvel se desloca 6 km para norte e, em seguida, 8 km para o leste. 
Determine a intensidade do vetor deslocamento. 
18) Qual a diferença entre vetor velocidade e velocidade escalar? 
19) Por que é importante o estudo do cálculo vetorial na física? 
20) Velocidade escalar média e velocidade média são a mesma coisa? justifique. 
21. (FCC-SP) Qual é a relação entre os vetores , , e , representados abaixo? 
a) . b) . c) . d) . 
e) . 
22. (UnB-DF) Sobre a composição dos vetores a seguir podemos dizer que: 
a) . 
b) . 
c) . 
d) . 
23. (UnB-DF) É dado o diagrama vetorial da figura. Qual a expressão correta?
a) . b) . c) . d) . e) . 
24-(U. C. Sal-BA) Dado o conjunto de vetores, marque V para as questões verdadeiras e F para 
as falsas. 
a) . 
b) . 
c) . 
d) . 
e) . 
f) . 
25. (UnB-DF) Considere um relógio com mostrador circular de 10 cm de raio e cujo ponteiro dos 
minutos tem comprimento igual ao raio do mostrador. Considere esse ponteiro como um vetor de 
origem no centro do relógio e direção variável. O módulo da soma dos três vetores determinados 
pela posição desse ponteiro quando o relógio marca exatamente 12 horas, 12 horas e 20 minutos 
e, por fim, 12 horas e 40 minutos é, em cm, igual a: 
a) 30. 
b) .
c) 20. 
d) zero. 
Respostas dos Exercícios Propostos 
Vetores 
1) Seu Módulo, sua direção e o seu sentido. 
2) Quando têm o mesmo módulo a mesma direção e o mesmo sentido 
3) a - cm b - 7 m c - 5 m 
4) 10 unidades 
5) 90º 
6) a - 6 b - 8 
7) a) 10 m, horizontal para direita 
b) 9 m, horizontal para esquerda 
c) 1 m, horizontal para direita 
d) 8 m, horizontal para esquerda 
e) 12 m, horizontal para esquerda 
f) 2 m, horizontal para esquerda 
8) NÃO, se você não conseguir explicar e necessitar de ajude envie-nos um e-mail e lhe enviaremos a 
resposta 
9) Módulos iguais / mesma direção / sentido opostos 
10) 7,6 m 
11) a) | | = 2 m 
b) | | = 3,4 m 
12) 200 m/s (ambas) 
13) 6 m/s 
14) Qualquer dúvida na resolução deste exercício Favor envie-nos um e-mail. 
15) 111,80 m 
16) A direção é uma característica comum a um eixo de retas paralelas. A cada direção podemos associar 
um sentido ou uma orientação. 
17) 10 km
18) A velocidade vetorial está associada a um módulo, a uma direção e a um sentido. A velocidade 
escalar está associada, somente, a valores algébricos. 
19) Por que existe a necessidade de associar os conceitos de direção e sentido aos valores de muitas 
grandezas na Física. Sem o conhecimento do cálculo vetorial, não é possível estudar adequadamente 
como se comportam essas grandezas. 
20) O vetor deslocamento informa apenas de onde saiu e onde chegou o carro, não importa a forma de sua 
trajetória, utilizando-se para isso de um segmento orientado de reta. O deslocamento escalar informa o 
valor numérico da variação do espaço.
18) A velocidade vetorial está associada a um módulo, a uma direção e a um sentido. A velocidade 
escalar está associada, somente, a valores algébricos. 
19) Por que existe a necessidade de associar os conceitos de direção e sentido aos valores de muitas 
grandezas na Física. Sem o conhecimento do cálculo vetorial, não é possível estudar adequadamente 
como se comportam essas grandezas. 
20) O vetor deslocamento informa apenas de onde saiu e onde chegou o carro, não importa a forma de sua 
trajetória, utilizando-se para isso de um segmento orientado de reta. O deslocamento escalar informa o 
valor numérico da variação do espaço.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 33 engrenagens ii
Aula 33   engrenagens iiAula 33   engrenagens ii
Aula 33 engrenagens ii
Renaldo Adriano
 
