SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 40
Audrey Gotardi
Médica CAPSI – Chopinzinho
SUICIDIO
DADOS EPIDEMIOLÓGICOS
O QUE FAZER?
PRIMEIRO PASSO:
SOBRE ESCUTAR…
• Deixar falar ajuda!
• Mito – Quem fala que quer morrer não se mata.
• Não julgar. Cuidado com preconceito – Chantagem
emocional (?)
• Conversar sobre não incentiva a cometer o ato;
SEGUNDO PASSO: OBSERVAR
SINAIS DE PREOCUPAÇÃO COM MORTE
• Falar sobre morrer frequentemente;
• Visão negativa sobre a vida;
• Fazer testamento, organizar…
ALGUMAS FRASES…
• Vou desaparecer;
• Vou deixar vocês em paz;
• Eu queria poder dormir e nunca mais
acordar;
MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO
• Cuidados com a vaidade;
• Deixar de frequentar aula;
• Deixar de participar de festas;
FATORES DE RISCO
NÃO É UMA SITUAÇÃO QUE AUMENTA O
RISCO DE SUICIDIO
Não olhar de forma isolada – Fenômeno
Complexo.
FATORES DE RISCO
• Genero Masculino;
• Jovens e Idosos;
• Solteiro, separado, viúvo;
• Isolamento – solidão;
FATORES DE RISCO
• Desemprego, Aposentadoria;
• Situação financeira – crise (2-3 meses);
• Abuso na infância;
• Tentativa prévia suicidio.
FATORES RISCO
• História familiar  herança genética +
comportamento aprendido;
• Doenças mentais;
• Doenças físicas.
FATORES DE RISCO
• Doenças Mentais :Transtornos de humor; Abuso
de substancias;Transtorno de Personalidade;
Esquizofrenia…
*Gravidade da doença, Internação hospitalar e
comorbidades
FATORES DE RISCO
• Doenças físicas doenças crônicas e dolorosas,
sequelas… (Acidente Vascular Cerebral,
Cancer, Doença Degenerativa, HIV…)
RISCO MAIOR NO MOMENTO DO
DIAGNOSTICO – ATÉ ELABORAR, CRIAR
UMA ESTRATEGIA.
TERCEIRO PASSO: NÃO JULGAR
VALORIZE
• Escutar;
• Incentivar a procurar ajuda;
• Situação de risco – não deixar a pessoa sozinha
(familiares, serviço de saúde..);
• Avaliar segurança do local;
• Manter contato.
O QUE NÃO FAZER?
• Julgar (fraqueza, covardia…)
• Banalizar (já passei por isso, é por isso que você quer
morrer?)
• Opinar – te falta Deus, isso é falta de vergonha na
cara…
• Dar sermão: tantas pessoas com probemas sérios, e
você fazendo isso..
O QUE NÃO FAZER?
COMO FALAR SOBRE SUICIDIO - MÍDIAS
• Perigo efeito de Contágio;
• Evitar divulgar o método utilizado;
• Divulgar como conseguir ajuda!
RISCO PODE VARIAR
• Avaliação periódica;
• Sempre perguntar sobre suicidio – não aumenta o risco
• Risco pode mudar de um momento para o outro
O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO?
FALAR SOBRE SUICIDIO AJUDA A EVITAR MORTES
POR ESSA CAUSA.
O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO?
SABER OUVIR PODE SALVAR UMA VIDA.
O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO?
RESPEITAR A DOR DO OUTRO PODE SALVAR UMA
VIDA.
O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO?
SEMPRE PROCURAR AJUDA
PENSAR EM MORRER NÃO É NORMAL.
ONDE PROCURAR AJUDA?
• Emergência
• SAMU 192, UPA, Pronto Socorro e hospitais
• Serviços de saúde
• CAPS e Unidades Básicas de Saúde
OBRIGADA!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Suicidio - Palestra Comunidade.pptx

PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdf
PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdfPNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdf
PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdfacondoricassocial
 
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatriz
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene BeatrizPRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatriz
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatrizjoselene beatriz
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxTelma Lima
 
Cartilha de prevencao_ao_suicidio
Cartilha de prevencao_ao_suicidioCartilha de prevencao_ao_suicidio
Cartilha de prevencao_ao_suicidioKelly Pereira
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxMariaClaraFernandes25
 
Prevenção Suicidio.pptx
Prevenção Suicidio.pptxPrevenção Suicidio.pptx
Prevenção Suicidio.pptxIradvyGonalves
 
Perguntas e respostas sobre suicídio
Perguntas e respostas sobre suicídioPerguntas e respostas sobre suicídio
Perguntas e respostas sobre suicídioMANOELJOSEDEARAUJONE
 
3 consideracoes finais pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio
3 consideracoes  finais  pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio3 consideracoes  finais  pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio
3 consideracoes finais pequena sem avaliacoes dos risco de suicidioventofrio
 
