SlideShare uma empresa Scribd logo
Lidando com momentos de desmotivação
Por Glauco Bresciani
Qualquer projeto no qual nos embrenhamos revela momentos de grande dificuldade e
de desmotivação que fogem ao nosso controle. Notei ao longo de minha trajetória nos
estudos para concurso público que a luta contra tais situações ou a mitigação de seus efeitos
são tão essenciais como a organização e a disciplina para o estudo. Mais uma vez elaborei
um texto com base em experiências vivenciadas e espero contribuir em sua jornada.
Identifiquei dois grandes gatilhos para o desânimo e a desmotivação que são as
reprovações e a comparação com outros candidatos. A primeira é extremamente dolorosa,
pois temos estágios na jornada de estudos. Logo no início temos a justificativa de não ter
estudado muito, e ouvimos bastante isso ao final das provas “não estava difícil, garanto que
se já estivesse estudando bastante passaria fácil”. O fato é que mesmo estudando, muito,
muito mesmo, continuamos sendo reprovados.
Temos que lidar com isso. Confesso que demorei bastante a aprender. O concurso
público acaba se tornando um apurador da alma humana, por meio dele somos forçados a
sermos humildes.
Eu ficava muito abatido nas reprovações. Recordo-me que já estava sendo aprovado
para a terceira fase, e tinha certeza que seria aprovado em uma prova de segunda fase que
fiz. Tão certo que fui com minha esposa e minha filha de 1 aninho, na época, assistir à
sessão de divulgação dos aprovados. Para minha tristeza fui reprovado. A partir dali voltei a
ser reprovado inclusive em primeiras fases, na verdade foram cinco reprovações em provas
de primeira fase seguidas, pelo simples fato de não me recuperar.
Comecei a prestar a atenção em dois amigos que haviam sido aprovados, um deles
sempre dizia “não seja soldadinho de chumbo que cai e não se levanta”, o outro foi
reprovado em uma prova oral e aprovado no concurso imediatamente seguinte que prestou.
Segui os exemplos deles. É difícil, dói, e nos momentos de desânimo, comecei a escrever
em um caderninho que guardo até hoje “a tristeza só atrasa minha aprovação”.
Recordo-me que em determinado momento estava tão motivado com os resultados
que eu citava artigos, jurisprudência e tudo mais de cabeça. Fazia provas de primeira fase já
me matriculando em cursos de sentença. Fiz 92 em um prova de primeira fase. Perceba que
interessante... não fui aprovado nessa época. Naturalmente me desmotivei e na realidade
quando fui aprovado não atingi aquele índice de motivação e plenitude de conhecimento e
cheguei à conclusão de que realmente a tristeza não ajuda em nada, mas a aprovação e
reprovação fogem de nosso controle. É questão de fé mesmo.
Cada um tem aspectos que te motivam. Você deve se conhecer e ser sincero consigo
mesmo, o que é muito difícil. Pode ser que almeje dinheiro, status, reconhecimento. Seja
honesto, descubra o motivo que te leva a ser Juiz do Trabalho, esta aí sua motivação.
Descubra também quem são seus sabotadores internos e externos. Tem pessoas que sugam
nossa energia, fuja delas, conheça-te a ti mesmo e não conte a ninguém.
Uma passagem bíblica me motivou bastante. No livro de Juízes está escrito sobre
Gideão, ele passou por momentos de desânimo antes de vencer os midianitas e em um
desses momentos, um soldado ouviu que uma pessoa sonhou com um pão torrado passando
sobre o exército dos midianitas.
Com base neste sonho que ouviu de um terceiro, Gideão se motivou e com trezentos
homens venceu uma guerra considerada perdida. Eu ficava invocado porque o sonho
relatado não tinha sentido para mim, mas percebi que se nós acreditarmos, qualquer coisa
pode nos motivar e se nos faz bem devemos seguir aquilo, ainda que não faça sentido.
Uma frase que li quando passei no exame da O.A.B também me ajudou, “não se
vanglorie demais nas vitórias e nem se abata demais nas derrotas”. Em outras palavras,
equilíbrio entre a soberba e o desânimo.
A comparação com as outras pessoas nem merece comentários, porque não serve para
nada mesmo, pois cada uma tem uma história diferente, existem pessoas casadas, outras
solteiras, uns que fizeram uma faculdade, outros duas, pessoas com filhos outras sem. Não
se compare com os outros, pois apenas serve para te deixar soberbo, ou deprimido atrasando
sua jornada.
Em resumo, seja verdadeiro consigo mesmo, busque o que te motiva e fuja da
desmotivação, isso te ajudará para a vida toda. Em caso de reprovação, dê dois dias para a
mágoa e depois disso siga em frente, escreva projetos de estudo, tenho vários, quando for
aprovado lerá com muito orgulho e carinho. A organização nos ajuda a estudar mesmo
quando estamos desmotivados. Levante, caminhe, tenha força moderada para não se esgotar
antes da aprovação, a magistratura do trabalho te aguarda e garanto que sua carreira será
muito melhor e mais nobre do que imagina.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Ricardo Silva
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
Welton Matos
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
Marcelo Cordeiro Souza
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
sergionunes12
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
Blog Amiga da Pedagogia By Nathália
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
Marcelo Cordeiro Souza
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
Claudia Elisabete Silva
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Rosangela Moreira
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
AdrianoSilvestre6
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Roseli Basellotto
 
