SlideShare uma empresa Scribd logo
FLUMINENSE 
PRÓ REITÓRIA DE PÓS 
GRADUAÇÃO E 
PESQUISA E INOVAÇÃO 
INSTITUTO DE MATEMÁTICA E 
ESTATÍSTICA 
COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO 
LATO-SENSU
Cibercultura e a Educação 
NOVAS TECNOLOGIAS PARA O ENSINO NA 
MATEMÁTICA
Nome: Suellen Teixeira Guedes 
Grupo 03
OBJETIVO 
Fazer a relação entre a cibercultura e a educação, 
utilizando umas das teorias pedagógicas citada no texto de 
Libânio.
TEORIA HISTÓRICO- CULTURAL 
As bases teóricas da teoria histórico-social apoiam-se 
em Vygotsky e seguidores. Nessa orientação, a aprendizagem 
resulta da interação do sujeito-objeto, em que a ação do 
sujeito sobre o meio é socialmente mediada, atribuindo-se 
peso significativo à cultura e às relações sociais. A atividade 
do sujeito supõe a ação entre sujeitos, no sentido de uma 
relação do sujeito com o outro, com seus parceiros.
Mais especificamente, as funções mentais superiores 
(linguagem, atenção voluntária, memória, abstração, 
percepção, de comparar, diferenciar, etc.) são ações 
interiorizadas de socialmente mediado, a partir da cultura 
constituída. Esta abordagem está focada na estrutura do 
funcionamento cognitivo em suas interações com as 
mediações culturais. (Daniels, 2003). Nos últimos anos, 
dentro dessa mesma orientação, tem se destacado a 
teoria histórico-cultural da atividade.
Professora Rosa Maria Antônio comentou em sua 
dissertação sobre um dos textos sobre as teorias pedagógicas 
de Libânio: 
“A escola é chamada a rever o ensino que oferece, mais especificamente, 
a espécie de que vem promovendo, a fim de adequá-los não só ás 
exigências do mercado de trabalho, mas à convivência com as novas 
tecnologias, que invadem todos os recôndidos da vida”.
E na mesma dissertação continuou: 
“o professor tem o papel explícito de interferir na zona de desenvolvimento 
proximal dos alunos, provocando os avanços que não ocorreriam 
espontaneamente. [...]A intervenção do professor é fundamental para 
a promoção do desenvolvimento do indivíduo”. Desta forma, o ensino 
precisa ser organizado com procedimentos adequados, de maneira tal, que 
possibilite aprendizagens significativas as quais promovam 
o desenvolvimento das funções psíquicas dos educandos”.
Cibercultura é: 
“A cultura que surgiu, ou surge, a partir do uso da rede de 
computadores através da comunicação através de computadores, 
a indústria do entretenimento e o comércio eletrônico. É 
também o estudo de vários fenômenos sociais associados 
à internet e outras novas formas de comunicação em rede, como 
as comunidades on-line, jogos de multi-usuários, jogos sociais, 
mídias sociais, realidade aumentada, mensagens de texto,1 e 
inclui questões relacionadas à identidade, privacidade e 
formação de rede.” 
Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cibercultura
A RELAÇÃO DA CIBERCULTURA COM A 
PEDAGOGIA 
Ligando a teoria histórico cultural com a cibercultura, 
podemos encontrar várias ligações entre as duas 
vertentes, apesar do espaço de tempo que os distanciam. 
Com abertura de novas informações e novos caminhos, as 
possibilidades oferecidas para que a mediação da 
aprendizagem e conhecimento do aluno aconteçam, fazem 
com que seja da melhor forma possível. O professor como 
mediador do conhecimento deve possuir estratégias que 
possam tornar esse meio tranquilo e natural.
Lynn Rosalina e Jamile Borges, em seu texto sobre cibercultura e educação 
comentam: 
“A escola é o fórum onde as discussões acontecem por excelência, é a 
instituição que complementa a educação do indivíduo e o orienta ou forma 
para uma 
vida social e política ativa, consciente e responsável. Como em qualquer 
época de 
mudança na história do planeta, a escola deve adaptar-se, estruturando-se e 
instrumentalizando-se para formar o indivíduo desse novo mundo, 
modificando a sua 
visão, suas metas e objetivos, sua missão e buscando atender a demanda 
desse novo 
contexto social”
Por natureza de concepção, a escola já é um grande fórum onde 
os alunos são participantes ativos, ondem devem ter espaço 
para liberar suas e ideias e receber novas também. 
Assim sendo, a cibercultura mesmo antes de ser criada já estava 
presente na educação, porém com sua existência, agora de fato, 
essa participação passou a ser mundial, onde os acessos a 
conhecimentos e informações são muito maiores e livres. 
A educação enfrenta o desafio de se renovar, usar novos 
métodos para alcançar um público tão conectado e com acesso 
a todo tipo de informação, conhecimento e linguagem.
Rosa Maria, ainda em sua dissertação comentou: 
“A Instrumentalização é o momento em que os alunos se apropriam dos 
instrumentos teóricos e práticos, ou seja, do conhecimento socialmente 
produzido e sistematizado. Para isso, cabe ao professor, neste terceiro 
passo, planejar as ações e 
selecionar os procedimentos técnicos mais adequados com vistas à 
efetivação do processo de aprendizagem e à construção do conhecimento 
científico.
“Por isso, o trabalho do professor como mediador consiste em 
dinamizar, 
através das ações previstas e dos recursos selecionados, os 
processos mentais dos 
para que se apropriem dos conteúdos científicos em suas 
diversas dimensões, 
buscando alcançar os objetivos propostos”. 
Portanto, para o professor o mundo globalizado oferece 
ferramentas como jogos online, programas que permitem a 
interação entre o abstrato e o concreto, cálculos de números 
que poderiam ser considerados complexos, representações de 
formas, projeções, além de auxiliar no conhecimento 
histórico e cultural dos conteúdos propostos por nós 
educadores.
Bibliografia 
http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/212448cibercult 
ura.pdf 
ALVES, Lynn Rosalina Gama e SILVA, Jamile Borges, 
Cibercultura e Educação Editora EDUFBA. Salvador, 2001. 
LIBÂNEO, José Carlos, As Teorias Pedagógicas Modernas 
Resiginificadas pelo debate contemporâneo na educação.
ANTÔNIO, Professora PDE Rosa Maria. Teoria Histórico- 
Cultural e Pedagogia Histórico-Crítica: O Desafio do Método 
dialético na Didática - Secretaria de Estado da Educação 
Superintendência da Educação Programa de 
Desenvolvimento Educacional Universidade Estadual de 
Maringá, 2008 .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Corrente neocognitiva
Corrente neocognitivaCorrente neocognitiva
Corrente neocognitiva
Heliton Melo
 
Teorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
Teorias Pedagógicas no Cntexto da CiberculturaTeorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
Teorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
Vanilde Manfredi
 
Teorias pedagógicas no contexto da cibercultura
Teorias pedagógicas no contexto da ciberculturaTeorias pedagógicas no contexto da cibercultura
Teorias pedagógicas no contexto da cibercultura
Rosangela Patrocinio
 
Teoria sociocritica
Teoria sociocriticaTeoria sociocritica
Teoria sociocritica
Silvia Kelly
 
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura  A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
Haroldo Nunes
 
Teoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocriticaTeoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocritica
Sartorel
 
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a CiberculturaTeoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
Suelen Santana
 
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológicaA corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
Domherrera
 
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da CiberculturaUma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
Monica Aragon
 
Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
 Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017 Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
Luiz Silva
 
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
rosimoura02
 
As correntes holísticas E A IB
As correntes holísticas E A IBAs correntes holísticas E A IB
As correntes holísticas E A IB
Roberta Mendonça
 
Correntes pós-modernas no contexto tecnológico
Correntes pós-modernas no contexto tecnológicoCorrentes pós-modernas no contexto tecnológico
Correntes pós-modernas no contexto tecnológico
Euzenir
 
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-TecnológicaTeorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
Deise Diana Lava
 
Construtivismo pós piagetianismo
Construtivismo pós piagetianismoConstrutivismo pós piagetianismo
Construtivismo pós piagetianismo
Claudia Peres
 
A pedagogia e a cibercultura
A pedagogia e a ciberculturaA pedagogia e a cibercultura
A pedagogia e a cibercultura
Regina Celestino Dos Santos
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
Sandra Azevedo
 
