SlideShare uma empresa Scribd logo
TRANSGÊNICOS
GUELLITY MARCEL
Acadêmico de biologia pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB
WWW.EUQUEROBIOLOGIA.COM.BR
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Transgênicos ou OGMs são organismos manipulados
geneticamente para fornecerem características
desejadas pelo homem
 Possuem alterações genômicas por ação de tecnologias
como o DNA Recombinante ou Engenharia Genética
 Primeiro trabalho transgênico (1970):
 Escherichia coli + homem = insulina
 Estudos baseados na transgenia: (trocas de genes entre
organismos naturalmente = galhas nos vegetais)
Introdução PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Os alimentos transgênicos são modificados
geneticamente em laboratórios com o objetivo de
conseguir melhorar a qualidade do produto.
 Os genes de plantas e animais são manipulados e muitas
vezes combinados.
 Os organismos geneticamente modificados, depois da
fase laboratorial, são implantados na agricultura,
pecuária, setor farmacêutico, etc.
 A primeira planta transgênica - o tomate Flavr Savr - foi
liberada comercialmente em 1994, mas foi retirada do
mercado em menos de um ano
 Podem ser cancerígenos
Na agricultura:Tolerância a herbi
Como é? PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
1ª Geração
 Input traits – Vantagens agronômicas simples, envolvendo
único ou poucos genes. (Vantagem p/ produtor).
 Tolerância a herbicidas, insetos e resistência a vírus
 Tolerância a metais tóxicos no solo, frio, seca e outros
possíveis problemas abióticos
POSSIBILITA:
Manejo flexível, menor uso de agrotóxicos, mais
rentabilidade, menos trabalho, menos prejuízos
ambientais
 Mamão papaia, milho soja, algodão (insetos)
1ª, 2ª e 3ª Geração
 CNTbio – autorizou em 1998 aprodução de óleo de soja, pela
empresa Monsanto, à partir da soja transgênica Roundup ready
(resistente a herbicida à base de Glifosate). Diz que esta
variedade não causa danos à saúde e ao meio ambiente
 O cultivar da soja não é passível de polinização cruzada com
espécies silvestres;
 Não há razões para se prever a sobrevivência de plantas
derivadas fora de ambientes agrícolas;
 Não haverá aumento da pressão de seleção sobre as plantas
daninhas, com a introdução de cultivares tolerantes ao
herbicida Glifosate;
 Não há nenhuma constatação de que a utilização do
herbicida Glifosate nas lavouras de soja no Brasil tenha efeito
negativo no processo de fixação biológica de nitrogênio;
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Não há indícios de que o uso de cultivares derivadas dessa
linhagem possa alterar o perfil e a dinâmica das populações
de insetos associados à cultura de soja convencional;
 A introdução do transgene não altera as características da
composição química da soja, com exceção do acúmulo de
proteína transgênica, tendo comprovada sua segurança
quanto aos aspectos de toxicidade e de alergenicidade
humana e animal (Comissão Técnica 1999).
2ª Geração
 Melhorias na qualidade do produto
 Benefícios para os consumidores
 A primeira característica de qualidade: amadurecimento
retardado no tomate Longa Vida, aprovado para
comercialização nos Estados Unidos em 1994.
 A cenoura mais doce e contendo doses extras de
betacaroteno;
 O arroz com mais proteínas;
 A batata com retardo de escurecimento;
 A soja com genes de castanha-do-pará que aumenta seu
valor nutritivo.
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Produtos mais nutritivos e saudáveis para a alimentação
humana e animal;
 Produtos para sanar deficiências de micronutrientes;
 Produtos com melhor sabor, aroma e/ou aumento na
qualidade e armazenamento de compostos como amido
ou proteínas;
 Produtos com melhor qualidade em fibras;
 Produtos que estão sendo desenvolvidos como
remédios para deficiências de vitaminas.
 O produto que promete um grande impacto na saúde
pública é uma variedade de arroz, desenvolvida pela
empresa Syngenta, com maior concentração de
betacaroteno.
 A substância é usada pelo organismo para metabolizar
vitamina A.
 Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 500
mil crianças ficam cegas todo ano em países pobres por
falta de vitamina A em sua dieta - em grande parte
composta de arroz.
 O único produto desse tipo já comercializado é a soja
com ômega 3, disponível no mercado americano desde
2005.A Kellog's utiliza este grão nos seus produtos.
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
3ª Geração
 Vacinas Comestíveis
 AnimaisTransgênicos
 Proteínas Recombinantes
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Não precisam ser congeladas
 Provável ação sob a imunidade da mucosa
(contato íntimo com mucosas do intestino)
 Poderia evitar a diarréia (Norwalk virus, Vibrio cholerae e
Escherichia coli) - Vacinas normais não estimulam as
mucosas.
 1997 – Vaca Rosie – Leite
enriquecido com proteína
humana lactoalbumina
 + nutrientes – poderia ser
introduzido na alimentação
de crianças
 Bovino criado com genes
que aumentam a produção
de hemáceas no humano
AnimaisTransgênicos
 OMS + FAO (Organização das Nações Unidas para a
Agricultura e a Alimentação): estudando se podem ser
viáveis e seguros à saúde humana alimentos obtidos por
animais transgênicos
PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
 Atryn – medicamento antitrombina – cabras
transgênicas – auxiliar no tratamento da doença
hereditária de antitrombina
 Glândulas mamárias – alvos de estudos: produção de
várias proteínas recombinantes no leite materno como
Eritropoietina humana e hormônio da paratireóíde
humano
 Problemas:
 Eficiência e velocidade da produção do produto
 Métodos atuais – sobrevivência 10%
 Transferência nuclear insuficiente e
 Muitos embriões com anomalias
 A combinação de diversos estudos - uma diversidade de
formas moleculares em diferentes espécies de plantas,
animais e microorganismos
 Várias proteínas farmacêuticas têm sido produzidas em
plantas transgênicas, incluindo a lipase e a eritropoietina
 O hormônio do crescimento somatotrofina é usado
para o tratamento de nanismo hipopituitário em
crianças e, futuramente existe possibilidade de uso na
síndrome de Turner, insuficiência renal crônica e
síndrome debilitante do HIV.
Avanços PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
Cultivo de Transgênicos
Você sabia que este símbolo é utilizado para
identificar os alimentos transgênicos?
Repare no óleo de soja da marca Soya, no
verso dele há este símbolo,indicando que foi
produzido com sojas transgênicas.
WWW.EUQUEROBIOLOGIA.COM.BR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
Matheus Faria do Valle
 