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
Suicídio   palestra cefa 7 dez 12Suicídio   palestra cefa 7 dez 12
Suicídio palestra cefa 7 dez 12balsense
 
Risco de suicídio helio rocha
Risco de suicídio helio rochaRisco de suicídio helio rocha
Risco de suicídio helio rochaInaiara Bragante
 
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdf
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdfGuia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdf
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdfTelma Lima
 
O poder das crenças - Material de apoio
O poder das crenças - Material de apoioO poder das crenças - Material de apoio
O poder das crenças - Material de apoioEspaço da Mente
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxcrismiglioranza
 

Semelhante a Suicidio - Palestra Comunidade.pptx (20)

Não se mate você não morre
Não se mate você não morreNão se mate você não morre
Não se mate você não morre
 
PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdf
PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdfPNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdf
PNAISARI PREVENÇAO AO SUICIDIO 13.07- CAROL.pdf
 
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatriz
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene BeatrizPRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatriz
PRIMEIROS SOCORROS EM TENTATIVAS DE SUICÍDIO, Prof, Enf: Joselene Beatriz
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 
Cartilha de prevencao_ao_suicidio
Cartilha de prevencao_ao_suicidioCartilha de prevencao_ao_suicidio
Cartilha de prevencao_ao_suicidio
 
setembro amarelo meire.pptx
setembro amarelo meire.pptxsetembro amarelo meire.pptx
setembro amarelo meire.pptx
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 
Prevenção Suicidio.pptx
Prevenção Suicidio.pptxPrevenção Suicidio.pptx
Prevenção Suicidio.pptx
 
Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção   Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção
 
Perguntas e respostas sobre suicídio
Perguntas e respostas sobre suicídioPerguntas e respostas sobre suicídio
Perguntas e respostas sobre suicídio
 
SUICÍDIO.pptx
SUICÍDIO.pptxSUICÍDIO.pptx
SUICÍDIO.pptx
 
3 consideracoes finais pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio
3 consideracoes  finais  pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio3 consideracoes  finais  pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio
3 consideracoes finais pequena sem avaliacoes dos risco de suicidio
 
Você não esta sozinho
Você não esta sozinhoVocê não esta sozinho
Você não esta sozinho
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
 
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
Suicídio   palestra cefa 7 dez 12Suicídio   palestra cefa 7 dez 12
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
 
Risco de suicídio helio rocha
Risco de suicídio helio rochaRisco de suicídio helio rocha
Risco de suicídio helio rocha
 
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdf
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdfGuia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdf
Guia rápido de Prevenção ao Suicidio mitos e verdades SMS_Rio.pdf
 
Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?
 
O poder das crenças - Material de apoio
O poder das crenças - Material de apoioO poder das crenças - Material de apoio
O poder das crenças - Material de apoio
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 

Mais de Tecpreve Tecpreve

Mais de Tecpreve Tecpreve (11)

APRESENTAÇÃO SUICIDIO
APRESENTAÇÃO SUICIDIOAPRESENTAÇÃO SUICIDIO
APRESENTAÇÃO SUICIDIO
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
 
Curso nr 20
Curso nr 20Curso nr 20
Curso nr 20
 
Cursonr20 intermedirio-160514211313 (3)
Cursonr20 intermedirio-160514211313 (3)Cursonr20 intermedirio-160514211313 (3)
Cursonr20 intermedirio-160514211313 (3)
 
Ppt template-121
Ppt template-121Ppt template-121
Ppt template-121
 
Ppt template
Ppt templatePpt template
Ppt template
 
Template
TemplateTemplate
Template
 
Palestra faca dar_certo
Palestra faca dar_certoPalestra faca dar_certo
Palestra faca dar_certo
 
Ppra usina de açucar
Ppra usina de açucar Ppra usina de açucar
Ppra usina de açucar
 
Ppra usina de açucar
Ppra usina de açucar Ppra usina de açucar
Ppra usina de açucar
 
Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02Radioatividade 120607221759-phpapp02
Radioatividade 120607221759-phpapp02
 

Último

ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfWendelldaLuz
 
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...TaniaN8
 
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01perfilnovo3rich
 
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Astrid Mühle Moreira Ferreira
 
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...quelenfermeira
 
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxAULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxLanaMonteiro8
 
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxanemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxnarayaskara215
 
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxSlides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxsaraferraz09
 
Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoFarmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoPAULOVINICIUSDOSSANT1
 
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoEscala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoJose Ribamar
 

Último (10)

ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
 
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
 
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
 
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
 
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
 
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxAULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
 
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxanemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
 
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxSlides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
 
Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoFarmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
 
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoEscala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
 

