SlideShare uma empresa Scribd logo
A FOME NO MUNDO
Série: 3º E.M
Disciplina: Geografia
Introdução
 O Programa das Nações Unidas para o
Desenvolvimento (PNUD), órgão vinculado à
Organização das Nações Unidas (ONU), é responsável
por analisar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)
dos países. Esse dado expressa a qualidade de vida de
uma determinada população, e utiliza como critério
para o cálculo os seguintes
aspectos: Saúde(saneamento, alimentação, moradia e
assistência média), Conhecimento(educação) e
Padrão de vida descente(renda).
 Nosso trabalho irá abordar o seguinte aspecto:
SAÚDE, aprofundando na questão ALIMENTAÇÃO.
 A observação do mapa de IDH 2010, nos revela
profundas desigualdades que ainda persistem no
mundo, não apenas comparando países desenvolvidos
com os subdesenvolvidos. Mas comparando países
subdesenvolvido com subdesenvolvidos, no qual é
possível notar uma grande diferença entre seus
indicadores socioeconômicos( PIB, Renda per
capita,Mortalidade Infantil, Expectativa de vida entre
outros...)
 Estes problemas associados ao subdesenvolvimento, na
maioria das vezes já superado pelos países
desenvolvidos, se manifesta gravemente em regiões
com menor IDH, como na Ásia Meridional e na África
Subsaariana.
IDH
Principais causas da fome:
 A fome atinge mais de 1 bilhão e meio de pessoas
no Mundo, grande parte das pessoas se
encontram nos continentes Africano e Asiático.
As principais causas da pobreza e fome são
causadas pelo preço elevado de
alimentos, baixíssimo poder aquisitivo da
população, problemas ambientais capazes de
afetar a agricultura, assim como o clima, hora com
falta de chuva e água, causando secas
prolongadas,hora com alagamentos, guerras
civis(conflitos) o que impede a chegada de
alimentos nas regiões.Estas são causas básicas de
fácil percepção sobre a fome nestes continentes...
 Mas ainda temos um ponto a debater, o interesse
dos governantes destes locais. Lendo o texto ‘Os
salvadores da África’ entenderemos que é mais
cômodo receber ajuda externa, do que criar
medidas realmente funcionais a respeito da fome
e da pobreza em seus próprios países, uma vez
que a maior parte das doações é desviada pelos
governantes, pois até chegar a população elas
devem passar por diversos órgãos do governo
para então serem direcionadas para seu destino
final. Sendo assim, o dinheiro referente á ajuda
é subtraído em benefício dos próprios governantes.
Conceitos sobre a fome:
 A fome caracteriza-se quando o indivíduo não
consegue suprir as necessidades de nutrientes
imprescindíveis para manter sua saúde e seu
organismo funcionando adequadamente.
 Fome Crônica: A fome crônica é uma carência
alimentar , em termos de nutrientes e calorias, que
compromete o desenvolvimento físico do
organismo e a capacidade intelectual do
indivíduo.Pode levar a morte, de forma lenta.
Ocorre principalmente em países da
África(Subsaariana) com mais de 300 milhões de
subnutridos, e no sul da Ásia,com mais de 600
milhões.
 Fome Aguda: É a falta de alimentos e o consumo
permanente de calorias abaixo do mínimo
recomendado(2.400 calorias diárias para adultos).
É ocasionada por catástrofes climáticas, como
terremotos, inundações e secas
prolongadas. Levando a morte, muitas vezes
coletiva, por completa debilidade do organismo.
 Fome oculta ->Alimentação inadequada=maus
hábitos alimentares.
 A fome oculta não apresenta sintomas
específicos, mas é traiçoeira. E quando
aparece, já se transformou em doenças como
osteoporose, câncer, hipertensão, problemas
cardiovasculares, envelhecimento precoce. A
fome oculta é a carência que o corpo tem de
certos nutrientes que previnem essas doenças.
 Segurança alimentar: Tem relação com as políticas
adotadas pelos Estados, no sentido de garantir
permanente o acesso das populações a uma
alimentação adequada.
 Quando uma população sofre com dificuldades
relacionadas a disponibilidade de
alimentação, caracterizando insegurança
alimentar, cabe ao Estado tomar medidas para
reverter a situação.
 Uma medida tomada no Brasil para reverter a
insegurança alimentar é o programa Fome
Zero, que atua desde 2003.
Medidas da ONU
 Para tornar o mundo um lugar mais justo, solidário
e melhor para se viver, erradicando a fome e a
miséria a ONU, em 2000 lançou os Objetivos de
Desenvolvimento do Milênio, com 18 metas a
serem alcançadas pelos países subdesenvolvidos
até 2015. Algumas delas são...
Objetivos de desenvolvimento do
Milênio

