SlideShare uma empresa Scribd logo
Vanguardas Artísticas nas Artes Cênicas
Prof. Janilson Nascimento
Expressionismo
Características do teatro expressionista
 Ênfase na expressão das emoções
 Representação subjetiva da realidade
 Cenário distorcido e iluminação dramática
 Interpretações intensas dos atores
 Monólogos
Originado na Itália, o futurismo buscava capturar o espírito da era
industrial e celebrar a velocidade, a máquina e o progresso
tecnológico
Características do teatro futurista
 Celebração da velocidade, máquina e progresso tecnológico
 Elementos como luzes fortes, ruídos e movimentos rápidos
 Declamação acelerada de textos
Futurismo
Dadaísmo
 O dadaísmo foi um movimento artístico que emergiu durante a Primeira Guerra
Mundial. No teatro dadaísta, os artistas buscavam chocar o público e questionar as
convenções estabelecidas.
 Questionamento das convenções estabelecidas
 Elementos absurdos, irônicos e antiartísticos
 Chocar o público
Surrealismo
O surrealismo foi um movimento artístico que explorava o mundo do inconsciente e do
sonho.
 Exploração do mundo do inconsciente e do sonho
 Imagens oníricas e gráficos não lineares
 Ações simbólicas
Teatro do Absurdo
Surgido após a Segunda Guerra Mundial, o teatro do absurdo foi uma
forma de crítica social e existencialismo.
 Crítica social e existencialismo
 Diálogos desconexos e personagens com comportamentos
ilógicos
 Situações absurdas
 Reflexão sobre a condição humana
https://cultura.uol.com.br/videos/37737_nossa-lingua-curiosidades-
teatro-do-absurdo.html
Teatro da Crueldade
O Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud, busca romper com
convenções teatrais e explorar emoções profundas. Enfatiza
expressão física, uso de movimento e vocalização. Utiliza
elementos sensoriais e rejeita narrativas lineares, buscando
uma experiência visceral. Influencia o teatro experimental
contemporâneo.
1. Qual movimento vanguardista teatral buscou explorar o subconsciente, criando peças com elementos oníricos e
simbólicos?
a) Impressionismo.
b) Teatro do Absurdo.
c) Expressionismo.
d) Dadaísmo.
e) Surrealismo.
2. Qual das seguintes características é comumente associada ao expressionismo nas artes cênicas?
a) Uso de iluminação naturalista.
b) Abordagem linear e narrativa tradicional.
c) Ênfase na representação fiel da realidade.
d) Utilização de cores vivas e harmônicas.
e) Expressão emocional intensa e distorcida.
(Enem 2018) O grupo O Teatro Mágico apresenta composições autorais
que têm referências estéticas do rock, do pop e da música folclórica
brasileira. A originalidade dos seus shows tem relação com a ópera
europeia do século XIX a partir da
a) disposição cênica dos artistas no espaço teatral.
b) integração de diversas linguagens artísticas.
c) sobreposição entre música e texto literário.
d) manutenção de um diálogo com o público.
e) adoção de um enredo como fio condutor.
(Enem 2016) PINHÃO sai ao mesmo tempo que BENONA entra.
BENONA: Eurico, Eudoro Vicente está lá fora e quer falar com você.
EURICÃO: Benona, minha irmã, eu sei que ele está lá fora, mas não quero falar com ele.
BENONA: Mas Eurico, nós lhe devemos certas atenções.
EURICÃO: Você, que foi noiva dele. Eu, não!
BENONA: Isso são coisas passadas.
EURICÃO: Passadas para você, mas o prejuízo foi meu. Esperava que Eudoro, com todo aquele dinheiro, se tornasse meu
cunhado. Era uma boca a menos e um patrimônio a mais. E o peste me traiu. Agora, parece que ouviu dizer que eu tenho
um tesouro. E vem louco atrás dele, sedento, atacado de verdadeira hidrofobia. Vive farejando ouro, como um cachorro da
molest’a, como um urubu, atrás do sangue dos outros. Mas ele está enganado. Santo Antônio há de proteger minha pobreza
e minha devoção.
(SUASSUNA, A. O santo e a porca. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013 - fragmento)
Nesse texto teatral, o emprego das expressões “o peste” e “cachorro da molest’a” contribui para:
a) marcar a classe social das personagens.
b) caracterizar usos linguísticos de uma região.
c) enfatizar a relação familiar entre as personagens.
d) sinalizar a influência do gênero nas escolhas vocabulares.
e) demonstrar o tom autoritário da fala de uma das personagens.
ARTES
PROF. JANILSON NASCIMENTO
Origens e Contexto Histórico:
 A Bossa Nova teve suas raízes no Rio de Janeiro, Brasil, no final dos anos 50. Foi um movimento
que emergiu como uma resposta à influência do jazz norte-americano e da música popular
brasileira da época, como o samba-canção. Compositores e músicos buscavam um estilo mais
suave, moderno e harmonicamente rico.
BOSSA NOVA
Principais Compositores e Artistas:
A Bossa Nova foi impulsionada por um grupo talentoso de músicos e compositores,
incluindo:
 João Gilberto,
 Tom Jobim (Antônio Carlos Jobim),
 Vinícius de Moraes,
 Nara Leão.