Suicidio - Palestra Comunidade.pptx

  • 1. Audrey Gotardi Médica CAPSI – Chopinzinho SUICIDIO
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 15. SOBRE ESCUTAR… • Deixar falar ajuda! • Mito – Quem fala que quer morrer não se mata. • Não julgar. Cuidado com preconceito – Chantagem emocional (?) • Conversar sobre não incentiva a cometer o ato;
  • 17. SINAIS DE PREOCUPAÇÃO COM MORTE • Falar sobre morrer frequentemente; • Visão negativa sobre a vida; • Fazer testamento, organizar…
  • 18. ALGUMAS FRASES… • Vou desaparecer; • Vou deixar vocês em paz; • Eu queria poder dormir e nunca mais acordar;
  • 19. MUDANÇAS NO COMPORTAMENTO • Cuidados com a vaidade; • Deixar de frequentar aula; • Deixar de participar de festas;
  • 20. FATORES DE RISCO NÃO É UMA SITUAÇÃO QUE AUMENTA O RISCO DE SUICIDIO Não olhar de forma isolada – Fenômeno Complexo.
  • 21. FATORES DE RISCO • Genero Masculino; • Jovens e Idosos; • Solteiro, separado, viúvo; • Isolamento – solidão;
  • 22. FATORES DE RISCO • Desemprego, Aposentadoria; • Situação financeira – crise (2-3 meses); • Abuso na infância; • Tentativa prévia suicidio.
  • 23. FATORES RISCO • História familiar  herança genética + comportamento aprendido; • Doenças mentais; • Doenças físicas.
  • 24. FATORES DE RISCO • Doenças Mentais :Transtornos de humor; Abuso de substancias;Transtorno de Personalidade; Esquizofrenia… *Gravidade da doença, Internação hospitalar e comorbidades
  • 25. FATORES DE RISCO • Doenças físicas doenças crônicas e dolorosas, sequelas… (Acidente Vascular Cerebral, Cancer, Doença Degenerativa, HIV…) RISCO MAIOR NO MOMENTO DO DIAGNOSTICO – ATÉ ELABORAR, CRIAR UMA ESTRATEGIA.
  • 27. VALORIZE • Escutar; • Incentivar a procurar ajuda; • Situação de risco – não deixar a pessoa sozinha (familiares, serviço de saúde..); • Avaliar segurança do local; • Manter contato.
  • 28. O QUE NÃO FAZER? • Julgar (fraqueza, covardia…) • Banalizar (já passei por isso, é por isso que você quer morrer?)
  • 29. • Opinar – te falta Deus, isso é falta de vergonha na cara… • Dar sermão: tantas pessoas com probemas sérios, e você fazendo isso.. O QUE NÃO FAZER?
  • 30. COMO FALAR SOBRE SUICIDIO - MÍDIAS • Perigo efeito de Contágio; • Evitar divulgar o método utilizado; • Divulgar como conseguir ajuda!
  • 31. RISCO PODE VARIAR • Avaliação periódica; • Sempre perguntar sobre suicidio – não aumenta o risco • Risco pode mudar de um momento para o outro
  • 32. O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO? FALAR SOBRE SUICIDIO AJUDA A EVITAR MORTES POR ESSA CAUSA.
  • 33. O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO? SABER OUVIR PODE SALVAR UMA VIDA.
  • 34. O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO? RESPEITAR A DOR DO OUTRO PODE SALVAR UMA VIDA.
  • 35. O QUE TEMOS A VER COM TUDO ISSO? SEMPRE PROCURAR AJUDA PENSAR EM MORRER NÃO É NORMAL.
  • 36. ONDE PROCURAR AJUDA? • Emergência • SAMU 192, UPA, Pronto Socorro e hospitais • Serviços de saúde • CAPS e Unidades Básicas de Saúde
  • 37.
  • 38.
  • 39.

Notas do Editor

  1. Suicidio é um fenomeno complexo que pode atingir todas as classes socias e todas as idades.
  2. Divulgação de dados epidemiológicos pelo Ministério da Saúde Ano passado – como parte do programa que visa reduzir em 10% a mortalidade por suicidio até 2020.
  3. MAIS DO QUE UMA QUESTÃO FILOSOFICA OU RELIGIOSA – FALAR DA HISTORIA
  4. A primeira maior causa para homens é agressão e a segunda acidentes de trânsito. Mulheres – primeira causa – relacionada a gravidez, parto e puerpério, seguido por acidentes de transito e agressão.
  5. Mulheres são mais reincidentes nas tentativas de suicidio.
  6. Falar de fatores de proteção
  7. Quase 100% 80% tem essas doenças
  8. Colocar como falar/ postar suicidio = explicar efeito contagio Nos dados falou falar de doencas mentais e alcoolismo
  9. Deixar uma mensagem e contato
  10. Material Disponibilizado pelo Ministério da Saúde
  11. Site – Material ficará disponível em Dicas de Saúde.