OGM- Organismos Geneticamente Modificados
OGM- Organismos Geneticamente ModificadosOGM- Organismos Geneticamente Modificados
OGM- Organismos Geneticamente Modificados
Robson de Aguiar
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
Plínio Gonçalves
 
Organismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificadosOrganismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificados
anabelldiogomariana
 
Ecologia 3º ano
Ecologia 3º anoEcologia 3º ano
Ecologia 3º ano
Renata Magalhães
 
III. 1 Histórico Biotecnologia
III. 1 Histórico BiotecnologiaIII. 1 Histórico Biotecnologia
III. 1 Histórico Biotecnologia
Rebeca Vale
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
Éllon Oliveira
 
Melhoramento Genético e Transgênicos
Melhoramento Genético e TransgênicosMelhoramento Genético e Transgênicos
Melhoramento Genético e Transgênicos
Jaqueline Soares
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
UERGS
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
emanuel
 
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptxAULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
carla Lêdo
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos Ambientais
Carlos Priante
 
Os transgênicos
Os transgênicosOs transgênicos
Os transgênicos
María Paula B
 
Alimentos transgenicos
Alimentos transgenicosAlimentos transgenicos
Alimentos transgenicos
lucero yovera
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
PIBID Joel Job
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
Fatima Comiotto
 
Aplicações da biotecnologia
Aplicações da biotecnologiaAplicações da biotecnologia
Aplicações da biotecnologia
Élidamar Nunes
 
Clonagem & OGM
Clonagem & OGMClonagem & OGM
Clonagem & OGM
Cláudia Moura
 
Mutações
Mutações Mutações
Mutações
Isabel Lopes
 

Mais procurados (20)

Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
OGM- Organismos Geneticamente Modificados
OGM- Organismos Geneticamente ModificadosOGM- Organismos Geneticamente Modificados
OGM- Organismos Geneticamente Modificados
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
 
Organismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificadosOrganismos geneticamente modificados
Organismos geneticamente modificados
 
Ecologia 3º ano
Ecologia 3º anoEcologia 3º ano
Ecologia 3º ano
 
III. 1 Histórico Biotecnologia
III. 1 Histórico BiotecnologiaIII. 1 Histórico Biotecnologia
III. 1 Histórico Biotecnologia
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
 
Melhoramento Genético e Transgênicos
Melhoramento Genético e TransgênicosMelhoramento Genético e Transgênicos
Melhoramento Genético e Transgênicos
 
Introdução a genetica
Introdução a geneticaIntrodução a genetica
Introdução a genetica
 
Noções de Biotecnologia
Noções de BiotecnologiaNoções de Biotecnologia
Noções de Biotecnologia
 
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptxAULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
AULA 1 - Introdução a Biotecnologia (1).pptx
 
Aula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos AmbientaisAula 2 Impactos Ambientais
Aula 2 Impactos Ambientais
 
Os transgênicos
Os transgênicosOs transgênicos
Os transgênicos
 
Alimentos transgenicos
Alimentos transgenicosAlimentos transgenicos
Alimentos transgenicos
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Reprodução
ReproduçãoReprodução
Reprodução
 
Aplicações da biotecnologia
Aplicações da biotecnologiaAplicações da biotecnologia
Aplicações da biotecnologia
 
Clonagem & OGM
Clonagem & OGMClonagem & OGM
Clonagem & OGM
 
Mutações
Mutações Mutações
Mutações
 

Destaque

TRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOSTRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOS
Maria Izabel Chaves
 
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
Cassio Leal
 
Alimentos Transgênicos
Alimentos Transgênicos Alimentos Transgênicos
Alimentos Transgênicos
Thainá Carvalho
 
Powerpoint organismos transgénicos
Powerpoint    organismos transgénicosPowerpoint    organismos transgénicos
Powerpoint organismos transgénicos
Nuno Correia
 
Trabalho TransgêNicos
Trabalho TransgêNicosTrabalho TransgêNicos
Trabalho TransgêNicos
silasco
 
Organismos transgênicos
Organismos transgênicosOrganismos transgênicos
Organismos transgênicos
maproejab
 
Organismos transgénicos
Organismos transgénicosOrganismos transgénicos
Organismos transgénicos
biobioorganico
 
Transgenico
TransgenicoTransgenico
Transgenico
Dr. Eugenio Vargas
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
Cassio Leal
 
Transgênicos1
Transgênicos1Transgênicos1
Transgênicos1
Daniela Mendoza Mejías
 
Leucaena leucocephala
Leucaena leucocephalaLeucaena leucocephala
Leucaena leucocephala
pasturasdeamerica
 
Alimentos transgênicos!
Alimentos transgênicos!Alimentos transgênicos!
Alimentos transgênicos!
Aristides Monteiro
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
Alex Salcedo
 
Transgenicos
TransgenicosTransgenicos
Transgenicos
Sol
 
Organismos geneticamente modificados - Biologia
Organismos geneticamente modificados - BiologiaOrganismos geneticamente modificados - Biologia
Organismos geneticamente modificados - Biologia
Leila Santana
 
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'SBiotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
Isnailson Pinheiro
 
Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos
Ana Rita
 
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicosBiotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Josenilson S'ilva
 
Alimentos transgénicos
Alimentos transgénicosAlimentos transgénicos
Alimentos transgénicos
Formajardin Formación
 
Reiki em oncologia
Reiki em oncologiaReiki em oncologia

Destaque (20)

TRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOSTRANSGÊNICOS
TRANSGÊNICOS
 
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
Apresentação sobre Transgênicos (UFBA)
 
Alimentos Transgênicos
Alimentos Transgênicos Alimentos Transgênicos
Alimentos Transgênicos
 
Powerpoint organismos transgénicos
Powerpoint    organismos transgénicosPowerpoint    organismos transgénicos
Powerpoint organismos transgénicos
 
Trabalho TransgêNicos
Trabalho TransgêNicosTrabalho TransgêNicos
Trabalho TransgêNicos
 
