SlideShare uma empresa Scribd logo
Gravidez na Adolescência
O que é ?
  A gravidez na adolescência , como o
próprio termo já define, consiste na
gravidez de uma mulher que esteja na
adolescência.    Apesar     de     que   a
Organização Mundial de Saúde
considere a adolescência como o período
de dez a vinte anos na vida de um
indivíduo, cada país especifica a idade em
que seus cidadãos passam a ser
considerados     adultos    (a     chamada
maioridade legal) ainda podendo ser
influenciado localmente por factores
culturais.
A Adolescência
A adolescência caracteriza-se por ser um período
de descoberta do mundo, dos grupos de amigos,
de uma vida social mais ampla. Assim, a gravidez
pode vir a interromper, na adolescente, esse
processo de desenvolvimento próprio da idade,
fazendo-a assumir responsabilidades e papéis de
adulta        antes       da        hora.
O prejuízo é duplo: nem adolescente plena, nem
adulta inteiramente capaz. A adolescência é
também uma fase em que a personalidade da
jovem está se formando e, por isso mesmo, é
naturalmente instável. Hoje, os meninos e
meninas entram na adolescência cada vez mais
cedo.
Factores Psicológicos e Contracepção

   A utilização de métodos contraceptivos não
 ocorre de modo eficaz na adolescência, e
 isso está vinculado inclusive aos factores
 psicológicos inerentes ao período pois a
 adolescente     nega  a    possibilidade  de
 engravidar e essa negação é tanto maior
 quanto menor a faixa etária; o encontro
 sexual é mantido de forma eventual, não
 justificando, conforme acreditam, o uso
 rotineiro da contracepção; não assumem
 perante a família a sua sexualidade e a
 posse do contraceptivo seria a prova formal
 de vida sexual activa . A gravidez e o risco
 de engravidar podem estar associados a uma
 menor auto-estima, ao funcionamento intra
 familiar inadequado ou à menor qualidade de
 actividades do seu tempo livre.
A falta de apoio e afecto da família, em uma
adolescente cuja auto-estima é baixa, com
mau       rendimento     escolar,      grande
permissividade familiar e disponibilidade
inadequada do seu tempo livre, poderiam
induzi-la a buscar na maternidade precoce o
meio      para    conseguir     um      afecto
incondicional, talvez uma família própria,
reafirmando assim o seu papel de mulher, ou
sentir-se ainda indispensável a alguém.
Discussão
A condição de vida das puérperas incluídas neste estrato,
composto por maternidades públicas, caracteriza esta
população como de baixa renda, baixa escolaridade e
pouca actividade remunerada exercida pelas mulheres.
Ao criar a variável "grupos maternos" foi possível
identificar que mães da mesma faixa etária, 20 a 34
anos, pertencentes a grupos sociais semelhantes, se
distinguem quanto ao estilo de vida e outros factores de
acordo com a experiência de terem sido ou não
gestantes na adolescência. Os achados deste trabalho
indicam que as puérperas de 20-34 anos com
experiência de gestação na adolescência apresentam os
piores indicadores de condições de vida. Camarano
(1998) encontrou em seu estudo que as baixas
condições de instrução e renda estão directamente
relacionadas com o maior risco de engravidar na
adolescência.
   Em relação aos indicadores de estilo de vida, o
    grupo de puérperas de 20-34 com experiência
    de gestação na adolescência foi também o que
    apresentou os piores resultados, com maior
    prevalência de abortos anteriores, consumo de
    cigarros e de drogas ilícitas na gestação,
    confirmando a hipótese de se tratar de um
    grupo mais vulnerável no que tange ao aspecto
    do cuidado com sua própria saúde e do seu
    bebé.
   No estrato da pesquisa sob consideração, a
    maioria das mulheres entrevistadas não
    desejava ter engravidado, sendo a proporção
    ainda maior nos grupos de adolescentes e de
    20-34 que engravidou na adolescência.
    Resultados concordantes foram encontrados
    em estudos com gestantes adolescentes por
    Monteiro .
   Os resultados obtidos mostraram que além de
    maior exposição a abortos, pior nível de
    escolaridade e ausência de emprego remunerado,
    as mulheres de 20-34 anos que foram gestantes na
    adolescência apresentam maior percentual de
    proles numerosas. Pode-se considerar que a
    cobertura do pré-natal foi relativamente satisfatória
    para o conjunto das puérperas, uma vez que
    apenas 6% das mulheres não foram assistidas e
    mais de 80% delas tiveram quatro ou mais
    consultas.
   Chama a atenção que no grupo de pior cobertura
    do atendimento pré-natal (0-3 consultas), as
    adolescentes se mostraram como o grupo de maior
    sensibilidade em relação ao baixo peso ao nascer e
        prematuridade,    evidenciando      um     papel
    diferenciado do pré-natal nestas mulheres. Esse
    efeito desaparece quando cresce a frequência ao
    pré-natal.
Índice

