SlideShare uma empresa Scribd logo
Trabalho de Férias de Transição do Iº Trimestre ao IIº Trimestre 2019
Observação: Escolha 20 Exercícios de forma alheatória e resolva na sua
folha A3.
11ª Classe
Intersecção de dois Planos
1. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos projectantes frontais alfa e beta, sabendo
que:
- O plano alfa contém o ponto A (5; 4; 0) e faz um ângulo de 30º (a.p.e.) com o P.H.P.
- O plano beta contém os pontos B (0; 5; 0) e C (-5; -5; 5)
2. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos alfa e beta, sabendo que:
- O plano alfa é de topo, intersecta o eixo x num ponto com 5 de abcissa e faz um ângulo
de 45º (a.p.e.) com o P.H.P.
- O plano beta é um plano oblíquo e perpendicular ao b13
- O plano beta contém os pontos X (0; 0; 0) e A (-5; 0; 5)
3. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos alfa e beta, sabendo que:
- O plano alfa é de perfil e contém o ponto P (0; 3; 5)
- O plano beta é de rampa e contém o ponto P (3; 1)
- o traço horizontal do plano beta tem 5 cm de afastamento
4. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos de rampa, sabendo que:
- Os traços frontal e horizontal do plano teta têm, respectivamente, 7 cm de cota e 7 cm de
afastamento
- Os traços frontal e horizontal do plano pí têm, respectivamente, 4 cm de cota e 1,5 cm de
afastamento
5. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos de rampa, sabendo que:
- Os traços frontal e horizontal do plano teta têm, respectivamente, 7 cm de cota e 7 cm de
afastamento
- O plano beta contém o ponto P (3; 1), e o seu traço horizontal tem 5 cm de afastamento
6. Determine a recta de intersecção i dos planos de rampa alfa e beta
- o traço horizontal do plano alfa tem 4 de afastamento, e o seu traço frontal tem 5 de cota;
- o plano beta é definido pelo seu traço horizontal, que tem 6 de afastamento e pelo ponto B (O;
3; 2).
6. Determine as projecções da recta i de intersecção do plano beta com o plano alfa.
- o plano beta é horizontal e contém um ponto A (-5; 3; 7);
- o plano alfa é oblíquo e contem o ponto B (5; 2; 3);
- o traço horizontal do plano alfa cruza o eixo x no ponto de abcissa nula e faz, com a mesma,
um ângulo de 45º (abertura para a direita).
7. Determine as projecções da recta de intersecção, i, dos planos oblíquos αlfa e beta, que
contêm o mesmo ponto do eixo x.
– os traços do plano αlfa intersectam o eixo x no ponto com –1 de abcissa e fazem, ambos,
ângulos de 60º, de abertura para a direita, com esse mesmo eixo;
– o plano beta é definido pelo seu traço horizontal e pela recta b;
– o traço horizontal faz um ângulo de 20º, de abertura para a direita, com o eixo x;
– a recta b é de perfil passante e contém o ponto B (2; 6).
Metodos Geometricos Auxiliares
Rebatimento de planos projectantes
8. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence:
- α, vertical, que cruza o eixo x num ponto com - 2cm de abcissa e faz 55ºae;
- segmento de recta cujos extremos são os
pontos A(1;2) e B(4;-1).
9. Determinar o rebatimento do plano e do segmento:
a) sobre o PFP;
b) sobre o PHP.
10. Representar o plano e a recta que lhe pertence:
- α, do exercício anterior;
- p, recta passante cuja projecção frontal faz
60ºae.
Determinar o rebatimento do plano e da recta.
11. Representar o plano e as rectas que lhe pertencem:
- α, do exercício 1;
- n, recta horizontal com 3cm de cota;
- v, recta vertical com 3cm de afastamento.
Determinar o rebatimento do plano e das rectas.
12. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence:
- θ, de topo, que cruza o eixo x num ponto
com -3cm de abcissa e faz 40ºad;
