SlideShare uma empresa Scribd logo
Terapias Fetais
DISCIPLINA: BIOLOGIA 1
PROF.ª LISIANE
1
Melissa Possa Nunes
Bacharelado em Enfermagem
Junho de 2014
Medicina Fetal
Uma gestação pode ser considerada de alto risco
quando apresentar alguma condição patológica,
isto é, alguma doença ou condição biológica
desfavorável, com consequências para a mãe ou
para o bebê.
Condições socioeconômicas, demográficas e
culturais também podem aumentar a chance de
alguma complicação.
2
Patologias
São inúmeras as patologias que podem ser
prevenidas e tratadas ainda durante a gestação.
As mais comuns incluem:
 Hérnia diafragmática,
 Anemia fetal,
 Obstrução urinária,
 Síndrome de Transfusão Feto-Fetal (STTF)
 Vários tipos de cardiopatias.
3
Saúde Fetal
(Exames)
A técnica do PRATIC reúne consulta de aconselhamento pré-
teste, ultrassonografias com dopplerfluxometria para
avaliação dos marcadores fetais do primeiro semestre
(translucência nucal, osso nasal e ducto venoso), dosagem
bioquímica materna, cálculos de risco gestacional, além de
consulta e aconselhamento pós-teste.
Esta técnica, agora ampliada, permitirá também o
rastreamento da pré-eclâmpsia e do parto prematuro, ainda
no primeiro trimestre (PRATIC-PLUS), por meio da
incorporação de um novo software de cálculo de risco e de
novas dosagens bioquímicas.
 Ultrassonografia Obstétrica
 Ultrassonografia Obstétrica
Morfológica
 Dopplervelocimetria Obstétrica
 Cardiotocografia
 Perfil Biofísico Fetal (PBF)
 Ecocardiografia Fetal
 Biópsia de Vilo Corial
 Amniocentese
 Cordocentese
4
Exames Fetais
5
Exames Fetais
Eletrocardiografia
fetal
Translucência
Nucal
Ecocardiografia
Fetal
OssoNasal
DuctoVenoso
6
Terapia Fetal
O progresso nas técnicas de diagnóstico pré-natal gerou a possibilidade de novas formas de
terapia fetal, visando prevenir e tratar um grande número de patologias que acometem o feto.
O feto tornou-se um ‘paciente’.
7
Terapias Fetais Já os tratamentos são os seguintes:
 Terapêutica fetal medicamentosa;
 Transfusão intra-útero
 Amnioinfusão.
Já a cirurgia fetal pode ser dividida nas seguintes
especialidades:
 Amnioredução;
 Derivações intrauterinas;
 Derivação ventrículo-amniótica;
 Derivação tóraco-amniótica;
 Cirurgia fetal endoscópica (Fetoscopia).
Algumas condições são passíveis de
tratamento ainda no interior do útero:
- hérnia diafragmática;
- complicações com gêmeos;
- incompatibilidade de fator RH;
- alterações de ritmo cardíaco;
- derrames cavitários;
- defeitos do tubo neural.
8
Tipos de Terapias Conhecidas
9
Cirurgias Fetais (endoscópicas)
10
A impressionante história de Samuel Alexander Armas,
o feto com espinha bífida.
A foto foi tirada em 19 de agosto de 1999, na Universidade de Vanderbilt Medical Center, em Nashville
TN., Durante um procedimento incrível para corrigir a espinha bífida em um feto.
11
“
”
Há pouco debate sobre se a criança no útero
está viva, o debate é sobre se é ou não uma
vida digna de proteção.
SENADOR BROWNBACK OBSERVOU DURANTE A
AUDIÊNCIA NO SENADO AMERICANO.
Ao testemunhar as maravilhas divinamente mostradas dentro do útero, a tecnologia científica
extraordinária está desafiando muitos a reconsiderar a questão sobre o abortos tardios, onde
são permitidos após 5 meses de gestação.
12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

INFERTILIDADE FEMININA
INFERTILIDADE FEMININAINFERTILIDADE FEMININA
INFERTILIDADE FEMININA
WAGNER OLIVEIRA
 
Ultrassom - emergências em ginecologia e obstetrícia
Ultrassom  - emergências em ginecologia e obstetríciaUltrassom  - emergências em ginecologia e obstetrícia
Ultrassom - emergências em ginecologia e obstetrícia
Fernanda Hiebra Gonçalves
 
Deficiências motoras
Deficiências motorasDeficiências motoras
Deficiências motoras
simpositivo
 
Registo pre natl de anomalias congenitas
Registo pre natl de anomalias congenitasRegisto pre natl de anomalias congenitas
Registo pre natl de anomalias congenitas
uccarcozelo
 
A Infertilidade Humana
A Infertilidade HumanaA Infertilidade Humana
A Infertilidade Humana
Michele Pó
 