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
Blog do Prof. Elienai
 
Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)
Alcina Barbosa
 
A Poluição
A PoluiçãoA Poluição
A Poluição
Ana Carlão
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
Diogo Mateus
 
Globalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vidaGlobalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vida
Alcina Barbosa
 
Dinâmica populacional brasileira
Dinâmica populacional brasileiraDinâmica populacional brasileira
Dinâmica populacional brasileira
Pedro Neves
 
migrações geografia
migrações geografiamigrações geografia
migrações geografia
lidia76
 
Fome
FomeFome
Transição demográfica
Transição demográficaTransição demográfica
Transição demográfica
unesp
 
Atividades aquecimento global
Atividades aquecimento globalAtividades aquecimento global
Atividades aquecimento global
Atividades Diversas Cláudia
 
Organizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não GovernamentaisOrganizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não Governamentais
kyzinha
 
Lutas dos povos indígenas nos dias atuais
Lutas dos povos indígenas nos dias atuaisLutas dos povos indígenas nos dias atuais
Lutas dos povos indígenas nos dias atuais
Photos Anahi
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Alimentação não saudavel 3°ano
Alimentação não saudavel 3°anoAlimentação não saudavel 3°ano
Alimentação não saudavel 3°ano
Nathália Medeiros
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
Ilda Bicacro
 
A pobreza em portugal
A pobreza em portugalA pobreza em portugal
A pobreza em portugal
Luís Reguengo
 
Estrutura Etária da População
Estrutura Etária da PopulaçãoEstrutura Etária da População
Estrutura Etária da População
Geografia .
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Christie Freitas
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
Fatima Freitas
 
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASILO PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
Anderson Silva
 

Mais procurados (20)

Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)Pobreza e exclusão social (2)
Pobreza e exclusão social (2)
 
A Poluição
A PoluiçãoA Poluição
A Poluição
 
Migrações
MigraçõesMigrações
Migrações
 
Globalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vidaGlobalização dos estilos de vida
Globalização dos estilos de vida
 
Dinâmica populacional brasileira
Dinâmica populacional brasileiraDinâmica populacional brasileira
Dinâmica populacional brasileira
 
migrações geografia
migrações geografiamigrações geografia
migrações geografia
 
Fome
FomeFome
Fome
 
Transição demográfica
Transição demográficaTransição demográfica
Transição demográfica
 
Atividades aquecimento global
Atividades aquecimento globalAtividades aquecimento global
Atividades aquecimento global
 
Organizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não GovernamentaisOrganizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não Governamentais
 
Lutas dos povos indígenas nos dias atuais
Lutas dos povos indígenas nos dias atuaisLutas dos povos indígenas nos dias atuais
Lutas dos povos indígenas nos dias atuais
 
Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.Conferencias ambientais-e-cops.
Conferencias ambientais-e-cops.
 
Alimentação não saudavel 3°ano
Alimentação não saudavel 3°anoAlimentação não saudavel 3°ano
Alimentação não saudavel 3°ano
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
 
A pobreza em portugal
A pobreza em portugalA pobreza em portugal
A pobreza em portugal
 
Estrutura Etária da População
Estrutura Etária da PopulaçãoEstrutura Etária da População
Estrutura Etária da População
 
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
Unidade 3   7º ano - População do BrasilUnidade 3   7º ano - População do Brasil
Unidade 3 7º ano - População do Brasil
 
Problemas ambientais
Problemas ambientaisProblemas ambientais
Problemas ambientais
 
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASILO PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL
 