- segmento de recta cujos extremos são os
pontos C(-1;-3) e D(4;2).
Determinar o rebatimento do plano e do segmento:
a) sobre o PHP;
b) sobre o PFP.
13. Representar o plano e a recta que lhe pertence:
- θ, do exercício anterior;
- r, paralela ao β2/4, cujo traço horizontal tem
4cm de afastamento.
Determinar o rebatimento do plano e da recta.
14. Representar o plano e as rectas que lhe perten-cem:
- θ, do exercício 5;
- t, de topo, com -2cm de cota;
- s, do β2/4.
Determinar o rebatimento do plano e das rectas.
15. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence:
- ρ, de perfil, com -1cm de abcissa;
- segmento de recta cujos extremos são os
pontos E(-1,5;-1,5) e F(2;-4).
Determinar o rebatimento do plano e do segmento.
16. Representar o plano e as rectas que lhe perten-cem:
- ρ, do exercício anterior;
- p, de perfil, cujos traços são H(-5;0) e
F(0;2);
- v, vertical, com 3cm de afastamento;
Determinar o rebatimento do plano e das rectas.
Rotações de segmentos de recta e rectas
17. Representar o segmento de recta [AB] e rodá-lo para horizontal.
- A(0;4;3); B(4;0;5)
18. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício anterior e rodá-lo para horizontal com
2cm de cota.
19. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício 17 e rodá-lo para frontal.
20. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício 17 e rodá-lo para frontal com 3cm de
afastamento.
21. Representar o segmento de recta [CD] e rodá-lo para de perfil.
- C(1;4;5); D(5;1;3)
22. Representar o segmento de recta do exercício anterior e rodá-lo para fronto-horizontal.
23. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para fronto-horizontal com 2cm
de afastamento e 1,5cm de cota.
24. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para de topo.
25. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para vertical com 3cm de
afastamento.
Mudanças de planos aplicadas a segmentos de recta e rectas
26. Representar o segmento de recta [AB] e mudá-lo para horizontal com 2cm de cota.
- A(0;4;3); B(4;0;5)
27. Representar o segmento de recta [AB] do exercício 26 e mudá-lo para frontal com 3cm de
afastamento.
28. Representar o segmento de recta [CD] e mudá-lo para de perfil.
- C(1;4;5); D(5;1;3)
29. Representar o segmento de recta do exercício anterior e mudá-lo para fronto-horizontal.
30. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para fronto-horizontal com 2cm
de afastamento e 1,5cm de cota.
31. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para de topo.
32. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para vertical com 3cm de
afastamen-to.
33. Representar a recta r que contém o ponto E(-4;4;3) e é paralela ao β2/4, fazendo a sua
projecção frontal 35ºad. Mudá-la para frontal com 2cm de afastamento.
34. Representar a recta r do exercício 33 e mudá-la para de perfil.
35. Representar a recta r do exercício 33 e mudá-la para fronto-horizontal do β1/3, com 2,5cm
de cota.
36. Representar a recta s, passante no ponto de abcissa nula, fazendo as suas projecções frontal
e horizontal 30ºae e 45ºae, respectivamente. Mudá-la para vertical com 3cm de afastamento.
37. Representar a recta s do exercício anterior e mudá-la para de topo com -2cm de cota.
38. Representar a recta s do exercício 36 e mudá-la de modo a que coincida com o eixo x.
39. Representar a recta s do exercício 36 e mudá-la para de perfil perpendicular ao β1/3.
Observação: Os exercicios do trabalho de ferias foram extraidos do livro Manual de Geometria
Descritiva - António Galrinho e no site http://www.veraviana.net/diedresolvidos.html#solidos
Elaborado pelo Professor : Avatar Cuamba

