SlideShare uma empresa Scribd logo
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


1. A vitamina C atua na reação de hidroxilação enzimática da prolina em hidroxiprolina,
aminoácidos essenciais para a formação do colágeno. A partir dessa informação, é possível
afirmar que a vitamina C está relacionada à manutenção de qual tipo de tecido dos organismos
multicelulares?
a) Conjuntivo.
b) Epitelial.
c) Sanguíneo.
d) Nervoso.
e) Adiposo.

2. O aumento da atividade industrial, embora tenha trazido melhorias na qualidade de vida,
agravou os níveis de poluição do planeta, resultantes, principalmente, da liberação de agentes
químicos no ambiente. Na tentativa de minimizar tais efeitos, diversas abordagens vêm sendo
desenvolvidas, entre elas a substituição de agentes químicos por agentes biológicos. Um
exemplo é o uso, na indústria têxtil, da enzima celulase no processo de amaciamento dos
tecidos, em substituição aos agentes químicos. Considerando os conhecimentos sobre
estrutura e função de proteínas, é correto afirmar que essas moléculas biológicas são úteis no
processo industrial citado devido à sua
a) insensibilidade a mudanças ambientais.
b) capacidade de uma única enzima reagir, simultaneamente, com diversos substratos.
c) capacidade de diminuir a velocidade das reações.
d) alta especificidade com o substrato.
e) capacidade de não se reciclar no ambiente.

3. A osteoporose, principal causa de quedas entre idosos, é resultado da perda gradual da
densidade da matriz óssea, que é remodelada por osteoblastos e osteoclastos. Segundo os
especialistas, a prevenção contra a osteoporose deve começar na infância, com alimentação
rica em cálcio e em vitamina D, exposição diária ao sol e exercícios físicos. Sobre os vários
fatores envolvidos na formação do osso, é correto afirmar que:
a) A fixação do cálcio no tecido ósseo depende da presença de vitamina D, cuja síntese é
   diminuída em indivíduos que têm o hábito de tomar sol.
b) O excesso de vitamina C pode levar à diminuição da densidade óssea, pois essa vitamina
   causa degradação das moléculas de colágeno.
c) Os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, respectivamente, pela captura
   de cálcio e pela absorção de vitamina D.
d) Os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, respectivamente, pela
   produção e pela degradação de componentes da matriz óssea.

4. Em um experimento, uma pequena amostra de soro sanguíneo foi colocada em um suporte
poroso embebido em meio formado por solução salina mantida em pH 6,0. Através desse
suporte estabeleceu-se um circuito elétrico, como mostra o esquema abaixo.




Sabe-se que:
- a carga elétrica de uma proteína depende do pH do meio em que está dissolvida;
- o ponto isoelétrico (pI) de uma proteína corresponde ao pH do meio onde ela é eletricamente
neutra;
- quanto mais afastado do pH do meio for o ponto isoelétrico de uma proteína, maior será sua
carga elétrica.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


A tabela a seguir mostra os valores médios dos pontos isoelétricos e as velocidades de
migração de quatro proteínas do soro sanguíneo, para essas condições experimentais:

                    Proteína                                  pI
       nome          velocidade de migração            (valores médios)
  gamaglobulina                v1                             8,0
  betaglobulina                v2                             7,6
   alfaglobulina               v3                             6,6
     albumina                  v4                             4,8

A ordem crescente das velocidades de migração das proteínas citadas é:
a) v3 – v1 – v4 – v2
b) v1 – v2 – v3 – v4
c) v1 – v2 – v4 – v3
d) v3 – v4 – v2 – v1

5. O leite materno é o único alimento que contém todos os nutrientes necessários ao bebê
durante os primeiros meses de vida, pois, além de fornecer os compostos químicos
necessários ao desenvolvimento, ele contém anticorpos que ajudam a prevenir doenças. Essas
macromoléculas são classificadas como
a) carboidratos de defesa que desempenham funções biológicas importantes.
b) lipídios protetores que participam da formação de estruturas celulares.
c) proteínas especiais encontradas nos seres vivos.
d) vitaminas fundamentais à nossa saúde que produzem imunidade ativa.
e) ácidos nucleicos constituídos por nucleotídeos.

6. Nos supermercados, encontramos diversos alimentos, enriquecidos com vitaminas e sais
minerais. Esses alimentos têm como objetivo a suplementação de nutrientes necessários ao
metabolismo e ao desenvolvimento do indivíduo.
Com base nessas informações e nos conhecimentos sobre nutrição e saúde, considere as
afirmativas a seguir.

I. A vitamina A está envolvida na produção de hormônios e associada à exposição solar.
II. A falta de vitamina C pode levar aos sintomas de fraqueza e sangramento das gengivas,
    avitaminose denominada escorbuto.
III. O cálcio tem importância para a contração muscular e a coagulação do sangue.
IV. O ferro faz parte da molécula de hemoglobina, prevenindo a ocorrência de anemia.

Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

7. Um estudo publicado recentemente revelou que as amostras de alimentos preparados em
domicílios apresentavam teores de ferro abaixo do recomendado, mas quantidade excessiva
de sódio. O estudo mostrou, também, quantidades insuficientes de lipídios nesses alimentos,
alertando para a necessidade desse nutriente na maturação do sistema nervoso.
A respeito desses fatos, considere as afirmativas abaixo.

I. As crianças que recebem esses alimentos podem apresentar quadros de atraso de
    desenvolvimento devido à falta de oxigenação dos tecidos.
II. O sódio é necessário para o funcionamento dos neurônios mas, em excesso, pode
    prejudicar o funcionamento dos rins.
III. No processo de maturação do sistema nervoso, há produção de mielina, um lipídio
    responsável por acelerar a condução do impulso.
IV. A falta de lipídios pode também acarretar doenças provocadas pela falta de vitaminas, uma
    vez que algumas delas são lipossolúveis e somente são absorvidas se dissolvidas em
    lipídios.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


Assinale
a) se todas estiverem corretas.
b) se somente II e III estiverem corretas.
c) se somente I, II e IV estiverem corretas.
d) se somente II e IV estiverem corretas.
e) se somente I e III estiverem corretas.

8. Considerando o esquema que representa, simplificadamente, algumas etapas do
metabolismo do aminoácido fenilalanina, foram feitas as seguintes afirmativas.




I. Na falta da enzima 1, há o acúmulo do aminoácido fenilalanina, gerando também outras
   substâncias derivadas (ácido fenilpirúvico, fenilacético e fenil-láctico), característicos da
   doença metabólica fenilcetonúria.
II. O albinismo clássico é uma doença causada pela falta da enzima 2 que converte a tirosina
    em DOPA, substância intermediária na produção de melanina, pigmento que dá cor à pele,
    cabelo e olhos.
III. A falta da enzima 3 leva ao acúmulo do ácido homogentísico que não é metabolizado em
     gás carbônico e água.

É válido o que se afirma em
a) I, apenas.
b) II, apenas.
c) I e II, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

9. Um atleta apresentou um quadro de fadiga muscular excessiva e exames laboratoriais
revelaram alta produção de ácido lático (lactato) e carência da vitamina B2 (riboflavina). Para
amenizar um futuro quadro de fadiga muscular excessiva, foi indicada uma dieta suplementada
com riboflavina, pois essa vitamina
a) auxilia no acúmulo de proteínas.
b) aumenta a respiração celular.
c) degrada o ácido lático.
d) aumenta as reservas lipídicas.
e) diminui a massa muscular.

10. Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três
exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos:
1. A maioria dos produtos alimentícios se conserva por muito mais tempo quando submetidos à
   refrigeração. Esse procedimento diminui a rapidez das reações que contribuem para a
   degradação de certos alimentos.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


2. Um procedimento muito comum utilizado em práticas de culinária é o corte dos alimentos
   para acelerar o seu cozimento, caso não se tenha uma panela de pressão.
3. Na preparação de iogurtes, adicionam-se ao leite bactérias produtoras de enzimas que
   aceleram as reações envolvendo açúcares e proteínas lácteas.

Com base no texto, quais são os fatores que influenciam a rapidez das transformações
químicas relacionadas aos exemplos 1, 2 e 3, respectivamente?
a) Temperatura, superfície de contato e concentração.
b) Concentração, superfície de contato e catalisadores.
c) Temperatura, superfície de contato e catalisadores.
d) Superfície de contato, temperatura e concentração.
e) Temperatura, concentração e catalisadores.

11. A taxa de síntese e a taxa de degradação de uma proteína determinam sua concentração
no interior de uma célula.
Considere o seguinte experimento:
– o aminoácido glicina marcado com 14C é adicionado, no momento inicial do experimento, a
 uma cultura de células;
– a intervalos regulares de tempo, são retiradas amostras das células, sendo purificadas as
 proteínas W, X, Y e Z de cada amostra;
– a quantidade de radioatividade incorporada por miligrama de cada uma dessas proteínas –
 suas radioatividades específicas – é medida ao longo do experimento.