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
Graça Sousa
 
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
francisleide
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Jaqueline Sarges
 
Plano de Ação Matemática
Plano de Ação MatemáticaPlano de Ação Matemática
Plano de Ação Matemática
Manuel de Abreu
 
Tutoria e orientação de estudos
Tutoria e orientação de estudosTutoria e orientação de estudos
Tutoria e orientação de estudos
ELZA PIRES
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápis
fatimacris123
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
SandraRombi
 
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIOTUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
Dellon Sousa
 
Sugestões de temas para o pré projeto
  Sugestões de temas para o pré projeto  Sugestões de temas para o pré projeto
Sugestões de temas para o pré projeto
Wellington Alves
 
Dinâmicas projeto auto estima
Dinâmicas projeto auto estimaDinâmicas projeto auto estima
Dinâmicas projeto auto estima
rosangelars
 

Mais procurados (20)

Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Trabalho em equipe
Trabalho em equipeTrabalho em equipe
Trabalho em equipe
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
 
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos Para Suas Aulas
 
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
Coletânea de dinâmicas de grupo e textos reflexivos soe-colinas-2010
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
 
Plano de Ação Matemática
Plano de Ação MatemáticaPlano de Ação Matemática
Plano de Ação Matemática
 
Tutoria e orientação de estudos
Tutoria e orientação de estudosTutoria e orientação de estudos
Tutoria e orientação de estudos
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápis
 
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
Formação para os Professores, Premissas: Excelência em Gestão, Corresponsabil...
 
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIOTUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
TUTORIA - NOVO ENSINO MÉDIO
 
Sugestões de temas para o pré projeto
  Sugestões de temas para o pré projeto  Sugestões de temas para o pré projeto
Sugestões de temas para o pré projeto
 
Dinâmicas projeto auto estima
Dinâmicas projeto auto estimaDinâmicas projeto auto estima
Dinâmicas projeto auto estima
 

Destaque

Etapa Motivação
Etapa MotivaçãoEtapa Motivação
Etapa Motivação
Clécio Bubela
 
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco BrescianiDicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
Wagson Filho
 
Textos de motivação
Textos de motivaçãoTextos de motivação
Textos de motivação
Fabiana Oliveira
 
Textos motivacionais e dicas de estudos
Textos motivacionais e dicas de estudosTextos motivacionais e dicas de estudos
Textos motivacionais e dicas de estudos
Wallace Sousa
 
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
camilarossi
 
Ciencias no cotidiano[1][1]
Ciencias no cotidiano[1][1]Ciencias no cotidiano[1][1]
Ciencias no cotidiano[1][1]
Rogerio Annanias Pires
 
Resolução 1861 de 2016 do TST
Resolução 1861 de 2016 do TSTResolução 1861 de 2016 do TST
Resolução 1861 de 2016 do TST
Wagson Filho
 
Caderno de direitos humanos
Caderno de direitos humanosCaderno de direitos humanos
Caderno de direitos humanos
Wagson Filho
 
Slides de motivação(vi caminhada)
Slides de motivação(vi caminhada)Slides de motivação(vi caminhada)
Slides de motivação(vi caminhada)
paroquiacosminho
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
Clécio Bubela
 