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de ferias 2017
Trabalho de ferias 2017Trabalho de ferias 2017
Trabalho de ferias 2017
Avatar Cuamba
 
Exercício de férias para 11ª classe
Exercício de férias para 11ª classeExercício de férias para 11ª classe
Exercício de férias para 11ª classe
Avatar Cuamba
 
Exercicios métodos geométricos auxiliares
Exercicios  métodos geométricos auxiliaresExercicios  métodos geométricos auxiliares
Exercicios métodos geométricos auxiliares
Avatar Cuamba
 
Trabalho de ferias do i trimestre
Trabalho de ferias do i trimestreTrabalho de ferias do i trimestre
Trabalho de ferias do i trimestre
Avatar Cuamba
 
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e EsferasInterseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
JooRicardoNeves
 
Solidossecres
SolidossecresSolidossecres
Solidossecres
guestbc7bfd
 
Interseção de uma reta com Poliedros
Interseção de uma reta com PoliedrosInterseção de uma reta com Poliedros
Interseção de uma reta com Poliedros
JooRicardoNeves
 
Exercício passo-a-passo pentágono difícil
Exercício passo-a-passo pentágono difícilExercício passo-a-passo pentágono difícil
Exercício passo-a-passo pentágono difícil
Jose H. Oliveira
 
Secções poliedros
Secções poliedrosSecções poliedros
Secções poliedros
guestbc7bfd
 
Secções de cones
Secções de conesSecções de cones
Secções de cones
guestbc7bfd
 
Secções de sólidos
Secções de sólidosSecções de sólidos
Secções de sólidos
Filomena Coelho
 
Secções
SecçõesSecções
Secções
Filomena Coelho
 
Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)
Kleber Carvalho
 
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampaExercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
Jose H. Oliveira
 
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º anoExercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
Jose H. Oliveira
 
Sombras
Sombras Sombras
Sombras
JooRicardoNeves
 
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquoExercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
Jose H. Oliveira
 
Solidospoliedros
SolidospoliedrosSolidospoliedros
Solidospoliedros
Renato Rocha
 
AXONOMETRIA CLINOGONAL
AXONOMETRIA CLINOGONALAXONOMETRIA CLINOGONAL
AXONOMETRIA CLINOGONAL
Jose H. Oliveira
 
Teste diagnóstico
Teste diagnósticoTeste diagnóstico
Teste diagnóstico
Vera Pereira
 

Mais procurados (20)

Trabalho de ferias 2017
Trabalho de ferias 2017Trabalho de ferias 2017
Trabalho de ferias 2017
 
Exercício de férias para 11ª classe
Exercício de férias para 11ª classeExercício de férias para 11ª classe
Exercício de férias para 11ª classe
 
Exercicios métodos geométricos auxiliares
Exercicios  métodos geométricos auxiliaresExercicios  métodos geométricos auxiliares
Exercicios métodos geométricos auxiliares
 
Trabalho de ferias do i trimestre
Trabalho de ferias do i trimestreTrabalho de ferias do i trimestre
Trabalho de ferias do i trimestre
 
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e EsferasInterseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
Interseção de uma reta com Cones, Cilindros e Esferas
 
Solidossecres
SolidossecresSolidossecres
Solidossecres
 
Interseção de uma reta com Poliedros
Interseção de uma reta com PoliedrosInterseção de uma reta com Poliedros
Interseção de uma reta com Poliedros
 
Exercício passo-a-passo pentágono difícil
Exercício passo-a-passo pentágono difícilExercício passo-a-passo pentágono difícil
Exercício passo-a-passo pentágono difícil
 
Secções poliedros
Secções poliedrosSecções poliedros
Secções poliedros
 
Secções de cones
Secções de conesSecções de cones
Secções de cones
 
Secções de sólidos
Secções de sólidosSecções de sólidos
Secções de sólidos
 
Secções
SecçõesSecções
Secções
 
Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)Lista de exercícios 1 (1)
Lista de exercícios 1 (1)
 
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampaExercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano rampa
 
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º anoExercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
Exercícios e soluções sólidos horizontais_frontais_perfil introdução 10º ano
 
Sombras
Sombras Sombras
Sombras
 
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquoExercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
Exercício passo-a-passo pirâmide em plano oblíquo
 
Solidospoliedros
SolidospoliedrosSolidospoliedros
Solidospoliedros
 
AXONOMETRIA CLINOGONAL
AXONOMETRIA CLINOGONALAXONOMETRIA CLINOGONAL
AXONOMETRIA CLINOGONAL
 
Teste diagnóstico
Teste diagnósticoTeste diagnóstico
Teste diagnóstico
 

Semelhante a Trabalho de ferias do i trimestre 11 classe 2019

Exame tipo treino E - e Resolução
Exame tipo treino E - e ResoluçãoExame tipo treino E - e Resolução
Exame tipo treino E - e Resolução
Jose H. Oliveira
 