Observe o resultado dessa medição na tabela a seguir:

                                            Radioatividade específica
    Tempo                                          (unidades)
   (minutos)
                          W                     X                    Y                 Z
        0                  0                     0                    0                 0
        2                 12                    10                   11                 8
        4                 22                    20                   22                17
        6                 29                    27                   27                24
        8                 28                    25                   24                20
       10                 27                    23                   21                16
       12                 26                    21                   18                11

A meia-vida de uma proteína na célula corresponde ao tempo necessário para que,
desconsiderando o processo de síntese, a quantidade de suas moléculas se reduza à metade.
A proteína de menor meia-vida do experimento é identificada por:
a) W
b) X
c) Y
d) Z


12. A velocidade de uma reação enzimática corresponde à razão entre quantidade de produto
formado e tempo decorrido.
Essa velocidade depende, entre outros fatores, da temperatura de incubação da enzima. Acima
de uma determinada temperatura, porém, a enzima sofre desnaturação.
Considere um experimento no qual foi medida a velocidade máxima de uma reação enzimática
em duas diferentes temperaturas. Observe a tabela:
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


   Tempo         Velocidade máxima de reação - Vmax
 (minutos)
                     45 ºC               50 ºC

         1             96                 128

         2             85                 106

         3             74                  84

         4             63                  62

Para cada temperatura calculou-se a taxa de desnaturação da enzima, definida como a queda
da Vmax da reação por minuto de incubação.
Se D1 é a taxa de desnaturação da enzima a 45 ºC e D2 a taxa de desnaturação a 50 ºC, a
      D
razão 1 é:
      D2

a) 0,5
b) 1,0
c) 2,5
d) 4,0

13. Não contribuem para o nosso bem-estar: pular refeições, comer alimentos ricos em
gorduras e consumir alimentos industrializados em excesso. Esses hábitos diminuem o
consumo de nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo resultando, assim, no
aparecimento de vários tipos de doenças.
Sobre alguns dos nutrientes essenciais ao nosso organismo, é válido afirmar que
a) a vitamina E é importante na proteção dos vasos sanguíneos contra as hemorragias.
b) a vitamina C atua na coagulação do sangue e na formação dos glóbulos vermelhos.
c) o zinco previne a ocorrência do bócio ou papo devido ao mau funcionamento da glândula
   tireoide.
d) a vitamina A desempenha importante papel na manutenção de uma boa visão e participa da
   proteção da pele e das mucosas.
e) as gorduras do tipo Ômega 3 e Ômega 6 reduzem o colesterol ruim, responsável pela
   formação de cálculos renais.

14. Uma dieta equilibrada é condição fundamental à nossa saúde, devendo conter nutrientes
energéticos, proteínas, vitaminas, sais minerais e água. Considere as seguintes afirmações
relacionadas à nutrição e assinale a incorreta.
a) O Kwashiorkor é uma doença causada pela falta de proteínas na dieta, sendo caracterizado
   por grande inchaço do abdome.
b) O marasmo é causado por quantidade insuficiente de alimento, a qual não fornece a energia
   necessária para as atividades celulares.
c) A amamentação no peito materno, além de fornecer uma dieta balanceada, transfere
   imunidade contra diversas doenças infecciosas.
d) A deficiência nutricional das vitaminas C (ascorbato) e B1 (tiamina) provoca,
   respectivamente, o escorbuto e a anemia perniciosa.

15. Boa parte das proteínas são classificadas como enzimas e apresentam papel importante
no processo de aumento da velocidade de uma reação química. Sobre as enzimas do corpo
humano, é correto afirmar:
a) Apresentam capacidade de suportar grandes variações de pH, solubilidade e temperatura
   sem perder as suas características funcionais.
b) Em geral, uma mesma enzima pode apresentar diferentes aplicações, trabalhando com um
   grande número de substratos. Essa flexibilidade é dada pela capacidade das enzimas em
   alterar a sua conformação de acordo com o substrato.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


c) As enzimas apresentam alta especificidade com o seu respectivo substrato, devido às
   características químico-estruturais do sítio de ligação geradas pela estrutura tridimensional
   da própria enzima.
d) As enzimas apresentam a característica de sinalizarem e desencadearem respostas
   fisiológicas a partir do seu reconhecimento por um receptor. Em geral são produzidas em
   algum tecido específico, diferente daquele onde se desencadeia a resposta.
e) As enzimas apresentam a capacidade de serem reguladas somente pelos produtos
   diretamente formados pela sua atividade, em um processo denominado retroalimentação
   negativa.

16. As enzimas estão presentes em pequenas quantidades no organismo. Elas são moléculas
extremamente específicas, atuando somente sobre um determinado composto e efetuam
sempre o mesmo tipo de reação. Em relação às enzimas, foram feitas quatro afirmações:
I. Enzimas são proteínas que atuam como catalisadoras de reações químicas.
II. Cada reação química que ocorre em um ser vivo, geralmente é catalisada por um tipo de
enzima.
III. A velocidade de uma reação enzimática independe de fatores como a temperatura e o pH
do meio.
IV. As enzimas sofrem um processo de desgaste durante a reação química da qual participam.

São VERDADEIRAS as afirmações:
a) Apenas I e II.
b) Apenas I e III.
c) Apenas I, II e IV.
d) Apenas III e IV.
e) I, II, III e IV.

17. Até algum tempo atrás, os cientistas acreditavam que a pele negra havia evoluído para
evitar cânceres de pele, pois a melanina absorve os raios ultravioleta do Sol. Mas essa teoria
esbarrava no fato de que esse tipo de câncer costuma surgir em idade avançada, depois que
as pessoas já tiveram filhos e, portanto, dificilmente alteraria a evolução. Estudos publicados
em 1991 revelaram que pessoas de pele clara expostas à forte luz solar tinham níveis muito
baixos da vitamina folato, cuja deficiência em mulheres grávidas podia levar à má formação de
coluna vertebral em seus filhos. Sabemos ainda que o folato é fundamental na síntese de DNA
e RNA.
Enquanto os humanos modernos estavam restritos à África, a pele escura funcionava bem para
todos.
A partir de 100 mil anos atrás, os homens modernos migraram para Ásia, Oceania, Europa e,
há pelo menos 15 mil anos, para a América. Nas regiões onde a pele humana recebia menores
índices de radiação, a pele negra passou a representar um bloqueador dos raios ultravioletas
necessários para iniciar a formação de vitamina D.

Sabendo que a cor da pele humana é uma herança autossômica quantitativa e que a produção
de melanina pode, em alguma extensão, ser influenciada pela exposição ao Sol, é correto
afirmar, EXCETO:
a) Nas mesmas condições, indivíduos de pele escura poderiam ser mais afetados pelo
   raquitismo do que aqueles de pele clara.
b) Homens de pele clara, quando muito expostos à luz solar, podem ter reduzida a sua
   produção de espermatozoides.
c) Nas regiões equatoriais, ter pele mais escura é sempre mais vantajoso do ponto de vista
   adaptativo do que ter pele mais clara.
d) O tipo de nutrição dos homens durante sua evolução pode ter tido influência na seleção da
   cor da pele.

18. As vitaminas são usualmente classificadas em dois grupos, com base em sua
solubilidade, o que, para alguns graus determina sua estabilidade, ocorrência em alimentos,
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


distribuição nos fluídos corpóreos e sua capacidade de armazenamento no tecidos.
         (MAHAN, L. K. & ESCOTT-STUMP, S. "Alimentos, nutrição e dietoterapia". 9.ed. São
Paulo: Roca, 1998. p. 78.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa correta.
a) A vitamina E é lipossolúvel, age como um antioxidante, protege as hemácias da hemólise,
   atua na reprodução animal e na manutenção do tecido epitelial.
b) A vitamina A é hidrossolúvel, auxilia na produção de protrombina - um composto necessário
   para a coagulação do sangue - e apresenta baixa toxicidade quando consumida em grande
   quantidade.
c) A vitamina D é hidrossolúvel, auxilia no crescimento normal, melhora a visão noturna, auxilia
   o desenvolvimento ósseo e influencia a formação normal dos dentes.
d) A vitamina B6 é lipossolúvel, auxilia na resposta imunológica, na cicatrização de feridas e
   reações alérgicas, além de estar envolvida na glicólise, na síntese de gordura e na
   respiração tecidual.
e) A vitamina C é lipossolúvel, auxilia na resposta imunológica, na cicatrização de feridas e
   reações alérgicas, na síntese e quebra de aminoácidos e na síntese de ácidos graxos
   insaturados.

19. As proteínas desempenham importantes funções nos seres vivos: suporte, proteção,
catálise, transporte, defesa, entre outras. Apresenta informações CORRETAS sobre as
proteínas:
a) São formadas a partir de uma grande diversidade de aminoácidos
b) Resultam de ligações de natureza iônica entre aminoácidos, denominadas ligações
   peptídicas
c) Suas estruturas secundárias são formadas a partir de ligações entre átomos de hidrogênio
   presentes na própria molécula, chamadas pontes de hidrogênio
d) O fenômeno da desnaturação não interfere em suas estruturas secundárias e terciárias
e) As ligações peptídicas são formadas por reação de hidrólise entre aminoácidos

20. Cada vez mais, rações balanceadas têm sido utilizadas como alimento para um grande
número de espécies de animais domésticos. Dentre os componentes destas rações,
encontramos grande percentual de proteínas. Sobre as proteínas, assinale a alternativa
CORRETA:
a) São compostos formados por carboidratos e lipídios unidos por pontes de hidrogênio.
b) São macromoléculas compostas de aminoácidos, que desempenham diversas funções no
   organismo, tais como a função de defesa, a estrutural e a catalisadora.
c) São compostos orgânicos responsáveis pela transmissão da informação genética, fazendo
   parte da constituição química dos cromossomos.
d) São compostos de tamanho muito pequeno (micromoléculas) e ocorrem em baixa
   concentração dentro da célula.
e) São substâncias de grande importância para os animais: muitas representam fontes
   energéticas para as suas células.

