SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
COMO SURGIRAM OS NÚMEROS?
Olhando ao nosso redor
observamos a grande presença
dos números. Mas, você já
parou para pensar de onde vem
os números?
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Quem os criou?
Porque os criou?
Desde a pré história os homens já haviam
percebido a necessidade de contar.
À princípio para contar o tempo, a fim de
realizarem seus rituais religiosos no tempo certo...
Registravam nas paredes das cavernas, em ossos de
animais, em pedaços de madeira...
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Naquela época, o homem vivia da caça, mas com o
passar do tempo a família aumentou e começou a
plantar e a criar animais, reunindo-se em grupos
maiores.
Como saber se um pastor de ovelhas tinha perdido
um animal ou se ele tinha sido comido por um animal
maior?
Havia uma preocupação dos pastores em saber
quantas ovelhas ou carneiros tinham no pasto. Pela
manhã ao soltarem os carneiros guardavam em uma
bolsa uma pedra para cada carneiro que soltavam, e ao
final do dia faziam o inverso, para cada carneiro que
voltava tiravam uma pedra da bolsa, permitindo assim
guardar a quantidade contada.
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
A palavra que usamos hoje,
cálculo, é derivada da palavra
latina calculus, que significa
pedrinha.
Esses pastores de ovelha tão
antigos não iriam imaginar que
teriam uma homenagem
Matemática...
Contavam fazendo correspondência um à um(para
cada objeto, uma pedrinha).
Usavam também sementes, folhas secas,nós em
cordas, os dedos...
Os números surgiram através dessa
contagem com objetos!
Mas... De ONDE surgiram os números
que conhecemos hoje?
Os símbolos que conhecemos hoje começaram a ser criados
com os egípcios...
Por causa da necessidade de fazer contas os egípcios criaram
desenhos para representar a quantidade de objetos.
Mas esses desenhos eram iguais aos números de hoje?
Será???
Os egípcios criaram 7 desenhos para
representar os números e com eles
escreviam qualquer número.
Eles formavam grupos de 10, assim
como nós fazemos hoje!
Os egípcios faziam
adições com esses
símbolos!
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Mas…
De todas as civilizações da antiguidade, os Romanos
foram os mais importantes!
Por quê?
Eles usaram as letras de seu alfabeto para
representar os números.
Seu sistema de numeração se baseava de
7 números: I, V, X, L, C, D, M.
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Ainda era muito difícil fazer cálculos
com esses sistema de numeração...
Foi então que na Índia foi inventado o
SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL!!!
Vocês conhecem a ele?
É o nosso sistema numérico!
Aproximadamente no século VI , os hindus criaram
um sistema com 10 símbolos, com a invenção do 0.
Mas foram os indianos que colocaram esse símbolo no
sistema, no final do século VI.
Com a introdução do 0 nosso sistema decimal estava
completo!
Esse símbolos são chamados de
HINDU-ARÁBICOS!
E os símbolos 0; 1; 2; 3; 4; 5; 6; 7; 8; e 9 são chamados
de algarismos, e é de base 10 pois usamos 10 algarismos
para formar qualquer número.
Número
Número é a ideia de quantidade que nos vem à
mente quando contamos, ordenamos e
medimos.
Assim, estamos pensando em números quando:
● contamos as portas de um automóvel;
● enumeramos a posição de uma pessoa numa
fila;
• medimos o peso de uma caixa.
Numeral e algarismos
Numeral é toda representação de um número, seja ela escrita
ou falada.
Algarismo (ou dígito) é todo símbolo numérico que usamos para formar
os numerais escritos.
Por exemplo, o número vinte e três pode ser representado
pelo numeral XXIII ( no sistema romano ), pelo numeral 23
(no sistema indo-arábico ) e de muitas outras maneiras.
No sistema indo-arábico, sua representação usou os
algarismos 2 e 3, e no sistema romano usou os algarismos X
e I.
Além disso, um mesmo numeral, como 34, pode
representar números diferentes dependendo do sistema
numérico.
Os indianos criaram um sistema decimal e posicional. Isto
porque ele é formado por dez símbolos, com os quais se
escreve qualquer número, e porque a ordem do símbolo
na representação do número influencia no seu valor.
É o sistema de ordens que conhecemos: dependendo do
seu lugar na escrita do número, o algarismo 5, por
exemplo, pode representar 5, 50, 500 e 5000.
5
5 3
5 4 6
5 6 9 8
M C D U
O sistema indiano diminuiu a
quantidade de símbolos, o que
permitiu calcular mais rápido
Os símbolos inventados pelos indianos
e divulgados pelos árabes são os
números que utilizamos hoje. Por isso,
eles formam o chamado sistema indo-
arábico de numeração.
Posição
Nosso sistema numérico é posicional, ou seja, se
mudarmos a posição de um número, mudamos o número
todo.
Exemplo:
375 = Trezentos e setenta e cinco
357 = Trezentos e cinquenta e sete
573 = Quinhentos e setenta e três
735 = Setecentos e trinta e cinco
Ou seja, sem mudar os algarismos, podemos fazer
diversos números mudando apenas a posição dos
algarismos.
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC
Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturais
rubensdiasjr07
 