Folha de exerciíos de aplicação
Folha de exerciíos de aplicação Folha de exerciíos de aplicação
Folha de exerciíos de aplicação
Cantinho do Saber
 
Lista 01 des geom 2ª are
Lista 01 des geom 2ª areLista 01 des geom 2ª are
Lista 01 des geom 2ª are
Prof Decio viana
 
Exame tipo treino G - e Resolução
Exame tipo treino G - e ResoluçãoExame tipo treino G - e Resolução
Exame tipo treino G - e Resolução
Jose H. Oliveira
 
Ponto e reta
Ponto e retaPonto e reta
Paral
ParalParal
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em planoExercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
Jose H. Oliveira
 
Exc trigon
Exc trigonExc trigon
Exercicicos - gd retas-re
Exercicicos   - gd retas-reExercicicos   - gd retas-re
Exercicicos - gd retas-re
Rafael Guanabens
 
Teste de avaliação n.º 3 versão a
Teste de avaliação n.º 3 versão aTeste de avaliação n.º 3 versão a
Teste de avaliação n.º 3 versão a
silvia_lfr
 
Resolução do exercício 050.pptx
Resolução do exercício 050.pptxResolução do exercício 050.pptx
Resolução do exercício 050.pptx
respirito
 
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdfNoções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
ElieteCarvalhoPinto1
 
Geometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da retaGeometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da reta
con_seguir
 
Paralrectasplanos
ParalrectasplanosParalrectasplanos
Paralrectasplanos
guestbc7bfd
 
Ef constucoes geometricas
Ef constucoes geometricasEf constucoes geometricas
Ef constucoes geometricas
Uclatandariel Uclatandariel
 
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E IIGEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
EASYMATICA
 
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geralDistância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
Jose H. Oliveira
 
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícilExercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
Jose H. Oliveira
 
Exrícicos secçoes
Exrícicos secçoesExrícicos secçoes
Exrícicos secçoes
Hugo Correia
 
Geometria.docx
Geometria.docxGeometria.docx
Geometria.docx
rmagaspar
 

Semelhante a Trabalho de ferias do i trimestre 11 classe 2019 (20)

Exame tipo treino E - e Resolução
Exame tipo treino E - e ResoluçãoExame tipo treino E - e Resolução
Exame tipo treino E - e Resolução
 
Folha de exerciíos de aplicação
Folha de exerciíos de aplicação Folha de exerciíos de aplicação
Folha de exerciíos de aplicação
 
Lista 01 des geom 2ª are
Lista 01 des geom 2ª areLista 01 des geom 2ª are
Lista 01 des geom 2ª are
 
Exame tipo treino G - e Resolução
Exame tipo treino G - e ResoluçãoExame tipo treino G - e Resolução
Exame tipo treino G - e Resolução
 
Ponto e reta
Ponto e retaPonto e reta
Ponto e reta
 
Paral
ParalParal
Paral
 
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em planoExercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
Exercicio passo-a-passo marcar ponto em plano
 
Exc trigon
Exc trigonExc trigon
Exc trigon
 
Exercicicos - gd retas-re
Exercicicos   - gd retas-reExercicicos   - gd retas-re
Exercicicos - gd retas-re
 
Teste de avaliação n.º 3 versão a
Teste de avaliação n.º 3 versão aTeste de avaliação n.º 3 versão a
Teste de avaliação n.º 3 versão a
 
Resolução do exercício 050.pptx
Resolução do exercício 050.pptxResolução do exercício 050.pptx
Resolução do exercício 050.pptx
 
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdfNoções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
Noções de Matemática - vol. 6 - Geometria Analítica.pdf
 
Geometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da retaGeometria analitica equacao da reta
Geometria analitica equacao da reta
 
Paralrectasplanos
ParalrectasplanosParalrectasplanos
Paralrectasplanos
 
Ef constucoes geometricas
Ef constucoes geometricasEf constucoes geometricas
Ef constucoes geometricas
 