Organismos transgênicos
Organismos transgênicosOrganismos transgênicos
Organismos transgênicos
 
Organismos transgénicos
Organismos transgénicosOrganismos transgénicos
Organismos transgénicos
 
Transgenico
TransgenicoTransgenico
Transgenico
 
Transgênicos
TransgênicosTransgênicos
Transgênicos
 
Transgênicos1
Transgênicos1Transgênicos1
Transgênicos1
 
Leucaena leucocephala
Leucaena leucocephalaLeucaena leucocephala
Leucaena leucocephala
 
Alimentos transgênicos!
Alimentos transgênicos!Alimentos transgênicos!
Alimentos transgênicos!
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Transgenicos
TransgenicosTransgenicos
Transgenicos
 
Organismos geneticamente modificados - Biologia
Organismos geneticamente modificados - BiologiaOrganismos geneticamente modificados - Biologia
Organismos geneticamente modificados - Biologia
 
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'SBiotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
Biotecnologia - Organismos Geneticamente Modificados - OGM'S
 
Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos Alimentos Trangênicos
Alimentos Trangênicos
 
Biotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicosBiotecnologia e aliementos transgênicos
Biotecnologia e aliementos transgênicos
 
Alimentos transgénicos
Alimentos transgénicosAlimentos transgénicos
Alimentos transgénicos
 
Reiki em oncologia
Reiki em oncologiaReiki em oncologia
Reiki em oncologia
 

Semelhante a Transgênicos

Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
Francini Domingues
 
Transgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticasTransgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticas
Guilherme Rocha
 
Projectoace
ProjectoaceProjectoace
Projectoace
guest828e36
 
projectoace
projectoaceprojectoace
projectoace
guest828e36
 
Segurança alimentar
Segurança alimentarSegurança alimentar
Segurança alimentar
UERGS
 
Transgênicos e aspectos éticos - slide
  Transgênicos e aspectos éticos - slide  Transgênicos e aspectos éticos - slide
Transgênicos e aspectos éticos - slide
Conceição Áquila
 
Transgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticosTransgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticos
Conceição Áquila
 
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
Biomap
 
Soja - OGM
Soja - OGMSoja - OGM
Soja - OGM
Biomap
 
Transgenicos.pptx
Transgenicos.pptxTransgenicos.pptx
Transgenicos.pptx
danielanicolas
 
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9aTema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Francini Domingues
 
2º Va Grupo 06
2º Va   Grupo 062º Va   Grupo 06
2º Va Grupo 06
ProfMario De Mori
 
Trabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGNTrabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGN
Rui Oliveira
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
dayrla
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
dayrla
 
Alimentos e saúde.ppt corrigido
Alimentos  e saúde.ppt corrigidoAlimentos  e saúde.ppt corrigido
Alimentos e saúde.ppt corrigido
Cristiane E. S. Araujo Santos
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
Anne Martins
 
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
Anne Martins
 
Aditivos em ruminantes bromatologia
Aditivos em ruminantes   bromatologiaAditivos em ruminantes   bromatologia
Aditivos em ruminantes bromatologia
Roger Moreira
 

Semelhante a Transgênicos (20)

Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
Trabalho desenvolvido por: Beatriz Castellano e Mayara Guedes
 
Transgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticasTransgenia aplicações-práticas
Transgenia aplicações-práticas
 
Projectoace
ProjectoaceProjectoace
Projectoace
 
projectoace
projectoaceprojectoace
projectoace
 
Segurança alimentar
Segurança alimentarSegurança alimentar
Segurança alimentar
 
Transgênicos e aspectos éticos - slide
  Transgênicos e aspectos éticos - slide  Transgênicos e aspectos éticos - slide
Transgênicos e aspectos éticos - slide
 
Transgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticosTransgênicos e aspectos éticos
Transgênicos e aspectos éticos
 
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
 
Soja - OGM
Soja - OGMSoja - OGM
Soja - OGM
 
Transgenicos.pptx
Transgenicos.pptxTransgenicos.pptx
Transgenicos.pptx
 
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9aTema alimentos trangênicos Beatriz Nunes  e Luiz Felippe 9a
Tema alimentos trangênicos Beatriz Nunes e Luiz Felippe 9a
 