História da matematica
História da matematicaHistória da matematica
História da matematica
angerba7
 
A história da matemática materiais simbólicos
A história da matemática   materiais simbólicosA história da matemática   materiais simbólicos
A história da matemática materiais simbólicos
Rafaela Feitosa
 
Multiplicação e divisão
Multiplicação e divisãoMultiplicação e divisão
Multiplicação e divisão
Sonia Amaral
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Aprender com prazer
 
Múltiplos e divisores
Múltiplos e divisoresMúltiplos e divisores
Múltiplos e divisores
Patricia Carvalhais
 
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
HISTÓRIA DA MATEMÁTICAHISTÓRIA DA MATEMÁTICA
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
gilmar_adv
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Everton Moraes
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
Ilton Bruno
 
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANONÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
Hélio Rocha
 
Dados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barrasDados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barras
rubensdiasjr07
 
Números inteiros
Números inteirosNúmeros inteiros
Números inteiros
Helena Borralho
 
Atividades e jogos referentes aos números inteiros 7 ° ano
Atividades e jogos referentes aos números inteiros  7 ° anoAtividades e jogos referentes aos números inteiros  7 ° ano
Atividades e jogos referentes aos números inteiros 7 ° ano
SENHORINHA GOI
 
Razao e proporção
Razao e proporçãoRazao e proporção
Razao e proporção
Jéssica Oliveira
 
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
Otávio Sales
 
Aula de fração
Aula de fraçãoAula de fração
Aula de fração
Neilor
 
Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003
mariafseabra
 
Plano de Ação Matemática
Plano de Ação MatemáticaPlano de Ação Matemática
Plano de Ação Matemática
Manuel de Abreu
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
mariacferreira
 

Mais procurados (20)

Operações com Números Naturais
Operações com Números NaturaisOperações com Números Naturais
Operações com Números Naturais
 
História da matematica
História da matematicaHistória da matematica
História da matematica
 
A história da matemática materiais simbólicos
A história da matemática   materiais simbólicosA história da matemática   materiais simbólicos
A história da matemática materiais simbólicos
 
Multiplicação e divisão
Multiplicação e divisãoMultiplicação e divisão
Multiplicação e divisão
 
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal   caderno 3
Jogos na aprendizagem do sistema de numeração decimal caderno 3
 
Múltiplos e divisores
Múltiplos e divisoresMúltiplos e divisores
Múltiplos e divisores
 
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
HISTÓRIA DA MATEMÁTICAHISTÓRIA DA MATEMÁTICA
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
 
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano   ilton bruno
1ª lista de exercícios(razão e proporção) 9º ano ilton bruno
 
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANONÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
NÚMEROS NATURAIS - ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 4º OU 5º ANO
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
 