Caminhar é preciso
Caminhar é precisoCaminhar é preciso
Caminhar é preciso
TGI Consultoria em Gestão
 
119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo
Pelo Siro
 
21p, segredos da motivação
21p, segredos da motivação21p, segredos da motivação
21p, segredos da motivação
Valentina Silva
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
António Machado
 
Ciência e cotidiano: uma combinação possível
Ciência e cotidiano: uma combinação possívelCiência e cotidiano: uma combinação possível
Ciência e cotidiano: uma combinação possível
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
Planejamento / Reflexão
Planejamento / ReflexãoPlanejamento / Reflexão
Planejamento / Reflexão
cejad
 
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Dinâmicas
DinâmicasDinâmicas
Dinâmicas
Silvana
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
manoeel
 
Dinamicas para professores
Dinamicas para professoresDinamicas para professores
Dinamicas para professores
Vinicius O Resiliente
 

Destaque (20)

Etapa Motivação
Etapa MotivaçãoEtapa Motivação
Etapa Motivação
 
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco BrescianiDicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
Dicas para provas objetivas - Professor Glauco Bresciani
 
Textos de motivação
Textos de motivaçãoTextos de motivação
Textos de motivação
 
Textos motivacionais e dicas de estudos
Textos motivacionais e dicas de estudosTextos motivacionais e dicas de estudos
Textos motivacionais e dicas de estudos
 
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1Alexandre Rangel   O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
Alexandre Rangel O Que Podemos Aprender Com Os Gansos 1
 
Ciencias no cotidiano[1][1]
Ciencias no cotidiano[1][1]Ciencias no cotidiano[1][1]
Ciencias no cotidiano[1][1]
 
Resolução 1861 de 2016 do TST
Resolução 1861 de 2016 do TSTResolução 1861 de 2016 do TST
Resolução 1861 de 2016 do TST
 
Caderno de direitos humanos
Caderno de direitos humanosCaderno de direitos humanos
Caderno de direitos humanos
 
Slides de motivação(vi caminhada)
Slides de motivação(vi caminhada)Slides de motivação(vi caminhada)
Slides de motivação(vi caminhada)
 
Etapa superação
Etapa superaçãoEtapa superação
Etapa superação
 
Caminhar é preciso
Caminhar é precisoCaminhar é preciso
Caminhar é preciso
 
119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo119127311 2638.comportamentalismo
119127311 2638.comportamentalismo
 
21p, segredos da motivação
21p, segredos da motivação21p, segredos da motivação
21p, segredos da motivação
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Ciência e cotidiano: uma combinação possível
Ciência e cotidiano: uma combinação possívelCiência e cotidiano: uma combinação possível
Ciência e cotidiano: uma combinação possível
 
Planejamento / Reflexão
Planejamento / ReflexãoPlanejamento / Reflexão
Planejamento / Reflexão
 
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
A renovação da águia [www.esbocosermao.com]
 
Dinâmicas
DinâmicasDinâmicas
Dinâmicas
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Dinamicas para professores
Dinamicas para professoresDinamicas para professores
Dinamicas para professores
 

Semelhante a Texto motivacional - Glauco Bresciani

Como tornar o impossível, possível em concursos.
Como tornar o impossível, possível em concursos.Como tornar o impossível, possível em concursos.
Como tornar o impossível, possível em concursos.
RFD_1971
 
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
JessicaMarques697975
 
E book 7_estrategias
E book 7_estrategiasE book 7_estrategias
E book 7_estrategias
DeuzenirACarneiro
 
A chave da_felicidade
A chave da_felicidadeA chave da_felicidade
A chave da_felicidade
Luciano Soares
 
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
Priscila Stuani
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
Bernadete Costa
 
OPoderDaAcao.pdf
OPoderDaAcao.pdfOPoderDaAcao.pdf
OPoderDaAcao.pdf
ElisamaraModesto
 
O poder-da-acao
O poder-da-acaoO poder-da-acao
O poder-da-acao
Júlio César
 
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximoMindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
laissaamerico97
 
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmoAutoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
canalconquistar
 
3 atitudes essenciais para aprender inglês
3 atitudes essenciais para aprender inglês3 atitudes essenciais para aprender inglês
3 atitudes essenciais para aprender inglês
Jonatas Lacerda
 