Gravidez ectópica
Gravidez ectópicaGravidez ectópica
Gravidez ectópica
Bruno Oliveira
 
Hemorragias na gestação
Hemorragias na gestaçãoHemorragias na gestação
Hemorragias na gestação
Raine Danyele Vieira de Sousa
 
Doença trofoblastica gestacional
Doença trofoblastica gestacionalDoença trofoblastica gestacional
Doença trofoblastica gestacional
bia26
 
Síndrome hemorrágicas 2
Síndrome hemorrágicas 2Síndrome hemorrágicas 2
Síndrome hemorrágicas 2
tvf
 
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - temaAtraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
UEM - Faculity of Medicine
 
Restrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento IntrauterinoRestrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento Intrauterino
Van Der Häägen Brazil
 
Gravidez e parto
Gravidez e partoGravidez e parto
Gravidez e parto
Alessandra Vieira da Silva
 
Patologias gestacionais
Patologias gestacionaisPatologias gestacionais
Patologias gestacionais
Morgana Oliveira
 
Artigo defeitos de parede abdominal 2
Artigo   defeitos de parede abdominal 2Artigo   defeitos de parede abdominal 2
Artigo defeitos de parede abdominal 2
nipeal
 
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
Van Der Häägen Brazil
 
SaúDe Da Mulher
SaúDe Da MulherSaúDe Da Mulher
SaúDe Da Mulher
guestb4c2093d
 
Infertilidade....
Infertilidade....Infertilidade....
Infertilidade....
Gabriela Bruno
 
Amniorexe Prematura
Amniorexe PrematuraAmniorexe Prematura
Amniorexe Prematura
Raine Danyele Vieira de Sousa
 
Infertilidade....
Infertilidade....Infertilidade....
Infertilidade....
Gabriela Bruno
 
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da InfertilidadeDiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
chirlei ferreira
 

Mais procurados (20)

INFERTILIDADE FEMININA
INFERTILIDADE FEMININAINFERTILIDADE FEMININA
INFERTILIDADE FEMININA
 
Ultrassom - emergências em ginecologia e obstetrícia
Ultrassom  - emergências em ginecologia e obstetríciaUltrassom  - emergências em ginecologia e obstetrícia
Ultrassom - emergências em ginecologia e obstetrícia
 
Deficiências motoras
Deficiências motorasDeficiências motoras
Deficiências motoras
 
Registo pre natl de anomalias congenitas
Registo pre natl de anomalias congenitasRegisto pre natl de anomalias congenitas
Registo pre natl de anomalias congenitas
 
A Infertilidade Humana
A Infertilidade HumanaA Infertilidade Humana
A Infertilidade Humana
 
Gravidez ectópica
Gravidez ectópicaGravidez ectópica
Gravidez ectópica
 
Hemorragias na gestação
Hemorragias na gestaçãoHemorragias na gestação
Hemorragias na gestação
 
Doença trofoblastica gestacional
Doença trofoblastica gestacionalDoença trofoblastica gestacional
Doença trofoblastica gestacional
 
Síndrome hemorrágicas 2
Síndrome hemorrágicas 2Síndrome hemorrágicas 2
Síndrome hemorrágicas 2
 
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - temaAtraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
Atraso do crescimento intra uterino (aciu) - tema
 
Restrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento IntrauterinoRestrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento Intrauterino
 
Gravidez e parto
Gravidez e partoGravidez e parto
Gravidez e parto
 
Patologias gestacionais
Patologias gestacionaisPatologias gestacionais
Patologias gestacionais
 
Artigo defeitos de parede abdominal 2
Artigo   defeitos de parede abdominal 2Artigo   defeitos de parede abdominal 2
Artigo defeitos de parede abdominal 2
 
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
Restrição de crescimento intrauterino (rciu) refere se a problemas de crescim...
 
SaúDe Da Mulher
SaúDe Da MulherSaúDe Da Mulher
SaúDe Da Mulher
 
Infertilidade....
Infertilidade....Infertilidade....
Infertilidade....
 
Amniorexe Prematura
Amniorexe PrematuraAmniorexe Prematura
Amniorexe Prematura
 
Infertilidade....
Infertilidade....Infertilidade....
Infertilidade....
 