A corrente neocognitivista e a cibercultura
A corrente neocognitivista e a ciberculturaA corrente neocognitivista e a cibercultura
A corrente neocognitivista e a cibercultura
Junior Gitti
 
Cibercultura e teorias sociocriticas
Cibercultura e teorias sociocriticasCibercultura e teorias sociocriticas
Cibercultura e teorias sociocriticas
Rafael Tereso de Jesus
 
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EADTarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
Rafaela Oliveira
 

Mais procurados (20)

Corrente neocognitiva
Corrente neocognitivaCorrente neocognitiva
Corrente neocognitiva
 
Teorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
Teorias Pedagógicas no Cntexto da CiberculturaTeorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
Teorias Pedagógicas no Cntexto da Cibercultura
 
Teorias pedagógicas no contexto da cibercultura
Teorias pedagógicas no contexto da ciberculturaTeorias pedagógicas no contexto da cibercultura
Teorias pedagógicas no contexto da cibercultura
 
Teoria sociocritica
Teoria sociocriticaTeoria sociocritica
Teoria sociocritica
 
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura  A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
A corrente pedagógica racional tecnológica Libâneo e cibercultura
 
Teoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocriticaTeoria pedagógica teoria sociocritica
Teoria pedagógica teoria sociocritica
 
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a CiberculturaTeoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
Teoria pedagógica moderna: Corrente racional tecnológica e a Cibercultura
 
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológicaA corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
A corrente pedagógicaa contemporânea - Racional-tecnológica
 
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da CiberculturaUma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
Uma Teoria Sociocrítica no Contexto da Cibercultura
 
Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
 Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017 Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
Trabalho 2 d disciplina informática educativa i - 29-07-2017
 
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
Corrente pedagógica pós-moderna : Pós estruturalismo e Neo-pragnatismo.
 
As correntes holísticas E A IB
As correntes holísticas E A IBAs correntes holísticas E A IB
As correntes holísticas E A IB
 
Correntes pós-modernas no contexto tecnológico
Correntes pós-modernas no contexto tecnológicoCorrentes pós-modernas no contexto tecnológico
Correntes pós-modernas no contexto tecnológico
 
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-TecnológicaTeorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
Teorias pedagógicas e a cibercultura: Corrente Racional-Tecnológica
 
Construtivismo pós piagetianismo
Construtivismo pós piagetianismoConstrutivismo pós piagetianismo
Construtivismo pós piagetianismo
 
A pedagogia e a cibercultura
A pedagogia e a ciberculturaA pedagogia e a cibercultura
A pedagogia e a cibercultura
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
 
A corrente neocognitivista e a cibercultura
A corrente neocognitivista e a ciberculturaA corrente neocognitivista e a cibercultura
A corrente neocognitivista e a cibercultura
 
Cibercultura e teorias sociocriticas
Cibercultura e teorias sociocriticasCibercultura e teorias sociocriticas
Cibercultura e teorias sociocriticas
 
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EADTarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
Tarefa da semana 2 / NTEM - UFF / EAD
 

Destaque

Amizade sincera
Amizade sinceraAmizade sincera
Amizade sincera
Mensagens Virtuais
 
ACCIDENTES
ACCIDENTESACCIDENTES
ACCIDENTES
fabiolacaro
 
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
Abbott Consulting & Training
 
Aborto
AbortoAborto
Aborto
edward93
 
Helpmap baseurl
Helpmap baseurlHelpmap baseurl
Helpmap baseurl
Javier Pakis
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
bnorma16
 
Benetazzo Presente
Benetazzo PresenteBenetazzo Presente
Benetazzo Presente
Adriano Diogo
 
Bruno Lopes
Bruno LopesBruno Lopes
Bruno Lopes
mundonovoesds
 
Revista Excllusiva
Revista ExcllusivaRevista Excllusiva
Revista Excllusiva
Aldelize Nascimento
 
Proyectos 1
Proyectos 1Proyectos 1
Proyectos 1
rocio1802276285
 
Microturbel.lari power point
Microturbel.lari power pointMicroturbel.lari power point
Microturbel.lari power pointjordimendiguren
 
Tarefa modulo 2 met cient
Tarefa modulo 2 met cientTarefa modulo 2 met cient
Tarefa modulo 2 met cient
erinaldoamorim
 
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinitoCiclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
Norberto Scavone Augusto
 