2º Va Grupo 06
2º Va   Grupo 062º Va   Grupo 06
2º Va Grupo 06
 
Trabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGNTrabalho de CN - OGN
Trabalho de CN - OGN
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
 
Universidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – ueceUniversidade estadual do ceará – uece
Universidade estadual do ceará – uece
 
Alimentos e saúde.ppt corrigido
Alimentos  e saúde.ppt corrigidoAlimentos  e saúde.ppt corrigido
Alimentos e saúde.ppt corrigido
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
 
Soja OGM
Soja OGMSoja OGM
Soja OGM
 
Aditivos em ruminantes bromatologia
Aditivos em ruminantes   bromatologiaAditivos em ruminantes   bromatologia
Aditivos em ruminantes bromatologia
 

Mais de Guellity Marcel

O que é evolução e quem foi Darwin?
O que é evolução e quem foi Darwin?O que é evolução e quem foi Darwin?
O que é evolução e quem foi Darwin?
Guellity Marcel
 
Teoria Darwiniana - Nova Síntese
Teoria Darwiniana - Nova SínteseTeoria Darwiniana - Nova Síntese
Teoria Darwiniana - Nova Síntese
Guellity Marcel
 
Seleção Natural e Adaptação
Seleção Natural e AdaptaçãoSeleção Natural e Adaptação
Seleção Natural e Adaptação
Guellity Marcel
 
Evolução Molecular
Evolução MolecularEvolução Molecular
Evolução Molecular
Guellity Marcel
 
As Evidências da Evolução
As Evidências da EvoluçãoAs Evidências da Evolução
As Evidências da Evolução
Guellity Marcel
 
Histórico da Evolução até Darwin
Histórico da Evolução até DarwinHistórico da Evolução até Darwin
Histórico da Evolução até Darwin
Guellity Marcel
 
Genética Geral - Evolução
Genética Geral - EvoluçãoGenética Geral - Evolução
Genética Geral - Evolução
Guellity Marcel
 
Apostila divisão celular - USP
Apostila divisão celular - USPApostila divisão celular - USP
Apostila divisão celular - USP
Guellity Marcel
 
Apostila divisão celular - UNIP
Apostila divisão celular - UNIPApostila divisão celular - UNIP
Apostila divisão celular - UNIP
Guellity Marcel
 
Apostila divisão celular - UFRGS
Apostila divisão celular - UFRGSApostila divisão celular - UFRGS
Apostila divisão celular - UFRGS
Guellity Marcel
 
Apostila divisão celular - UFPB
Apostila divisão celular - UFPBApostila divisão celular - UFPB
Apostila divisão celular - UFPB
Guellity Marcel
 
Apostila divisão celular - UFF
Apostila divisão celular - UFFApostila divisão celular - UFF
Apostila divisão celular - UFF
Guellity Marcel
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
Guellity Marcel
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
Guellity Marcel
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
Guellity Marcel
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
Guellity Marcel
 
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPB
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPBLivro - Fisiologia Vegetal - UFPB
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPB
Guellity Marcel
 
Pratica Fotossíntese - IB/USP
Pratica Fotossíntese - IB/USPPratica Fotossíntese - IB/USP
Pratica Fotossíntese - IB/USP
Guellity Marcel
 
Apostila - Fotossintese - UFC
Apostila - Fotossintese - UFCApostila - Fotossintese - UFC
Apostila - Fotossintese - UFC
Guellity Marcel
 
Apostila - Fisiologia Vegetal - USP
Apostila - Fisiologia Vegetal - USPApostila - Fisiologia Vegetal - USP
Apostila - Fisiologia Vegetal - USP
Guellity Marcel
 

Mais de Guellity Marcel (20)

O que é evolução e quem foi Darwin?
O que é evolução e quem foi Darwin?O que é evolução e quem foi Darwin?
O que é evolução e quem foi Darwin?
 