 Carlos Lyra,
 Roberto Menescal, entre outros.
Características Musicais:
 A Bossa Nova é caracterizada por uma harmonia sofisticada, melodias suaves e ritmos
sincopados. Ela combina elementos do samba tradicional com influências do jazz,
criando um estilo distinto e moderno. A batida da Bossa Nova é marcada pela famosa
"batida de violão" de João Gilberto, conhecida como "batida sincopada".
https://www.youtube.com/watch?v=ui4u-EXNvN4
https://www.youtube.com/watch?v=svVeCQeCG98
Álbuns e Canções Importantes:
 Álbuns clássicos como "Chega de Saudade" (1959) e "Getz/Gilberto" (1964), este
último uma colaboração entre João Gilberto, Tom Jobim e o saxofonista americano
Stan Getz, são exemplos fundamentais da Bossa Nova. Além disso, canções icônicas
como "Garota de Ipanema", "Desafinado", "Corcovado" e "Wave" são conhecidas
mundialmente e se tornaram padrões do jazz.
https://www.youtube.com/watch?v=dwLJhBzs-jo
https://www.youtube.com/watch?v=tCMhuN3053o
Impacto Cultural:
 A Bossa Nova teve um papel importante na cultura brasileira. Ela representou um
momento de modernização e cosmopolitismo no Brasil, ao mesmo tempo em que
destacava a riqueza da música popular brasileira. Além disso, contribuiu para a
popularização da língua portuguesa na cena internacional da música.
 Em resumo, a Bossa Nova é um movimento musical que marcou a história da música
brasileira e contribuiu para a projeção do Brasil no cenário internacional. Seus acordes
suaves, harmonias elaboradas e letras poéticas encantam audiências até hoje, deixando
um legado duradouro na música mundial.
Quem é considerado o pioneiro da Bossa Nova?
 a) Tom Jobim
 b) Vinícius de Moraes
 c) Carlos Lyra
 d) João Gilberto
 e) Nara Leão
O que caracteriza a batida de violão na Bossa Nova?
 a) Batida reta e contínua
 b) Batida rítmica e pulsante
 c) Batida forte e agressiva
 d) Batida sincopada e suave
 e) Batida lenta e cadenciada
 Qual é uma das canções mais conhecidas da Bossa Nova?
 a) "Yesterday"
 b) "Garota de Ipanema"
 c) “Morena"
 d) “Não deixe o Samba Morrer"
 e) “Além do Arco-iris"
A Bossa Nova teve um impacto cultural significativo no Brasil, sendo
associada a:
 a) Samba tradicional
 b) Carnaval e frevo
 c) Cultura popular nordestina
 d) Modernização e cosmopolitismo
 e) Música clássica europeia
Jovem Guarda
 A Jovem Guarda surgiu no início da década de 1960, sendo fortemente
influenciada pelo rock 'n' roll internacional, especialmente pelos ídolos da
juventude dos Estados Unidos e do Reino Unido. Nomes como Elvis Presley, The
Beatles e The Rolling Stones inspiraram os artistas brasileiros a incorporarem
elementos do rock em sua música.
Estilo Musical:
 A música da Jovem Guarda era caracterizada por ser alegre, dançante e romântica. As
canções muitas vezes abordavam temas como o amor juvenil, paquera, e sentimentos
típicos da juventude. As letras eram geralmente simples e fáceis de cantar, o que contribuiu
para o enorme sucesso das músicas.
Principais Artistas:
 A Jovem Guarda foi liderada por três grandes ícones da época: Roberto Carlos, Erasmo
Carlos e Wanderléa. Eles eram conhecidos como o "Trio Ternura" e foram os principais
expoentes do movimento. Além deles, outros artistas também fizeram parte do
movimento, como Jerry Adriani, Ronnie Von, Martinha, entre outros.
Programa de TV:
 Um dos principais impulsionadores da Jovem Guarda foi o programa de televisão
homônimo que foi ao ar entre 1965 e 1968 na TV Record. O programa era apresentado
pelos três ídolos mencionados anteriormente e contava com a participação de diversos
outros artistas da época. Com seu estilo descontraído e descolado, a Jovem Guarda se
tornou um fenômeno de audiência, atraindo jovens de todo o país.
Influência Cultural:
 Além de sua influência na música, a Jovem Guarda teve um impacto significativo na cultura
brasileira da época. O movimento ajudou a popularizar o uso de roupas e penteados mais
modernos e rebeldes entre os jovens. Além disso, a Jovem Guarda também ajudou a
consolidar a importância da juventude como um público-alvo importante para a indústria
cultural.
Críticas e Controvérsias:
 Apesar de sua enorme popularidade, a Jovem Guarda também enfrentou críticas de alguns
setores mais conservadores da sociedade brasileira. Muitos consideravam a música do
movimento como "alienante" e "vazia", acusando-a de não abordar questões sociais ou
políticas relevantes.
 Em resumo, a Jovem Guarda foi um movimento musical que marcou a história do Brasil nos
anos 60, contribuindo para o desenvolvimento da música popular brasileira e influenciando
a cultura jovem da época. Seus ídolos e canções ainda são lembrados e apreciados por
muitos brasileiros, representando um importante capítulo na trajetória da música brasileira.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jovem guarda