21. As enzimas são catalisadores orgânicos e atuam na ativação das reações biológicas.
Em relação às enzimas, podemos afirmar que:
a) seu poder catalítico resulta da capacidade de aumentar a energia de ativação das reações.
b) são catalisadores eficientes a qualquer substrato.
c) atuam em qualquer temperatura, pois sua ação catalítica independe de sua estrutura
   espacial.
d) sendo proteínas, por mudanças de pH, podem perder seu poder catalítico ao se
   desnaturarem.
e) não podem ser reutilizadas, pois reagem como substrato, tornando-se parte do produto.

22. "Burca faz mal à saúde". Um grupo de cientistas marroquinos concluiu que a burca -
vestimenta que cobre o corpo das mulheres de alto a baixo - é um fator de risco para a
osteoporose, doença que causa o enfraquecimento dos ossos principalmente em mulheres
mais idosas. (...) Segundo o estudo, isso acontece porque o véu impede que a pele receba a
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


luz do Sol, (...)
        ("Época", 26.06.2006)

Sobre o fato noticiado, foram feitas as seguintes afirmações:
I. A luz do Sol é fundamental para que o organismo sintetize todas as vitaminas necessárias
para suas atividades metabólicas, dentre elas a vitamina D.
II. Na pele humana existe uma substância, derivada do colesterol, que em presença de raios
ultravioletas do Sol converte-se em vitamina D, que é absorvida pela pele. A vitamina D é
fundamental para a absorção de cálcio e fósforo, que contribuem para a rigidez dos ossos.
III. Vitaminas hidrossolúveis, como a vitamina D, podem ser transportadas pelos líquidos
corporais e não são armazenadas em grande quantidade pelo organismo. Desse modo, como
a vestimenta promove uma maior taxa de transpiração, favorece a eliminação da vitamina D.
IV. Para minimizar os efeitos do uso constante da burca, seria aconselhável que essas
mulheres suplementassem sua dieta com laticínios, gema de ovo e vegetais ricos em óleos.

São corretas as afirmações
a) I, II, III e IV.
b) I, II e III, apenas.
c) II e IV, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I e IV, apenas.

23. O beribéri, doença identificada no século XIX, tem como sintomas: dormência, inchaço
das pernas, dificuldade de caminhar e fraqueza. Ela evolui para insuficiência respiratória e
cardíaca, levando à morte, mas, quando é tratada no início, não é fatal.
De janeiro a julho de 2006, morreram 33 pessoas dessa enfermidade no oeste do Maranhão, e
outras estão gravemente doentes. Esse fato se explica porque
a) os moradores da região desconhecem como evitar os transmissores da doença.
b) as campanhas de vacinação não atingem as pessoas que vivem no sertão, área de difícil
   acesso.
c) os alimentos ricos em vitamina C se deterioram facilmente, devido à falta de energia elétrica
   naquela região.
d) a região é muito pobre e as pessoas não consomem alimentos ricos em vitamina B, como
   carne, ovos e feijão.

24. O arroz dourado, obtido com base em modificações genéticas, poderia ser usado como
principal fonte de alimento para a população de países em desenvolvimento.
O uso desse alimento poderia reduzir a cegueira noturna causada pela deficiência de vitamina
A, pois essa variedade de arroz apresenta alto teor de
a) proteína.
b) antocianina.
c) lipídios.
d) caroteno.
e) ficoeritrina.

25. Em 16/08/94 o jornal "FOLHA DE SÃO PAULO" apresentou uma reportagem sobre a
vitamina A. O artigo dava destaque às consequências benéficas de suplemento periódico
dessa vitamina. Porém abordava, também, problemas causados pela ingestão excessiva da
mesma, e doenças provenientes de sua ingestão deficitária.
A vitamina A, por sua "natureza química", armazena seu excesso ingerido em determinado
"órgão" do corpo humano gerando problemas orgânicos, bem como sua falta acarreta
"problemas carenciais".

Com base na afirmação destacada, assinale a opção correta que relaciona, respectivamente, a
natureza química, o órgão acumulador do excesso e a hipovitaminose (problema carencial),
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


correspondentes a esta vitamina.
a) lipossolúvel, fígado e cegueira noturna.
b) lipossolúvel, baço e bócio endêmico.
c) lipossolúvel, pâncreas e escorbuto.
d) hidrossolúvel, pâncreas e beribéri.
e) hidrossolúvel, fígado e raquitismo.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


Gabarito:

Resposta da questão 1:
[A]

A vitamina C (ácido ascórbico) é essencial para a síntese do colágeno, proteína presente no
tecido conjuntivo.

Resposta da questão 2:
[D]

As enzimas são catalisadores biológicos de natureza proteica. Elas diminuem a energia de
ativação necessária para que ocorra uma reação bioquímica. Essas proteínas podem acelerar
reações reversíveis sem reagir com os substratos ou produtos da reação. As enzimas podem
ser reutilizadas durante certo tempo.

Resposta da questão 3:
[D]

A atividade dos osteoblastos produz novas células ósseas, bem como a secreção da matriz
óssea calcificada. Os osteoclastos são células especializadas na destruição da matriz óssea. A
remodelagem e a manutenção da densidade óssea ocorrem pela atividade equilibrada dos
osteoblastos e dos osteoclastos.

Resposta da questão 4:
[D]

Quanto maior for a diferença entre o pH do meio e o ponto isoelétrico de uma proteína, mais
carga ela terá e, portanto, maior sua velocidade de migração em um campo elétrico,
independentemente do polo para onde migrará. As diferenças entre o pH do meio (6,0) e o
ponto isoelétrico das proteínas do soro são:
   Gamaglobulina: 2,0 (v1);
   Betaglobulina: 1,6 (v2);
   Alfaglobulina: 0,6 (v3);
   Albumina: 1,2 (v4).

Dessa forma, a ordem crescente das velocidades de migração dessas proteínas nas condições
propostas será: v3 – v4 – v2 – v1.

Resposta da questão 5:
[C]

Anticorpos são proteínas específicas de defesa que anulam o funcionamento de um antígeno,
que são proteínas estranhas ao organismo. Para cada tipo de antígeno existe um tipo de
anticorpo e ambos funcionam como um sistema de chave-fechadura.

Resposta da questão 6:
[E]

A vitamina A (B – caroteno e retinol) está envolvida na formação do pigmento retiniano
conhecido por rodopsina. A deficiência dessa vitamina na dieta acarreta a hemeralopia, visão
parcial ou cegueira noturna.

Resposta da questão 7:
[A]

Todas as afirmativas estão corretas e correlacionadas ao tema proposto na questão.

Resposta da questão 8:
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


[E]

Não há qualquer inconsistência entre o esquema e as afirmativas propostas.

Resposta da questão 9:
[B]

A vitamina B2 (riboflavina) aumenta a eficiência da respiração celular por ser componente do
FAD (flavina adenina dinucleotídeo), um dos componentes da cadeia respiratória e envolvido
na síntese do ATP. A hidrólise do ATP fornece energia para o trabalho celular.

Resposta da questão 10:
[C]

São fatores que aceleram a velocidade das reações químicas: aumento da temperatura e da
superfície de contato e a presença de catalisadores.

Resposta da questão 11:
[D]

A meia-vida de uma proteína na célula é o tempo necessário para que sua concentração se
reduza à metade, a partir de um determinado momento, desprezando-se sua síntese. No
experimento proposto, glicina marcada com 14C foi adicionada em quatro proteínas diferentes.
Como a glicina marcada foi adicionada apenas no início do experimento, após algum tempo, a
radioatividade específica das proteínas em questão irá diminuir, demonstrando que elas estão
sendo destruídas por mecanismos celulares. No experimento estudado, a proteína de menor
meia vida é a proteína Z, pois é aquela que diminui sua radioatividade específica mais
rapidamente.

Resposta da questão 12:
[A]

A queda da atividade da enzima por minuto representa a taxa de desnaturação. Assim, no
experimento apresentam-se as seguintes taxas de desnaturação:

     96  85 85  74 74  63
D1                          11
        1        1       1
     128  106 106  84 84  62
D2                              22
          1        1        1

Desse modo:

D1 11
      0,5
D2 22

Resposta da questão 13:
[D]

A vitamina E atua no sistema nervoso involuntário, no sistema muscular e nos músculos
involuntários, além de prevenir o aborto e promover a fertilidade. A vitamina C previne
infecções e o escorbuto, mantém a integridade dos vasos sanguíneos e a saúde dos dentes. O
zinco é o componente de várias enzimas envolvidas na digestão. Além de ser necessária para
o bom funcionamento dos olhos e participar da proteção da pele e das mucosas, a vitamina A é
necessária para o crescimento normal e previne várias infecções. As gorduras do tipo ômega 3
e ômega 6 auxiliam na diminuição do níveis de triglicerídeos e de colesterol LDL, favorecem o
aumento do colesterol HDL e possuem papel importante no combate a alergias e processos
inflamatórios.
Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel


Resposta da questão 14:
[D]

A deficiência de vitaminas B1 (tiamina), na dieta, causa a avitaminose, conhecida por beribéri.
Alguns sintomas dessa doença são disfunções neurológicas caracterizadas por tremores
involuntários, câimbras, falha cardíaca, entre outras.