Teoria Darwiniana - Nova Síntese
Teoria Darwiniana - Nova SínteseTeoria Darwiniana - Nova Síntese
Teoria Darwiniana - Nova Síntese
 
Seleção Natural e Adaptação
Seleção Natural e AdaptaçãoSeleção Natural e Adaptação
Seleção Natural e Adaptação
 
Evolução Molecular
Evolução MolecularEvolução Molecular
Evolução Molecular
 
As Evidências da Evolução
As Evidências da EvoluçãoAs Evidências da Evolução
As Evidências da Evolução
 
Histórico da Evolução até Darwin
Histórico da Evolução até DarwinHistórico da Evolução até Darwin
Histórico da Evolução até Darwin
 
Genética Geral - Evolução
Genética Geral - EvoluçãoGenética Geral - Evolução
Genética Geral - Evolução
 
Apostila divisão celular - USP
Apostila divisão celular - USPApostila divisão celular - USP
Apostila divisão celular - USP
 
Apostila divisão celular - UNIP
Apostila divisão celular - UNIPApostila divisão celular - UNIP
Apostila divisão celular - UNIP
 
Apostila divisão celular - UFRGS
Apostila divisão celular - UFRGSApostila divisão celular - UFRGS
Apostila divisão celular - UFRGS
 
Apostila divisão celular - UFPB
Apostila divisão celular - UFPBApostila divisão celular - UFPB
Apostila divisão celular - UFPB
 
Apostila divisão celular - UFF
Apostila divisão celular - UFFApostila divisão celular - UFF
Apostila divisão celular - UFF
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
 
Biologia molecular
Biologia molecularBiologia molecular
Biologia molecular
 
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPB
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPBLivro - Fisiologia Vegetal - UFPB
Livro - Fisiologia Vegetal - UFPB
 
Pratica Fotossíntese - IB/USP
Pratica Fotossíntese - IB/USPPratica Fotossíntese - IB/USP
Pratica Fotossíntese - IB/USP
 
Apostila - Fotossintese - UFC
Apostila - Fotossintese - UFCApostila - Fotossintese - UFC
Apostila - Fotossintese - UFC
 
Apostila - Fisiologia Vegetal - USP
Apostila - Fisiologia Vegetal - USPApostila - Fisiologia Vegetal - USP
Apostila - Fisiologia Vegetal - USP
 