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da InfertilidadeDiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
 

Semelhante a Terapias Fetais

Reprodução medicamente assistida
Reprodução medicamente assistidaReprodução medicamente assistida
Reprodução medicamente assistida
Telma Carvalho
 
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptx
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptxDoença Hemolítica Perinatal (1).pptx
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptx
PriscilaCunha51
 
Assist enf prenatal
Assist enf prenatalAssist enf prenatal
Assist enf prenatal
MARY SOUSA
 
Assist enf prenatal
Assist enf prenatalAssist enf prenatal
Assist enf prenatal
MARY SOUSA
 
SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER
Centro Universitário Ages
 
25gestacao alto risco
25gestacao alto risco25gestacao alto risco
25gestacao alto risco
Mabel Salas
 
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
Osmarino Gomes Pereira
 
Cuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Cuidados com a Saúde Bucal na GestaçãoCuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
Centro Universitário Ages
 
Agenesia renal
Agenesia renalAgenesia renal
Agenesia renal
charlesalannet
 
Diagnóstico de Malformações Fetais
Diagnóstico de Malformações FetaisDiagnóstico de Malformações Fetais
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATALSAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
pamelacastro71
 
A epidemia do parto cesáreo
A epidemia do parto cesáreoA epidemia do parto cesáreo
A epidemia do parto cesáreo
adrianomedico
 
Hemorragias na gestação
Hemorragias na gestaçãoHemorragias na gestação
Hemorragias na gestação
tvf
 
Puericultura - Roteiro de Consulta
Puericultura - Roteiro de ConsultaPuericultura - Roteiro de Consulta
Puericultura - Roteiro de Consulta
blogped1
 
Cesariana
CesarianaCesariana
Cesariana
tvf
 
Gestação na Doença Falciforme
Gestação na Doença FalciformeGestação na Doença Falciforme
Anencefalia 2.0
Anencefalia 2.0Anencefalia 2.0
Anencefalia 2.0
Flávia Almeida
 
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De  Fatores PredisponentesMastite Puerperal Estudo De  Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Biblioteca Virtual
 
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asienf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
JhivagoOliveira
 

Semelhante a Terapias Fetais (20)

Reprodução medicamente assistida
Reprodução medicamente assistidaReprodução medicamente assistida
Reprodução medicamente assistida
 
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptx
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptxDoença Hemolítica Perinatal (1).pptx
Doença Hemolítica Perinatal (1).pptx
 
Assist enf prenatal
Assist enf prenatalAssist enf prenatal
Assist enf prenatal
 
Assist enf prenatal
Assist enf prenatalAssist enf prenatal
Assist enf prenatal
 
SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER
 
25gestacao alto risco
25gestacao alto risco25gestacao alto risco
25gestacao alto risco
 
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
Caso clinico e.s.f hiv na gestaçâo.
 
Cuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Cuidados com a Saúde Bucal na GestaçãoCuidados com a Saúde Bucal na Gestação
Cuidados com a Saúde Bucal na Gestação
 
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
Protocolo de atendimento mulheres em idade fértil, gestantes, puérperas e beb...
 
Agenesia renal
Agenesia renalAgenesia renal
Agenesia renal
 
Diagnóstico de Malformações Fetais
Diagnóstico de Malformações FetaisDiagnóstico de Malformações Fetais
Diagnóstico de Malformações Fetais
 
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATALSAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
SAUDE DA CRIANÇA E ADOLESCENTE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL
 
A epidemia do parto cesáreo
A epidemia do parto cesáreoA epidemia do parto cesáreo
A epidemia do parto cesáreo
 
Hemorragias na gestação
Hemorragias na gestaçãoHemorragias na gestação
Hemorragias na gestação
 
Puericultura - Roteiro de Consulta
Puericultura - Roteiro de ConsultaPuericultura - Roteiro de Consulta
Puericultura - Roteiro de Consulta
 
Cesariana
CesarianaCesariana
Cesariana
 
Gestação na Doença Falciforme
Gestação na Doença FalciformeGestação na Doença Falciforme
Gestação na Doença Falciforme
 
Anencefalia 2.0
Anencefalia 2.0Anencefalia 2.0
Anencefalia 2.0
 
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De  Fatores PredisponentesMastite Puerperal Estudo De  Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
 
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asienf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
enf 7- aula 2.pptx, mulher, saude... asi
 

Mais de Melissa Possa

Regeneração hepática (resenha)
Regeneração hepática (resenha)Regeneração hepática (resenha)
Regeneração hepática (resenha)
Melissa Possa
 
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio FisicoHipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Melissa Possa
 
Pneumonia Nosocomial (apresentação)
Pneumonia Nosocomial (apresentação)Pneumonia Nosocomial (apresentação)
Pneumonia Nosocomial (apresentação)
Melissa Possa
 
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes HipertensosReabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
Melissa Possa
 
Apresentação México
Apresentação MéxicoApresentação México
Apresentação México
Melissa Possa
 
América
AméricaAmérica
América
Melissa Possa
 

Mais de Melissa Possa (6)

Regeneração hepática (resenha)
Regeneração hepática (resenha)Regeneração hepática (resenha)
Regeneração hepática (resenha)
 
Hipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio FisicoHipertensão e o Exercicio Fisico
Hipertensão e o Exercicio Fisico
 
Pneumonia Nosocomial (apresentação)
Pneumonia Nosocomial (apresentação)Pneumonia Nosocomial (apresentação)
Pneumonia Nosocomial (apresentação)
 