Dados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barrasDados, tabelas e gráficos de barras
Dados, tabelas e gráficos de barras
 
Números inteiros
Números inteirosNúmeros inteiros
Números inteiros
 
Atividades e jogos referentes aos números inteiros 7 ° ano
Atividades e jogos referentes aos números inteiros  7 ° anoAtividades e jogos referentes aos números inteiros  7 ° ano
Atividades e jogos referentes aos números inteiros 7 ° ano
 
Razao e proporção
Razao e proporçãoRazao e proporção
Razao e proporção
 
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
Probabilidade e Estatística - Escola Nova - para 7º ano (ou 6º)
 
Aula de fração
Aula de fraçãoAula de fração
Aula de fração
 
Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003Slide numeros decimais w 2003
Slide numeros decimais w 2003
 
Plano de Ação Matemática
Plano de Ação MatemáticaPlano de Ação Matemática
Plano de Ação Matemática
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
 

Destaque

História dos números decimais
História dos números decimaisHistória dos números decimais
História dos números decimais
kov0901
 
Projeto Sistema Monetário
Projeto Sistema MonetárioProjeto Sistema Monetário
Projeto Sistema Monetário
profline
 
HISTÓRIA AS TRÊS PARTES
HISTÓRIA AS TRÊS PARTESHISTÓRIA AS TRÊS PARTES
HISTÓRIA AS TRÊS PARTES
informaticapd
 
Casa de vo
Casa de voCasa de vo
Casa de vo
Mensagens Virtuais
 
A ovelha
A ovelhaA ovelha
A ovelha
Isabel Oliveira
 
Casa das unidades e dezenas
Casa das unidades e dezenasCasa das unidades e dezenas
Casa das unidades e dezenas
macaquinhos
 
Livro - As Três Partes
Livro - As Três PartesLivro - As Três Partes
Livro - As Três Partes
weleslima
 

Destaque (7)

História dos números decimais
História dos números decimaisHistória dos números decimais
História dos números decimais
 
Projeto Sistema Monetário
Projeto Sistema MonetárioProjeto Sistema Monetário
Projeto Sistema Monetário
 
HISTÓRIA AS TRÊS PARTES
HISTÓRIA AS TRÊS PARTESHISTÓRIA AS TRÊS PARTES
HISTÓRIA AS TRÊS PARTES
 
Casa de vo
Casa de voCasa de vo
Casa de vo
 
A ovelha
A ovelhaA ovelha
A ovelha
 
Casa das unidades e dezenas
Casa das unidades e dezenasCasa das unidades e dezenas
Casa das unidades e dezenas
 
Livro - As Três Partes
Livro - As Três PartesLivro - As Três Partes
Livro - As Três Partes
 

Semelhante a Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC

A história da matemática
A história da matemáticaA história da matemática
A história da matemática
Genilda Santos de Araújo
 
A história da matemática
A história da matemáticaA história da matemática
A história da matemática
Genilda Santos de Araújo
 
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Origem dos Numeros
Origem dos NumerosOrigem dos Numeros
Origem dos Numeros
Walter Cordova
 
Historia da Matematica
Historia da MatematicaHistoria da Matematica
Historia da Matematica
Ermeson JentPhina
 
Sistemas de numeração
Sistemas de numeraçãoSistemas de numeração
Sistemas de numeração
Jocelma Rios
 
Sistema numeracao
Sistema numeracaoSistema numeracao
Sistema numeracao
Rosana Santos Quirino
 
Aulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
Aulas 8 e 9 - Sistemas de NumeraçãoAulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
Aulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
Jocelma Rios
 
Sistema numeracao
Sistema numeracaoSistema numeracao
Sistema numeracao
Rosana Santos Quirino
 
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãOApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
guest3b0191
 
Origem Dos NúMeros
Origem Dos NúMerosOrigem Dos NúMeros
Origem Dos NúMeros
Ana Runa
 