Apresentacao Enoteca
Apresentacao EnotecaApresentacao Enoteca
Apresentacao Enoteca
rodneyribeiro1973
 
Franquias e aquisições
Franquias e aquisiçõesFranquias e aquisições
Franquias e aquisições
lidianacarlos
 
Historia de la informatica blos blogger
Historia de la informatica blos bloggerHistoria de la informatica blos blogger
Historia de la informatica blos blogger
fechoc1
 
Pão
PãoPão

Destaque (20)

Amizade sincera
Amizade sinceraAmizade sincera
Amizade sincera
 
Resevar exemplares prestados dende o catálogo web
Resevar exemplares prestados dende o catálogo webResevar exemplares prestados dende o catálogo web
Resevar exemplares prestados dende o catálogo web
 
cambio climático
cambio climáticocambio climático
cambio climático
 
ACCIDENTES
ACCIDENTESACCIDENTES
ACCIDENTES
 
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
Responsabilidad ambiental fundahrse sept.08
 
Aborto
AbortoAborto
Aborto
 
Helpmap baseurl
Helpmap baseurlHelpmap baseurl
Helpmap baseurl
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
 
Benetazzo Presente
Benetazzo PresenteBenetazzo Presente
Benetazzo Presente
 
Bruno Lopes
Bruno LopesBruno Lopes
Bruno Lopes
 
Revista Excllusiva
Revista ExcllusivaRevista Excllusiva
Revista Excllusiva
 
Proyectos 1
Proyectos 1Proyectos 1
Proyectos 1
 
Microturbel.lari power point
Microturbel.lari power pointMicroturbel.lari power point
Microturbel.lari power point
 
Tarefa modulo 2 met cient
Tarefa modulo 2 met cientTarefa modulo 2 met cient
Tarefa modulo 2 met cient
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinitoCiclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
Ciclos do universo - conexão atlante - documentário - tv infinito
 
Apresentacao Enoteca
Apresentacao EnotecaApresentacao Enoteca
Apresentacao Enoteca
 
Franquias e aquisições
Franquias e aquisiçõesFranquias e aquisições
Franquias e aquisições
 
Historia de la informatica blos blogger
Historia de la informatica blos bloggerHistoria de la informatica blos blogger
Historia de la informatica blos blogger
 
Pão
PãoPão
Pão
 

Semelhante a Universidade federal fluminense

Corrente neocognivista
Corrente neocognivistaCorrente neocognivista
Corrente neocognivista
Luciana Lima Oliveira Ferreira
 
Corrente neocognivista
Corrente neocognivistaCorrente neocognivista
Corrente neocognivista
Luciana Lima Oliveira Ferreira
 
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
Rafaela Oliveira
 
Teoria pedagógica contemporânea e cibercultura
Teoria pedagógica contemporânea e ciberculturaTeoria pedagógica contemporânea e cibercultura
Teoria pedagógica contemporânea e cibercultura
Naiane Nadia
 
Teoria Pedagógica x Cibercultura
Teoria Pedagógica  x CiberculturaTeoria Pedagógica  x Cibercultura
Teoria Pedagógica x Cibercultura
zoraidepimenta
 
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicas
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicasAtividade2.1curriculoesuascaracteristicas
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicas
deborapeti
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
valma fideles
 
Conhecimento em rede
Conhecimento em redeConhecimento em rede
Conhecimento em rede
Diely Sampaio
 
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Francismar Lopes
 
Etapa2 1 situando_uso_midias_beth
Etapa2 1 situando_uso_midias_bethEtapa2 1 situando_uso_midias_beth
Etapa2 1 situando_uso_midias_beth
Alda Guedes
 
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na webPIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
Ana Paula Ó
 
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educação
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educaçãoTeorias pedagógicas e a cibercultura na educação
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educação
lemedri
 
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da MatemáticaInformatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
Marcia Perroni
 
Keila01 projeto
Keila01 projetoKeila01 projeto
Keila01 projeto
Juçara Keylla
 
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplosDesenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Henrique Santos
 
Restinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
Restinga Sêca - Mônica Rosello LarrondoRestinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
Restinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
CursoTICs
 
Texto 13
Texto 13Texto 13
O uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aulaO uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aula
Edison Paulo
 
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a CiberculturaTeorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
SefeAguiar
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
faustoarpm
 