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E IIGEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
GEOMETRIA ATIVIDADES GEOGEBRA PARTE I E II
 
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geralDistância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
Distância de um ponto a uma reta oblíqua - processo geral
 
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícilExercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
Exercício passo-a-passo rebatimento plano oblíquo_difícil
 
Exrícicos secçoes
Exrícicos secçoesExrícicos secçoes
Exrícicos secçoes
 
Geometria.docx
Geometria.docxGeometria.docx
Geometria.docx
 

Mais de Avatar Cuamba

Exposição
ExposiçãoExposição
Exposição
Avatar Cuamba
 
10ª classe parte 1 e 2 correção
10ª classe parte 1 e 2 correção10ª classe parte 1 e 2 correção
10ª classe parte 1 e 2 correção
Avatar Cuamba
 
12 02 01 2015 parte 1
12 02 01 2015 parte 112 02 01 2015 parte 1
12 02 01 2015 parte 1
Avatar Cuamba
 
Cortes secções 10ª classe
Cortes secções 10ª classeCortes secções 10ª classe
Cortes secções 10ª classe
Avatar Cuamba
 
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
Avatar Cuamba
 
12 01 03 teste provincial
12 01 03 teste provincial 12 01 03 teste provincial
12 01 03 teste provincial
Avatar Cuamba
 
Correcção 12 01 03 teste procincial
Correcção 12 01 03 teste procincialCorrecção 12 01 03 teste procincial
Correcção 12 01 03 teste procincial
Avatar Cuamba
 
11 02 01 2015
11 02 01 201511 02 01 2015
11 02 01 2015
Avatar Cuamba
 
12 02 02 parte 02
12 02 02 parte 0212 02 02 parte 02
12 02 02 parte 02
Avatar Cuamba
 
Perspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e texturaPerspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e textura
Avatar Cuamba
 
Ed. visual 10a classe
Ed. visual 10a classeEd. visual 10a classe
Ed. visual 10a classe
Avatar Cuamba
 
Historia de arte moçambicana
Historia de arte moçambicanaHistoria de arte moçambicana
Historia de arte moçambicana
Avatar Cuamba
 
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupoApresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
Avatar Cuamba
 
Arte gótica 2014
Arte gótica 2014Arte gótica 2014
Arte gótica 2014
Avatar Cuamba
 
Locais historicos do_patrimonio_cultural
Locais historicos  do_patrimonio_culturalLocais historicos  do_patrimonio_cultural
Locais historicos do_patrimonio_cultural
Avatar Cuamba
 
Arte
ArteArte
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
Avatar Cuamba
 

Mais de Avatar Cuamba (18)

Exposição
ExposiçãoExposição
Exposição
 
10ª classe parte 1 e 2 correção
10ª classe parte 1 e 2 correção10ª classe parte 1 e 2 correção
10ª classe parte 1 e 2 correção
 
12 02 01 2015 parte 1
12 02 01 2015 parte 112 02 01 2015 parte 1
12 02 01 2015 parte 1
 
11 02 01 2015
11 02 01 201511 02 01 2015
11 02 01 2015
 
Cortes secções 10ª classe
Cortes secções 10ª classeCortes secções 10ª classe
Cortes secções 10ª classe
 
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
Correcção 11 01 03 teste provincial 2015
 
12 01 03 teste provincial
12 01 03 teste provincial 12 01 03 teste provincial
12 01 03 teste provincial
 
Correcção 12 01 03 teste procincial
Correcção 12 01 03 teste procincialCorrecção 12 01 03 teste procincial
Correcção 12 01 03 teste procincial
 
11 02 01 2015
11 02 01 201511 02 01 2015
11 02 01 2015
 
12 02 02 parte 02
12 02 02 parte 0212 02 02 parte 02
12 02 02 parte 02
 
Perspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e texturaPerspectiva, cor e textura
Perspectiva, cor e textura
 
Ed. visual 10a classe
Ed. visual 10a classeEd. visual 10a classe
Ed. visual 10a classe
 
Historia de arte moçambicana
Historia de arte moçambicanaHistoria de arte moçambicana
Historia de arte moçambicana
 