O que é? - Pag. 1
A Adolescência – Pag. 2
Factores psicológicos e contracepção – Pag.
 3e4
Discussão – Pag. 5, 6 e 7
Trabalho realizado por:

Samuel Barcelos Pessanha Turma: 2005

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

gravidez na adolescência
gravidez na adolescênciagravidez na adolescência
gravidez na adolescência
Maria Ruth Braga
 
A gravidez na adolescência
A  gravidez  na  adolescênciaA  gravidez  na  adolescência
A gravidez na adolescência
Mayjö .
 
Gravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNciaGravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNcia
guest7dd3a0
 
Gravidez na adolescencia influencia da internet
Gravidez na adolescencia influencia da internetGravidez na adolescencia influencia da internet
Gravidez na adolescencia influencia da internet
Hilma Santos
 
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIACartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Gravidez na adolecência
Gravidez na adolecênciaGravidez na adolecência
Gravidez na adolecência
-
 
Gravidez na adolescencia out 2004
Gravidez na adolescencia out 2004Gravidez na adolescencia out 2004
Gravidez na adolescencia out 2004
CDuque - freelancer Student Mentoring & Coaching
 
Gravidez na adolescencia
Gravidez na adolescenciaGravidez na adolescencia
Gravidez na adolescencia
Alinebrauna Brauna
 
Gravidez Precoce
Gravidez PrecoceGravidez Precoce
Gravidez Precoce
Espaço Emrc
 
Gravidez na Adolescência
Gravidez na AdolescênciaGravidez na Adolescência
Gravidez na Adolescência
Michele Pó
 
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
Antônio Fernandes
 
Gravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNciaGravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNcia
guest000399
 
Gravidez na-adolescncia 4.
Gravidez na-adolescncia 4.Gravidez na-adolescncia 4.
Gravidez na-adolescncia 4.
Rariane Flôr
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
Thamires Gonçalves
 
A gravidez na adolescencia
A gravidez na adolescenciaA gravidez na adolescencia
A gravidez na adolescencia
cefaprodematupa
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
Ana Paula Ribeiro de Oliveira
 
Gravidez na adolecência
Gravidez na adolecênciaGravidez na adolecência
Gravidez na adolecência
lethiciabarbara
 
Gravidez Na Adolescência
Gravidez Na AdolescênciaGravidez Na Adolescência
Gravidez Na Adolescência
8d20092010
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
Sou Enfermagem
 

Mais procurados (19)

gravidez na adolescência
gravidez na adolescênciagravidez na adolescência
gravidez na adolescência
 
A gravidez na adolescência
A  gravidez  na  adolescênciaA  gravidez  na  adolescência
A gravidez na adolescência
 
Gravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNciaGravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNcia
 
Gravidez na adolescencia influencia da internet
Gravidez na adolescencia influencia da internetGravidez na adolescencia influencia da internet
Gravidez na adolescencia influencia da internet
 
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIACartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
Cartilha GRAVIDEZ na ADOLESCÊNCIA e PRIMEIRA INFÂNCIA
 