Destaque

A fome no mundo
A fome no mundoA fome no mundo
A fome no mundo
lucia_nunes
 
Fome e miséria
Fome e misériaFome e miséria
Fome e miséria
Thais Nicole
 
Pobreza e fome
Pobreza e fomePobreza e fome
Pobreza e fome
izabelhuning
 
Estatisticas da fome
Estatisticas da fomeEstatisticas da fome
Estatisticas da fome
Gerson Valle
 
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Wagner Silva
 
Fome
FomeFome
Fome
dulcemarr
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Larissa Azevedo Milward
 
Geopolítica da Fome - Destruição em Massa
Geopolítica da Fome -  Destruição em Massa Geopolítica da Fome -  Destruição em Massa
Geopolítica da Fome - Destruição em Massa
Vanessa Cunha
 
Geografia da fome
Geografia da fomeGeografia da fome
Geografia da fome
Olecram Avlis
 
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
guestbdb4ab6
 
Brasil fora do Mapa da Fome
Brasil fora do Mapa da Fome Brasil fora do Mapa da Fome
Brasil fora do Mapa da Fome
Secretaria Especial do Desenvolvimento Social
 
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviaisMicronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
Marcos Claudio
 
Alimentaçao no mundo
Alimentaçao no mundoAlimentaçao no mundo
Alimentaçao no mundo
Atividades Diversas Cláudia
 
Solidariedade este
Solidariedade esteSolidariedade este
Solidariedade este
Rita Severa
 
Objetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fomeObjetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fome
Gerson Valle
 
Colonialismo e subdesenvolvimento
Colonialismo e subdesenvolvimentoColonialismo e subdesenvolvimento
Colonialismo e subdesenvolvimento
CBM
 
Revolta da chibata
Revolta da chibataRevolta da chibata
Revolta da chibata
Gabriela G.
 
Pobreza
Pobreza Pobreza
Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome
João Lima
 
Apresentação Como Corrigir Redações na Escola
Apresentação Como Corrigir Redações na EscolaApresentação Como Corrigir Redações na Escola
Apresentação Como Corrigir Redações na Escola
Giulliana Vieira Rocha
 

Destaque (20)

A fome no mundo
A fome no mundoA fome no mundo
A fome no mundo
 
Fome e miséria
Fome e misériaFome e miséria
Fome e miséria
 
Pobreza e fome
Pobreza e fomePobreza e fome
Pobreza e fome
 
Estatisticas da fome
Estatisticas da fomeEstatisticas da fome
Estatisticas da fome
 
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
Miséria e fome( trabalho wagner e stefany)
 
Fome
FomeFome
Fome
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Geopolítica da Fome - Destruição em Massa
Geopolítica da Fome -  Destruição em Massa Geopolítica da Fome -  Destruição em Massa
Geopolítica da Fome - Destruição em Massa
 
Geografia da fome
Geografia da fomeGeografia da fome
Geografia da fome
 
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
Apresentação1 pobreza ii(1)(1)
 
Brasil fora do Mapa da Fome
Brasil fora do Mapa da Fome Brasil fora do Mapa da Fome
Brasil fora do Mapa da Fome
 
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviaisMicronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
Micronutrientes em cana de-açúcar   a fome oculta dos canaviais
 
Alimentaçao no mundo
Alimentaçao no mundoAlimentaçao no mundo
Alimentaçao no mundo
 
Solidariedade este
Solidariedade esteSolidariedade este
Solidariedade este
 
Objetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fomeObjetivos para erradicar a fome
Objetivos para erradicar a fome
 
Colonialismo e subdesenvolvimento
Colonialismo e subdesenvolvimentoColonialismo e subdesenvolvimento
Colonialismo e subdesenvolvimento
 
Revolta da chibata
Revolta da chibataRevolta da chibata
Revolta da chibata
 
Pobreza
Pobreza Pobreza
Pobreza
 
Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome
 
Apresentação Como Corrigir Redações na Escola
Apresentação Como Corrigir Redações na EscolaApresentação Como Corrigir Redações na Escola
Apresentação Como Corrigir Redações na Escola
 