Telecurso 2000 quimica - volume 1
Telecurso 2000   quimica - volume 1Telecurso 2000   quimica - volume 1
Telecurso 2000 quimica - volume 1
nei90
 
Aula De Matemática - Prisma
Aula De Matemática - Prisma Aula De Matemática - Prisma
Aula De Matemática - Prisma
Aulas Apoio
 
Aula 24 conjuntos mecânicos ii
Aula 24   conjuntos mecânicos iiAula 24   conjuntos mecânicos ii
Aula 24 conjuntos mecânicos ii
Renaldo Adriano
 
05. paquímetro sistema metrico
05. paquímetro  sistema metrico05. paquímetro  sistema metrico
05. paquímetro sistema metrico
Edvaldo Viana
 
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de FabricaçãoAulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Metrologia - Aula 4
Metrologia - Aula 4Metrologia - Aula 4
Metrologia - Aula 4
IBEST ESCOLA
 
Apostila Rsolvida de desenho tecnico
Apostila Rsolvida de desenho tecnicoApostila Rsolvida de desenho tecnico
Apostila Rsolvida de desenho tecnico
Nome Sobrenome
 
Política de vendas
Política de vendasPolítica de vendas
Política de vendas
Douglas OG
 
Apostila de comércio exterior
Apostila de comércio exteriorApostila de comércio exterior
Apostila de comércio exterior
Keila Maria
 
Mecanismos
MecanismosMecanismos
Mecanismos
Carlos Valenzuela
 
Adm. Controle de Estoque
Adm. Controle de EstoqueAdm. Controle de Estoque
Adm. Controle de Estoque
guestcfd79b
 
Oxidos
OxidosOxidos
Técnicas de manutenção
Técnicas de manutençãoTécnicas de manutenção
Técnicas de manutenção
Bianca Greghi
 
Terminologias contábeis exercicios custos
Terminologias contábeis exercicios custosTerminologias contábeis exercicios custos
Terminologias contábeis exercicios custos
simuladocontabil
 
Manual de manutenção industrial do senai
Manual de manutenção industrial do senaiManual de manutenção industrial do senai
Manual de manutenção industrial do senai
izaudaMonteiro
 
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficasDESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
ordenaelbass
 
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
LUCAS SILVA
 
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
fatec214
 
Logística Empresarial Armazenagem E Embalagem
Logística Empresarial Armazenagem E EmbalagemLogística Empresarial Armazenagem E Embalagem
Logística Empresarial Armazenagem E Embalagem
WeNova Consulting
 

Mais procurados (20)

Aula 33 engrenagens ii
Aula 33   engrenagens iiAula 33   engrenagens ii
Aula 33 engrenagens ii
 
Telecurso 2000 quimica - volume 1
Telecurso 2000   quimica - volume 1Telecurso 2000   quimica - volume 1
Telecurso 2000 quimica - volume 1
 
Aula De Matemática - Prisma
Aula De Matemática - Prisma Aula De Matemática - Prisma
Aula De Matemática - Prisma
 
Aula 24 conjuntos mecânicos ii
Aula 24   conjuntos mecânicos iiAula 24   conjuntos mecânicos ii
Aula 24 conjuntos mecânicos ii
 
05. paquímetro sistema metrico
05. paquímetro  sistema metrico05. paquímetro  sistema metrico
05. paquímetro sistema metrico
 
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de FabricaçãoAulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
Aulas 10, 11 e 12 - Introd. a Engenharia de Fabricação
 
Metrologia - Aula 4
Metrologia - Aula 4Metrologia - Aula 4
Metrologia - Aula 4
 
Apostila Rsolvida de desenho tecnico
Apostila Rsolvida de desenho tecnicoApostila Rsolvida de desenho tecnico
Apostila Rsolvida de desenho tecnico
 