Gravidez na adolecência
Gravidez na adolecênciaGravidez na adolecência
Gravidez na adolecência
 
Gravidez na adolescencia out 2004
Gravidez na adolescencia out 2004Gravidez na adolescencia out 2004
Gravidez na adolescencia out 2004
 
Gravidez na adolescencia
Gravidez na adolescenciaGravidez na adolescencia
Gravidez na adolescencia
 
Gravidez Precoce
Gravidez PrecoceGravidez Precoce
Gravidez Precoce
 
Gravidez na Adolescência
Gravidez na AdolescênciaGravidez na Adolescência
Gravidez na Adolescência
 
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
RELATÓRIO DE PESQUISA SOBRE PROJETO GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA.SOCIOLOGIA.PROF....
 
Gravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNciaGravidez Na AdolescêNcia
Gravidez Na AdolescêNcia
 
Gravidez na-adolescncia 4.
Gravidez na-adolescncia 4.Gravidez na-adolescncia 4.
Gravidez na-adolescncia 4.
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
 
A gravidez na adolescencia
A gravidez na adolescenciaA gravidez na adolescencia
A gravidez na adolescencia
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
 
Gravidez na adolecência
Gravidez na adolecênciaGravidez na adolecência
Gravidez na adolecência
 
Gravidez Na Adolescência
Gravidez Na AdolescênciaGravidez Na Adolescência
Gravidez Na Adolescência
 
Gravidez na adolescência
Gravidez na adolescênciaGravidez na adolescência
Gravidez na adolescência
 

Destaque

Newsletter julho2012
Newsletter julho2012Newsletter julho2012
Newsletter julho2012
Mónica Gouveia
 
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
tiabela
 
Test
TestTest
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Posse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c okPosse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c ok
sylviampires
 
13° feudalismo
13° feudalismo13° feudalismo
13° feudalismo
Ajudar Pessoas
 
Historia da caixa
Historia da caixaHistoria da caixa
Historia da caixa
Emerson Assis
 

Destaque (8)

Newsletter julho2012
Newsletter julho2012Newsletter julho2012
Newsletter julho2012
 
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
Actividade7 tarefa2 sessao4_arganil_27072012_4_ (8)
 
Test
TestTest
Test
 
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
Física – eletricidade campo elétrico uniforme 01 – 2014
 
Posse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c okPosse responsável 13 5 c ok
Posse responsável 13 5 c ok
 
13° feudalismo
13° feudalismo13° feudalismo
13° feudalismo
 
Química – tabela periódica 01 2014
Química – tabela periódica 01   2014Química – tabela periódica 01   2014
Química – tabela periódica 01 2014
 
Historia da caixa
Historia da caixaHistoria da caixa
Historia da caixa
 

Semelhante a Turma 2005

Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
Ajungi
 
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nadaA gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
Observatório Juvenil do Vale UNISINOS
 
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
bibliotecasaude
 
Gravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescênciaGravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescência
Mayjö .
 
Gravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescênciaGravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescência
Mayjö .
 
Gravides na adolecencia
Gravides na adolecenciaGravides na adolecencia
Gravides na adolecencia
yamviana
 
Gravidez na adolencia falta de informação
Gravidez na adolencia  falta de informaçãoGravidez na adolencia  falta de informação
Gravidez na adolencia falta de informação
Thais Estrela
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Érik Silva Oliveira
 
Gravidez na adolescência tânia e cassandra
Gravidez na adolescência  tânia e cassandraGravidez na adolescência  tânia e cassandra
Gravidez na adolescência tânia e cassandra
Taniabastos15
 
Gravidez adolescência
Gravidez adolescênciaGravidez adolescência
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
Fábio Fernandes
 
Gravidez adolescente.pdf
Gravidez adolescente.pdfGravidez adolescente.pdf
Gravidez adolescente.pdf
EmersonLeite20
 
Gestação nos extremos de idade
Gestação nos extremos de idadeGestação nos extremos de idade
Gestação nos extremos de idade
Maria Eugenia Lopes Cardoso
 