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes HipertensosReabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
Reabilitação Cardiovascular em Pacientes Hipertensos
 
Apresentação México
Apresentação MéxicoApresentação México
Apresentação México
 
América
AméricaAmérica
América
 

Último

4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
AmaroAlmeidaChimbala
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
CatieleAlmeida1
 
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
JandersonGeorgeGuima
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
Klaisn
 
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptxA ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
FeridoZitoJonas
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
Luiz Henrique Pimentel Novais Silva
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 

Último (9)

4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
4.Tecidos Excitáveis - Tecido Nervoso.pptx
 
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do TrabalhoApostila Gerência de Riscos PDF   voltado para Segurança do Trabalho
Apostila Gerência de Riscos PDF voltado para Segurança do Trabalho
 
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdfHistória da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
História da Enfermagem-Enfermagem 2024.pdf
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptxDESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
DESVIOS POSTURAIS DA COLUNA VERTEBRAL 0001.pptx
 
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptxA ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
A ÉTICA NA MODERNIDADE(Crise d moral e problemas atuais).pptx
 
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
A DISSOLUÇÃO DO COMPLEXO DE ÉDIPO (1924)
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 

Terapias Fetais

  • 1. Terapias Fetais DISCIPLINA: BIOLOGIA 1 PROF.ª LISIANE 1 Melissa Possa Nunes Bacharelado em Enfermagem Junho de 2014
  • 2. Medicina Fetal Uma gestação pode ser considerada de alto risco quando apresentar alguma condição patológica, isto é, alguma doença ou condição biológica desfavorável, com consequências para a mãe ou para o bebê. Condições socioeconômicas, demográficas e culturais também podem aumentar a chance de alguma complicação. 2
  • 3. Patologias São inúmeras as patologias que podem ser prevenidas e tratadas ainda durante a gestação. As mais comuns incluem:  Hérnia diafragmática,  Anemia fetal,  Obstrução urinária,  Síndrome de Transfusão Feto-Fetal (STTF)  Vários tipos de cardiopatias. 3
  • 4. Saúde Fetal (Exames) A técnica do PRATIC reúne consulta de aconselhamento pré- teste, ultrassonografias com dopplerfluxometria para avaliação dos marcadores fetais do primeiro semestre (translucência nucal, osso nasal e ducto venoso), dosagem bioquímica materna, cálculos de risco gestacional, além de consulta e aconselhamento pós-teste. Esta técnica, agora ampliada, permitirá também o rastreamento da pré-eclâmpsia e do parto prematuro, ainda no primeiro trimestre (PRATIC-PLUS), por meio da incorporação de um novo software de cálculo de risco e de novas dosagens bioquímicas.  Ultrassonografia Obstétrica  Ultrassonografia Obstétrica Morfológica  Dopplervelocimetria Obstétrica  Cardiotocografia  Perfil Biofísico Fetal (PBF)  Ecocardiografia Fetal  Biópsia de Vilo Corial  Amniocentese  Cordocentese 4
  • 7. Terapia Fetal O progresso nas técnicas de diagnóstico pré-natal gerou a possibilidade de novas formas de terapia fetal, visando prevenir e tratar um grande número de patologias que acometem o feto. O feto tornou-se um ‘paciente’. 7
  • 8. Terapias Fetais Já os tratamentos são os seguintes:  Terapêutica fetal medicamentosa;  Transfusão intra-útero  Amnioinfusão. Já a cirurgia fetal pode ser dividida nas seguintes especialidades:  Amnioredução;  Derivações intrauterinas;  Derivação ventrículo-amniótica;  Derivação tóraco-amniótica;  Cirurgia fetal endoscópica (Fetoscopia). Algumas condições são passíveis de tratamento ainda no interior do útero: - hérnia diafragmática; - complicações com gêmeos; - incompatibilidade de fator RH; - alterações de ritmo cardíaco; - derrames cavitários; - defeitos do tubo neural. 8
  • 9. Tipos de Terapias Conhecidas 9
  • 11. A impressionante história de Samuel Alexander Armas, o feto com espinha bífida. A foto foi tirada em 19 de agosto de 1999, na Universidade de Vanderbilt Medical Center, em Nashville TN., Durante um procedimento incrível para corrigir a espinha bífida em um feto. 11
  • 12. “ ” Há pouco debate sobre se a criança no útero está viva, o debate é sobre se é ou não uma vida digna de proteção. SENADOR BROWNBACK OBSERVOU DURANTE A AUDIÊNCIA NO SENADO AMERICANO. Ao testemunhar as maravilhas divinamente mostradas dentro do útero, a tecnologia científica extraordinária está desafiando muitos a reconsiderar a questão sobre o abortos tardios, onde são permitidos após 5 meses de gestação. 12