Política de vendas
Política de vendasPolítica de vendas
Política de vendas
 
Apostila de comércio exterior
Apostila de comércio exteriorApostila de comércio exterior
Apostila de comércio exterior
 
Mecanismos
MecanismosMecanismos
Mecanismos
 
Adm. Controle de Estoque
Adm. Controle de EstoqueAdm. Controle de Estoque
Adm. Controle de Estoque
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Técnicas de manutenção
Técnicas de manutençãoTécnicas de manutenção
Técnicas de manutenção
 
Terminologias contábeis exercicios custos
Terminologias contábeis exercicios custosTerminologias contábeis exercicios custos
Terminologias contábeis exercicios custos
 
Manual de manutenção industrial do senai
Manual de manutenção industrial do senaiManual de manutenção industrial do senai
Manual de manutenção industrial do senai
 
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficasDESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
DESENHO TECNICO Corte mais de um corte nas vistas ortográficas
 
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
3999890 Quimica Rg Ppt Substancias Puras E Misturas
 
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
03 ct-calculando o comprimento de peças dobradas ou curvadas
 
Logística Empresarial Armazenagem E Embalagem
Logística Empresarial Armazenagem E EmbalagemLogística Empresarial Armazenagem E Embalagem
Logística Empresarial Armazenagem E Embalagem
 

Semelhante a Vetores terceirao e_curso (1)

Vetores terceirao e_curso (1)
Vetores terceirao e_curso (1)Vetores terceirao e_curso (1)
Vetores terceirao e_curso (1)
Erica Silina
 
Vetores1
Vetores1Vetores1
Vetores1
Jorge Costa
 
Vetores terceiro2
Vetores terceiro2Vetores terceiro2
Vetores terceiro2
Paulo Souto
 
Lista 5 vetores
Lista 5 vetoresLista 5 vetores
Lista 5 vetores
rodrigoateneu
 
Vetores oficina - teoria
Vetores  oficina - teoriaVetores  oficina - teoria
Vetores oficina - teoria
Willington Muniz
 
Cinemática Vetorial
Cinemática VetorialCinemática Vetorial
Cinemática Vetorial
Marco Antonio Sanches
 
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
Ivys Urquiza
 
1º ANO
1º ANO1º ANO
1º ANO
Betine Rost
 
120662893 fisica-para-concursos-militares
120662893 fisica-para-concursos-militares120662893 fisica-para-concursos-militares
120662893 fisica-para-concursos-militares
Creusa Nascimento
 
Vetores Mariana Mendes
Vetores Mariana MendesVetores Mariana Mendes
Vetores Mariana Mendes
Cristiane Tavolaro
 
Projéteis mariana e natalie
Projéteis mariana e natalieProjéteis mariana e natalie
Projéteis mariana e natalie
Cristiane Tavolaro
 
Material testes cinematica
Material testes cinematicaMaterial testes cinematica
Material testes cinematica
Fernando Alves da Silva
 
Vetores bianca
Vetores biancaVetores bianca
Vetores bianca
Cristiane Tavolaro
 
V1 c8 (2)
V1 c8 (2)V1 c8 (2)
Vetores.pptx
Vetores.pptxVetores.pptx
Vetores.pptx
JoaoBatista902937
 
Recuperação de fisica
Recuperação de fisicaRecuperação de fisica
Recuperação de fisica
Nayane Santos
 
Vetores 0
Vetores 0Vetores 0
Vetores 0
Jorge Costa
 
Ap01
Ap01Ap01
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptxENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
GERMANO LOPES DE PONTES
 
Apostila de geometria analítica espacial (1)
Apostila de geometria analítica espacial (1)Apostila de geometria analítica espacial (1)
Apostila de geometria analítica espacial (1)
day ....
 