Resposta da questão 15:
[C]

As enzimas são catalisadores de natureza proteica. São específicas, podendo acelerar reações
reversíveis envolvendo determinado tipo de substrato. A especificidade enzimática é
determinada por sua forma tridimensional. A atividade enzimática é influenciada por fatores
ambientais como o pH e a temperatura do meio em que atuam.

Resposta da questão 16:
 [A]
As enzimas são catalizadores, ou seja, são proteínas que diminuem a energia de ativação de
reações químicas.




Resposta da questão 17:
[A]

Resposta da questão 18:
[A]

Resposta da questão 19:
[C]

Resposta da questão 20:
[B]

Resposta da questão 21:
[D]

Resposta da questão 22:
[C]

Resposta da questão 23:
[D]

Resposta da questão 24:
[D]

Resposta da questão 25:
[A]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANOAvaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANO
Eldon Clayton
 
Biologia citologia exercicios
Biologia citologia exerciciosBiologia citologia exercicios
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
Isaquel Silva
 
Treinamento - Monera e vírus super super med
Treinamento - Monera e vírus super super medTreinamento - Monera e vírus super super med
Treinamento - Monera e vírus super super med
emanuel
 
Treinamento enem introdução a citologia
Treinamento enem   introdução a citologiaTreinamento enem   introdução a citologia
Treinamento enem introdução a citologia
emanuel
 
Treinamento Bahiana - 2ª etapa
Treinamento Bahiana -  2ª etapaTreinamento Bahiana -  2ª etapa
Treinamento Bahiana - 2ª etapa
emanuel
 
Lista de Exercícios III
Lista de Exercícios IIILista de Exercícios III
Lista de Exercícios III
Carlos Priante
 
SSA_2_dia
SSA_2_diaSSA_2_dia
SSA_2_dia
Portal NE10
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Mayara Bonifácio Rosa
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Ionara Urrutia Moura
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vida
emanuel
 
Biologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exerciciosBiologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exercicios
Miguel Aquino
 
Treinamento aberto II - Bahiana de medicina
Treinamento aberto II - Bahiana de medicinaTreinamento aberto II - Bahiana de medicina
Treinamento aberto II - Bahiana de medicina
emanuel
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiração celular
Tércio Câmara Cordeiro
 
Treinamento para Bahiana - 1ª etapa
Treinamento para Bahiana - 1ª etapaTreinamento para Bahiana - 1ª etapa
Treinamento para Bahiana - 1ª etapa
emanuel
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologia
emanuel
 
Prova SSA 1 2º dia
Prova SSA 1   2º diaProva SSA 1   2º dia
Prova SSA 1 2º dia
Carol Monteiro
 
Questões biologia
Questões   biologiaQuestões   biologia
Questões biologia
Luiz Fernando
 
Biologia B aula 3
Biologia B aula 3Biologia B aula 3
Biologia B aula 3
ricardo.gaucho
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
Joselito Oliveira Neto
 

Mais procurados (20)

Avaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANOAvaliação mensal - 1o ANO
Avaliação mensal - 1o ANO
 
Biologia citologia exercicios
Biologia citologia exerciciosBiologia citologia exercicios
Biologia citologia exercicios
 
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOSVESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
VESTIBULAR UFPE 2014 - PROVA DE BIOLOGIA - TODOS OS TIPOS
 
Treinamento - Monera e vírus super super med
Treinamento - Monera e vírus super super medTreinamento - Monera e vírus super super med
Treinamento - Monera e vírus super super med
 
Treinamento enem introdução a citologia
Treinamento enem   introdução a citologiaTreinamento enem   introdução a citologia
Treinamento enem introdução a citologia
 
Treinamento Bahiana - 2ª etapa
Treinamento Bahiana -  2ª etapaTreinamento Bahiana -  2ª etapa
Treinamento Bahiana - 2ª etapa
 
Lista de Exercícios III
Lista de Exercícios IIILista de Exercícios III
Lista de Exercícios III
 
SSA_2_dia
SSA_2_diaSSA_2_dia
SSA_2_dia
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
 
Treinamento origem da vida
Treinamento origem da vidaTreinamento origem da vida
Treinamento origem da vida
 
Biologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exerciciosBiologia reino monera_exercicios
Biologia reino monera_exercicios
 
Treinamento aberto II - Bahiana de medicina
Treinamento aberto II - Bahiana de medicinaTreinamento aberto II - Bahiana de medicina
Treinamento aberto II - Bahiana de medicina
 
Respiração celular
Respiração celularRespiração celular
Respiração celular
 
Treinamento para Bahiana - 1ª etapa
Treinamento para Bahiana - 1ª etapaTreinamento para Bahiana - 1ª etapa
Treinamento para Bahiana - 1ª etapa
 
Treinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologiaTreinamento Consultec - introdução citologia
Treinamento Consultec - introdução citologia
 
Prova SSA 1 2º dia
Prova SSA 1   2º diaProva SSA 1   2º dia
Prova SSA 1 2º dia
 
Questões biologia
Questões   biologiaQuestões   biologia
Questões biologia
 
Biologia B aula 3
Biologia B aula 3Biologia B aula 3
Biologia B aula 3
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
 

Destaque

Treinamento carboidrato e lipídio
Treinamento carboidrato e lipídioTreinamento carboidrato e lipídio
Treinamento carboidrato e lipídio
emanuel
 
Revisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapaRevisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapa
emanuel
 
Treinamento Embriologia
Treinamento EmbriologiaTreinamento Embriologia
Treinamento Embriologia
emanuel
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologia
emanuel
 
Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretor
emanuel
 
Treinamento Sangue
Treinamento SangueTreinamento Sangue
Treinamento Sangue
emanuel
 
Treinamento cariologia
Treinamento cariologiaTreinamento cariologia
Treinamento cariologia
emanuel
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
emanuel
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
emanuel
 
Treinamento sistema circulatório humano
Treinamento sistema circulatório humanoTreinamento sistema circulatório humano
Treinamento sistema circulatório humano
emanuel
 
Noções de Histologia
Noções de HistologiaNoções de Histologia
Noções de Histologia
emanuel
 
Treinamento de evolução
Treinamento de evoluçãoTreinamento de evolução
Treinamento de evolução
emanuel
 
Lista de Histologia Animal
Lista de Histologia AnimalLista de Histologia Animal
Lista de Histologia Animal
emanuel
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
emanuel
 
Treinamento ácidos nucléicos
Treinamento ácidos nucléicosTreinamento ácidos nucléicos
Treinamento ácidos nucléicos
emanuel
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Ácidos Nucleicos Exercícios
Ácidos Nucleicos ExercíciosÁcidos Nucleicos Exercícios
Ácidos Nucleicos Exercícios
Caio Augusto
 
Características e funções Gerais Enzimática
Características e funções Gerais EnzimáticaCaracterísticas e funções Gerais Enzimática
Características e funções Gerais Enzimática
Aline Paiva
 
The cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologiaThe cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologia
emanuel
 
Treinamento para a AV1 - II bimestre
Treinamento para a AV1 - II  bimestreTreinamento para a AV1 - II  bimestre
Treinamento para a AV1 - II bimestre
emanuel
 

Destaque (20)

Treinamento carboidrato e lipídio
Treinamento carboidrato e lipídioTreinamento carboidrato e lipídio
Treinamento carboidrato e lipídio
 
Revisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapaRevisão bahiana 2ª etapa
Revisão bahiana 2ª etapa
 
Treinamento Embriologia
Treinamento EmbriologiaTreinamento Embriologia
Treinamento Embriologia
 
Treinamento consultec introdução citologia
Treinamento consultec   introdução citologiaTreinamento consultec   introdução citologia
Treinamento consultec introdução citologia
 
Treinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretorTreinamento sistema excretor
Treinamento sistema excretor
 
Treinamento Sangue
Treinamento SangueTreinamento Sangue
Treinamento Sangue
 
Treinamento cariologia
Treinamento cariologiaTreinamento cariologia
Treinamento cariologia
 
Treinamento gametogênese
Treinamento gametogêneseTreinamento gametogênese
Treinamento gametogênese
 
Treinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmáticaTreinamento de membrana plasmática
Treinamento de membrana plasmática
 
Treinamento sistema circulatório humano
Treinamento sistema circulatório humanoTreinamento sistema circulatório humano
Treinamento sistema circulatório humano
 
Noções de Histologia
Noções de HistologiaNoções de Histologia
Noções de Histologia
 
Treinamento de evolução
Treinamento de evoluçãoTreinamento de evolução
Treinamento de evolução
 
Lista de Histologia Animal
Lista de Histologia AnimalLista de Histologia Animal
Lista de Histologia Animal
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
 
Treinamento ácidos nucléicos
Treinamento ácidos nucléicosTreinamento ácidos nucléicos
Treinamento ácidos nucléicos
 