Adolescência riscos da atividade sexual precoce
Adolescência riscos da atividade sexual precoceAdolescência riscos da atividade sexual precoce
Adolescência riscos da atividade sexual precoce
Maraisa Medeiros de Souza
 
Preparação de aula
Preparação de aulaPreparação de aula
Preparação de aula
Pedagogia
 
Preparação de aula
Preparação de aulaPreparação de aula
Preparação de aula
Pedagogia
 
GRAVIDEz
GRAVIDEzGRAVIDEz
GRAVIDEz
K3PeeR
 
Gravideznaadolescencia
GravideznaadolescenciaGravideznaadolescencia
Gravideznaadolescencia
guest06a49c
 
Gravideznaadolescencia
GravideznaadolescenciaGravideznaadolescencia
Gravideznaadolescencia
guest06a49c
 
Daniel_li_pedrocosta
Daniel_li_pedrocostaDaniel_li_pedrocosta
Daniel_li_pedrocosta
fcivic
 

Semelhante a Turma 2005 (20)

Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nadaA gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
A gente na adolescencia acha que sabe tudo mas não sabe nada
 
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
0770-L - Saúde reprodutiva de adolescentes - Uma estratégia para ação
 
Gravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescênciaGravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescência
 
Gravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescênciaGravidez_na_adolescência
Gravidez_na_adolescência
 
Gravides na adolecencia
Gravides na adolecenciaGravides na adolecencia
Gravides na adolecencia
 
Gravidez na adolencia falta de informação
Gravidez na adolencia  falta de informaçãoGravidez na adolencia  falta de informação
Gravidez na adolencia falta de informação
 
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia SexualGravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
Gravidez Na AdoslescêNcia E Violencia Sexual
 
Gravidez na adolescência tânia e cassandra
Gravidez na adolescência  tânia e cassandraGravidez na adolescência  tânia e cassandra
Gravidez na adolescência tânia e cassandra
 
Gravidez adolescência
Gravidez adolescênciaGravidez adolescência
Gravidez adolescência
 
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
O contexto relacional e social da gravidez na adolescência.
 
Gravidez adolescente.pdf
Gravidez adolescente.pdfGravidez adolescente.pdf
Gravidez adolescente.pdf
 
Gestação nos extremos de idade
Gestação nos extremos de idadeGestação nos extremos de idade
Gestação nos extremos de idade
 
Adolescência riscos da atividade sexual precoce
Adolescência riscos da atividade sexual precoceAdolescência riscos da atividade sexual precoce
Adolescência riscos da atividade sexual precoce
 
Preparação de aula
Preparação de aulaPreparação de aula
Preparação de aula
 
Preparação de aula
Preparação de aulaPreparação de aula
Preparação de aula
 
GRAVIDEz
GRAVIDEzGRAVIDEz
GRAVIDEz
 
Gravideznaadolescencia
GravideznaadolescenciaGravideznaadolescencia
Gravideznaadolescencia
 
Gravideznaadolescencia
GravideznaadolescenciaGravideznaadolescencia
Gravideznaadolescencia
 
Daniel_li_pedrocosta
Daniel_li_pedrocostaDaniel_li_pedrocosta
Daniel_li_pedrocosta
 