Tropicalia 8 ano
Tropicalia 8 anoTropicalia 8 ano
Tropicalia 8 ano
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
Fabio Salvari
 
A história da mpb
A história da mpbA história da mpb
A história da mpb
rodrigolima13_
 
Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30
cecilianoclaro
 
Cultura
CulturaCultura
Enem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileirasEnem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileiras
ma.no.el.ne.ves
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Caroline Souza
 
Bossanova3
Bossanova3Bossanova3
Bossanova3
Elô Ribeiro
 
Apresentação t3004
Apresentação t3004Apresentação t3004
Apresentação t3004
Manuel de Abreu
 
A Musicalidade Brasileira
A Musicalidade BrasileiraA Musicalidade Brasileira
A Musicalidade Brasileira
Loyanne Alves
 
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
Curso Livre Redação-Eliani Martins
 
Cultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 okCultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 ok
Fabio Salvari
 
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptxvinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
Clarice Menezes
 
Anos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturaAnos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 cultura
samonois
 
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRASEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
Anselmo Costa
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
Atividades Diversas Cláudia
 
Origem dos generos musicais
Origem dos generos musicaisOrigem dos generos musicais
Origem dos generos musicais
Eralda Cruz
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
Dayane SLima
 
Vp2 cpb slides funk man cult original
Vp2 cpb slides funk man cult originalVp2 cpb slides funk man cult original
Vp2 cpb slides funk man cult original
Dayane SLima
 