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupoApresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
Apresentacao arte moderna e contemporânea v grupo
 
Arte gótica 2014
Arte gótica 2014Arte gótica 2014
Arte gótica 2014
 
Locais historicos do_patrimonio_cultural
Locais historicos  do_patrimonio_culturalLocais historicos  do_patrimonio_cultural
Locais historicos do_patrimonio_cultural
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
Plano estrategico da educacao 2012 a 2016
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 

Trabalho de ferias do i trimestre 11 classe 2019

  • 1. Trabalho de Férias de Transição do Iº Trimestre ao IIº Trimestre 2019 Observação: Escolha 20 Exercícios de forma alheatória e resolva na sua folha A3. 11ª Classe Intersecção de dois Planos 1. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos projectantes frontais alfa e beta, sabendo que: - O plano alfa contém o ponto A (5; 4; 0) e faz um ângulo de 30º (a.p.e.) com o P.H.P. - O plano beta contém os pontos B (0; 5; 0) e C (-5; -5; 5) 2. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos alfa e beta, sabendo que: - O plano alfa é de topo, intersecta o eixo x num ponto com 5 de abcissa e faz um ângulo de 45º (a.p.e.) com o P.H.P. - O plano beta é um plano oblíquo e perpendicular ao b13 - O plano beta contém os pontos X (0; 0; 0) e A (-5; 0; 5) 3. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos alfa e beta, sabendo que: - O plano alfa é de perfil e contém o ponto P (0; 3; 5) - O plano beta é de rampa e contém o ponto P (3; 1) - o traço horizontal do plano beta tem 5 cm de afastamento 4. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos de rampa, sabendo que: - Os traços frontal e horizontal do plano teta têm, respectivamente, 7 cm de cota e 7 cm de afastamento - Os traços frontal e horizontal do plano pí têm, respectivamente, 4 cm de cota e 1,5 cm de afastamento 5. Determina a recta de intersecção i, entre dois planos de rampa, sabendo que: - Os traços frontal e horizontal do plano teta têm, respectivamente, 7 cm de cota e 7 cm de
  • 2. afastamento - O plano beta contém o ponto P (3; 1), e o seu traço horizontal tem 5 cm de afastamento 6. Determine a recta de intersecção i dos planos de rampa alfa e beta - o traço horizontal do plano alfa tem 4 de afastamento, e o seu traço frontal tem 5 de cota; - o plano beta é definido pelo seu traço horizontal, que tem 6 de afastamento e pelo ponto B (O; 3; 2). 6. Determine as projecções da recta i de intersecção do plano beta com o plano alfa. - o plano beta é horizontal e contém um ponto A (-5; 3; 7); - o plano alfa é oblíquo e contem o ponto B (5; 2; 3); - o traço horizontal do plano alfa cruza o eixo x no ponto de abcissa nula e faz, com a mesma, um ângulo de 45º (abertura para a direita). 7. Determine as projecções da recta de intersecção, i, dos planos oblíquos αlfa e beta, que contêm o mesmo ponto do eixo x. – os traços do plano αlfa intersectam o eixo x no ponto com –1 de abcissa e fazem, ambos, ângulos de 60º, de abertura para a direita, com esse mesmo eixo; – o plano beta é definido pelo seu traço horizontal e pela recta b; – o traço horizontal faz um ângulo de 20º, de abertura para a direita, com o eixo x; – a recta b é de perfil passante e contém o ponto B (2; 6). Metodos Geometricos Auxiliares Rebatimento de planos projectantes 8. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence: - α, vertical, que cruza o eixo x num ponto com - 2cm de abcissa e faz 55ºae; - segmento de recta cujos extremos são os pontos A(1;2) e B(4;-1). 9. Determinar o rebatimento do plano e do segmento:
  • 3. a) sobre o PFP; b) sobre o PHP. 10. Representar o plano e a recta que lhe pertence: - α, do exercício anterior; - p, recta passante cuja projecção frontal faz 60ºae. Determinar o rebatimento do plano e da recta. 11. Representar o plano e as rectas que lhe pertencem: - α, do exercício 1; - n, recta horizontal com 3cm de cota; - v, recta vertical com 3cm de afastamento. Determinar o rebatimento do plano e das rectas. 12. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence: - θ, de topo, que cruza o eixo x num ponto com -3cm de abcissa e faz 40ºad; - segmento de recta cujos extremos são os pontos C(-1;-3) e D(4;2). Determinar o rebatimento do plano e do segmento: a) sobre o PHP; b) sobre o PFP. 13. Representar o plano e a recta que lhe pertence: - θ, do exercício anterior; - r, paralela ao β2/4, cujo traço horizontal tem 4cm de afastamento. Determinar o rebatimento do plano e da recta. 14. Representar o plano e as rectas que lhe perten-cem: - θ, do exercício 5; - t, de topo, com -2cm de cota; - s, do β2/4.
  • 4. Determinar o rebatimento do plano e das rectas. 15. Representar o plano e o segmento de recta que lhe pertence: - ρ, de perfil, com -1cm de abcissa; - segmento de recta cujos extremos são os pontos E(-1,5;-1,5) e F(2;-4). Determinar o rebatimento do plano e do segmento. 16. Representar o plano e as rectas que lhe perten-cem: - ρ, do exercício anterior; - p, de perfil, cujos traços são H(-5;0) e F(0;2); - v, vertical, com 3cm de afastamento; Determinar o rebatimento do plano e das rectas. Rotações de segmentos de recta e rectas 17. Representar o segmento de recta [AB] e rodá-lo para horizontal. - A(0;4;3); B(4;0;5) 18. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício anterior e rodá-lo para horizontal com 2cm de cota. 19. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício 17 e rodá-lo para frontal. 20. Representar o segmento de recta [AB] do exer-cício 17 e rodá-lo para frontal com 3cm de afastamento. 21. Representar o segmento de recta [CD] e rodá-lo para de perfil. - C(1;4;5); D(5;1;3) 22. Representar o segmento de recta do exercício anterior e rodá-lo para fronto-horizontal. 23. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para fronto-horizontal com 2cm de afastamento e 1,5cm de cota. 24. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para de topo. 25. Representar o segmento de recta do exercício 21 e rodá-lo para vertical com 3cm de afastamento.
  • 5. Mudanças de planos aplicadas a segmentos de recta e rectas 26. Representar o segmento de recta [AB] e mudá-lo para horizontal com 2cm de cota. - A(0;4;3); B(4;0;5) 27. Representar o segmento de recta [AB] do exercício 26 e mudá-lo para frontal com 3cm de afastamento. 28. Representar o segmento de recta [CD] e mudá-lo para de perfil. - C(1;4;5); D(5;1;3) 29. Representar o segmento de recta do exercício anterior e mudá-lo para fronto-horizontal. 30. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para fronto-horizontal com 2cm de afastamento e 1,5cm de cota. 31. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para de topo. 32. Representar o segmento de recta do exercício 28 e mudá-lo para vertical com 3cm de afastamen-to. 33. Representar a recta r que contém o ponto E(-4;4;3) e é paralela ao β2/4, fazendo a sua projecção frontal 35ºad. Mudá-la para frontal com 2cm de afastamento. 34. Representar a recta r do exercício 33 e mudá-la para de perfil. 35. Representar a recta r do exercício 33 e mudá-la para fronto-horizontal do β1/3, com 2,5cm de cota. 36. Representar a recta s, passante no ponto de abcissa nula, fazendo as suas projecções frontal e horizontal 30ºae e 45ºae, respectivamente. Mudá-la para vertical com 3cm de afastamento. 37. Representar a recta s do exercício anterior e mudá-la para de topo com -2cm de cota. 38. Representar a recta s do exercício 36 e mudá-la de modo a que coincida com o eixo x. 39. Representar a recta s do exercício 36 e mudá-la para de perfil perpendicular ao β1/3. Observação: Os exercicios do trabalho de ferias foram extraidos do livro Manual de Geometria Descritiva - António Galrinho e no site http://www.veraviana.net/diedresolvidos.html#solidos Elaborado pelo Professor : Avatar Cuamba