Semelhante a Trabalho de geografia a fome no mundo

Trabalho sobre a fome somos contra
Trabalho sobre a fome somos contraTrabalho sobre a fome somos contra
Trabalho sobre a fome somos contra
ufmt
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
Carla Silva
 
A alimentação como indicador de desenvolvimento
A alimentação como indicador de desenvolvimentoA alimentação como indicador de desenvolvimento
A alimentação como indicador de desenvolvimento
Mayjö .
 
fome by leandro silva fa 16
fome by leandro silva fa 16fome by leandro silva fa 16
fome by leandro silva fa 16
DEADSHARK
 
Apresentação trabalho de ciências
Apresentação trabalho de ciênciasApresentação trabalho de ciências
Apresentação trabalho de ciências
5eeugeiocastro
 
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIASLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
Clísthennes Américo
 
Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
I.Braz Slideshares
 
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologiasAula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
Homero Alves de Lima
 
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Francini Domingues
 
Ppt0000002
Ppt0000002Ppt0000002
Ppt0000002
suilan22
 
Alimentação 2
Alimentação 2Alimentação 2
Alimentação 2
Mayjö .
 
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
Pelo Siro
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
Mayjö .
 
Os Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNioOs Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNio
isabelsilveira
 
Os objectivos do milénio
Os objectivos do milénioOs objectivos do milénio
Os objectivos do milénio
FERNANDAPRATAS
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria
-
 
3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento
Liliana Mafalda
 
Unidade 1
Unidade 1Unidade 1
Unidade 1
Christie Freitas
 
Combate à fome emrc
Combate à fome   emrcCombate à fome   emrc
Combate à fome emrc
emrcja
 
Populacao mundial
Populacao mundialPopulacao mundial
Populacao mundial
Virgilio Nt
 

Semelhante a Trabalho de geografia a fome no mundo (20)

Trabalho sobre a fome somos contra
Trabalho sobre a fome somos contraTrabalho sobre a fome somos contra
Trabalho sobre a fome somos contra
 
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdfresumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
resumos - Contrastes de Desenvolvimento1.pdf
 
A alimentação como indicador de desenvolvimento
A alimentação como indicador de desenvolvimentoA alimentação como indicador de desenvolvimento
A alimentação como indicador de desenvolvimento
 
fome by leandro silva fa 16
fome by leandro silva fa 16fome by leandro silva fa 16
fome by leandro silva fa 16
 
Apresentação trabalho de ciências
Apresentação trabalho de ciênciasApresentação trabalho de ciências
Apresentação trabalho de ciências
 
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIASLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
SLIDE TURMA 8º ANO ECAGL IBIMIRIM - GEOGRAFIA
 
Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
 
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologiasAula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
Aula 05 de ciências naturais e suas tecnologias
 
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira Tema : Fome Trabalho  desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
Tema : Fome Trabalho desenvolvido por:Samara Mourato e Lucas Pereira
 
Ppt0000002
Ppt0000002Ppt0000002
Ppt0000002
 
Alimentação 2
Alimentação 2Alimentação 2
Alimentação 2
 
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
1192977909 1192920246 factores_fundamentais_saude_ind
 
Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
Os Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNioOs Objectivos Do MiléNio
Os Objectivos Do MiléNio
 
Os objectivos do milénio
Os objectivos do milénioOs objectivos do milénio
Os objectivos do milénio
 
Miséria
MisériaMiséria
Miséria
 
3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento3 contrastes desenvolvimento
3 contrastes desenvolvimento
 
Unidade 1
Unidade 1Unidade 1
Unidade 1
 
Combate à fome emrc
Combate à fome   emrcCombate à fome   emrc
Combate à fome emrc
 