Semelhante a Vetores terceirao e_curso (1) (20)

Vetores terceirao e_curso (1)
Vetores terceirao e_curso (1)Vetores terceirao e_curso (1)
Vetores terceirao e_curso (1)
 
Vetores1
Vetores1Vetores1
Vetores1
 
Vetores terceiro2
Vetores terceiro2Vetores terceiro2
Vetores terceiro2
 
Lista 5 vetores
Lista 5 vetoresLista 5 vetores
Lista 5 vetores
 
Vetores oficina - teoria
Vetores  oficina - teoriaVetores  oficina - teoria
Vetores oficina - teoria
 
Cinemática Vetorial
Cinemática VetorialCinemática Vetorial
Cinemática Vetorial
 
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
Ft aula 07 ( 30 de abril ) 2013
 
1º ANO
1º ANO1º ANO
1º ANO
 
120662893 fisica-para-concursos-militares
120662893 fisica-para-concursos-militares120662893 fisica-para-concursos-militares
120662893 fisica-para-concursos-militares
 
Vetores Mariana Mendes
Vetores Mariana MendesVetores Mariana Mendes
Vetores Mariana Mendes
 
Projéteis mariana e natalie
Projéteis mariana e natalieProjéteis mariana e natalie
Projéteis mariana e natalie
 
Material testes cinematica
Material testes cinematicaMaterial testes cinematica
Material testes cinematica
 
Vetores bianca
Vetores biancaVetores bianca
Vetores bianca
 
V1 c8 (2)
V1 c8 (2)V1 c8 (2)
V1 c8 (2)
 
Vetores.pptx
Vetores.pptxVetores.pptx
Vetores.pptx
 
Recuperação de fisica
Recuperação de fisicaRecuperação de fisica
Recuperação de fisica
 
Vetores 0
Vetores 0Vetores 0
Vetores 0
 
Ap01
Ap01Ap01
Ap01
 
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptxENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
ENEM-UNIBAVE-2018-FÍSICA-Parte-I.pptx
 
Apostila de geometria analítica espacial (1)
Apostila de geometria analítica espacial (1)Apostila de geometria analítica espacial (1)
Apostila de geometria analítica espacial (1)
 

Último

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 

Último (20)

A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 

Vetores terceirao e_curso (1)