Historia da Matematica
Historia da MatematicaHistoria da Matematica
Historia da Matematica
Babi Sparrow
 
História da matemática
História da matemáticaHistória da matemática
História da matemática
Carolina Rodrigues
 
Números.reais.introdução
Números.reais.introduçãoNúmeros.reais.introdução
Números.reais.introdução
Filipa Guerreiro
 
História da matemática -ok
História da matemática -okHistória da matemática -ok
História da matemática -ok
Gabriel De Paula Santos
 
História da matemática -ok
História da matemática -okHistória da matemática -ok
História da matemática -ok
Gabriel De Paula Santos
 
A origem dos números
A origem dos númerosA origem dos números
A origem dos números
ilzavrg
 
Como surgiu o número
Como surgiu o númeroComo surgiu o número
Como surgiu o número
Itamara Leite
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
mariacferreira
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
mariacferreira
 

Semelhante a Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC (20)

A história da matemática
A história da matemáticaA história da matemática
A história da matemática
 
A história da matemática
A história da matemáticaA história da matemática
A história da matemática
 
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
RECORDANDO NÚMEROS - 4º OU 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1
 
Origem dos Numeros
Origem dos NumerosOrigem dos Numeros
Origem dos Numeros
 
Historia da Matematica
Historia da MatematicaHistoria da Matematica
Historia da Matematica
 
Sistemas de numeração
Sistemas de numeraçãoSistemas de numeração
Sistemas de numeração
 
Sistema numeracao
Sistema numeracaoSistema numeracao
Sistema numeracao
 
Aulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
Aulas 8 e 9 - Sistemas de NumeraçãoAulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
Aulas 8 e 9 - Sistemas de Numeração
 
Sistema numeracao
Sistema numeracaoSistema numeracao
Sistema numeracao
 
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãOApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
ApresentaçãO Sobre Sistemas De NumeraçãO
 
Origem Dos NúMeros
Origem Dos NúMerosOrigem Dos NúMeros
Origem Dos NúMeros
 
Historia da Matematica
Historia da MatematicaHistoria da Matematica
Historia da Matematica
 
História da matemática
História da matemáticaHistória da matemática
História da matemática
 
Números.reais.introdução
Números.reais.introduçãoNúmeros.reais.introdução
Números.reais.introdução
 
História da matemática -ok
História da matemática -okHistória da matemática -ok
História da matemática -ok
 
História da matemática -ok
História da matemática -okHistória da matemática -ok
História da matemática -ok
 
A origem dos números
A origem dos númerosA origem dos números
A origem dos números
 
Como surgiu o número
Como surgiu o númeroComo surgiu o número
Como surgiu o número
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
 
História dos números
História dos númerosHistória dos números
História dos números
 

Último

Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
Plano Estratégico Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de ...
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 