Semelhante a Universidade federal fluminense (20)

Corrente neocognivista
Corrente neocognivistaCorrente neocognivista
Corrente neocognivista
 
Corrente neocognivista
Corrente neocognivistaCorrente neocognivista
Corrente neocognivista
 
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
Como a tecnologia pode ser utilizada na educação
 
Teoria pedagógica contemporânea e cibercultura
Teoria pedagógica contemporânea e ciberculturaTeoria pedagógica contemporânea e cibercultura
Teoria pedagógica contemporânea e cibercultura
 
Teoria Pedagógica x Cibercultura
Teoria Pedagógica  x CiberculturaTeoria Pedagógica  x Cibercultura
Teoria Pedagógica x Cibercultura
 
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicas
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicasAtividade2.1curriculoesuascaracteristicas
Atividade2.1curriculoesuascaracteristicas
 
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TICMemorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
Memorial - Ensinando e Aprendendo com as TIC
 
Conhecimento em rede
Conhecimento em redeConhecimento em rede
Conhecimento em rede
 
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
Interfaces digitais para a organização e representação do conhecimento anerid...
 
Etapa2 1 situando_uso_midias_beth
Etapa2 1 situando_uso_midias_bethEtapa2 1 situando_uso_midias_beth
Etapa2 1 situando_uso_midias_beth
 
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na webPIXTON Histórias em quadrinhos na web
PIXTON Histórias em quadrinhos na web
 
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educação
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educaçãoTeorias pedagógicas e a cibercultura na educação
Teorias pedagógicas e a cibercultura na educação
 
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da MatemáticaInformatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
Informatica I - Novas Tecnologias No Ensino da Matemática
 
Keila01 projeto
Keila01 projetoKeila01 projeto
Keila01 projeto
 
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplosDesenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
Desenvolvimento curricular e tecnologias exemplos
 
Restinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
Restinga Sêca - Mônica Rosello LarrondoRestinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
Restinga Sêca - Mônica Rosello Larrondo
 
Texto 13
Texto 13Texto 13
Texto 13
 
O uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aulaO uso responsável do celular na sala de aula
O uso responsável do celular na sala de aula
 
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a CiberculturaTeorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
Teorias sociocríticas - Teoria da Ação Comunicativa e a Cibercultura
 
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aulaO papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
O papel do Educomunicador na inserção de novas tecnologias em sala de aula
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 