Semelhante a Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jovem guarda (20)

Tropicalia 8 ano
Tropicalia 8 anoTropicalia 8 ano
Tropicalia 8 ano
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Música Brasil
 
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
CULTURA BRASILEIRA DE 50 A 80
 
A história da mpb
A história da mpbA história da mpb
A história da mpb
 
Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30Cultura de massas anos 30
Cultura de massas anos 30
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Enem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileirasEnem 2014, identidades brasileiras
Enem 2014, identidades brasileiras
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
Bossanova3
Bossanova3Bossanova3
Bossanova3
 
Apresentação t3004
Apresentação t3004Apresentação t3004
Apresentação t3004
 
A Musicalidade Brasileira
A Musicalidade BrasileiraA Musicalidade Brasileira
A Musicalidade Brasileira
 
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
A cultura como campo de luta e interpretação social no Brasil do Século XX - ...
 
Cultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 okCultura brasileira 2013 ok
Cultura brasileira 2013 ok
 
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptxvinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
vinicius-de-moraes_apres_3007.pptx
 
Anos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 culturaAnos 60, 70 e 80 cultura
Anos 60, 70 e 80 cultura
 
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRASEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
 
Historia da musica atividades
Historia da musica atividadesHistoria da musica atividades
Historia da musica atividades
 
Origem dos generos musicais
Origem dos generos musicaisOrigem dos generos musicais
Origem dos generos musicais
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
 
Vp2 cpb slides funk man cult original
Vp2 cpb slides funk man cult originalVp2 cpb slides funk man cult original
Vp2 cpb slides funk man cult original
 

Último

educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 

Último (20)

educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 

Vanguardas artísticas e Musica no Brasil nos anos 50 e 60 - Bossa Nova e Jovem guarda