Transgênicos

  • 1. TRANSGÊNICOS GUELLITY MARCEL Acadêmico de biologia pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB WWW.EUQUEROBIOLOGIA.COM.BR PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 2.  Transgênicos ou OGMs são organismos manipulados geneticamente para fornecerem características desejadas pelo homem  Possuem alterações genômicas por ação de tecnologias como o DNA Recombinante ou Engenharia Genética  Primeiro trabalho transgênico (1970):  Escherichia coli + homem = insulina  Estudos baseados na transgenia: (trocas de genes entre organismos naturalmente = galhas nos vegetais) Introdução PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 3.  Os alimentos transgênicos são modificados geneticamente em laboratórios com o objetivo de conseguir melhorar a qualidade do produto.  Os genes de plantas e animais são manipulados e muitas vezes combinados.  Os organismos geneticamente modificados, depois da fase laboratorial, são implantados na agricultura, pecuária, setor farmacêutico, etc.  A primeira planta transgênica - o tomate Flavr Savr - foi liberada comercialmente em 1994, mas foi retirada do mercado em menos de um ano  Podem ser cancerígenos
  • 4. Na agricultura:Tolerância a herbi Como é? PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 5. 1ª Geração  Input traits – Vantagens agronômicas simples, envolvendo único ou poucos genes. (Vantagem p/ produtor).  Tolerância a herbicidas, insetos e resistência a vírus  Tolerância a metais tóxicos no solo, frio, seca e outros possíveis problemas abióticos POSSIBILITA: Manejo flexível, menor uso de agrotóxicos, mais rentabilidade, menos trabalho, menos prejuízos ambientais  Mamão papaia, milho soja, algodão (insetos) 1ª, 2ª e 3ª Geração
  • 6.  CNTbio – autorizou em 1998 aprodução de óleo de soja, pela empresa Monsanto, à partir da soja transgênica Roundup ready (resistente a herbicida à base de Glifosate). Diz que esta variedade não causa danos à saúde e ao meio ambiente  O cultivar da soja não é passível de polinização cruzada com espécies silvestres;  Não há razões para se prever a sobrevivência de plantas derivadas fora de ambientes agrícolas;  Não haverá aumento da pressão de seleção sobre as plantas daninhas, com a introdução de cultivares tolerantes ao herbicida Glifosate;  Não há nenhuma constatação de que a utilização do herbicida Glifosate nas lavouras de soja no Brasil tenha efeito negativo no processo de fixação biológica de nitrogênio; PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 7.  Não há indícios de que o uso de cultivares derivadas dessa linhagem possa alterar o perfil e a dinâmica das populações de insetos associados à cultura de soja convencional;  A introdução do transgene não altera as características da composição química da soja, com exceção do acúmulo de proteína transgênica, tendo comprovada sua segurança quanto aos aspectos de toxicidade e de alergenicidade humana e animal (Comissão Técnica 1999).
  • 8. 2ª Geração  Melhorias na qualidade do produto  Benefícios para os consumidores  A primeira característica de qualidade: amadurecimento retardado no tomate Longa Vida, aprovado para comercialização nos Estados Unidos em 1994.  A cenoura mais doce e contendo doses extras de betacaroteno;  O arroz com mais proteínas;  A batata com retardo de escurecimento;  A soja com genes de castanha-do-pará que aumenta seu valor nutritivo. PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 9.  Produtos mais nutritivos e saudáveis para a alimentação humana e animal;  Produtos para sanar deficiências de micronutrientes;  Produtos com melhor sabor, aroma e/ou aumento na qualidade e armazenamento de compostos como amido ou proteínas;  Produtos com melhor qualidade em fibras;  Produtos que estão sendo desenvolvidos como remédios para deficiências de vitaminas.
  • 10.  O produto que promete um grande impacto na saúde pública é uma variedade de arroz, desenvolvida pela empresa Syngenta, com maior concentração de betacaroteno.  A substância é usada pelo organismo para metabolizar vitamina A.  Segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 500 mil crianças ficam cegas todo ano em países pobres por falta de vitamina A em sua dieta - em grande parte composta de arroz.  O único produto desse tipo já comercializado é a soja com ômega 3, disponível no mercado americano desde 2005.A Kellog's utiliza este grão nos seus produtos. PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 11.
  • 12. 3ª Geração  Vacinas Comestíveis  AnimaisTransgênicos  Proteínas Recombinantes PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 13.  Não precisam ser congeladas  Provável ação sob a imunidade da mucosa (contato íntimo com mucosas do intestino)  Poderia evitar a diarréia (Norwalk virus, Vibrio cholerae e Escherichia coli) - Vacinas normais não estimulam as mucosas.
  • 14.  1997 – Vaca Rosie – Leite enriquecido com proteína humana lactoalbumina  + nutrientes – poderia ser introduzido na alimentação de crianças  Bovino criado com genes que aumentam a produção de hemáceas no humano AnimaisTransgênicos  OMS + FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação): estudando se podem ser viáveis e seguros à saúde humana alimentos obtidos por animais transgênicos PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 15.  Atryn – medicamento antitrombina – cabras transgênicas – auxiliar no tratamento da doença hereditária de antitrombina  Glândulas mamárias – alvos de estudos: produção de várias proteínas recombinantes no leite materno como Eritropoietina humana e hormônio da paratireóíde humano  Problemas:  Eficiência e velocidade da produção do produto  Métodos atuais – sobrevivência 10%  Transferência nuclear insuficiente e  Muitos embriões com anomalias
  • 16.  A combinação de diversos estudos - uma diversidade de formas moleculares em diferentes espécies de plantas, animais e microorganismos  Várias proteínas farmacêuticas têm sido produzidas em plantas transgênicas, incluindo a lipase e a eritropoietina  O hormônio do crescimento somatotrofina é usado para o tratamento de nanismo hipopituitário em crianças e, futuramente existe possibilidade de uso na síndrome de Turner, insuficiência renal crônica e síndrome debilitante do HIV. Avanços PÁGINA NO FACEBOOK (CURTA)
  • 18.
  • 19. Você sabia que este símbolo é utilizado para identificar os alimentos transgênicos? Repare no óleo de soja da marca Soya, no verso dele há este símbolo,indicando que foi produzido com sojas transgênicas.