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)Doenças causadas por protozoários (protozooses)
Doenças causadas por protozoários (protozooses)
 
Ácidos Nucleicos Exercícios
Ácidos Nucleicos ExercíciosÁcidos Nucleicos Exercícios
Ácidos Nucleicos Exercícios
 
Características e funções Gerais Enzimática
Características e funções Gerais EnzimáticaCaracterísticas e funções Gerais Enzimática
Características e funções Gerais Enzimática
 
The cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologiaThe cell - Introdução a citologia
The cell - Introdução a citologia
 
Treinamento para a AV1 - II bimestre
Treinamento para a AV1 - II  bimestreTreinamento para a AV1 - II  bimestre
Treinamento para a AV1 - II bimestre
 

Semelhante a Treinamento proteína e vitaminas

Fisiologia
FisiologiaFisiologia
Fisiologia
Acássio Lacerda
 
Ludmila 8ano - revisão - 07.08
Ludmila   8ano - revisão - 07.08Ludmila   8ano - revisão - 07.08
Ludmila 8ano - revisão - 07.08
professoraludmila
 
1 s 2bim-lista respondida
1 s 2bim-lista respondida1 s 2bim-lista respondida
1 s 2bim-lista respondida
CotucaAmbiental
 
Biologia citologia - b1
Biologia   citologia - b1Biologia   citologia - b1
Biologia citologia - b1
Nuricel Aguilera
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Luiza Freitas
 
Discursivo.14
Discursivo.14Discursivo.14
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
Ajudar Pessoas
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
Rodrigo Sampaio
 
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
James Martins
 
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
James Martins
 
BIOLOGIA
BIOLOGIA BIOLOGIA
BIOLOGIA
ADÃO Graciano
 
Exercicios organelas
Exercicios organelas Exercicios organelas
Exercicios organelas
Juliana Pedro
 
Relatório vitamina C. UEM por D.Petter
Relatório vitamina C. UEM por D.PetterRelatório vitamina C. UEM por D.Petter
Relatório vitamina C. UEM por D.Petter
Deogracias Petter
 
1S_ Questoes ac nucleicos
1S_ Questoes ac nucleicos  1S_ Questoes ac nucleicos
1S_ Questoes ac nucleicos
Ionara Urrutia Moura
 
Questoes para 1 s sem resposta
Questoes para 1 s  sem respostaQuestoes para 1 s  sem resposta
Questoes para 1 s sem resposta
Ionara Urrutia Moura
 
ramiressom1.pptx
ramiressom1.pptxramiressom1.pptx
ramiressom1.pptx
GDMRamiresYT
 
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismo
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismoBioquímica Celular e os nutrientes do organismo
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismo
Letícia da Silva
 
Química da Vida. Desenvolvimento da vida
Química da Vida. Desenvolvimento da vidaQuímica da Vida. Desenvolvimento da vida
Química da Vida. Desenvolvimento da vida
Jaylson Monteiro
 
Exercícios carboidratos
Exercícios carboidratosExercícios carboidratos
Exercícios carboidratos
msceravolo
 
Lista de exercícios 7 - Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
Lista de exercícios  7 -  Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James MartinsLista de exercícios  7 -  Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
Lista de exercícios 7 - Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
James Martins
 

Semelhante a Treinamento proteína e vitaminas (20)

Fisiologia
FisiologiaFisiologia
Fisiologia
 
Ludmila 8ano - revisão - 07.08
Ludmila   8ano - revisão - 07.08Ludmila   8ano - revisão - 07.08
Ludmila 8ano - revisão - 07.08
 
1 s 2bim-lista respondida
1 s 2bim-lista respondida1 s 2bim-lista respondida
1 s 2bim-lista respondida
 
Biologia citologia - b1
Biologia   citologia - b1Biologia   citologia - b1
Biologia citologia - b1
 
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPEProvas do segundo dia do SSA1 da UPE
Provas do segundo dia do SSA1 da UPE
 
Discursivo.14
Discursivo.14Discursivo.14
Discursivo.14
 
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
 
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
Lista de-exercícios-com-gabarito-bio 2º ano -4º-bim-2017
 
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
Lista de-exercícios-com-gabarito-2º ano -bio-4º-bim-2016
 
BIOLOGIA
BIOLOGIA BIOLOGIA
BIOLOGIA
 
Exercicios organelas
Exercicios organelas Exercicios organelas
Exercicios organelas
 
Relatório vitamina C. UEM por D.Petter
Relatório vitamina C. UEM por D.PetterRelatório vitamina C. UEM por D.Petter
Relatório vitamina C. UEM por D.Petter
 
1S_ Questoes ac nucleicos
1S_ Questoes ac nucleicos  1S_ Questoes ac nucleicos
1S_ Questoes ac nucleicos
 
Questoes para 1 s sem resposta
Questoes para 1 s  sem respostaQuestoes para 1 s  sem resposta
Questoes para 1 s sem resposta
 
ramiressom1.pptx
ramiressom1.pptxramiressom1.pptx
ramiressom1.pptx
 
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismo
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismoBioquímica Celular e os nutrientes do organismo
Bioquímica Celular e os nutrientes do organismo
 
Química da Vida. Desenvolvimento da vida
Química da Vida. Desenvolvimento da vidaQuímica da Vida. Desenvolvimento da vida
Química da Vida. Desenvolvimento da vida
 
Exercícios carboidratos
Exercícios carboidratosExercícios carboidratos
Exercícios carboidratos
 
Lista de exercícios 7 - Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
Lista de exercícios  7 -  Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James MartinsLista de exercícios  7 -  Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
Lista de exercícios 7 - Bio frente 1 - 4º bim 2015 - Prof. James Martins
 

Mais de emanuel

Revisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃORevisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃO
emanuel
 
Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia   Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia
emanuel
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
emanuel
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
emanuel
 
Noções de Cladistica
Noções de CladisticaNoções de Cladistica
Noções de Cladistica
emanuel
 
Sistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatórioSistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatório
emanuel
 
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
emanuel
 
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
emanuel
 
1º simulado Enem Compacto
1º simulado   Enem Compacto 1º simulado   Enem Compacto
1º simulado Enem Compacto
emanuel
 
Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1
emanuel
 
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
emanuel
 
Ecologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organizaçãoEcologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organização
emanuel
 
Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)
emanuel
 
Reino Monera 2015
Reino Monera 2015Reino Monera 2015
Reino Monera 2015
emanuel
 
Aula dica 2014
Aula dica 2014Aula dica 2014
Aula dica 2014
emanuel
 
Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas
emanuel
 
Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014
emanuel
 
Av1 matemática e linguagens - 17-05
Av1   matemática e linguagens - 17-05Av1   matemática e linguagens - 17-05
Av1 matemática e linguagens - 17-05
emanuel
 
Bioquímica - Enem compacto
Bioquímica - Enem compactoBioquímica - Enem compacto
Bioquímica - Enem compacto
emanuel
 
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1  - ciências humanas e naturais- II bimestreAV1  - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestre
emanuel
 

Mais de emanuel (20)

Revisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃORevisão ENEM EVOLUÇÃO
Revisão ENEM EVOLUÇÃO
 
Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia   Revisão de Ecologia
Revisão de Ecologia
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
 
Noções de Cladistica
Noções de CladisticaNoções de Cladistica
Noções de Cladistica
 
Sistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatórioSistema digestório e circulatório
Sistema digestório e circulatório
 
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
2º simulado Enem - Matematica e Linguagens
 
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
2º simulado Enem- Ciências Humanas e Naturais
 
1º simulado Enem Compacto
1º simulado   Enem Compacto 1º simulado   Enem Compacto
1º simulado Enem Compacto
 
Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1Simulado Bahiana 2015.1
Simulado Bahiana 2015.1
 
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
1º simulado ENEM - Matematica e Linguagens
 
Ecologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organizaçãoEcologia - Níveis de organização
Ecologia - Níveis de organização
 
Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)Câncer ( arquivo atualizado)
Câncer ( arquivo atualizado)
 
Reino Monera 2015
Reino Monera 2015Reino Monera 2015
Reino Monera 2015
 
Aula dica 2014
Aula dica 2014Aula dica 2014
Aula dica 2014
 
Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas Aula Dica 2014 - Lâminas
Aula Dica 2014 - Lâminas
 
Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014Gabarito s4 sim_teste_2014
Gabarito s4 sim_teste_2014
 
Av1 matemática e linguagens - 17-05
Av1   matemática e linguagens - 17-05Av1   matemática e linguagens - 17-05
Av1 matemática e linguagens - 17-05
 
Bioquímica - Enem compacto
Bioquímica - Enem compactoBioquímica - Enem compacto
Bioquímica - Enem compacto
 
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1  - ciências humanas e naturais- II bimestreAV1  - ciências humanas e naturais- II bimestre
AV1 - ciências humanas e naturais- II bimestre
 