  • 1. Exercícios de Fixação Vetores 1) Que características de um vetor precisamos conhecer para que ele fique determinado? 2) O que são vetores iguais? E vetores opostos? Dê exemplo de cada um deles. 3) Calcule o módulo do vetor resultante do vetor e em cada caso abaixo. 4) Qual o vetor soma de dois vetores perpendiculares entre si cujos módulos são 6 e 8 unidades? 5) Calcule o ângulo formando por dois vetores de módulos 5 unidades e 6 unidades e cujo vetor resultante tem módulo unidades? 6) Determine o módulo de dois vetores, e , perpendiculares entre si e atuantes, num mesmo ponto, sabendo que seus módulos estão na razão de e que o vetor soma de e tem módulo 10. 7) Observe a figura:
  • 2. Qual o módulo, direção e sentido do vetor , em cada caso: a) = + b) = + c) = + d) = + e) = + + f) = + + 8) A soma de dois vetores de um módulo diferente pode ser nula? Tente explicar. 9) Quais as condições para que o módulo do vetor resultante de dois vetores, não nulos, seja igual a zero? 10) Considere a figura ao abaixo. Sabendo que a = 4 m, b = 6 m e cos 30º = 0,8, calcule o módulo do vetor diferença (3 - 2 ) 11) Determine o módulo das componentes de um vetor de módulo 4 m que forma um ângulo de 30º com a vertical. Adote = 1,7. 12) Um projétil é atirado com velocidade de 400 m/s fazendo um ângulo de 45º com a horizontal. Determine as componentes vertical e horizontal da velocidade do projétil. 13) Um vetor velocidade é decomposto em dois outros perpendiculares entre si. Sabendo-se que o módulo do vetor velocidade é 10 m/s e que uma das componentes é igual a 8 m/s, determine o módulo do vetor correspondente à outra componente. 14) Dados os vetores , , , e , abaixo representado, obtenha graficamente os vetores e . a) = + + b) = 2 - +
  • 3. 15) Um jovem caminha 100 metros para norte; em seguida, orienta-se para o leste e caminha mais 50 metros. Determine o módulo do deslocamento resultante. 16) Qual a diferença entre direção e sentido? 17) Um automóvel se desloca 6 km para norte e, em seguida, 8 km para o leste. Determine a intensidade do vetor deslocamento. 18) Qual a diferença entre vetor velocidade e velocidade escalar? 19) Por que é importante o estudo do cálculo vetorial na física? 20) Velocidade escalar média e velocidade média são a mesma coisa? justifique. 21. (FCC-SP) Qual é a relação entre os vetores , , e , representados abaixo? a) . b) . c) . d) . e) . 22. (UnB-DF) Sobre a composição dos vetores a seguir podemos dizer que: a) . b) . c) . d) . 23. (UnB-DF) É dado o diagrama vetorial da figura. Qual a expressão correta?
  • 4. a) . b) . c) . d) . e) . 24-(U. C. Sal-BA) Dado o conjunto de vetores, marque V para as questões verdadeiras e F para as falsas. a) . b) . c) . d) . e) . f) . 25. (UnB-DF) Considere um relógio com mostrador circular de 10 cm de raio e cujo ponteiro dos minutos tem comprimento igual ao raio do mostrador. Considere esse ponteiro como um vetor de origem no centro do relógio e direção variável. O módulo da soma dos três vetores determinados pela posição desse ponteiro quando o relógio marca exatamente 12 horas, 12 horas e 20 minutos e, por fim, 12 horas e 40 minutos é, em cm, igual a: a) 30. b) .
  • 5. c) 20. d) zero. Respostas dos Exercícios Propostos Vetores 1) Seu Módulo, sua direção e o seu sentido. 2) Quando têm o mesmo módulo a mesma direção e o mesmo sentido 3) a - cm b - 7 m c - 5 m 4) 10 unidades 5) 90º 6) a - 6 b - 8 7) a) 10 m, horizontal para direita b) 9 m, horizontal para esquerda c) 1 m, horizontal para direita d) 8 m, horizontal para esquerda e) 12 m, horizontal para esquerda f) 2 m, horizontal para esquerda 8) NÃO, se você não conseguir explicar e necessitar de ajude envie-nos um e-mail e lhe enviaremos a resposta 9) Módulos iguais / mesma direção / sentido opostos 10) 7,6 m 11) a) | | = 2 m b) | | = 3,4 m 12) 200 m/s (ambas) 13) 6 m/s 14) Qualquer dúvida na resolução deste exercício Favor envie-nos um e-mail. 15) 111,80 m 16) A direção é uma característica comum a um eixo de retas paralelas. A cada direção podemos associar um sentido ou uma orientação. 17) 10 km
  • 6. 18) A velocidade vetorial está associada a um módulo, a uma direção e a um sentido. A velocidade escalar está associada, somente, a valores algébricos. 19) Por que existe a necessidade de associar os conceitos de direção e sentido aos valores de muitas grandezas na Física. Sem o conhecimento do cálculo vetorial, não é possível estudar adequadamente como se comportam essas grandezas. 20) O vetor deslocamento informa apenas de onde saiu e onde chegou o carro, não importa a forma de sua trajetória, utilizando-se para isso de um segmento orientado de reta. O deslocamento escalar informa o valor numérico da variação do espaço.
  • 7. 18) A velocidade vetorial está associada a um módulo, a uma direção e a um sentido. A velocidade escalar está associada, somente, a valores algébricos. 19) Por que existe a necessidade de associar os conceitos de direção e sentido aos valores de muitas grandezas na Física. Sem o conhecimento do cálculo vetorial, não é possível estudar adequadamente como se comportam essas grandezas. 20) O vetor deslocamento informa apenas de onde saiu e onde chegou o carro, não importa a forma de sua trajetória, utilizando-se para isso de um segmento orientado de reta. O deslocamento escalar informa o valor numérico da variação do espaço.