As 3 atitudes essenciais para aprender inglês
As 3 atitudes essenciais para aprender inglêsAs 3 atitudes essenciais para aprender inglês
As 3 atitudes essenciais para aprender inglês
Jonatas Lacerda
 
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª edConcurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
Wallace Sousa
 
O poder dos inquietos chris guillebeau
O poder dos inquietos   chris guillebeauO poder dos inquietos   chris guillebeau
O poder dos inquietos chris guillebeau
Soraya1965
 
500 an 05_novembro_2014.ok
500 an 05_novembro_2014.ok500 an 05_novembro_2014.ok
500 an 05_novembro_2014.ok
Roberto Rabat Chame
 
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptxPsioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Henriette Russo
 
10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima
Boni Santos
 
Auto estima
Auto estimaAuto estima
Auto estima
Bolucy SaScarlet
 
7 dicas motivadoras
7 dicas motivadoras7 dicas motivadoras
A chave da_felicidade
A chave da_felicidadeA chave da_felicidade
A chave da_felicidade
Juliennerecepcoes
 

Semelhante a Texto motivacional - Glauco Bresciani (20)

Como tornar o impossível, possível em concursos.
Como tornar o impossível, possível em concursos.Como tornar o impossível, possível em concursos.
Como tornar o impossível, possível em concursos.
 
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
4. Eu sou um perdedor - autocritica - venca a depressao.pdf
 
E book 7_estrategias
E book 7_estrategiasE book 7_estrategias
E book 7_estrategias
 
A chave da_felicidade
A chave da_felicidadeA chave da_felicidade
A chave da_felicidade
 
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
8 pilares para uma vida extraordinária - ebook
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
 
OPoderDaAcao.pdf
OPoderDaAcao.pdfOPoderDaAcao.pdf
OPoderDaAcao.pdf
 
O poder-da-acao
O poder-da-acaoO poder-da-acao
O poder-da-acao
 
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximoMindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
Mindset de sucesso desenvolva sua mente ao maximo
 
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmoAutoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
Autoconfiança – como ser mais confiante hoje mesmo
 
3 atitudes essenciais para aprender inglês
3 atitudes essenciais para aprender inglês3 atitudes essenciais para aprender inglês
3 atitudes essenciais para aprender inglês
 
As 3 atitudes essenciais para aprender inglês
As 3 atitudes essenciais para aprender inglêsAs 3 atitudes essenciais para aprender inglês
As 3 atitudes essenciais para aprender inglês
 
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª edConcurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
Concurso Público - Como Estudar Corretamente - 5ª ed
 
O poder dos inquietos chris guillebeau
O poder dos inquietos   chris guillebeauO poder dos inquietos   chris guillebeau
O poder dos inquietos chris guillebeau
 
500 an 05_novembro_2014.ok
500 an 05_novembro_2014.ok500 an 05_novembro_2014.ok
500 an 05_novembro_2014.ok
 
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptxPsioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
Psioeducação para o Autoconhecimento Luiciane.pptx
 
10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima10 passos para levantar sua auto estima
10 passos para levantar sua auto estima
 
Auto estima
Auto estimaAuto estima
Auto estima
 
7 dicas motivadoras
7 dicas motivadoras7 dicas motivadoras
7 dicas motivadoras
 
A chave da_felicidade
A chave da_felicidadeA chave da_felicidade
A chave da_felicidade
 

Mais de Wagson Filho

Acórdão do TRT-10
Acórdão do TRT-10Acórdão do TRT-10
Acórdão do TRT-10
Wagson Filho
 
Acórdão do TRT-4
Acórdão do TRT-4Acórdão do TRT-4
Acórdão do TRT-4
Wagson Filho
 
Acórdão do STM
Acórdão do STMAcórdão do STM
Acórdão do STM
Wagson Filho
 
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo MolinaPalestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
Wagson Filho
 
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva SeletivaTabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
Wagson Filho
 
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do TrabalhoComissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
Wagson Filho
 
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e MelloDepoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
Wagson Filho
 
Acórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
Acórdão do Tribunal de Justiça de GoiásAcórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
Acórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
Wagson Filho
 