Treinamento proteína e vitaminas

  • 1. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel 1. A vitamina C atua na reação de hidroxilação enzimática da prolina em hidroxiprolina, aminoácidos essenciais para a formação do colágeno. A partir dessa informação, é possível afirmar que a vitamina C está relacionada à manutenção de qual tipo de tecido dos organismos multicelulares? a) Conjuntivo. b) Epitelial. c) Sanguíneo. d) Nervoso. e) Adiposo. 2. O aumento da atividade industrial, embora tenha trazido melhorias na qualidade de vida, agravou os níveis de poluição do planeta, resultantes, principalmente, da liberação de agentes químicos no ambiente. Na tentativa de minimizar tais efeitos, diversas abordagens vêm sendo desenvolvidas, entre elas a substituição de agentes químicos por agentes biológicos. Um exemplo é o uso, na indústria têxtil, da enzima celulase no processo de amaciamento dos tecidos, em substituição aos agentes químicos. Considerando os conhecimentos sobre estrutura e função de proteínas, é correto afirmar que essas moléculas biológicas são úteis no processo industrial citado devido à sua a) insensibilidade a mudanças ambientais. b) capacidade de uma única enzima reagir, simultaneamente, com diversos substratos. c) capacidade de diminuir a velocidade das reações. d) alta especificidade com o substrato. e) capacidade de não se reciclar no ambiente. 3. A osteoporose, principal causa de quedas entre idosos, é resultado da perda gradual da densidade da matriz óssea, que é remodelada por osteoblastos e osteoclastos. Segundo os especialistas, a prevenção contra a osteoporose deve começar na infância, com alimentação rica em cálcio e em vitamina D, exposição diária ao sol e exercícios físicos. Sobre os vários fatores envolvidos na formação do osso, é correto afirmar que: a) A fixação do cálcio no tecido ósseo depende da presença de vitamina D, cuja síntese é diminuída em indivíduos que têm o hábito de tomar sol. b) O excesso de vitamina C pode levar à diminuição da densidade óssea, pois essa vitamina causa degradação das moléculas de colágeno. c) Os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, respectivamente, pela captura de cálcio e pela absorção de vitamina D. d) Os osteoblastos e os osteoclastos são células responsáveis, respectivamente, pela produção e pela degradação de componentes da matriz óssea. 4. Em um experimento, uma pequena amostra de soro sanguíneo foi colocada em um suporte poroso embebido em meio formado por solução salina mantida em pH 6,0. Através desse suporte estabeleceu-se um circuito elétrico, como mostra o esquema abaixo. Sabe-se que: - a carga elétrica de uma proteína depende do pH do meio em que está dissolvida; - o ponto isoelétrico (pI) de uma proteína corresponde ao pH do meio onde ela é eletricamente neutra; - quanto mais afastado do pH do meio for o ponto isoelétrico de uma proteína, maior será sua carga elétrica.
  • 2. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel A tabela a seguir mostra os valores médios dos pontos isoelétricos e as velocidades de migração de quatro proteínas do soro sanguíneo, para essas condições experimentais: Proteína pI nome velocidade de migração (valores médios) gamaglobulina v1 8,0 betaglobulina v2 7,6 alfaglobulina v3 6,6 albumina v4 4,8 A ordem crescente das velocidades de migração das proteínas citadas é: a) v3 – v1 – v4 – v2 b) v1 – v2 – v3 – v4 c) v1 – v2 – v4 – v3 d) v3 – v4 – v2 – v1 5. O leite materno é o único alimento que contém todos os nutrientes necessários ao bebê durante os primeiros meses de vida, pois, além de fornecer os compostos químicos necessários ao desenvolvimento, ele contém anticorpos que ajudam a prevenir doenças. Essas macromoléculas são classificadas como a) carboidratos de defesa que desempenham funções biológicas importantes. b) lipídios protetores que participam da formação de estruturas celulares. c) proteínas especiais encontradas nos seres vivos. d) vitaminas fundamentais à nossa saúde que produzem imunidade ativa. e) ácidos nucleicos constituídos por nucleotídeos. 6. Nos supermercados, encontramos diversos alimentos, enriquecidos com vitaminas e sais minerais. Esses alimentos têm como objetivo a suplementação de nutrientes necessários ao metabolismo e ao desenvolvimento do indivíduo. Com base nessas informações e nos conhecimentos sobre nutrição e saúde, considere as afirmativas a seguir. I. A vitamina A está envolvida na produção de hormônios e associada à exposição solar. II. A falta de vitamina C pode levar aos sintomas de fraqueza e sangramento das gengivas, avitaminose denominada escorbuto. III. O cálcio tem importância para a contração muscular e a coagulação do sangue. IV. O ferro faz parte da molécula de hemoglobina, prevenindo a ocorrência de anemia. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 7. Um estudo publicado recentemente revelou que as amostras de alimentos preparados em domicílios apresentavam teores de ferro abaixo do recomendado, mas quantidade excessiva de sódio. O estudo mostrou, também, quantidades insuficientes de lipídios nesses alimentos, alertando para a necessidade desse nutriente na maturação do sistema nervoso. A respeito desses fatos, considere as afirmativas abaixo. I. As crianças que recebem esses alimentos podem apresentar quadros de atraso de desenvolvimento devido à falta de oxigenação dos tecidos. II. O sódio é necessário para o funcionamento dos neurônios mas, em excesso, pode prejudicar o funcionamento dos rins. III. No processo de maturação do sistema nervoso, há produção de mielina, um lipídio responsável por acelerar a condução do impulso. IV. A falta de lipídios pode também acarretar doenças provocadas pela falta de vitaminas, uma vez que algumas delas são lipossolúveis e somente são absorvidas se dissolvidas em lipídios.
  • 3. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel Assinale a) se todas estiverem corretas. b) se somente II e III estiverem corretas. c) se somente I, II e IV estiverem corretas. d) se somente II e IV estiverem corretas. e) se somente I e III estiverem corretas. 8. Considerando o esquema que representa, simplificadamente, algumas etapas do metabolismo do aminoácido fenilalanina, foram feitas as seguintes afirmativas. I. Na falta da enzima 1, há o acúmulo do aminoácido fenilalanina, gerando também outras substâncias derivadas (ácido fenilpirúvico, fenilacético e fenil-láctico), característicos da doença metabólica fenilcetonúria. II. O albinismo clássico é uma doença causada pela falta da enzima 2 que converte a tirosina em DOPA, substância intermediária na produção de melanina, pigmento que dá cor à pele, cabelo e olhos. III. A falta da enzima 3 leva ao acúmulo do ácido homogentísico que não é metabolizado em gás carbônico e água. É válido o que se afirma em a) I, apenas. b) II, apenas. c) I e II, apenas. d) II e III, apenas. e) I, II e III. 9. Um atleta apresentou um quadro de fadiga muscular excessiva e exames laboratoriais revelaram alta produção de ácido lático (lactato) e carência da vitamina B2 (riboflavina). Para amenizar um futuro quadro de fadiga muscular excessiva, foi indicada uma dieta suplementada com riboflavina, pois essa vitamina a) auxilia no acúmulo de proteínas. b) aumenta a respiração celular. c) degrada o ácido lático. d) aumenta as reservas lipídicas. e) diminui a massa muscular. 10. Alguns fatores podem alterar a rapidez das reações químicas. A seguir, destacam-se três exemplos no contexto da preparação e da conservação de alimentos: 1. A maioria dos produtos alimentícios se conserva por muito mais tempo quando submetidos à refrigeração. Esse procedimento diminui a rapidez das reações que contribuem para a degradação de certos alimentos.
  • 4. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel 2. Um procedimento muito comum utilizado em práticas de culinária é o corte dos alimentos para acelerar o seu cozimento, caso não se tenha uma panela de pressão. 3. Na preparação de iogurtes, adicionam-se ao leite bactérias produtoras de enzimas que aceleram as reações envolvendo açúcares e proteínas lácteas. Com base no texto, quais são os fatores que influenciam a rapidez das transformações químicas relacionadas aos exemplos 1, 2 e 3, respectivamente? a) Temperatura, superfície de contato e concentração. b) Concentração, superfície de contato e catalisadores. c) Temperatura, superfície de contato e catalisadores. d) Superfície de contato, temperatura e concentração. e) Temperatura, concentração e catalisadores. 11. A taxa de síntese e a taxa de degradação de uma proteína determinam sua concentração no interior de uma célula. Considere o seguinte experimento: – o aminoácido glicina marcado com 14C é adicionado, no momento inicial do experimento, a uma cultura de células; – a intervalos regulares de tempo, são retiradas amostras das células, sendo purificadas as proteínas W, X, Y e Z de cada amostra; – a quantidade de radioatividade incorporada por miligrama de cada uma dessas proteínas – suas radioatividades específicas – é medida ao longo do experimento. Observe o resultado dessa medição na tabela a seguir: Radioatividade específica Tempo (unidades) (minutos) W X Y Z 0 0 0 0 0 2 12 10 11 8 4 22 20 22 17 6 29 27 27 24 8 28 25 24 20 10 27 23 21 16 12 26 21 18 11 A meia-vida de uma proteína na célula corresponde ao tempo necessário para que, desconsiderando o processo de síntese, a quantidade de suas moléculas se reduza à metade. A proteína de menor meia-vida do experimento é identificada por: a) W b) X c) Y d) Z 12. A velocidade de uma reação enzimática corresponde à razão entre quantidade de produto formado e tempo decorrido. Essa velocidade depende, entre outros fatores, da temperatura de incubação da enzima. Acima de uma determinada temperatura, porém, a enzima sofre desnaturação. Considere um experimento no qual foi medida a velocidade máxima de uma reação enzimática em duas diferentes temperaturas. Observe a tabela:
  • 5. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel Tempo Velocidade máxima de reação - Vmax (minutos) 45 ºC 50 ºC 1 96 128 2 85 106 3 74 84 4 63 62 Para cada temperatura calculou-se a taxa de desnaturação da enzima, definida como a queda da Vmax da reação por minuto de incubação. Se D1 é a taxa de desnaturação da enzima a 45 ºC e D2 a taxa de desnaturação a 50 ºC, a D razão 1 é: D2 a) 0,5 b) 1,0 c) 2,5 d) 4,0 13. Não contribuem para o nosso bem-estar: pular refeições, comer alimentos ricos em gorduras e consumir alimentos industrializados em excesso. Esses hábitos diminuem o consumo de nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo resultando, assim, no aparecimento de vários tipos de doenças. Sobre alguns dos nutrientes essenciais ao nosso organismo, é válido afirmar que a) a vitamina E é importante na proteção dos vasos sanguíneos contra as hemorragias. b) a vitamina C atua na coagulação do sangue e na formação dos glóbulos vermelhos. c) o zinco previne a ocorrência do bócio ou papo devido ao mau funcionamento da glândula tireoide. d) a vitamina A desempenha importante papel na manutenção de uma boa visão e participa da proteção da pele e das mucosas. e) as gorduras do tipo Ômega 3 e Ômega 6 reduzem o colesterol ruim, responsável pela formação de cálculos renais. 14. Uma dieta equilibrada é condição fundamental à nossa saúde, devendo conter nutrientes energéticos, proteínas, vitaminas, sais minerais e água. Considere as seguintes afirmações relacionadas à nutrição e assinale a incorreta. a) O Kwashiorkor é uma doença causada pela falta de proteínas na dieta, sendo caracterizado por grande inchaço do abdome. b) O marasmo é causado por quantidade insuficiente de alimento, a qual não fornece a energia necessária para as atividades celulares. c) A amamentação no peito materno, além de fornecer uma dieta balanceada, transfere imunidade contra diversas doenças infecciosas. d) A deficiência nutricional das vitaminas C (ascorbato) e B1 (tiamina) provoca, respectivamente, o escorbuto e a anemia perniciosa. 15. Boa parte das proteínas são classificadas como enzimas e apresentam papel importante no processo de aumento da velocidade de uma reação química. Sobre as enzimas do corpo humano, é correto afirmar: a) Apresentam capacidade de suportar grandes variações de pH, solubilidade e temperatura sem perder as suas características funcionais. b) Em geral, uma mesma enzima pode apresentar diferentes aplicações, trabalhando com um grande número de substratos. Essa flexibilidade é dada pela capacidade das enzimas em alterar a sua conformação de acordo com o substrato.
  • 6. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel c) As enzimas apresentam alta especificidade com o seu respectivo substrato, devido às características químico-estruturais do sítio de ligação geradas pela estrutura tridimensional da própria enzima. d) As enzimas apresentam a característica de sinalizarem e desencadearem respostas fisiológicas a partir do seu reconhecimento por um receptor. Em geral são produzidas em algum tecido específico, diferente daquele onde se desencadeia a resposta. e) As enzimas apresentam a capacidade de serem reguladas somente pelos produtos diretamente formados pela sua atividade, em um processo denominado retroalimentação negativa. 16. As enzimas estão presentes em pequenas quantidades no organismo. Elas são moléculas extremamente específicas, atuando somente sobre um determinado composto e efetuam sempre o mesmo tipo de reação. Em relação às enzimas, foram feitas quatro afirmações: I. Enzimas são proteínas que atuam como catalisadoras de reações químicas. II. Cada reação química que ocorre em um ser vivo, geralmente é catalisada por um tipo de enzima. III. A velocidade de uma reação enzimática independe de fatores como a temperatura e o pH do meio. IV. As enzimas sofrem um processo de desgaste durante a reação química da qual participam. São VERDADEIRAS as afirmações: a) Apenas I e II. b) Apenas I e III. c) Apenas I, II e IV. d) Apenas III e IV. e) I, II, III e IV. 17. Até algum tempo atrás, os cientistas acreditavam que a pele negra havia evoluído para evitar cânceres de pele, pois a melanina absorve os raios ultravioleta do Sol. Mas essa teoria esbarrava no fato de que esse tipo de câncer costuma surgir em idade avançada, depois que as pessoas já tiveram filhos e, portanto, dificilmente alteraria a evolução. Estudos publicados em 1991 revelaram que pessoas de pele clara expostas à forte luz solar tinham níveis muito baixos da vitamina folato, cuja deficiência em mulheres grávidas podia levar à má formação de coluna vertebral em seus filhos. Sabemos ainda que o folato é fundamental na síntese de DNA e RNA. Enquanto os humanos modernos estavam restritos à África, a pele escura funcionava bem para todos. A partir de 100 mil anos atrás, os homens modernos migraram para Ásia, Oceania, Europa e, há pelo menos 15 mil anos, para a América. Nas regiões onde a pele humana recebia menores índices de radiação, a pele negra passou a representar um bloqueador dos raios ultravioletas necessários para iniciar a formação de vitamina D. Sabendo que a cor da pele humana é uma herança autossômica quantitativa e que a produção de melanina pode, em alguma extensão, ser influenciada pela exposição ao Sol, é correto afirmar, EXCETO: a) Nas mesmas condições, indivíduos de pele escura poderiam ser mais afetados pelo raquitismo do que aqueles de pele clara. b) Homens de pele clara, quando muito expostos à luz solar, podem ter reduzida a sua produção de espermatozoides. c) Nas regiões equatoriais, ter pele mais escura é sempre mais vantajoso do ponto de vista adaptativo do que ter pele mais clara. d) O tipo de nutrição dos homens durante sua evolução pode ter tido influência na seleção da cor da pele. 18. As vitaminas são usualmente classificadas em dois grupos, com base em sua solubilidade, o que, para alguns graus determina sua estabilidade, ocorrência em alimentos,
  • 7. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel distribuição nos fluídos corpóreos e sua capacidade de armazenamento no tecidos. (MAHAN, L. K. & ESCOTT-STUMP, S. "Alimentos, nutrição e dietoterapia". 9.ed. São Paulo: Roca, 1998. p. 78.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa correta. a) A vitamina E é lipossolúvel, age como um antioxidante, protege as hemácias da hemólise, atua na reprodução animal e na manutenção do tecido epitelial. b) A vitamina A é hidrossolúvel, auxilia na produção de protrombina - um composto necessário para a coagulação do sangue - e apresenta baixa toxicidade quando consumida em grande quantidade. c) A vitamina D é hidrossolúvel, auxilia no crescimento normal, melhora a visão noturna, auxilia o desenvolvimento ósseo e influencia a formação normal dos dentes. d) A vitamina B6 é lipossolúvel, auxilia na resposta imunológica, na cicatrização de feridas e reações alérgicas, além de estar envolvida na glicólise, na síntese de gordura e na respiração tecidual. e) A vitamina C é lipossolúvel, auxilia na resposta imunológica, na cicatrização de feridas e reações alérgicas, na síntese e quebra de aminoácidos e na síntese de ácidos graxos insaturados. 19. As proteínas desempenham importantes funções nos seres vivos: suporte, proteção, catálise, transporte, defesa, entre outras. Apresenta informações CORRETAS sobre as proteínas: a) São formadas a partir de uma grande diversidade de aminoácidos b) Resultam de ligações de natureza iônica entre aminoácidos, denominadas ligações peptídicas c) Suas estruturas secundárias são formadas a partir de ligações entre átomos de hidrogênio presentes na própria molécula, chamadas pontes de hidrogênio d) O fenômeno da desnaturação não interfere em suas estruturas secundárias e terciárias e) As ligações peptídicas são formadas por reação de hidrólise entre aminoácidos 20. Cada vez mais, rações balanceadas têm sido utilizadas como alimento para um grande número de espécies de animais domésticos. Dentre os componentes destas rações, encontramos grande percentual de proteínas. Sobre as proteínas, assinale a alternativa CORRETA: a) São compostos formados por carboidratos e lipídios unidos por pontes de hidrogênio. b) São macromoléculas compostas de aminoácidos, que desempenham diversas funções no organismo, tais como a função de defesa, a estrutural e a catalisadora. c) São compostos orgânicos responsáveis pela transmissão da informação genética, fazendo parte da constituição química dos cromossomos. d) São compostos de tamanho muito pequeno (micromoléculas) e ocorrem em baixa concentração dentro da célula. e) São substâncias de grande importância para os animais: muitas representam fontes energéticas para as suas células. 21. As enzimas são catalisadores orgânicos e atuam na ativação das reações biológicas. Em relação às enzimas, podemos afirmar que: a) seu poder catalítico resulta da capacidade de aumentar a energia de ativação das reações. b) são catalisadores eficientes a qualquer substrato. c) atuam em qualquer temperatura, pois sua ação catalítica independe de sua estrutura espacial. d) sendo proteínas, por mudanças de pH, podem perder seu poder catalítico ao se desnaturarem. e) não podem ser reutilizadas, pois reagem como substrato, tornando-se parte do produto. 22. "Burca faz mal à saúde". Um grupo de cientistas marroquinos concluiu que a burca - vestimenta que cobre o corpo das mulheres de alto a baixo - é um fator de risco para a osteoporose, doença que causa o enfraquecimento dos ossos principalmente em mulheres mais idosas. (...) Segundo o estudo, isso acontece porque o véu impede que a pele receba a
