SlideShare uma empresa Scribd logo
E M E F ESTANISLAU ELOY
DISCIPLINA: Educação Física.
PROFESSOR: Sirley Arruda Rodrigues.
DATA: 10/10/2022 SÉRIE: 7°ano
VOLEIBOL
C
3
O objetivo principal do saque é colocar a bola em
jogo. Porém, quando bem executado colocado e forte,
ele se torna o meio mais rápido e simples de se
converter o lançamento em pontos.
O iniciante, porém, deve se preocupar mais com a
precisão e regularidade do saque, deixando para
adquirir maior potência quando já tiver maior domínio
da técnica.
4
É um saque utilizado com os iniciantes de
voleibol, a posição é: pé esquerdo na frente, pernas
semiflexionadas e braço esquerdo segurando a bola
à altura dos joelhos. Ao mesmo tempo que solta a
bola com a mão esquerda, o jogador faz um
movimento de baixo para cima com o braço direito,
tocando a bola com o antebraço.
5
O saque estilo “tênis” é assim chamado porque o movimento feito pelo o jogador
é semelhante ao do tênis ao fazer o serviço.
Para executá-lo o jogador coloca o pé esquerdo adiantado (posição para as
pessoas que usam a mão direita para sacar), pernas semiflexionadas, braço
esquerdo flexionado à frente do corpo, com a palma da mão voltada para cima
sustentando a bola. O outro braço estendido ao longo do corpo.
A bola é, então, lançada para o alto e para a frente do corpo. O tronco executa
uma rotação para trás no momento da preparação do braço direito. O braço direito
é levado flexionado para o alto, acima da cabeça. A bola ´é batida acima da
cabeça, com a mão espalmada e os dedos unidos e ligeiramente flexionados. O
movimento é rápido e o golpe é efetuado com “quebra do pulso”. O tronco
flexiona-se e o peso do corpo é transferido para a perna da frente avançando-se a
perna de trás.
6
É a maneira como tocamos a bola no voleibol.
Através do toque de bola é que fazemos a
recepção, o passe e o levantamento, de modo que o
resultado final das jogadas dependerá de
recebermos ou passarmos a bola com perfeição.
7
Para receber bolas altas e com pouca velocidade utilizamos
o toque de bola por cima.
O contato com a bola é feito com as extremidades internas
dos dedos e com maior apoio dos indicadores e polegares.
Assim para o toque por cima o jogador deve:
-Calcular a trajetória da bola e colocar-se em posição de
interceptá-la;
-Evitar separar demais os braços;
-Evitar bater a bola com a palma das mãos.
8
Há ocasiões em que a bola chega com grande velocidade
ou estamos em posição que nos impede de tocá-la por cima.
Nestes casos, usamos o toque de bola por baixo, que também
é chamado de manchete.
Ao executar a manchete evite:
 Flexionar o tronco;
 Separar os braços;
 Flexionar os braços;
 Fazer movimentos bruscos;
 Manter os músculos contraídos
9
A cortada é um tipo de ataque muito utilizado pelos
jogadores no voleibol. Consiste em golpear a bola, rápida
e violentamente, com uma das mãos, procurando fazê-lo
tocar a quadra adversária.
Para executar a cortada o jogador passa por várias
fazes: corrida, aproximação, impulsão, flutuação e queda.
10
.
Quando as cortadas são efetuadas junto à rede, é mais difícil fazer a
defesa através do toque de bola, porque o cortador pode bater a bola
com mais violência. Neste caso, a melhor defesa é o bloqueio.
Para fazer o bloqueio, quando o jogador percebe que o adversário
fará uma cortada junto a rede, ele salta com os braços levantado,
quase ao mesmo tempo que o cortador, afim de impedir que a bola
passe para sua quadra.
Quando o bloqueio é feito por apenas um jogador, temos o
bloqueio simples; quando é feito por dois jogadores, temos o
bloqueio duplo; e quando é feito por três jogadores, o bloqueio triplo.
11
1)Qual o objetivo principal do saque?
2)Quando usamos o toque de bola por cima?
3)Quando usamos o toque de bola por baixo?
4)Quais os tipos de bloqueios?
5)O que é uma cortada no voleibol?
6)Para que serve o bloqueio?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a TÉCNICAS DO VOLEIBOL DO VOLEIBOL ens. Fund..pptx

Voleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptxVoleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptx
Jean de Sousa
 
Apostila de handebol
Apostila de handebolApostila de handebol
Apostila de handebol
Gabriela De Lucca
 
Toque volei
Toque   voleiToque   volei
Toque volei
Wellinton Prestes
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Bernardo Matos
 
Segunda Aula De Handebol
Segunda Aula De HandebolSegunda Aula De Handebol
Segunda Aula De Handebol
caduroots
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
sextoD
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
sextoD
 
Bitoque raguebi
Bitoque raguebiBitoque raguebi
Bitoque raguebi
Pátrícia Teles
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
SilvaStefano
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
Jorge Rodrigues
 
Basquetebol material de basquetebol (1)
Basquetebol   material de basquetebol (1)Basquetebol   material de basquetebol (1)
Basquetebol material de basquetebol (1)
Andre Souza
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
rosildeaires
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
rosildeaires
 
TéNix1
TéNix1TéNix1
TéNix1
DAVIDbeatriz
 
Voleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoioVoleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoio
Inês Ré
 
Voleibol cycyro
Voleibol cycyroVoleibol cycyro
Voleibol cycyro
Cycyro Soares
 
Histórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibolHistórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibol
Messias Q. França Jr.
 