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
Wagson Filho
 
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiroA receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
Wagson Filho
 
Dicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
Dicas para provas orais - Professor Acácio GarciaDicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
Dicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
Wagson Filho
 
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no BrasilSistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Wagson Filho
 
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo NetoA dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
Wagson Filho
 
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de OliveiraDepoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
Wagson Filho
 
Dicas para provas dissertativas
Dicas para provas dissertativasDicas para provas dissertativas
Dicas para provas dissertativas
Wagson Filho
 
Depoimento de um aprovado
Depoimento de um aprovadoDepoimento de um aprovado
Depoimento de um aprovado
Wagson Filho
 
Direito fundamental da proteção em face da automação
Direito fundamental da proteção em face da automaçãoDireito fundamental da proteção em face da automação
Direito fundamental da proteção em face da automação
Wagson Filho
 
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalhoA aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
Wagson Filho
 
Recurso da prova objetiva - TRT8
Recurso da prova objetiva - TRT8Recurso da prova objetiva - TRT8
Recurso da prova objetiva - TRT8
Wagson Filho
 
Recurso da prova objetiva - TRT2
Recurso da prova objetiva - TRT2Recurso da prova objetiva - TRT2
Recurso da prova objetiva - TRT2
Wagson Filho
 

Mais de Wagson Filho (20)

Acórdão do TRT-10
Acórdão do TRT-10Acórdão do TRT-10
Acórdão do TRT-10
 
Acórdão do TRT-4
Acórdão do TRT-4Acórdão do TRT-4
Acórdão do TRT-4
 
Acórdão do STM
Acórdão do STMAcórdão do STM
Acórdão do STM
 
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo MolinaPalestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
Palestra sobre a Reforma Trabalhista - André Araujo Molina
 
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva SeletivaTabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
Tabela didática sobre a Comissão Examinadora da Prova Objetiva Seletiva
 
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do TrabalhoComissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
Comissões do Primeiro Concurso Nacional Unificado da Magistratura do Trabalho
 
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e MelloDepoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
Depoimento da Juíza Samantha Fonseca Steil Santos e Mello
 
Acórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
Acórdão do Tribunal de Justiça de GoiásAcórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
Acórdão do Tribunal de Justiça de Goiás
 
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA DO TST Nº 1849, DE 27 DE SETEMBRO DE 2016
 
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiroA receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
 
Dicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
Dicas para provas orais - Professor Acácio GarciaDicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
Dicas para provas orais - Professor Acácio Garcia
 
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no BrasilSistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
 
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo NetoA dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
A dois passos do paraíso - Professor Geraldo Furtado de Araújo Neto
 
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de OliveiraDepoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
Depoimento e dicas - Professor Luciano José de Oliveira
 
Dicas para provas dissertativas
Dicas para provas dissertativasDicas para provas dissertativas
Dicas para provas dissertativas
 
Depoimento de um aprovado
Depoimento de um aprovadoDepoimento de um aprovado
Depoimento de um aprovado
 
Direito fundamental da proteção em face da automação
Direito fundamental da proteção em face da automaçãoDireito fundamental da proteção em face da automação
Direito fundamental da proteção em face da automação
 
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalhoA aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
A aplicação da teoria da perda de uma chance na justiça do trabalho
 
Recurso da prova objetiva - TRT8
Recurso da prova objetiva - TRT8Recurso da prova objetiva - TRT8
Recurso da prova objetiva - TRT8
 
Recurso da prova objetiva - TRT2
Recurso da prova objetiva - TRT2Recurso da prova objetiva - TRT2
Recurso da prova objetiva - TRT2
 