  • 8. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel luz do Sol, (...) ("Época", 26.06.2006) Sobre o fato noticiado, foram feitas as seguintes afirmações: I. A luz do Sol é fundamental para que o organismo sintetize todas as vitaminas necessárias para suas atividades metabólicas, dentre elas a vitamina D. II. Na pele humana existe uma substância, derivada do colesterol, que em presença de raios ultravioletas do Sol converte-se em vitamina D, que é absorvida pela pele. A vitamina D é fundamental para a absorção de cálcio e fósforo, que contribuem para a rigidez dos ossos. III. Vitaminas hidrossolúveis, como a vitamina D, podem ser transportadas pelos líquidos corporais e não são armazenadas em grande quantidade pelo organismo. Desse modo, como a vestimenta promove uma maior taxa de transpiração, favorece a eliminação da vitamina D. IV. Para minimizar os efeitos do uso constante da burca, seria aconselhável que essas mulheres suplementassem sua dieta com laticínios, gema de ovo e vegetais ricos em óleos. São corretas as afirmações a) I, II, III e IV. b) I, II e III, apenas. c) II e IV, apenas. d) II e III, apenas. e) I e IV, apenas. 23. O beribéri, doença identificada no século XIX, tem como sintomas: dormência, inchaço das pernas, dificuldade de caminhar e fraqueza. Ela evolui para insuficiência respiratória e cardíaca, levando à morte, mas, quando é tratada no início, não é fatal. De janeiro a julho de 2006, morreram 33 pessoas dessa enfermidade no oeste do Maranhão, e outras estão gravemente doentes. Esse fato se explica porque a) os moradores da região desconhecem como evitar os transmissores da doença. b) as campanhas de vacinação não atingem as pessoas que vivem no sertão, área de difícil acesso. c) os alimentos ricos em vitamina C se deterioram facilmente, devido à falta de energia elétrica naquela região. d) a região é muito pobre e as pessoas não consomem alimentos ricos em vitamina B, como carne, ovos e feijão. 24. O arroz dourado, obtido com base em modificações genéticas, poderia ser usado como principal fonte de alimento para a população de países em desenvolvimento. O uso desse alimento poderia reduzir a cegueira noturna causada pela deficiência de vitamina A, pois essa variedade de arroz apresenta alto teor de a) proteína. b) antocianina. c) lipídios. d) caroteno. e) ficoeritrina. 25. Em 16/08/94 o jornal "FOLHA DE SÃO PAULO" apresentou uma reportagem sobre a vitamina A. O artigo dava destaque às consequências benéficas de suplemento periódico dessa vitamina. Porém abordava, também, problemas causados pela ingestão excessiva da mesma, e doenças provenientes de sua ingestão deficitária. A vitamina A, por sua "natureza química", armazena seu excesso ingerido em determinado "órgão" do corpo humano gerando problemas orgânicos, bem como sua falta acarreta "problemas carenciais". Com base na afirmação destacada, assinale a opção correta que relaciona, respectivamente, a natureza química, o órgão acumulador do excesso e a hipovitaminose (problema carencial),
  • 9. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel correspondentes a esta vitamina. a) lipossolúvel, fígado e cegueira noturna. b) lipossolúvel, baço e bócio endêmico. c) lipossolúvel, pâncreas e escorbuto. d) hidrossolúvel, pâncreas e beribéri. e) hidrossolúvel, fígado e raquitismo.
  • 10. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel Gabarito: Resposta da questão 1: [A] A vitamina C (ácido ascórbico) é essencial para a síntese do colágeno, proteína presente no tecido conjuntivo. Resposta da questão 2: [D] As enzimas são catalisadores biológicos de natureza proteica. Elas diminuem a energia de ativação necessária para que ocorra uma reação bioquímica. Essas proteínas podem acelerar reações reversíveis sem reagir com os substratos ou produtos da reação. As enzimas podem ser reutilizadas durante certo tempo. Resposta da questão 3: [D] A atividade dos osteoblastos produz novas células ósseas, bem como a secreção da matriz óssea calcificada. Os osteoclastos são células especializadas na destruição da matriz óssea. A remodelagem e a manutenção da densidade óssea ocorrem pela atividade equilibrada dos osteoblastos e dos osteoclastos. Resposta da questão 4: [D] Quanto maior for a diferença entre o pH do meio e o ponto isoelétrico de uma proteína, mais carga ela terá e, portanto, maior sua velocidade de migração em um campo elétrico, independentemente do polo para onde migrará. As diferenças entre o pH do meio (6,0) e o ponto isoelétrico das proteínas do soro são: Gamaglobulina: 2,0 (v1); Betaglobulina: 1,6 (v2); Alfaglobulina: 0,6 (v3); Albumina: 1,2 (v4). Dessa forma, a ordem crescente das velocidades de migração dessas proteínas nas condições propostas será: v3 – v4 – v2 – v1. Resposta da questão 5: [C] Anticorpos são proteínas específicas de defesa que anulam o funcionamento de um antígeno, que são proteínas estranhas ao organismo. Para cada tipo de antígeno existe um tipo de anticorpo e ambos funcionam como um sistema de chave-fechadura. Resposta da questão 6: [E] A vitamina A (B – caroteno e retinol) está envolvida na formação do pigmento retiniano conhecido por rodopsina. A deficiência dessa vitamina na dieta acarreta a hemeralopia, visão parcial ou cegueira noturna. Resposta da questão 7: [A] Todas as afirmativas estão corretas e correlacionadas ao tema proposto na questão. Resposta da questão 8:
  • 11. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel [E] Não há qualquer inconsistência entre o esquema e as afirmativas propostas. Resposta da questão 9: [B] A vitamina B2 (riboflavina) aumenta a eficiência da respiração celular por ser componente do FAD (flavina adenina dinucleotídeo), um dos componentes da cadeia respiratória e envolvido na síntese do ATP. A hidrólise do ATP fornece energia para o trabalho celular. Resposta da questão 10: [C] São fatores que aceleram a velocidade das reações químicas: aumento da temperatura e da superfície de contato e a presença de catalisadores. Resposta da questão 11: [D] A meia-vida de uma proteína na célula é o tempo necessário para que sua concentração se reduza à metade, a partir de um determinado momento, desprezando-se sua síntese. No experimento proposto, glicina marcada com 14C foi adicionada em quatro proteínas diferentes. Como a glicina marcada foi adicionada apenas no início do experimento, após algum tempo, a radioatividade específica das proteínas em questão irá diminuir, demonstrando que elas estão sendo destruídas por mecanismos celulares. No experimento estudado, a proteína de menor meia vida é a proteína Z, pois é aquela que diminui sua radioatividade específica mais rapidamente. Resposta da questão 12: [A] A queda da atividade da enzima por minuto representa a taxa de desnaturação. Assim, no experimento apresentam-se as seguintes taxas de desnaturação: 96  85 85  74 74  63 D1     11 1 1 1 128  106 106  84 84  62 D2     22 1 1 1 Desse modo: D1 11   0,5 D2 22 Resposta da questão 13: [D] A vitamina E atua no sistema nervoso involuntário, no sistema muscular e nos músculos involuntários, além de prevenir o aborto e promover a fertilidade. A vitamina C previne infecções e o escorbuto, mantém a integridade dos vasos sanguíneos e a saúde dos dentes. O zinco é o componente de várias enzimas envolvidas na digestão. Além de ser necessária para o bom funcionamento dos olhos e participar da proteção da pele e das mucosas, a vitamina A é necessária para o crescimento normal e previne várias infecções. As gorduras do tipo ômega 3 e ômega 6 auxiliam na diminuição do níveis de triglicerídeos e de colesterol LDL, favorecem o aumento do colesterol HDL e possuem papel importante no combate a alergias e processos inflamatórios.
  • 12. Treinamento proteínas e vitaminas – Prof. Emanuel Resposta da questão 14: [D] A deficiência de vitaminas B1 (tiamina), na dieta, causa a avitaminose, conhecida por beribéri. Alguns sintomas dessa doença são disfunções neurológicas caracterizadas por tremores involuntários, câimbras, falha cardíaca, entre outras. Resposta da questão 15: [C] As enzimas são catalisadores de natureza proteica. São específicas, podendo acelerar reações reversíveis envolvendo determinado tipo de substrato. A especificidade enzimática é determinada por sua forma tridimensional. A atividade enzimática é influenciada por fatores ambientais como o pH e a temperatura do meio em que atuam. Resposta da questão 16: [A] As enzimas são catalizadores, ou seja, são proteínas que diminuem a energia de ativação de reações químicas. Resposta da questão 17: [A] Resposta da questão 18: [A] Resposta da questão 19: [C] Resposta da questão 20: [B] Resposta da questão 21: [D] Resposta da questão 22: [C] Resposta da questão 23: [D] Resposta da questão 24: [D] Resposta da questão 25: [A]