  • 1. Vanguardas Artísticas nas Artes Cênicas Prof. Janilson Nascimento
  • 2. Expressionismo Características do teatro expressionista  Ênfase na expressão das emoções  Representação subjetiva da realidade  Cenário distorcido e iluminação dramática  Interpretações intensas dos atores  Monólogos
  • 3. Originado na Itália, o futurismo buscava capturar o espírito da era industrial e celebrar a velocidade, a máquina e o progresso tecnológico Características do teatro futurista  Celebração da velocidade, máquina e progresso tecnológico  Elementos como luzes fortes, ruídos e movimentos rápidos  Declamação acelerada de textos Futurismo
  • 4. Dadaísmo  O dadaísmo foi um movimento artístico que emergiu durante a Primeira Guerra Mundial. No teatro dadaísta, os artistas buscavam chocar o público e questionar as convenções estabelecidas.  Questionamento das convenções estabelecidas  Elementos absurdos, irônicos e antiartísticos  Chocar o público
  • 5. Surrealismo O surrealismo foi um movimento artístico que explorava o mundo do inconsciente e do sonho.  Exploração do mundo do inconsciente e do sonho  Imagens oníricas e gráficos não lineares  Ações simbólicas
  • 6. Teatro do Absurdo Surgido após a Segunda Guerra Mundial, o teatro do absurdo foi uma forma de crítica social e existencialismo.  Crítica social e existencialismo  Diálogos desconexos e personagens com comportamentos ilógicos  Situações absurdas  Reflexão sobre a condição humana https://cultura.uol.com.br/videos/37737_nossa-lingua-curiosidades- teatro-do-absurdo.html
  • 7. Teatro da Crueldade O Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud, busca romper com convenções teatrais e explorar emoções profundas. Enfatiza expressão física, uso de movimento e vocalização. Utiliza elementos sensoriais e rejeita narrativas lineares, buscando uma experiência visceral. Influencia o teatro experimental contemporâneo.
  • 8. 1. Qual movimento vanguardista teatral buscou explorar o subconsciente, criando peças com elementos oníricos e simbólicos? a) Impressionismo. b) Teatro do Absurdo. c) Expressionismo. d) Dadaísmo. e) Surrealismo. 2. Qual das seguintes características é comumente associada ao expressionismo nas artes cênicas? a) Uso de iluminação naturalista. b) Abordagem linear e narrativa tradicional. c) Ênfase na representação fiel da realidade. d) Utilização de cores vivas e harmônicas. e) Expressão emocional intensa e distorcida.
  • 9. (Enem 2018) O grupo O Teatro Mágico apresenta composições autorais que têm referências estéticas do rock, do pop e da música folclórica brasileira. A originalidade dos seus shows tem relação com a ópera europeia do século XIX a partir da a) disposição cênica dos artistas no espaço teatral. b) integração de diversas linguagens artísticas. c) sobreposição entre música e texto literário. d) manutenção de um diálogo com o público. e) adoção de um enredo como fio condutor.
  • 10. (Enem 2016) PINHÃO sai ao mesmo tempo que BENONA entra. BENONA: Eurico, Eudoro Vicente está lá fora e quer falar com você. EURICÃO: Benona, minha irmã, eu sei que ele está lá fora, mas não quero falar com ele. BENONA: Mas Eurico, nós lhe devemos certas atenções. EURICÃO: Você, que foi noiva dele. Eu, não! BENONA: Isso são coisas passadas. EURICÃO: Passadas para você, mas o prejuízo foi meu. Esperava que Eudoro, com todo aquele dinheiro, se tornasse meu cunhado. Era uma boca a menos e um patrimônio a mais. E o peste me traiu. Agora, parece que ouviu dizer que eu tenho um tesouro. E vem louco atrás dele, sedento, atacado de verdadeira hidrofobia. Vive farejando ouro, como um cachorro da molest’a, como um urubu, atrás do sangue dos outros. Mas ele está enganado. Santo Antônio há de proteger minha pobreza e minha devoção. (SUASSUNA, A. O santo e a porca. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013 - fragmento) Nesse texto teatral, o emprego das expressões “o peste” e “cachorro da molest’a” contribui para: a) marcar a classe social das personagens. b) caracterizar usos linguísticos de uma região. c) enfatizar a relação familiar entre as personagens. d) sinalizar a influência do gênero nas escolhas vocabulares. e) demonstrar o tom autoritário da fala de uma das personagens.
  • 12. Origens e Contexto Histórico:  A Bossa Nova teve suas raízes no Rio de Janeiro, Brasil, no final dos anos 50. Foi um movimento que emergiu como uma resposta à influência do jazz norte-americano e da música popular brasileira da época, como o samba-canção. Compositores e músicos buscavam um estilo mais suave, moderno e harmonicamente rico. BOSSA NOVA
  • 13. Principais Compositores e Artistas: A Bossa Nova foi impulsionada por um grupo talentoso de músicos e compositores, incluindo:  João Gilberto,  Tom Jobim (Antônio Carlos Jobim),  Vinícius de Moraes,  Nara Leão.  Carlos Lyra,  Roberto Menescal, entre outros.