Texto motivacional - Glauco Bresciani

  • 1. Lidando com momentos de desmotivação Por Glauco Bresciani Qualquer projeto no qual nos embrenhamos revela momentos de grande dificuldade e de desmotivação que fogem ao nosso controle. Notei ao longo de minha trajetória nos estudos para concurso público que a luta contra tais situações ou a mitigação de seus efeitos são tão essenciais como a organização e a disciplina para o estudo. Mais uma vez elaborei um texto com base em experiências vivenciadas e espero contribuir em sua jornada. Identifiquei dois grandes gatilhos para o desânimo e a desmotivação que são as reprovações e a comparação com outros candidatos. A primeira é extremamente dolorosa, pois temos estágios na jornada de estudos. Logo no início temos a justificativa de não ter estudado muito, e ouvimos bastante isso ao final das provas “não estava difícil, garanto que se já estivesse estudando bastante passaria fácil”. O fato é que mesmo estudando, muito, muito mesmo, continuamos sendo reprovados. Temos que lidar com isso. Confesso que demorei bastante a aprender. O concurso público acaba se tornando um apurador da alma humana, por meio dele somos forçados a sermos humildes. Eu ficava muito abatido nas reprovações. Recordo-me que já estava sendo aprovado para a terceira fase, e tinha certeza que seria aprovado em uma prova de segunda fase que fiz. Tão certo que fui com minha esposa e minha filha de 1 aninho, na época, assistir à sessão de divulgação dos aprovados. Para minha tristeza fui reprovado. A partir dali voltei a ser reprovado inclusive em primeiras fases, na verdade foram cinco reprovações em provas de primeira fase seguidas, pelo simples fato de não me recuperar. Comecei a prestar a atenção em dois amigos que haviam sido aprovados, um deles sempre dizia “não seja soldadinho de chumbo que cai e não se levanta”, o outro foi reprovado em uma prova oral e aprovado no concurso imediatamente seguinte que prestou. Segui os exemplos deles. É difícil, dói, e nos momentos de desânimo, comecei a escrever em um caderninho que guardo até hoje “a tristeza só atrasa minha aprovação”.
  • 2. Recordo-me que em determinado momento estava tão motivado com os resultados que eu citava artigos, jurisprudência e tudo mais de cabeça. Fazia provas de primeira fase já me matriculando em cursos de sentença. Fiz 92 em um prova de primeira fase. Perceba que interessante... não fui aprovado nessa época. Naturalmente me desmotivei e na realidade quando fui aprovado não atingi aquele índice de motivação e plenitude de conhecimento e cheguei à conclusão de que realmente a tristeza não ajuda em nada, mas a aprovação e reprovação fogem de nosso controle. É questão de fé mesmo. Cada um tem aspectos que te motivam. Você deve se conhecer e ser sincero consigo mesmo, o que é muito difícil. Pode ser que almeje dinheiro, status, reconhecimento. Seja honesto, descubra o motivo que te leva a ser Juiz do Trabalho, esta aí sua motivação. Descubra também quem são seus sabotadores internos e externos. Tem pessoas que sugam nossa energia, fuja delas, conheça-te a ti mesmo e não conte a ninguém. Uma passagem bíblica me motivou bastante. No livro de Juízes está escrito sobre Gideão, ele passou por momentos de desânimo antes de vencer os midianitas e em um desses momentos, um soldado ouviu que uma pessoa sonhou com um pão torrado passando sobre o exército dos midianitas. Com base neste sonho que ouviu de um terceiro, Gideão se motivou e com trezentos homens venceu uma guerra considerada perdida. Eu ficava invocado porque o sonho relatado não tinha sentido para mim, mas percebi que se nós acreditarmos, qualquer coisa pode nos motivar e se nos faz bem devemos seguir aquilo, ainda que não faça sentido. Uma frase que li quando passei no exame da O.A.B também me ajudou, “não se vanglorie demais nas vitórias e nem se abata demais nas derrotas”. Em outras palavras, equilíbrio entre a soberba e o desânimo. A comparação com as outras pessoas nem merece comentários, porque não serve para nada mesmo, pois cada uma tem uma história diferente, existem pessoas casadas, outras solteiras, uns que fizeram uma faculdade, outros duas, pessoas com filhos outras sem. Não
  • 3. se compare com os outros, pois apenas serve para te deixar soberbo, ou deprimido atrasando sua jornada. Em resumo, seja verdadeiro consigo mesmo, busque o que te motiva e fuja da desmotivação, isso te ajudará para a vida toda. Em caso de reprovação, dê dois dias para a mágoa e depois disso siga em frente, escreva projetos de estudo, tenho vários, quando for aprovado lerá com muito orgulho e carinho. A organização nos ajuda a estudar mesmo quando estamos desmotivados. Levante, caminhe, tenha força moderada para não se esgotar antes da aprovação, a magistratura do trabalho te aguarda e garanto que sua carreira será muito melhor e mais nobre do que imagina.