O basquete
O basquete O basquete
O basquete
Anna Ramos
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
Mateus Pacheco
 

Semelhante a TÉCNICAS DO VOLEIBOL DO VOLEIBOL ens. Fund..pptx (20)

Voleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptxVoleibol 7º Ano.pptx
Voleibol 7º Ano.pptx
 
Apostila de handebol
Apostila de handebolApostila de handebol
Apostila de handebol
 
Toque volei
Toque   voleiToque   volei
Toque volei
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Segunda Aula De Handebol
Segunda Aula De HandebolSegunda Aula De Handebol
Segunda Aula De Handebol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Bitoque raguebi
Bitoque raguebiBitoque raguebi
Bitoque raguebi
 
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
Voleibol Stefano112345675454443333222222222344
 
Basquetebol
BasquetebolBasquetebol
Basquetebol
 
Basquetebol material de basquetebol (1)
Basquetebol   material de basquetebol (1)Basquetebol   material de basquetebol (1)
Basquetebol material de basquetebol (1)
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
 
Ativ 3 rosilde
Ativ 3 rosildeAtiv 3 rosilde
Ativ 3 rosilde
 
TéNix1
TéNix1TéNix1
TéNix1
 
Voleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoioVoleibol documento de apoio
Voleibol documento de apoio
 
Voleibol cycyro
Voleibol cycyroVoleibol cycyro
Voleibol cycyro
 
Histórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibolHistórico e evolução do voleibol
Histórico e evolução do voleibol
 
O basquete
O basquete O basquete
O basquete
 
Aula sobre futsal
Aula sobre futsal Aula sobre futsal
Aula sobre futsal
 

Último

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 

Último (20)

Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 

TÉCNICAS DO VOLEIBOL DO VOLEIBOL ens. Fund..pptx

  • 1. E M E F ESTANISLAU ELOY DISCIPLINA: Educação Física. PROFESSOR: Sirley Arruda Rodrigues. DATA: 10/10/2022 SÉRIE: 7°ano VOLEIBOL
  • 2. C
  • 3. 3 O objetivo principal do saque é colocar a bola em jogo. Porém, quando bem executado colocado e forte, ele se torna o meio mais rápido e simples de se converter o lançamento em pontos. O iniciante, porém, deve se preocupar mais com a precisão e regularidade do saque, deixando para adquirir maior potência quando já tiver maior domínio da técnica.
  • 4. 4 É um saque utilizado com os iniciantes de voleibol, a posição é: pé esquerdo na frente, pernas semiflexionadas e braço esquerdo segurando a bola à altura dos joelhos. Ao mesmo tempo que solta a bola com a mão esquerda, o jogador faz um movimento de baixo para cima com o braço direito, tocando a bola com o antebraço.
  • 5. 5 O saque estilo “tênis” é assim chamado porque o movimento feito pelo o jogador é semelhante ao do tênis ao fazer o serviço. Para executá-lo o jogador coloca o pé esquerdo adiantado (posição para as pessoas que usam a mão direita para sacar), pernas semiflexionadas, braço esquerdo flexionado à frente do corpo, com a palma da mão voltada para cima sustentando a bola. O outro braço estendido ao longo do corpo. A bola é, então, lançada para o alto e para a frente do corpo. O tronco executa uma rotação para trás no momento da preparação do braço direito. O braço direito é levado flexionado para o alto, acima da cabeça. A bola ´é batida acima da cabeça, com a mão espalmada e os dedos unidos e ligeiramente flexionados. O movimento é rápido e o golpe é efetuado com “quebra do pulso”. O tronco flexiona-se e o peso do corpo é transferido para a perna da frente avançando-se a perna de trás.
  • 6. 6 É a maneira como tocamos a bola no voleibol. Através do toque de bola é que fazemos a recepção, o passe e o levantamento, de modo que o resultado final das jogadas dependerá de recebermos ou passarmos a bola com perfeição.
  • 7. 7 Para receber bolas altas e com pouca velocidade utilizamos o toque de bola por cima. O contato com a bola é feito com as extremidades internas dos dedos e com maior apoio dos indicadores e polegares. Assim para o toque por cima o jogador deve: -Calcular a trajetória da bola e colocar-se em posição de interceptá-la; -Evitar separar demais os braços; -Evitar bater a bola com a palma das mãos.
  • 8. 8 Há ocasiões em que a bola chega com grande velocidade ou estamos em posição que nos impede de tocá-la por cima. Nestes casos, usamos o toque de bola por baixo, que também é chamado de manchete. Ao executar a manchete evite:  Flexionar o tronco;  Separar os braços;  Flexionar os braços;  Fazer movimentos bruscos;  Manter os músculos contraídos
  • 9. 9 A cortada é um tipo de ataque muito utilizado pelos jogadores no voleibol. Consiste em golpear a bola, rápida e violentamente, com uma das mãos, procurando fazê-lo tocar a quadra adversária. Para executar a cortada o jogador passa por várias fazes: corrida, aproximação, impulsão, flutuação e queda.
  • 10. 10 . Quando as cortadas são efetuadas junto à rede, é mais difícil fazer a defesa através do toque de bola, porque o cortador pode bater a bola com mais violência. Neste caso, a melhor defesa é o bloqueio. Para fazer o bloqueio, quando o jogador percebe que o adversário fará uma cortada junto a rede, ele salta com os braços levantado, quase ao mesmo tempo que o cortador, afim de impedir que a bola passe para sua quadra. Quando o bloqueio é feito por apenas um jogador, temos o bloqueio simples; quando é feito por dois jogadores, temos o bloqueio duplo; e quando é feito por três jogadores, o bloqueio triplo.
  • 11. 11 1)Qual o objetivo principal do saque? 2)Quando usamos o toque de bola por cima? 3)Quando usamos o toque de bola por baixo? 4)Quais os tipos de bloqueios? 5)O que é uma cortada no voleibol? 6)Para que serve o bloqueio?