Um pouco da história do Sistema de Númeração Decimal - PNAIC

  • 1. HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COMO SURGIRAM OS NÚMEROS?
  • 2. Olhando ao nosso redor observamos a grande presença dos números. Mas, você já parou para pensar de onde vem os números?
  • 5. Desde a pré história os homens já haviam percebido a necessidade de contar. À princípio para contar o tempo, a fim de realizarem seus rituais religiosos no tempo certo... Registravam nas paredes das cavernas, em ossos de animais, em pedaços de madeira...
  • 7. Naquela época, o homem vivia da caça, mas com o passar do tempo a família aumentou e começou a plantar e a criar animais, reunindo-se em grupos maiores.
  • 8. Como saber se um pastor de ovelhas tinha perdido um animal ou se ele tinha sido comido por um animal maior? Havia uma preocupação dos pastores em saber quantas ovelhas ou carneiros tinham no pasto. Pela manhã ao soltarem os carneiros guardavam em uma bolsa uma pedra para cada carneiro que soltavam, e ao final do dia faziam o inverso, para cada carneiro que voltava tiravam uma pedra da bolsa, permitindo assim guardar a quantidade contada.
  • 10. A palavra que usamos hoje, cálculo, é derivada da palavra latina calculus, que significa pedrinha. Esses pastores de ovelha tão antigos não iriam imaginar que teriam uma homenagem Matemática...
  • 11. Contavam fazendo correspondência um à um(para cada objeto, uma pedrinha). Usavam também sementes, folhas secas,nós em cordas, os dedos...
  • 12. Os números surgiram através dessa contagem com objetos! Mas... De ONDE surgiram os números que conhecemos hoje?
  • 13. Os símbolos que conhecemos hoje começaram a ser criados com os egípcios... Por causa da necessidade de fazer contas os egípcios criaram desenhos para representar a quantidade de objetos. Mas esses desenhos eram iguais aos números de hoje?
  • 14. Será??? Os egípcios criaram 7 desenhos para representar os números e com eles escreviam qualquer número. Eles formavam grupos de 10, assim como nós fazemos hoje! Os egípcios faziam adições com esses símbolos!
  • 17. Mas… De todas as civilizações da antiguidade, os Romanos foram os mais importantes! Por quê? Eles usaram as letras de seu alfabeto para representar os números. Seu sistema de numeração se baseava de 7 números: I, V, X, L, C, D, M.
  • 19. Ainda era muito difícil fazer cálculos com esses sistema de numeração... Foi então que na Índia foi inventado o SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL!!! Vocês conhecem a ele?
  • 20. É o nosso sistema numérico! Aproximadamente no século VI , os hindus criaram um sistema com 10 símbolos, com a invenção do 0. Mas foram os indianos que colocaram esse símbolo no sistema, no final do século VI. Com a introdução do 0 nosso sistema decimal estava completo! Esse símbolos são chamados de HINDU-ARÁBICOS! E os símbolos 0; 1; 2; 3; 4; 5; 6; 7; 8; e 9 são chamados de algarismos, e é de base 10 pois usamos 10 algarismos para formar qualquer número.
  • 21. Número Número é a ideia de quantidade que nos vem à mente quando contamos, ordenamos e medimos. Assim, estamos pensando em números quando: ● contamos as portas de um automóvel; ● enumeramos a posição de uma pessoa numa fila; • medimos o peso de uma caixa.
  • 22. Numeral e algarismos Numeral é toda representação de um número, seja ela escrita ou falada. Algarismo (ou dígito) é todo símbolo numérico que usamos para formar os numerais escritos. Por exemplo, o número vinte e três pode ser representado pelo numeral XXIII ( no sistema romano ), pelo numeral 23 (no sistema indo-arábico ) e de muitas outras maneiras. No sistema indo-arábico, sua representação usou os algarismos 2 e 3, e no sistema romano usou os algarismos X e I. Além disso, um mesmo numeral, como 34, pode representar números diferentes dependendo do sistema numérico.
  • 23. Os indianos criaram um sistema decimal e posicional. Isto porque ele é formado por dez símbolos, com os quais se escreve qualquer número, e porque a ordem do símbolo na representação do número influencia no seu valor. É o sistema de ordens que conhecemos: dependendo do seu lugar na escrita do número, o algarismo 5, por exemplo, pode representar 5, 50, 500 e 5000.
  • 24. 5 5 3 5 4 6 5 6 9 8 M C D U
  • 25. O sistema indiano diminuiu a quantidade de símbolos, o que permitiu calcular mais rápido
  • 26. Os símbolos inventados pelos indianos e divulgados pelos árabes são os números que utilizamos hoje. Por isso, eles formam o chamado sistema indo- arábico de numeração.
  • 27. Posição Nosso sistema numérico é posicional, ou seja, se mudarmos a posição de um número, mudamos o número todo. Exemplo: 375 = Trezentos e setenta e cinco 357 = Trezentos e cinquenta e sete 573 = Quinhentos e setenta e três 735 = Setecentos e trinta e cinco Ou seja, sem mudar os algarismos, podemos fazer diversos números mudando apenas a posição dos algarismos.