Populacao mundial
Populacao mundialPopulacao mundial
Populacao mundial
 

Trabalho de geografia a fome no mundo

  • 1. A FOME NO MUNDO Série: 3º E.M Disciplina: Geografia
  • 2. Introdução  O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), órgão vinculado à Organização das Nações Unidas (ONU), é responsável por analisar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) dos países. Esse dado expressa a qualidade de vida de uma determinada população, e utiliza como critério para o cálculo os seguintes aspectos: Saúde(saneamento, alimentação, moradia e assistência média), Conhecimento(educação) e Padrão de vida descente(renda).  Nosso trabalho irá abordar o seguinte aspecto: SAÚDE, aprofundando na questão ALIMENTAÇÃO.
  • 3.  A observação do mapa de IDH 2010, nos revela profundas desigualdades que ainda persistem no mundo, não apenas comparando países desenvolvidos com os subdesenvolvidos. Mas comparando países subdesenvolvido com subdesenvolvidos, no qual é possível notar uma grande diferença entre seus indicadores socioeconômicos( PIB, Renda per capita,Mortalidade Infantil, Expectativa de vida entre outros...)  Estes problemas associados ao subdesenvolvimento, na maioria das vezes já superado pelos países desenvolvidos, se manifesta gravemente em regiões com menor IDH, como na Ásia Meridional e na África Subsaariana.
  • 4. IDH
  • 5. Principais causas da fome:  A fome atinge mais de 1 bilhão e meio de pessoas no Mundo, grande parte das pessoas se encontram nos continentes Africano e Asiático. As principais causas da pobreza e fome são causadas pelo preço elevado de alimentos, baixíssimo poder aquisitivo da população, problemas ambientais capazes de afetar a agricultura, assim como o clima, hora com falta de chuva e água, causando secas prolongadas,hora com alagamentos, guerras civis(conflitos) o que impede a chegada de alimentos nas regiões.Estas são causas básicas de fácil percepção sobre a fome nestes continentes...
  • 6.  Mas ainda temos um ponto a debater, o interesse dos governantes destes locais. Lendo o texto ‘Os salvadores da África’ entenderemos que é mais cômodo receber ajuda externa, do que criar medidas realmente funcionais a respeito da fome e da pobreza em seus próprios países, uma vez que a maior parte das doações é desviada pelos governantes, pois até chegar a população elas devem passar por diversos órgãos do governo para então serem direcionadas para seu destino final. Sendo assim, o dinheiro referente á ajuda é subtraído em benefício dos próprios governantes.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Conceitos sobre a fome:  A fome caracteriza-se quando o indivíduo não consegue suprir as necessidades de nutrientes imprescindíveis para manter sua saúde e seu organismo funcionando adequadamente.  Fome Crônica: A fome crônica é uma carência alimentar , em termos de nutrientes e calorias, que compromete o desenvolvimento físico do organismo e a capacidade intelectual do indivíduo.Pode levar a morte, de forma lenta. Ocorre principalmente em países da África(Subsaariana) com mais de 300 milhões de subnutridos, e no sul da Ásia,com mais de 600 milhões.
  • 10.  Fome Aguda: É a falta de alimentos e o consumo permanente de calorias abaixo do mínimo recomendado(2.400 calorias diárias para adultos). É ocasionada por catástrofes climáticas, como terremotos, inundações e secas prolongadas. Levando a morte, muitas vezes coletiva, por completa debilidade do organismo.
  • 11.  Fome oculta ->Alimentação inadequada=maus hábitos alimentares.  A fome oculta não apresenta sintomas específicos, mas é traiçoeira. E quando aparece, já se transformou em doenças como osteoporose, câncer, hipertensão, problemas cardiovasculares, envelhecimento precoce. A fome oculta é a carência que o corpo tem de certos nutrientes que previnem essas doenças.
  • 12.  Segurança alimentar: Tem relação com as políticas adotadas pelos Estados, no sentido de garantir permanente o acesso das populações a uma alimentação adequada.  Quando uma população sofre com dificuldades relacionadas a disponibilidade de alimentação, caracterizando insegurança alimentar, cabe ao Estado tomar medidas para reverter a situação.  Uma medida tomada no Brasil para reverter a insegurança alimentar é o programa Fome Zero, que atua desde 2003.
  • 13.
  • 14. Medidas da ONU  Para tornar o mundo um lugar mais justo, solidário e melhor para se viver, erradicando a fome e a miséria a ONU, em 2000 lançou os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, com 18 metas a serem alcançadas pelos países subdesenvolvidos até 2015. Algumas delas são...