Turma 2005

  • 2. O que é ? A gravidez na adolescência , como o próprio termo já define, consiste na gravidez de uma mulher que esteja na adolescência. Apesar de que a Organização Mundial de Saúde considere a adolescência como o período de dez a vinte anos na vida de um indivíduo, cada país especifica a idade em que seus cidadãos passam a ser considerados adultos (a chamada maioridade legal) ainda podendo ser influenciado localmente por factores culturais.
  • 3. A Adolescência A adolescência caracteriza-se por ser um período de descoberta do mundo, dos grupos de amigos, de uma vida social mais ampla. Assim, a gravidez pode vir a interromper, na adolescente, esse processo de desenvolvimento próprio da idade, fazendo-a assumir responsabilidades e papéis de adulta antes da hora. O prejuízo é duplo: nem adolescente plena, nem adulta inteiramente capaz. A adolescência é também uma fase em que a personalidade da jovem está se formando e, por isso mesmo, é naturalmente instável. Hoje, os meninos e meninas entram na adolescência cada vez mais cedo.
  • 4. Factores Psicológicos e Contracepção A utilização de métodos contraceptivos não ocorre de modo eficaz na adolescência, e isso está vinculado inclusive aos factores psicológicos inerentes ao período pois a adolescente nega a possibilidade de engravidar e essa negação é tanto maior quanto menor a faixa etária; o encontro sexual é mantido de forma eventual, não justificando, conforme acreditam, o uso rotineiro da contracepção; não assumem perante a família a sua sexualidade e a posse do contraceptivo seria a prova formal de vida sexual activa . A gravidez e o risco de engravidar podem estar associados a uma menor auto-estima, ao funcionamento intra familiar inadequado ou à menor qualidade de actividades do seu tempo livre.
  • 5. A falta de apoio e afecto da família, em uma adolescente cuja auto-estima é baixa, com mau rendimento escolar, grande permissividade familiar e disponibilidade inadequada do seu tempo livre, poderiam induzi-la a buscar na maternidade precoce o meio para conseguir um afecto incondicional, talvez uma família própria, reafirmando assim o seu papel de mulher, ou sentir-se ainda indispensável a alguém.
  • 6. Discussão A condição de vida das puérperas incluídas neste estrato, composto por maternidades públicas, caracteriza esta população como de baixa renda, baixa escolaridade e pouca actividade remunerada exercida pelas mulheres. Ao criar a variável "grupos maternos" foi possível identificar que mães da mesma faixa etária, 20 a 34 anos, pertencentes a grupos sociais semelhantes, se distinguem quanto ao estilo de vida e outros factores de acordo com a experiência de terem sido ou não gestantes na adolescência. Os achados deste trabalho indicam que as puérperas de 20-34 anos com experiência de gestação na adolescência apresentam os piores indicadores de condições de vida. Camarano (1998) encontrou em seu estudo que as baixas condições de instrução e renda estão directamente relacionadas com o maior risco de engravidar na adolescência.
  • 7. Em relação aos indicadores de estilo de vida, o grupo de puérperas de 20-34 com experiência de gestação na adolescência foi também o que apresentou os piores resultados, com maior prevalência de abortos anteriores, consumo de cigarros e de drogas ilícitas na gestação, confirmando a hipótese de se tratar de um grupo mais vulnerável no que tange ao aspecto do cuidado com sua própria saúde e do seu bebé.  No estrato da pesquisa sob consideração, a maioria das mulheres entrevistadas não desejava ter engravidado, sendo a proporção ainda maior nos grupos de adolescentes e de 20-34 que engravidou na adolescência. Resultados concordantes foram encontrados em estudos com gestantes adolescentes por Monteiro .
  • 8. Os resultados obtidos mostraram que além de maior exposição a abortos, pior nível de escolaridade e ausência de emprego remunerado, as mulheres de 20-34 anos que foram gestantes na adolescência apresentam maior percentual de proles numerosas. Pode-se considerar que a cobertura do pré-natal foi relativamente satisfatória para o conjunto das puérperas, uma vez que apenas 6% das mulheres não foram assistidas e mais de 80% delas tiveram quatro ou mais consultas.  Chama a atenção que no grupo de pior cobertura do atendimento pré-natal (0-3 consultas), as adolescentes se mostraram como o grupo de maior sensibilidade em relação ao baixo peso ao nascer e prematuridade, evidenciando um papel diferenciado do pré-natal nestas mulheres. Esse efeito desaparece quando cresce a frequência ao pré-natal.
  • 9. Índice O que é? - Pag. 1 A Adolescência – Pag. 2 Factores psicológicos e contracepção – Pag. 3e4 Discussão – Pag. 5, 6 e 7
  • 10. Trabalho realizado por: Samuel Barcelos Pessanha Turma: 2005