Universidade federal fluminense

  • 1. FLUMINENSE PRÓ REITÓRIA DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA E INOVAÇÃO INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU
  • 2. Cibercultura e a Educação NOVAS TECNOLOGIAS PARA O ENSINO NA MATEMÁTICA
  • 3. Nome: Suellen Teixeira Guedes Grupo 03
  • 4. OBJETIVO Fazer a relação entre a cibercultura e a educação, utilizando umas das teorias pedagógicas citada no texto de Libânio.
  • 5. TEORIA HISTÓRICO- CULTURAL As bases teóricas da teoria histórico-social apoiam-se em Vygotsky e seguidores. Nessa orientação, a aprendizagem resulta da interação do sujeito-objeto, em que a ação do sujeito sobre o meio é socialmente mediada, atribuindo-se peso significativo à cultura e às relações sociais. A atividade do sujeito supõe a ação entre sujeitos, no sentido de uma relação do sujeito com o outro, com seus parceiros.
  • 6. Mais especificamente, as funções mentais superiores (linguagem, atenção voluntária, memória, abstração, percepção, de comparar, diferenciar, etc.) são ações interiorizadas de socialmente mediado, a partir da cultura constituída. Esta abordagem está focada na estrutura do funcionamento cognitivo em suas interações com as mediações culturais. (Daniels, 2003). Nos últimos anos, dentro dessa mesma orientação, tem se destacado a teoria histórico-cultural da atividade.
  • 7. Professora Rosa Maria Antônio comentou em sua dissertação sobre um dos textos sobre as teorias pedagógicas de Libânio: “A escola é chamada a rever o ensino que oferece, mais especificamente, a espécie de que vem promovendo, a fim de adequá-los não só ás exigências do mercado de trabalho, mas à convivência com as novas tecnologias, que invadem todos os recôndidos da vida”.
  • 8. E na mesma dissertação continuou: “o professor tem o papel explícito de interferir na zona de desenvolvimento proximal dos alunos, provocando os avanços que não ocorreriam espontaneamente. [...]A intervenção do professor é fundamental para a promoção do desenvolvimento do indivíduo”. Desta forma, o ensino precisa ser organizado com procedimentos adequados, de maneira tal, que possibilite aprendizagens significativas as quais promovam o desenvolvimento das funções psíquicas dos educandos”.
  • 9. Cibercultura é: “A cultura que surgiu, ou surge, a partir do uso da rede de computadores através da comunicação através de computadores, a indústria do entretenimento e o comércio eletrônico. É também o estudo de vários fenômenos sociais associados à internet e outras novas formas de comunicação em rede, como as comunidades on-line, jogos de multi-usuários, jogos sociais, mídias sociais, realidade aumentada, mensagens de texto,1 e inclui questões relacionadas à identidade, privacidade e formação de rede.” Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cibercultura
  • 10.
  • 11. A RELAÇÃO DA CIBERCULTURA COM A PEDAGOGIA Ligando a teoria histórico cultural com a cibercultura, podemos encontrar várias ligações entre as duas vertentes, apesar do espaço de tempo que os distanciam. Com abertura de novas informações e novos caminhos, as possibilidades oferecidas para que a mediação da aprendizagem e conhecimento do aluno aconteçam, fazem com que seja da melhor forma possível. O professor como mediador do conhecimento deve possuir estratégias que possam tornar esse meio tranquilo e natural.
  • 12. Lynn Rosalina e Jamile Borges, em seu texto sobre cibercultura e educação comentam: “A escola é o fórum onde as discussões acontecem por excelência, é a instituição que complementa a educação do indivíduo e o orienta ou forma para uma vida social e política ativa, consciente e responsável. Como em qualquer época de mudança na história do planeta, a escola deve adaptar-se, estruturando-se e instrumentalizando-se para formar o indivíduo desse novo mundo, modificando a sua visão, suas metas e objetivos, sua missão e buscando atender a demanda desse novo contexto social”
  • 13. Por natureza de concepção, a escola já é um grande fórum onde os alunos são participantes ativos, ondem devem ter espaço para liberar suas e ideias e receber novas também. Assim sendo, a cibercultura mesmo antes de ser criada já estava presente na educação, porém com sua existência, agora de fato, essa participação passou a ser mundial, onde os acessos a conhecimentos e informações são muito maiores e livres. A educação enfrenta o desafio de se renovar, usar novos métodos para alcançar um público tão conectado e com acesso a todo tipo de informação, conhecimento e linguagem.
  • 14. Rosa Maria, ainda em sua dissertação comentou: “A Instrumentalização é o momento em que os alunos se apropriam dos instrumentos teóricos e práticos, ou seja, do conhecimento socialmente produzido e sistematizado. Para isso, cabe ao professor, neste terceiro passo, planejar as ações e selecionar os procedimentos técnicos mais adequados com vistas à efetivação do processo de aprendizagem e à construção do conhecimento científico.
  • 15. “Por isso, o trabalho do professor como mediador consiste em dinamizar, através das ações previstas e dos recursos selecionados, os processos mentais dos para que se apropriem dos conteúdos científicos em suas diversas dimensões, buscando alcançar os objetivos propostos”. Portanto, para o professor o mundo globalizado oferece ferramentas como jogos online, programas que permitem a interação entre o abstrato e o concreto, cálculos de números que poderiam ser considerados complexos, representações de formas, projeções, além de auxiliar no conhecimento histórico e cultural dos conteúdos propostos por nós educadores.
  • 16. Bibliografia http://www.tvbrasil.org.br/fotos/salto/series/212448cibercult ura.pdf ALVES, Lynn Rosalina Gama e SILVA, Jamile Borges, Cibercultura e Educação Editora EDUFBA. Salvador, 2001. LIBÂNEO, José Carlos, As Teorias Pedagógicas Modernas Resiginificadas pelo debate contemporâneo na educação.
  • 17. ANTÔNIO, Professora PDE Rosa Maria. Teoria Histórico- Cultural e Pedagogia Histórico-Crítica: O Desafio do Método dialético na Didática - Secretaria de Estado da Educação Superintendência da Educação Programa de Desenvolvimento Educacional Universidade Estadual de Maringá, 2008 .