  • 14. Características Musicais:  A Bossa Nova é caracterizada por uma harmonia sofisticada, melodias suaves e ritmos sincopados. Ela combina elementos do samba tradicional com influências do jazz, criando um estilo distinto e moderno. A batida da Bossa Nova é marcada pela famosa "batida de violão" de João Gilberto, conhecida como "batida sincopada". https://www.youtube.com/watch?v=ui4u-EXNvN4 https://www.youtube.com/watch?v=svVeCQeCG98
  • 15. Álbuns e Canções Importantes:  Álbuns clássicos como "Chega de Saudade" (1959) e "Getz/Gilberto" (1964), este último uma colaboração entre João Gilberto, Tom Jobim e o saxofonista americano Stan Getz, são exemplos fundamentais da Bossa Nova. Além disso, canções icônicas como "Garota de Ipanema", "Desafinado", "Corcovado" e "Wave" são conhecidas mundialmente e se tornaram padrões do jazz. https://www.youtube.com/watch?v=dwLJhBzs-jo https://www.youtube.com/watch?v=tCMhuN3053o
  • 16. Impacto Cultural:  A Bossa Nova teve um papel importante na cultura brasileira. Ela representou um momento de modernização e cosmopolitismo no Brasil, ao mesmo tempo em que destacava a riqueza da música popular brasileira. Além disso, contribuiu para a popularização da língua portuguesa na cena internacional da música.  Em resumo, a Bossa Nova é um movimento musical que marcou a história da música brasileira e contribuiu para a projeção do Brasil no cenário internacional. Seus acordes suaves, harmonias elaboradas e letras poéticas encantam audiências até hoje, deixando um legado duradouro na música mundial.
  • 17. Quem é considerado o pioneiro da Bossa Nova?  a) Tom Jobim  b) Vinícius de Moraes  c) Carlos Lyra  d) João Gilberto  e) Nara Leão
  • 18. O que caracteriza a batida de violão na Bossa Nova?  a) Batida reta e contínua  b) Batida rítmica e pulsante  c) Batida forte e agressiva  d) Batida sincopada e suave  e) Batida lenta e cadenciada
  • 19.  Qual é uma das canções mais conhecidas da Bossa Nova?  a) "Yesterday"  b) "Garota de Ipanema"  c) “Morena"  d) “Não deixe o Samba Morrer"  e) “Além do Arco-iris"
  • 20. A Bossa Nova teve um impacto cultural significativo no Brasil, sendo associada a:  a) Samba tradicional  b) Carnaval e frevo  c) Cultura popular nordestina  d) Modernização e cosmopolitismo  e) Música clássica europeia
  • 21. Jovem Guarda  A Jovem Guarda surgiu no início da década de 1960, sendo fortemente influenciada pelo rock 'n' roll internacional, especialmente pelos ídolos da juventude dos Estados Unidos e do Reino Unido. Nomes como Elvis Presley, The Beatles e The Rolling Stones inspiraram os artistas brasileiros a incorporarem elementos do rock em sua música.
  • 22. Estilo Musical:  A música da Jovem Guarda era caracterizada por ser alegre, dançante e romântica. As canções muitas vezes abordavam temas como o amor juvenil, paquera, e sentimentos típicos da juventude. As letras eram geralmente simples e fáceis de cantar, o que contribuiu para o enorme sucesso das músicas.
  • 23. Principais Artistas:  A Jovem Guarda foi liderada por três grandes ícones da época: Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Eles eram conhecidos como o "Trio Ternura" e foram os principais expoentes do movimento. Além deles, outros artistas também fizeram parte do movimento, como Jerry Adriani, Ronnie Von, Martinha, entre outros.
  • 24. Programa de TV:  Um dos principais impulsionadores da Jovem Guarda foi o programa de televisão homônimo que foi ao ar entre 1965 e 1968 na TV Record. O programa era apresentado pelos três ídolos mencionados anteriormente e contava com a participação de diversos outros artistas da época. Com seu estilo descontraído e descolado, a Jovem Guarda se tornou um fenômeno de audiência, atraindo jovens de todo o país.
  • 25. Influência Cultural:  Além de sua influência na música, a Jovem Guarda teve um impacto significativo na cultura brasileira da época. O movimento ajudou a popularizar o uso de roupas e penteados mais modernos e rebeldes entre os jovens. Além disso, a Jovem Guarda também ajudou a consolidar a importância da juventude como um público-alvo importante para a indústria cultural.
  • 26. Críticas e Controvérsias:  Apesar de sua enorme popularidade, a Jovem Guarda também enfrentou críticas de alguns setores mais conservadores da sociedade brasileira. Muitos consideravam a música do movimento como "alienante" e "vazia", acusando-a de não abordar questões sociais ou políticas relevantes.  Em resumo, a Jovem Guarda foi um movimento musical que marcou a história do Brasil nos anos 60, contribuindo para o desenvolvimento da música popular brasileira e influenciando a cultura jovem da época. Seus ídolos e canções ainda são lembrados e apreciados por muitos brasileiros, representando um importante capítulo na trajetória da música brasileira.